skip to Main Content
30 de novembro de 2020 | 04:39 pm

SEBRAE RETOMA EVENTOS PRESENCIAIS NO SUL DA BAHIA

Tempo de leitura: 2 minutos

Após sete meses o oferecendo capacitações somente a distância por conta da pandemia, o Sebrae em Ilhéus retoma a realização de eventos presenciais no sul da Bahia. A programação para os municípios de Ilhéus e Itabuna já está disponível e todas as atividades seguirão às recomendações de segurança sanitária estabelecidas pelos decretos municipais.

Entre os dias 16 e 22 de novembro, acontece o evento de maior destaque do mês, a Semana Global de Empreendedorismo (SGE). A organização do evento é feita pelo Sebrae e parceiros que são referência do ecossistema empreendedor brasileiro como Aliança Empreendedora, Anjos do Brasil, Anprotec, Artemisia, Brasil Júnior, Conaje, Endeavor, Junior Achievement e a Rede Mulher Empreendedora (RME).

Com o tema “Retomada da Economia e o Papel do Empreendedorismo”, a 13ª edição da SGE promete mobilizar todo o país. Ilhéus e Itabuna sediarão uma série de palestras gratuitas nas Agências de Atendimento do Sebrae. Serão oferecidas mais de 200 vagas em capacitações presenciais. A programação do evento pode ser acessada através do site www.empreendedorismo.org.br .

Também serão ofertadas oficinas para produtores rurais destinadas a quem deseja aprender a como gerenciar, negociar e calcular os custos de produção no campo. Essas atividades serão realizadas em parceria com os sindicatos de produtores rurais dos municípios da região. Para participar gratuitamente, basta acessar o Portal Sebrae ou entrar em contato pelos telefones (73) 3634-4068 ou 99974-2263 Ilhéus / (73) 3613-9734 ou 99974-2262 Itabuna.

Os empreendedores de Ilhéus poderão se inscrever para as capacitações Como funciona o MEI (16); Como iniciar seu próprio negócio (17); Como elaborar controles financeiros (18); Como criar um negócio utilizando as redes sociais (19); e Sexta da Oportunidade (20).

Já em Itabuna, a programação inclui as capacitações Como iniciar seu próprio negócio (16); Como funciona o MEI (17); Como criar um negócio utilizando as redes sociais (18); Como elaborar controles financeiros (19); e Sexta da Oportunidade (20). As atividades, nos dois municípios, acontecem sempre às 14h.

EM ILHÉUS, EX-CAPITÃO DO BOPE FALA DE CONSTRUÇÃO DE EQUIPES DE ELITE

Tempo de leitura: 2 minutos
Storani fala sobre construção de equipes de elite no mundo corporativo || Foto Keiny Andrade

Storani fala sobre construção de equipes de elite no mundo corporativo || Foto Keiny Andrade

Palestra do ex-capitão do Batalhão de Operações Especiais (Bope) do Rio de Janeiro, Paulo Storani, abrirá a programa especial da Semana Sebrae em Ilhéus, hoje (2), das 19h às 21h, no Centro de Convenções de Ilhéus. “Construindo uma tropa de elite” busca despertar profissionais e equipes para superação de desafios no ambiente competitivo de trabalho e o exercício da liderança.

As inscrições gratuitas podem ser feitas na Loja Virtual do Sebrae (clique aqui). As vagas são limitadas. Mais informações estão disponíveis pelos telefones 73-3634.4068, em Ilhéus, ou ainda pela Central de Relacionamento do Sebrae (0800.570.0800).

Consultor do filme Tropa de Elite, Paulo Storani, coordenador do curso de Operações Especiais, retratado no longa-metragem, é um dos oficiais que serviu de inspiração para o personagem Capitão Nascimento, interpretado pelo ator Wagner Moura.

Ao utilizar suas experiências no Bope, o palestrante busca estabelecer a relação entre a realidade da equipe de alta performance da Polícia Militar e as equipes executivas do mundo corporativo. O foco da abordagem está no compromisso com a empresa, no resultado do trabalho em equipe, na superação de limites, nas metas, na liderança mútua e a na auto realização do cumprimento da missão tarefa.

Leia Mais

DECRETO FACILITA EMISSÃO DE ALVARÁS PARA MICROEMPRESAS EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Ilhéus tem baixo investimento público.

Decreto facilita emissão de alvarás em Ilhéus

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, assinou o Decreto 109, de 28 de agosto, que dispõe sobre a emissão de alvará de funcionamento definitivo e provisório para as microempresas e para as empresas de pequeno porte. A medida atende a reivindicações dos setores produtivos, e tem o objetivo de flexibilizar e desburocratizar a abertura de novos negócios no município. O decreto foi publicado no diário oficial eletrônico no endereço www.ilheus.ba.gov.br.

O empreendedor já pode requerer o alvará de funcionamento provisório da empresa e obter o prazo de até 180 dias para concluir o procedimento que autoriza a emissão do alvará provisório. Antes do término do prazo, a empresa deverá juntar ao processo administrativo todos os documentos necessários à concessão do alvará de funcionamento definitivo, sob pena de cancelamento do alvará provisório e aplicação da multa prevista em Lei.

Além do incentivo a criação de novos negócios e geração de empregos, o prefeito diz que levou em conta a necessidade de desburocratizar a concessão do alvará para fins de registro e legalização de empresários e pessoas jurídicas no que se refere ao “Simples Nacional”, conforme a Lei Complementar Federal nº 123/2006.

PRAZO PARA REGULARIZAR SITUAÇÃO E PERMANECER NO SIMPLES ESTÁ TERMINANDO

Tempo de leitura: 2 minutos
Prédio da Receita Federal em Itabuna.

Prédio da Receita Federal em Itabuna.

As micro e pequenas empresas optantes pelo Simples Nacional que foram excluídas desse regime de tributação em dezembro têm até o dia 31 de janeiro para parcelar os seus débitos e pedir a reinclusão. Dos 299 mil pequenos negócios que perderam o direito ao Simples, cerca de 78 mil já aderiram ao parcelamento de até 120 meses, mas precisam fazer a opção novamente.  Ainda faltam 221 mil para regularizarem sua situação.

– Os donos de pequenos negócios devem correr e pedir o parcelamento. Ainda faltam 40% dos que foram notificados pela Receita em 2016. O prazo está acabando. Sair do Simples pode ser o decreto de falência. O Simples é uma cápsula protetora dos pequenos negócios – alerta o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

Quase metade dos pequenos negócios que estavam com débitos no Simples Nacional, e que haviam sido notificados pela Receita Federal em setembro do ano passado, parcelou suas dívidas e permaneceu no sistema em dezembro. Das 584 mil micro e pequenas empresas que foram notificadas, 285 mil regularizaram a situação antes do final de 2016 para permanecer no Simples.

NOVA ADESÃO

Para voltar a ser optante, o empresário deve pagar ou parcelar suas dívidas e pedir uma nova adesão ao sistema até o final deste mês. O empresário que não se regularizar a tempo só poderá voltar a usufruir desse sistema de tributação em 2018.

A recomendação do Sebrae é que os donos de pequenos negócios com dívidas no Simples procurem seus contadores e peçam para eles aderirem ao parcelamento de até 120 meses, reincluindo a empresa no Simples. Para isso, o contador deve calcular o valor dos débitos e da parcela mais adequada. O pedido de parcelamento deve ser feito no Portal do Simples Nacional.

Leia Mais

SENADO APROVA CRIAÇÃO DE MINISTÉRIO DA MICRO E PEQUENA EMPRESA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O plenário do Senado aprovou nesta quinta-feira, 7, a criação da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, órgão que terá status de ministério e deverá assessorar a Presidência da República em questões relacionadas ao estímulo ao microempreendedorismo.
Todas as atribuições que o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior tem atualmente referentes ao assunto passarão para o novo ministério. Ocorrerá o mesmo com servidores e patrimônio que constavam da secretaria  antes  ligada à pasta do Desenvolvimento.
A matéria deveria ter sido votada na última terça-feira (5), quando os senadores aprovaram um pedido de urgência para que o projeto passasse na frente dos demais na fila de votação. Os oposicionistas, no entanto, apresentaram questões regimentais para exigir 48 horas de prazo para a votação e ela acabou adiada para esta quinta. Com informações da Agência Brasil

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

Tempo de leitura: < 1 minuto

José Humberto Martins, secretário indicado para a Pasta da Indústria, Comércio e Turismo no Governo Vane, é o convidado da última reunião do ano da Associação das Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais da Bahia (Ampesba).

O encontro será nesta terça, 18, às 19h, no auditório do Príncipe Hotel. Na pauta, os planos do novo governo para o desenvolvimento econômico de Itabuna, além dos planos do município para as pequenas e microempresas.

SEM PROMESSA, MAS EM DÍVIDA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O presidente da Associação das Micro e Pequenas Empresas da Bahia (Ampesba), Valdir Ribeiro, procurou o Pimenta para esclarecer  informações do blog. O alvo foi a nota sobre suposta promessa de criação de uma secretaria especialmente para as microempresas. O ato foi atribuído ao prefeito Capitão Azevedo, quando ainda era pré-candidato, em 2008.

Ribeiro exibiu até ata de reuniões em que Azevedo esteve presente, onde ele faz várias promessas sobre o apoio que daria à pequena empresa, caso se elegesse. Não consta, realmente, promessa de secretaria. Porém, do que foi prometido – e registrado – muita coisa não saiu do papel.

Um exemplo é a prioridade para o setor nas compras governamentais. “Nas atas não constam promessas literais de criação de uma secretaria da microempresa. Mas, independente do que foi ou não dito, o município ainda deixa a desejar no apoio ao nosso setor. Comprar – e pagar em dia –  já ajudaria, e muito”, resume Valdir Ribeiro.

QUEM TEM BOCA…

Tempo de leitura: < 1 minuto
O Capitão está em dívida com os microempresários

O Capitão está em dívida com os microempresários

Ainda era época de pré-campanha, em 2008, e o então pré-candidato Capitão Azevedo patinava nos seus 4% de intenções de voto. Na verdade, só o pessoal da UBI acreditava que ele fosse levar adiante aquela candidatura. Mas, como todo bom político em baixa nas pesquisas, Azevedo não rejeitava nenhum convite. De aniversário de boneca a reunião com microempresários, lá estava ele.

Pois foi numa dessas reuniões com os prefeituráveis que a Associação das Micro e Pequenas Empresas da Bahia (Ampesba) ouviu uma das melhores promessas para o setor: a criação da Secretaria Municipal da Microempresa. Essa era a bandeira da entidade. Azevedo sacou e não se furtou em prometer.

Ocorre que hoje, passados nove meses de sua posse, não se tem notícia do que foi feito com aquela promessa. Cabe à Ampesba revirar seus arquivos e, de posse da ata da reunião, cobrar do capitão o cumprimento de sua promessa. Claro que isso não vai ocorrer.

Em Itabuna, as lideranças estão sempre indignadas, mas, tal qual a música dos mineiros do Skank, a indignação é como uma mosca sem asas. Não ultrapassa a janela de suas salas.

Back To Top