skip to Main Content
26 de novembro de 2020 | 12:50 am

QUEM SERÁ O PIZZAIOLO?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Literalmente, o novo escândalo na prefeitura de Itabuna vai acabar em pizza. Um dos envolvidos no escândalo, por sinal, não terá problema para garantir a massa italiana. Com suco, é claro. Não foi à toa que o governo evitou dar maiores detalhes sobre o desvio de produtos enviados pelo Ministério da Agricultura. Jogou o caso para a Polícia Civil. Mas o forno está quentinho.

Em tempo: o caso se refere ao desvio de parte dos 42 mil litros de suco enviados pelo Governo Federal para o município. Parte do produto foi encontrado à venda em supermercados da cidade. Segundo afirmou o secretário de Administração, Gilson Nascimento, o caso envolve dois servidores comissionados e um efetivo. Ele prometeu, por telefone, que os nomes seriam revelados nesta segunda-feira. Não cumpriu o dito.

SUCO COMPRADO PELO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA É VENDIDO EM MERCADOS DE ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Prefeitura “desconhece” irregularidade

Sucos enviados para a Prefeitura de Itabuna pelo Ministério da Agricultura estavam sendo vendidos em supermercados na periferia da cidade. A denúncia está sendo feita pelos presidentes de oito associações de bairro.
Eles contam que fizeram o cadastramento para receber o suco para mais de mil famílias carentes, de localidades como Bananeira, Nova Ferradas e Nova Califórnia. A entrega, segundo eles, deveria ocorrer no dia 3 deste mês, mas até hoje eles esperam.
Um representante da comunidade da Bananeira conta que recebeu uma denúncia e acabou encontrando os sucos sendo vendidos em supermercados nos bairros Pedro Jerônimo e Maria Pinheiro.
A outra parte das caixas de suco teria sido enviada para o Restaurante Popular. Procurado pela reportagem do jornal A Região, o secretário municipal de Administração, Gilson Nascimento, disse desconhecer as informações dos líderes de bairro.
Leia mais

Back To Top