skip to Main Content
14 de agosto de 2020 | 01:48 am

O TAMANHO DA PREOCUPAÇÃO MASCULINA

Tempo de leitura: 2 minutos

marivalguedesMarival Guedes | marivalguedes@gmail.com

Um velho político baiano, contavam os oposicionistas, costumava brindar mulheres com uma boa gorjeta pra elas alardearem qual o tamanho do pênis dele. Superfaturando alguns centímetros, claro.

O tamanho do pênis preocupa grande parte dos homens. Já a maioria das mulheres (uma das pesquisas aponta 58%), não considera o principal item para a relação sexual. Mais importante, afirmam as mulheres, é a qualidade.

O guitarrista dos Rolling Stones, Keith Richards, escreveu no livro Vida, que a namorada de Mick Jagger não se divertia com o pênis minúsculo dele. “Ele tem um par de bolas enorme, mas isso meio que não compensava”, alfinetou.

Questionada sobre a descrição, a ex de Jagger, Marianne Faithfull, disse que não era exatamente isto, mas perto. A obra tem mais de 600 páginas, no entanto, para aumentar a fúria do líder da banda, estas linhas foram as mais comentadas.

Chico Buarque num documentário sobre Vinicius de Moraes conta, entre gargalhadas, o que o poeta dizia sobre esta questão: “Se puder escolher quem quero ser ao reencarnar, quero ser eu mesmo. Com o pau um pouquinho maior.”

Para quem deseja ainda nesta vida aumentar o tamanho, há várias ofertas na internet. O experiente urologista itabunense Júlio Brito garante: não funciona, esqueça. Tudo enganação.

Um velho político baiano, contavam os oposicionistas, costumava brindar mulheres com uma boa gorjeta pra elas alardearem qual o tamanho do pênis dele. Superfaturando alguns centímetros, claro.

Algumas, em vez de fazer a enganosa propaganda, contavam toda a história. Nas rodas de fofocas, os oposicionistas se deleitavam. Nestas conversar os aliados saiam discretamente. Afinal, não é fácil defender o chefe em assunto tão delicado.

Marival Guedes é jornalista e escreve crônicas semanais no Pimenta.

AS VUVUZELAS E A “TITIA” MICK JAGGER

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Copa 2010 foi embora. E não deixou saudades para quem torce para o Brasil. Nem precisa explicar o porquê. Mas não é de futebol que se deseja falar aqui. Pense em um cabra que consegue tornar por demais atrativo o tema Copa do Mundo, apesar da nossa dor-de-cabeça com Dunga, Felipe Melo&Cia…
Ousarme Citoaian, nesta semana e no seu Universo Paralelo, vem nos falar do tremendo pé-frio desta Copa. Sim, sim, ele… Mick Jagger. Não, não exatamente (só) dele, mas da banda e da origem do nome Rolling Stones. Ou seria do significado do termo?. Olhe, amado leitor, melhor não perder tempo.
Numa clicadinha só (AQUI) você degusta a coluna desta semana.

Back To Top