skip to Main Content
1 de junho de 2020 | 02:26 pm

EM SÃO PAULO, BRASIL REGISTRA PRIMEIRA MORTE PROVOCADA POR CORONAVÍRUS

Bahia registrou 156 casos e um óbito até este domingo (29)
Tempo de leitura: < 1 minuto

O estado de São Paulo registrou o primeiro caso no Brasil de morte de pessoa infectada pelo novo coronavírus. A vítima é um homem de 62 anos, com histórico de diabetes, hipertensão e hiperplasia prostática – que é o aumento benigno da próstata natural em homens mais velhos. A informação foi divulgada pelo governo estadual na manhã desta terça-feira (17).

Até a última atualização desta reportagem, não havia sido divulgado o local onde o homem morava e nem se viajou ao exterior ou se teve contato com alguém contaminado no Brasil. Esse também foi o primeiro óbito registrado no Brasil.

Nesta manhã, no momento em que a morte foi anunciada pelo governo de São Paulo, havia 301 casos confirmados pelas secretarias de Saúde dos estados de infecção pelo vírus. Informações do G1.

ITABUNA: LÍDER DE FACÇÃO E ACUSADO DA MORTE DE COMERCIANTE É PRESO EM MINAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Sandro Papel foi preso com documentos falsos e drogas em Minas Gerais

Uma operação que envolveu policiais civis da Bahia e de Minas Gerais levou à prisão de Sandro Ronaldo Borges da Silva, o Sandro Papel, de 40 anos. Apontado como um dos líderes da facção criminosa Raio A, Sandro Papel é acusado de mandar matar o comerciante Romualdo dos Santos Sobral, o Peu, no São Roque, em Itabuna. em setembro deste ano (relembre aqui).

Sandro Papel foi preso, nesta quarta-feira (16), em Belo Horizonte (MG), por agentes da Civil de Minas, com grande quantidade de drogas e documento falso, segundo a polícia.

Ele estava foragido da Justiça baiana há cerca de seis anos e é responsável, de acordo com a autoridade policial, por vários crimes em Itabuna e no sul da Bahia, dentre eles, tráfico e homicídios.

Os agentes da Polícia Civil em Itabuna descobriram a localização de Sandro Papel há mais de uma semana. A partir daí, começaram a planejar a prisão com o apoio da equipe de Operações Especiais da Civil mineira.

QUATRO MANDADOS DE PRISÃO

Somente em Itabuna, Sandro Papel possui em aberto quatro mandados de prisão por homicídio, além de responder por tráfico e associação para o tráfico de drogas, conforme a Polícia Civil.

Ele morava no Bairro Novo das Indústrias em Belo Horizonte, com esposa e filhos, de acordo com a investigação. Durante depoimento em Minas, conforme a Polícia Civil, ele negou participação em atividades criminosas, mas reconheceu que tinha problemas com a Justiça baiana.

POLÍCIA PRENDE DUPLA ACUSADA DE HOMICÍDIO EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Xaninha e Júnior Tatuador foram presos nesta segunda

Ferreira foi morto a pauladas pela dupla, segundo polícia || Reprodução Agravo

Investigadores da Delegacia Territorial (DT), de Ilhéus, prenderam em flagrante Dorisval da Silva Santos Junior, o Junior Tatuador, e Mário Sérgio Santos Oliveira, conhecido como Xaninha, nesta segunda-feira (22). Eles são autores de um homicídio, ocorrido durante a madrugada de ontem. A dupla agrediu até a morte Paulo Ferreira Matos, de 50 anos.

O delegado Thiago Rodrigues de Almeida, explica que o crime foi motivado por uma discussão. O trio se desentendeu durante a divisão das pedras de crack. “Todos os envolvidos eram usuários de drogas”, afirmou o delegado.

Os pedaços de madeira e barras ferro usados para cometer o crime também foram apreendidos e encaminhados para perícia, no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Junior Tatuador e Xaninha estão à disposição da Justiça.

DIGITAL INFLUENCER YURI SHEIK CONFESSA QUE MATOU EMPRESÁRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Iuri (à esquerda) confessa assassinato de empresário

O empresário e digital influencer Iuri Santos Abraão, o “Yuri Sheik”, de 31 anos, confessou ter matado o empresário Willian Oliveira, chamado cariosamente de “Will”, segundo informou a Polícia Civil da Bahia. Nesta quinta-feira (27), ele prestou depoimento ao delegado Edílson Magalhães, titular da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior de Santo Antônio de Jesus e responsável pela investigação.

Na tarde de quarta-feira (26), momentos após confirmada a morte da vítima, “Yuri Sheik” se apresentou, acompanhado de advogados, na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e seguiu para o Departamento de Polícia do Interior (Depin), na Piedade, onde foi cumprido o mandado de prisão preventiva.

A motivação, segundo informações preliminares, aponta para uma rixa antiga entre os grupos de amigos de Willian Oliveira e de Sheik. A vítima foi baleada durante os festejos juninos, no domingo (23). Will era muito conhecido na região de Santo Antônio de Jesus por ser do meio musical. Ele era ex-sócio da banda de pagode Black Style

De acordo com o delegado Magalhães, embora confessada a autoria dos disparos que mataram a vítima, o acusado não deu detalhes sobre como adquiriu a arma. “Disse apenas que, após a fuga, descartou a arma na BR-101”. A versão apresentada por ele e a origem da arma continuam sendo investigadas.

HOMEM É EXECUTADO QUASE EM FRENTE À DELEGACIA DE ITAJUÍPE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Jovem foi assassinado na noite de sábado

Um homem foi assassinado, na noite de sábado (8), em Itajuípe, quase em frente à delegacia da Polícia Civil, no centro da cidade. José Antônio Santos, o Zé Antônio, foi atingido a tiros quando trafegava pelo centro, numa moto de placa PJO 8023, por volta das 20h.

Ex-de mulher é o principal suspeito do crime|| Foto Verdinho

De acordo com o Verdinho, entre os suspeitos do crime está o ex-marido da atual companheira de Zé Antônio, que seria uma pessoa boa, sem envolvimento com crime. Na manhã deste domingo (9), a reportagem do PIMENTA tentou ouvir, por telefone, a Polícia Civil de Itajuípe, mas ninguém atendeu as ligações.

ITABUNA:POLÍCIA OUVE NESTA TERÇA TESTEMUNHAS DA MORTE DE DELEGADO DA CIVIL

Tempo de leitura: 2 minutos

Delegado Mastique foi morto durante uma abordagem da PM em Itabuna.

A 6ª Coordenadoria Regional da Polícia Civil (Coorpin) vai ouvir, nesta terça-feira (30), testemunhas do incidente que resultou na morte do delegado José Carlos Mastique de Castro Filho, de 55 anos, na madrugada de domingo (28), em frente a um posto de combustível, na Avenida Aziz Maron, em Itabuna. O delegado foi atingido com um tiro no peito deflagrado por um cabo da Polícia Militar.

As testemunhas serão ouvidas pelo delegado André Aragão, chefe regional da Polícia Civil em Itabuna. Entre as pessoas que devem prestar depoimentos estão um policial civil lotado em Salvador, que estava na companhia do delegado e uma mulher que teria sido o pivô da confusão.

Na versão apresentada pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc), a mulher teria sido agredida por um Policial Militar de folga e foi defendida por Mastique de Castro. Essa versão é contestada pelos PMs que foram chamados para atender ocorrência que resultou na morte do delegado da Polícia Civil. As investigações são acompanhadas pela Corregedoria da Secretaria de Segurança Pública da Bahia.

José Carlos Mastique estava na Polícia Civil há 15 anos e era lotado na 13ª Delegacia Territorial, em Salvador. Ele era casado e deixa um filho. O corpo do policial foi sepultado, na manhã desta segunda-feira (29), no Cemitério Campo Santo, em Itabuna, que recebeu centenas de pessoas, entre familiares, amigos e colegas de profissão do policial.

CANADENSE É ENCONTRADA MORTA DENTRO DE CABANA DE PRAIA NA ZONA NORTE DE ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Corpo de Ramona foi encontrado dentro da cabana da qual era dona

A polícia investiga a morte de uma mulher canadense em Ilhéus. O corpo da canadense Ramona Dawe foi encontrado com marca de asfixia na cabana da qual era dona, no São Miguel, zona norte do município, no final da tarde desta quinta-feira (11).

As circunstâncias da morte serão investigadas. Quando chegaram ao local, policiais militares encontraram o corpo jogado ao chão. O Samu 192 constatou a morte de Ramona. Atualizado às 16h54min.

MASCOTE: ACIDENTE COM MOTO E CAMINHÃO PROVOCA MORTE NA BR-101

Tempo de leitura: < 1 minuto

Colisão provou a morte do motociclista

Um motociclista faleceu na colisão de uma moto Honda Pop e um caminhão, por volta do meio-dia desta segunda-feira (25), em Mascote, no sul da Bahia. Manoel Ferreira Lisboa, que pilotava a moto, faleceu no local.

O acidente ocorreu no povoado de São João do Paraíso. O impacto da colisão arrancou o para-choque do veículo de grande porte. O motorista do caminhão saiu ileso do acidente.

POLÍCIA PRENDE ACUSADO DE MATAR SERVIDOR DA JUSTIÇA EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

“Caquinho” é acusado de matar o técnico judiciário Lindomar Casais

A Polícia Militar cumpriu mandado de prisão temporária contra Francisco Silva Santos, o Caquinho, de 37 anos. A prisão foi solicitada à Justiça pela titular da Delegacia de Homicídio, Magda Figueiredo, segundo o Plantão Itabuna.
“Caquinho” é acusado de matar, a golpes de faca, o servidor da Vara da Infância, Lindomar Casais dos Anjos, 52 anos. Lindomar foi assassinado em 6 de junho do ano passado, em sua residência, na Rua Santa Rita de Cássia, no Sarinha, após discussão com “Caquinho”. O técnico judiciário trabalhava na Vara da Infância e Juventude de Itabuna.

JUSTIÇA SOLTA ACUSADA DE PARTICIPAR DA MORTE DE TAXISTA DE CAMACAN

Tempo de leitura: < 1 minuto

Acusada de envolvimento de morte de taxista é solta

A justiça concedeu liberdade para a mulher acusada de participar do sequestro e morte do taxista Alex Ferreira da Cruz, 38 anos, no dia 14 deste mês, informa a rádio Jaraguar FM. Iná Rocha de Souza, 21 anos, estava detida em Teixeira de Freitas desde o dia 16, quando policiais da Companhia de Ações Especiais da Mata Atlântica (Caema) localizaram ela e Alisson de Souza Vinhas, o “Biri”, 24 anos, em Mucuri.

De acordo com a rádio Jaraguar, a justiça acatou os argumentos dos advogados de defesa de que não existem provas de participação de Iná Rocha no assassinato de Alex Ferreira.  O carro do taxista, um Prisma de Placa PJI – 7649, foi encontrado em Arraial D’ajuda.

“Biri” acabou atingido em troca de tiros com policiais da Caema e não resistiu aos ferimentos. Já Iná Rocha não resistiu à prisão. O casal aparece em imagens de câmara de segurança de uma loja minutos antes de contratar o taxista Alex Ferreira para transportá-lo de Camacan para Canavieiras.  A corrida para morte foi feita no dia 15 deste mês.

O taxista foi encontrado morto no distrito de Ourucana, em Canavieiras.  O crime revoltou amigos e colegas de profissão de Alex, que era muito conhecido no sul e extremo sul da Bahia. Eles acreditam que  Iná Rocha teve participação no crime. Ela está grávida de sete meses.

Back To Top