skip to Main Content
5 de junho de 2020 | 12:59 pm

“NOVO MERCADO, NOVO PROFISSIONAL” É TEMA DE ENCONTRO NA UNIME ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos

Novo Mercado, Novo Profissional – Comportamento e atitudes para se diferenciar na nova economia é o tema da palestra que será proferida pelo coach de carreira Vini Santana, nesta quinta-feira (16), às 18h30min, na Unime Itabuna. O encontro, no campus II da unidade de ensino, e abordará temas que vão de gestão do tempo a networking.

Proferida pelo coach de carreira Vini Santana, a palestra reunirá ainda outros temas, como O Mundo Mudou, Erre Rápido, 1% Melhor todo dia, Empreendedorismo, Foco, Empregabilidade, O Cliente e Controle.

Formado em Professional & Self Coach e Mentor Profissional, Vini Santana atua há 23 anos no mercado com foco em gestão de pessoas, processos, resultados e vendas. Além disso, possui o canal Papo Coach Tio Vini nas plataformas digitais, com informações e dicas sobre temas variados dos universos do coaching, carreira, gestão e liderança.

“O mercado tem se transformado, exigido diferenciais e proposto desafios aos profissionais. Para acompanhar essa nova dinâmica, é necessário o autoconhecimento, busca por informações e especializações para seguir ou retornar ao mercado de trabalho”, explica Vini Santana.

Para Shirlei Dantas, diretora da Unime Itabuna, a faculdade tem que cada vez mais conectar as pessoas às mudanças. “O nosso papel enquanto instituição também é auxiliar a população a se preparar cada vez mais para as transformações de mundo, seja na promoção de atividades formativas ou ações de atendimento”, ressalta.

Os interessados em participar da palestra solidária devem se inscrever por meio do link http://bit.ly/39Vsu75 e entregar no dia do encontro dois quilos de alimentos não perecíveis, que serão doados a uma instituição de caridade. O encontro emitirá certificado.

SERVIÇO
Palestra Novo Mercado, Novo Profissional – Comportamento e atitudes para se diferenciar na nova economia
Dia: 16 de janeiro (quinta-feira)
Horário: 18h30min
Inscrição: http://bit.ly/39Vsu75
Taxa: 2kg de alimentos não perecíveis
Local: Unime Itabuna – campus II
Av. José Soares Pinheiro, 1.600 – Lomanto Júnior – Itabuna (BA)

UESC É 51ª EM RANKING NACIONAL E LIDERA ENTRE AS UNIVERSIDADES ESTADUAIS BAIANAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Uesc, em Ilhéus, é a líder baiana entre as universidades estaduais e a 51ª no País

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) aparece em primeiro lugar entre as instituições de ensino superior estaduais na Bahia e em décima colocação no Nordeste brasileiro no Ranking Universitário Folha (RUF) de 2018. Quando consideradas todas as universidades do País, a Uesc aparece em 51º lugar. A nota média da Uesc é 64,85.
A universidade sul-baiana aparece em 51ª posição em nível nacional quando considerado apenas o item internacionalização. O ranking universitário leva em conta os desempenhos os indicadores ensino, pesquisa, mercado, inovação e internacionalização.
O RUF é liderado, no estado, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), que aparece, no geral, em 14º lugar, com nota média 87,16. Líder na Bahia, a UFBA é superada pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) no Nordeste. A universidade pernambucana é 10ª no ranking nacional e apresenta média 90,34, quando consideradas todas as áreas aferidas pelo RUF.

Com quatro anos, UFSB aparece em 178º lugar || Foto Gabriel Oliveira

Ainda novata no ranking e com apenas quatro anos de idade e conceito diferenciado de licenciatura e bacharelado, a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), com campi em Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas, obtém nota média 17,92, sendo avaliada apenas nas áreas de Ensino e Internacionalização. Aparece em 178º lugar.
O DESEMPENHO DAS ESTADUAIS BAIANAS
Depois da Uesc, a melhor posicionada entre as universidades estaduais baianas é a UEFS, em Feira de Santana, que aparece em 60º lugar, com nota média 62,50. Já em 89º lugar, a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), que tem campi em Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga, obtém nota 50,27. Em 99º lugar, a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) apresenta nota 45,55.
O RUF avaliou 196 universidades brasileiras, públicas e privadas. A Universidade de São Paulo (USP) lidera o ranking, com nota 97,52, nota um pouco superior à obtida pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), 97,29, que ficou em segundo lugar. A universidade fluminense liderou o ranking nos anos de 2016 e 2017. (Do Pimenta.blog.br)

MERCADO COGITA SAÍDA DA AVATIM DE ILHÉUS; EMPRESA NÃO SE PRONUNCIA

Tempo de leitura: 2 minutos

Nascida em Ilhéus, Avatim possui cerca de 200 funcionários e 120 lojas

A economia de Ilhéus pode sofrer um baque com a transferência da unidade da Avatim do município para Brusque (SC). A indústria de cosméticos e perfumaria ampliou o parque fabril em 2017, porém sofreu revés com o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) determinando a demolição de parte da unidade, por estar em Área de Proteção Permanente (APP). A empresa possui cerca de 200 funcionários em Ilhéus e mais de 120 lojas próprias e franqueadas no país.
A determinação do Inema, de acordo com fontes da Prefeitura de Ilhéus, já teria sido resolvida com a assinatura de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Porém a empresa estaria negociando transferência da fábrica para o município catarinense, segundo o vereador Pastor Matos (PSD), primeiro a tornar público o risco iminente de perda da Avatim para Brusque. Autoridades do município teriam oficializado o convite aos sócios Mônica Burgos e Cesar Fávero.
O PIMENTA entrou em contato com a assessoria de comunicação da Avatim por duas vezes na terça-feira (31), por email. A informação era de que uma nota de posicionamento da empresa estava em processo de aprovação por parte da diretoria.
A Avatim foi fundada há 15 anos em Ilhéus e está entre as líderes do setor de produtos olfativos no segmento corporativo e ampliou a linha de produtos. Já em janeiro, um dos sócios da Avatim, Cesar Fávero, anunciava plano de expansão da marca com a abertura de, ao menos, 40 novas lojas.

CONLAR É ELEITA TOP 10 DO PAÍS PELA INCENOR, NA EXPO REVESTIR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Rafael recebe prêmio de Ricardo Rocha, da Incenor, na Expo Revestir

A rede de lojas de material de construção e acabamento Conlar, de Itabuna, foi premiada entre as 10 melhores do país pela Incenor, durante a Expo Revestir 2018, em São Paulo. No período de 12 a 14 de março, o evento reuniu empresas do setor, arquitetos, engenheiros e consumidores.
A premiação à Conlar foi entregue pelo gerente comercial da Incenor, Ricardo Rocha, ao diretor da Conlar, Rafael Peixoto. De acordo com a Incenor, a Conlar está entre os 10 principais clientes no Brasil. A feira reuniu, na capital paulista, as principais tendências e as novidades no segmento de revestimento.

MERCADO VOLTA A PREVER QUEDA DA INFLAÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

dinheiro4Para este ano, as instituições financeiras reduziram a projeção para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de 7,28% para 7,14%, pela quinta vez seguida. Para 2017, estimativa caiu de 6% para 5,95%, voltando a ficar abaixo do teto da meta.

O limite superior da meta é 6,5%, este ano, e 6% em 2017. Mas as projeções para este ano e 2017 ultrapassam o centro da meta de 4,5%. As estimativas fazem parte do boletim Focus, publicação divulgada semanalmente às segundas-feiras pelo Banco Central (BC), com base em projeções de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos.

A projeção de instituições financeiras para a queda da economia este ano foi alterada pela décima segunda vez consecutiva, ao passar de 3,73% para 3,77%. Para 2017, a expectativa de crescimento da economia (Produto Interno Bruto – PIB) foi mantida em 0,30%. Da Agência Brasil

AÇÕES DA PETROBRAS REGISTRAM ALTA; DÓLAR FECHA ABAIXO DE R$ 3,60

Tempo de leitura: 2 minutos
Dólar fecha abaixo de R$ 3,60 pela primeira vez em sete meses.

Dólar fecha abaixo de R$ 3,60 pela primeira vez em sete meses.

Agência Brasil

O dólar fechou a sexta-feira (11) abaixo de R$ 3,60 pela primeira vez desde agosto em um dia de otimismo no mercado financeiro. O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 3,591, com queda de R$ 0,05 (-1,38%). A cotação está no menor valor desde 28 de agosto do ano passado, quando ficou em R$ 3,585.

Foi o quarto dia seguido de queda na cotação da divisa, que chegou a operar em alta no início da manhã, mas caiu fortemente a partir das 11h. Na mínima do dia, por volta das 16h30, o dólar chegou a ser vendido a R$ 3,586. A moeda norte-americana fechou a semana com recuo de 4,5%. A queda acumulada chega a 10,3% apenas em março e a 9,04% em 2016.

Na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), o dia também foi de oscilações. O Ibovespa, índice da Bolsa de São Paulo, fechou com pequena queda de 0,07%, aos 49.538 pontos, depois de passar a maior parte da sessão em alta. O indicador terminou a semana com alta de apenas 0,92%.

As ações da Petrobras, as mais negociadas, terminaram a sexta-feira em alta. As ações ordinárias (que dão direito a voto em assembleia de acionistas) subiram 2,85%, para R$ 10,09. As ações preferenciais (que dão preferência na distribuição de dividendos) aumentaram 1,76%, para R$ 8,09. Os dois papéis atingiram o maior nível desde o fim de novembro do ano passado.

O ‘CHA’ DO SUCESSO

Tempo de leitura: 2 minutos

Jaciara Santos PrimoreJaciara Santos | jaciarasantos@primoreconsultoria.com.br

A receita está quase pronta! Agora é tomar atitude. Use o momento a seu favor. Saia da zona de conforto.

Para que se tenha um bom desempenho profissional, recomenda-se uma dose diária de C.H.A.: conhecimento, habilidade e atitude. Buscar novos conhecimentos e especializações, desenvolver habilidades e não parar por aí. O indivíduo precisa ter atitude. O famoso conceito de competência utilizado para desenvolver um super profissional.

Quando criança, minha querida mãe sempre nos encorajava a estudar para “ser alguém na vida” e sempre dizia: “minha filha, estude para não tomar as topadas da vida”.

Cresci com esse pensamento. E, quando vejo algumas pessoas desencorajadas, que reclamam da vida sem ao menos lutar pelo objetivo que sonham, sem no mínimo aprender novas coisas e aprimorar suas capacidades; que me perguntam “qual o motivo de seus insucessos profissionais”, lembro do sábio conselho: Primeiro passo é buscar conhecimento!

Contudo, essa incrível receita necessita de mais alguns ingredientes, a qual inclui desenvolver habilidades.

Esse é um grande desafio, pois temos que eliminar de nossa vida a famigerada Síndrome da Gabriela (Eu nasci assim, vou ser sempre assim). Não aceite isso para sua vida. Você precisa desenvolver, dia a dia, novas habilidades. E isso, para que se mantenha no mercado de trabalho e na vida como um todo, “porque viver exige coragem”.

A receita está quase pronta! Agora é tomar atitude. Não fique aí chorando, reclamando da crise do Brasil, da crise mundial, da crise em seu trabalho. Use o momento a seu favor. Saia da zona de conforto.

Entretanto, de nada vale adquirir novos conhecimentos, desenvolver novas habilidades, participar de workshops, se não levantar-se da cadeira de queixumes e colocar a mão na massa. O sucesso te espera.

Jaciara Santos é coach pessoal e profissional.

MERCADO PROJETA INFLAÇÃO A 8,25%

Tempo de leitura: < 1 minuto

Analistas e investidores do mercado financeiro preveem que a inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), feche o ano em 8,25%. A estimativa está no boletim Focus divulgado semanalmente pelo Banco Central. Para o Produto Interno Bruto (PIB) – soma das riquezas produzidas no país –, a perspectiva permanece pessimista, com queda de 1,1% e diminuição na produção industrial de 2,5%.

Para o câmbio, a projeção até o fim do ano é que o dólar chegue a R$ 3,20, e a taxa básica de juros fique em 13,25% ao ano. Houve leve elevação na estimativa para os preços administrados, aqueles monitorados pelo governo como luz e combustíveis, que passou de 13% para 13,1%, em 2015. A expectativa para a dívida líquida do setor público em proporção ao PIB foi mantida em 38%.

Nas contas externas, a expectativa para o déficit em conta-corrente aumentou de US$ 77 bilhões para US$ 78 bilhões, com o saldo da balança comercial em US$ 4,17 bilhões. Os investimentos estrangeiros diretos estão estimados em US$ 57 bilhões, de acordo com o boletim Focus. Da Agência Brasil.

OFERTA DE EMPREGO

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Primore – consultoria em gestão de pessoas está recebendo currículos de interessados em trabalhar como motorista carreteiro ou operador de caixa.
No primeiro caso, o candidato deve possuir Carteira Nacional de Habilitação categoria “E” e segundo grau completo. Já a oportunidade para operador de caixa é exclusivamente para pessoas do sexo feminino, com segundo grau completo e disponibilidade para trabalhar à noite.
Interessados devem encaminhar currículo para o e-mail renatasantos@primoreconsultoria.com.br.

TV POR ASSINATURA CRESCE 11% EM 2013

Tempo de leitura: < 1 minuto

O setor de TV por assinatura cresceu 11,31% em 2013. Chegou no período a 18,02 milhões de clientes, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O serviço está presente em 28,42% dos domicílios do país. Considerando o número médio de 3,2 pessoas por domicílio, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a TV por assinatura chega a 57,66 milhões de brasileiros.
A participação do serviço prestado via satélite atingiu 61,75% da base de assinantes em dezembro de 2013 e a do serviço a cabo, 38,12% dos assinantes. A NET/Embratel lidera o mercado, com 53,61% de participação, seguida pela Sky/Directv, com 29,81%. A Oi tem 4,6%, a GVT 3,76% e a Telefônica, 3,3%.
Na Região Sudeste, a TV paga chegou a 40,2% dos domicílios no final do ano passado. Em seguida, aparece a Região Sul, com 28,77,1%, a Região Centro-Oeste, com 26,39%, a Região Norte, com 18,22% e a Região Nordeste, com 12,78%,   O Distrito Federal lidera o ranking dos estados: 53,53% das casas têm o serviço de TV paga. No Piauí está o menor percentual, com 7,14% das residências com o serviço. Informações da Agência Brasil.

Back To Top