skip to Main Content
22 de abril de 2021 | 05:40 pm

SEBRAE MAPEIA 20 CURSOS PARA AJUDAR PEQUENOS NEGÓCIOS A ENFRENTAR CRISE

Tempo de leitura: 5 minutos

Com avanço da pandemia, os donos de micro e pequenas empresas do país são expostos todos os dias a novos desafios. Reinventar-se virou palavra de ordem, já é um bordão dentro do universo do empreendedorismo. Quando se fala em inovar, criar e descobrir, a busca por conhecimento é fundamental. Nesse contexto, o Sebrae tem reforçado seu papel de incentivo à educação para empreendedores e para futuros empresários. A oferta de cursos online disponibilizados pela instituição não para de crescer. Em 2020, o Sebrae atingiu o recorde de 2,5 milhões de matrículas em seus cursos à distância. São mais de 140 opções de capacitações totalmente gratuitas.

O analista de soluções do Sebrae, Rodrigo Estrela, destaca a diversidade do conteúdo dos cursos. “Graças a imensa capilaridade dos atendimentos realizados pelo Sebrae em todo país, os nossos cursos são criados em cima das principais necessidades dos empreendedores, estejam eles em fase de ideação, maturação ou execução do negócio. As capacitações são verdadeiras respostas aos anseios dessas pessoas. Exemplo disso, são os cursos criados para serem feitos pelo Whatsapp. No momento que o Sebrae notou que a ferramenta era um dos aplicativos mais usados pelos donos de micro e pequenos negócios, rapidamente, criamos essa solução que é um sucesso”, observa.

Confira a seguir a lista com 20 cursos podem ajudar os empresários a se reinventarem na crise:

Para Empresários:

1. Marketing digital para o empreendedor
Descubra como construir e monitorar uma estratégia de marketing digital para alavancar o seu negócio.

2. Gestão Financeira

Todo empreendedor sabe que a necessidade de planejamento é uma realidade, mas como alcançar uma rotina organizada? O curso Gestão Financeira possibilita que você consiga fazer a análise e o controle das atividades financeiras da sua empresa. Assim, será possível tomar decisões cada vez mais acertadas e, consequentemente, maximizar os resultados financeiros.

3. Customer Success: como conquistar e manter clientes

Aumentar a satisfação dos clientes é uma estratégia de sucesso para toda empresa. Por isso, é muito importante estar por dentro do que é o customer success, uma nova abordagem empresarial que coloca o consumidor no centro de tudo. Afinal, é para resolver os problemas dele que um empreendimento é montado.

4. Microcrédito consciente

O curso abordará temas relacionados ao planejamento e orientação para o crédito. O conteúdo trata de questões como: noções de formação de preço, ponto de equilíbrio e lucro, relação do capital de giro, fluxo de caixa, ciclo financeiro e ciclo operacional, cálculo da necessidade de capital de giro, requisitos para acesso ao crédito, finalidades e modalidades de crédito, taxa de juros e custo efetivo total, entre outras.

5. Como vender pela internet na crise do coronavírus

No curso você vai entender como a internet é fundamental, principalmente neste momento de crise, para o avanço e o sucesso da sua empresa. Você conhecerá técnicas para melhorar sua performance nas redes sociais e aumentar o tráfego de clientes nos seus canais de vendas.

6. LGPD: a sua empresa está preparada?

Se você é uma pessoa conectada, certamente já leu algo sobre a Lei Geral de Proteção de Dados, a LGPD. Mas, você sabe exatamente como ela funciona, quais são suas diretrizes e os impactos da sua implementação? Neste curso, você descobrirá como a LGPD mudará a maneira de as empresas lidarem com dados pessoais.

7. Avaliando as vendas do seu negócio (Curso por Whatsapp)

O sonho de todo microempreendedor é aumentar seu volume de vendas e ver seu negócio crescer. Neste curso, oferecemos as ferramentas certas para alcançar esse objetivo. Nele você vai aprender a fazer uma avaliação e um planejamento de vendas bem feitos e ter resultados cada vez melhores.

8. Inovação e possibilidades de crescimento (Curso por Whatsapp)

A inovação se tornou um diferencial competitivo para empresas de todos os portes, do pequeno, passando pelo médio e chegando ao grande. É inovando que empresas conseguem se manter relevantes no mercado, e se o processo for contínuo, à frente da concorrência na maioria das vezes. Mas como a sua empresa pode aplicar o conceito de inovação em seu dia a dia? Neste curso mostramos o que você precisa saber para implantar a cultura de inovação no seu negócio.

9. Fluxo de caixa como ferramenta de gestão para o seu negócio (Curso por Whatsapp)

O fluxo de caixa é uma das ferramentas de gestão muito importante para manter o controle da movimentação financeira das atividades de um negócio. Com este curso, você irá adquirir conhecimentos para embasar a criação de um fluxo de caixa, capaz de gerar um diferencial estratégico na gestão financeira do seu negócio.

10. Boas práticas nos serviços de alimentação

Esta trilha vai ajudar você a compreender as questões relacionadas à segurança alimentar no processo de elaboração dos alimentos, nas formas de armazenamento e conservação e em outros importantes conceitos e práticas que aprimorarão seu negócio.

11. Atendimento ao cliente

Aprenda sobre os procedimentos de atendimento em uma empresa e como estas ações provocam um impacto positivo nos resultados de um negócio.

12. Compras governamentais: micro e pequenas empresas

Este curso é dedicado às Micro e Pequenas Empresas (MPE) que desejam fornecer bens e serviços para a Administração Pública Federal, Estadual e Municipal. Aqui, ao tratarmos de MPE, nos referimos às Microempresas, às Empresas de Pequeno Porte, aos Microempreendedores Individuais (MEI), aos Agricultores Familiares e às Cooperativas.

13. Como vender mais e melhor

Vender mais é consequência de vender melhor. Aprenda a definir metas e ações para conquistar mais clientes e gerar melhores resultados para o seu negócio.

14. Como aumentar suas vendas

Neste curso, você vai incrementar seus produtos e/ou serviços conquistando mais clientes e vendendo em maior quantidade para os consumidores atuais. Assim, você saberá não só como aumentar as suas vendas, mas também ampliará as possibilidades de crescimento e de expansão de seus negócios.

Para quem quer começar a empreender

15. Aprender a empreender

Conheça as principais características que um empreendedor deve ter e aprenda os conceitos básicos sobre empreendedorismo, marketing e finanças. Se você está querendo abrir um negócio ou se acabou de abrir este curso é para você!

16. Como desenvolver produtos e modelos de negócios inovadores

Preparar os empreendedores para um novo mundo, novos consumidores e novos tipos de negócios. A trilha é composta por exemplos e ferramentas de inovação e vem ao encontro dessa expectativa de que é fundamental inovar e desenvolver competências de gestão da inovação para se manter competitivo.

17. Como definir preço de venda

Saber como definir o preço de venda é tão importante quanto a qualidade e a estratégia de marketing utilizada para comercializar os seus produtos e serviços. Muitos empreendedores, entretanto, ficam com dúvidas se o valor estabelecido é realmente justo e competitivo.

18. O caminho para a formalização: benefícios e responsabilidades (Curso por Whatsapp)

Se você está se descobrindo agora como empreendedor, a formalização do seu negócio é um primeiro passo essencial para o futuro da sua empresa. Neste curso você vai ficar por dentro de todas as informações e ferramentas básicas para se tornar um MEI sem complicação.

19. Acesso ao crédito (Curso por Whatsapp)

Antes de solicitar crédito no mercado financeiro, você, empreendedor, precisa estar bem informado sobre as condições que envolvem essa prática. Neste curso você terá acesso a todo o conhecimento necessário para fazer a decisão mais vantajosa para a saúde do seu negócio.

20. Será que sou empreendedor? (Curso por Whatsapp)

Você diria que todo empresário é empreendedor? E todo empreendedor é empresário? Neste curso, você vai aprender a identificar características que são fundamentais para ter sucesso no mundo dos negócios.

TERCEIRA VIA FORMATURAS E EVENTOS COMPLETA 14 ANOS

Empresa de formaturas de Itabuna completa 14 anos de mercado
Tempo de leitura: 2 minutos

A Terceira Via Formaturas e Eventos, sediada em Itabuna, completou, nesta segunda (29), 14 anos de atuação no mercado de produção e gestão de formaturas e outros eventos na Bahia. Para os sócios Danilo Torres, Franklin Bastos e Leandra Batista, a empresa evoluiu no cenário estadual, o crescimento e expansão da Terceira Via “resultam da seriedade e do nível de profissionalismo demonstrado no setor de eventos”.

Uma das maiores do mercado baiano, a empresa em uma referência da produção cenográfica, especialmente na área de formaturas. Atualmente, o grupo está estruturado em quatro empresas – Terceira Via Formaturas, Terceira Via Hall (espaço de eventos com capacidade para duas mil pessoas, inaugurado em 2015), a Via 3 Convites e a Conexão Foto e Vídeo.

Franklin Bastos, Leandra Bastista e Danilo Torres, diretores da Terceira Via || Foto Divulgação

A evolução do trabalho da empresa, ressalta Danilo Torres, deve-se ao reconhecimento dos formandos e também à competência e dedicação de uma equipe de profissionais engajados na missão de proporcionar momentos surpreendentes e memoráveis aos clientes. Dessa forma, são oferecidos serviços de excelência como solenidades de colação de grau, culto ecumênico, aula da saudade, baile de formatura, cenografia, fotografia, filmagem, convites e produtos personalizados.

IMPACTO

Desde o ano passado, o setor de eventos é um dos que mais sofrem os impactos negativos da pandemia da covid-19. O cancelamento das formaturas e eventos agendados causou enormes prejuízos à cadeia produtiva, gerando alto índice de desemprego e o fechamento de muitas empresas.

Franklin Bastos, também diretor da Terceira Via, enfatiza que a experiência tem mostrado que é totalmente possível realizar alguns tipos de eventos e atender às recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e demais autoridades sanitárias.

Segundo ele, neste momento, foram sugeridas adequação de cerimoniais de culto ecumênico e outorga de colação grau na mesma categoria dos cultos religiosos e com o mesmo grau de exigências no contexto do controle da pandemia. “Mas a nossa expectativa é de que o País consiga alcançar – o mais rápido possível – o controle da pandemia e, assim, possamos retornar às nossas atividades e normalizar a realização de formaturas e eventos”, diz.

“A Terceira Via desenvolve outros formatos de produção cenográfica e de prestação de serviços, investe no treinamento e capacitação da equipe, e em alternativas de inovação tecnológica para atender às novas demandas do mercado”, afirma Leandra Batista, diretora administrativa e de cenografia.

ACI SUGERE MEDIDAS À PREFEITURA PARA REDUZIR IMPACTO NA PANDEMIA NO SETOR EMPRESARIAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

As dificuldades para a manutenção de uma empresa no período da pandemia, levaram diretores que integram o comitê de Covid-19 da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI) a se reunirem nesta terça-feira, 23, para encontrarem uma solução. Os empresários vão apresentar uma série de reivindicações à Prefeitura para redução dos encargos.

Os empresários destacaram alguns pontos de contrapartida municipais diante das restrições. Dentre elas, estão a necessidade de isenção do IPTU e taxas de alvará para as empresas que sofreram fechamentos por conta da pandemia, prorrogação do ISS ou isenção por 06 meses, isenção da taxa de publicidade e isenção da tarifa de água (bares, restaurantes e empresas de eventos).

O presidente da ACI, Sérgio Velanes, destacou que a carta será apresentada em breve ao Executivo e vai solicitar necessidades urgentes da cadeia produtiva da cidade. “É uma questão de sobrevivência. A nossa preocupação aumenta porque as empresas estão enfrentando dificuldades e precisam do apoio do Poder Municipal para continuarem funcionando e mantendo os empregos”.

CARREFOUR ANUNCIA A COMPRA DO GRUPO BIG, DONO DAS MARCAS BOMPREÇO E MAXXI

Carrefour anuncia compra do Grupo Big em negócio de R$ 7,5 bilhões
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Grupo Carrefour Brasil anunciou, hoje (24), a compra do Grupo Big Brasil em negócio avaliado em R$ 7,5 bilhões. O Big é dono das marcas Bompreço, Maxxi Atacado, Walmart e Sam´s Club no Brasil. 

O negócio foi confirmado por meio de comunicado em que o Carrefour diz que a aquisição expandirá a sua presença no Nordeste e Sul do país, com ‘forte potencial de crescimento”.

Com a aquisição, o Carrefour diz que ampliará a base de clientes do grupo de 45 milhões para 60 milhões de clientes. O negócio ainda depende de autorização do Conselho de Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

O Carrefour é dono do Atacadão, que possui uma loja na Rodovia Ilhéus-Itabuna, e o Big é detentor de duas marcas presentes em Itabuna, o Maxxi e o Bompreço.

SHOPPING JEQUITIBÁ FUNCIONARÁ EM NOVO HORÁRIO, SEM CINEMA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Shopping Jequitibá tem novos horários de funcionamento a partir desta terça-feira (23) devido à mudança no horário do toque de recolher em quase todo o estado. De hoje (23) até sexta-feira (26), o supermercado do shopping, a farmácia e a lotérica funcionarão das 8h às 17h. As lojas e quiosques, das 9h às 17h. A Praça de Alimentação atenderá das 10h às 17h30min, enquanto a academia funcionará das 5h30min às 17h30min.

No sábado e no domingo, dias 27 e 28, o supermercado e a farmácia funcionam em igual horário dos demais dias da semana, enquanto a lotérica fica aberta das 8h às 14h. Os estandes da Cacau Show, Kopenhagen e Le Biscuit abrem das 10h às 17h no sábado e das 12h às 17h no domingo para comercialização de produtos de Páscoa, ao lado do hipermercado.

Lojas e quiosques estarão fechados e os restaurantes só poderão funcionar em sistema delivery. A comercialização de bebidas alcoólicas está proibida no final de semana. Atendendo ao novo decreto, que visa conter o avanço do novo coronavírus em toda a Bahia, o cinema permanecerá fechado. Algumas das lojas do shopping estão atendendo pela internet, pelo site www.jequitibaonline.com.br.

COOPERATIVAS SUL-BAIANAS APOSTAM NA PÁSCOA PARA AQUECER VENDA DE OVOS DE CHOCOLATES

Tempo de leitura: 3 minutos

Cooperativas da agricultura familiar do sul da Bahia, que atuam no segmento de chocolates, apostam no período de Páscoa para aquecer as vendas. Os chocolates são produzidos com o puro cacau, cultivado da forma agroflorestal conhecida como Cabruca, que maneja o cacau à sombra das árvores nativas da Mata Atlântica, sem prejudicar a preservação do bioma. Os empreendimentos contam com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com ações, desde a base de produção até o acesso ao mercado.

A Bahia Cacau, primeira fábrica da agricultura familiar do país, localizada no município de Ibicaraí, aposta na comercialização de ovos de Páscoa nos percentuais de 50% e 70% de teor de cacau, em embalagem de 200g. Além disso, a cooperativa oferece mix de chocolates que variam de 35% a 70% de cacau, distribuídos em barras de 20g e 80g. Completam a cesta de produtos o nibs, mel de cacau, licor de mel de cacau e o bombons de chocolate com frutas, a exemplo de abacaxi, licuri, umbu, café, banana e goiaba.

Ovos e chocolates da Bahia Cacau podem ser adquiridos na lojas da fábrica, em Ibicaraí, localizada na rodovia BR-415; na loja de Feira de Santana, no bairro SIM; e em Salvador, nas lojas do Centro de Economia Solidaria (Cesol), do Salvador Shopping e Salvador Norte Shopping. Os produtos estão disponíveis também para os consumidores da capital baiana na loja virtual www.escoarbrasil.com.br.

O diretor-presidente da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), Osaná Crisóstomo Nascimento, destaca que pandemia do coronavírus tem um impacto nas vendas, mas que está otimista para a Páscoa: “Apesar da pandemia, vamos proporcionar aos nossos clientes a oportunidade de saborear um chocolate de qualidade, de origem, o melhor chocolate do Brasil. Para isso, além dos espaços físicos, estamos oferecendo o serviço delivery, com vendas on-line”.

Bahia Cacau aposta em chocolates com alto teor de cacau

NATUCOA

A Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia (Coopessba), sediada em Ilhéus, conhecida pela fabricação de chocolates veganos, com a marca Natucoa, lançou os ovos de Páscoa artesanais, em embalagens de 320 a 330 gramas, trufado com geleia de mel de cacau, trufado com caramelo salgado e Licuri, e ovos com 70% cacau especial, com bombons.

A Natucoa comercializa chocolates de origem nas versões 56% 70% e 80% de cacau, 65% com Nibs, 70% com Licuri e 70% com Licuri caramelizado, além de uma linha de panetones e chocotones veganos.

Os produtos da Natucoa podem ser adquiridos nas lojas parceiras, loja de fábrica na sede da cooperativa, na rodovia Ilhéus-Itabuna, e por meio das redes sociais da cooperativa. Outra opção é a compra virtual, pelo site www.coophub.com.br, com entrega em Salvador e Região Metropolitana.

Leia Mais

MAIS DE 98 MIL MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SÃO ABERTAS NO 1º BIMESTRE DE 2021

Tempo de leitura: 2 minutos

No primeiro bimestre desse ano, foram abertas em todo o país 98,1 mil micro e pequenas empresas, número 1,7% abaixo do registrado no mesmo período de 2020. Desse universo, 55,9 mil, o que corresponde a 57%, foram abertas no mês de janeiro. As informações constam em levantamento realizado pelo Sebrae com base em dados da Receita Federal.

Apesar do mês de janeiro ter apresentado um crescimento de 12,6% em relação ao mesmo período do ano anterior, o baixo desempenho na abertura de empresas em fevereiro puxou o resultado do bimestre para baixo. No segundo mês desse ano, houve uma retração de 15,8% em relação ao mês de fevereiro de 2020 na abertura de novos negócios.

De acordo com o presidente do Sebrae, Carlos Melles, esse declínio de abertura de empresas de micro e pequeno porte em fevereiro pode retratar as dificuldades que os empreendedores estão tendo devido ao avanço da pandemia no país, desde o final do ano passado. “Voltamos a conviver com medidas mais restritivas do comércio nos estados e isso impacta diretamente no desempenho dos pequenos negócios no país, principalmente os ligados aos ramos de alimentação e vestuário”, frisou Melles.

Ao analisar o desempenho da abertura dos pequenos negócios por atividade, em fevereiro, dos 20 segmentos com maior registro de abertura, 18 registraram queda significativa em relação ao mesmo período de 2020. Entre eles estão as atividades de lanchonetes e similares, com queda de 37% e restaurantes, menos 34%. O comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios, como por exemplo mercearias e minimercados, caiu 26% e o de vestuário, 24%.

Leia Mais

CIDADE EMPREENDEDORA: ITABUNA É A 1ª DA BAHIA A ADERIR AO PROGRAMA DO SEBRAE EM 2021

Representantes de Sebrae e Prefeitura de Itabuna em assinatura de termo de adesão
Tempo de leitura: 2 minutos

Itabuna foi a primeira cidade baiana a assinar o termo de parceria para o programa Cidade Empreendedora ciclo 2021. O prefeito Augusto Castro recebeu em seu gabinete o superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, que participou do evento de forma remota, e, presencialmente, os representantes do Sebrae que atuam na região Sul, a gerente Claudiana Figueiredo e o gerente adjunto, Michel Lima, para assinatura do termo de adesão.

O ato de assinatura do convênio contou, ainda, com a participação da gestora estadual do programa Cidade Empreendedora, Cecília Miranda, através de vídeochamada, das secretárias municipais de Planejamento, Sônia Fontes e de Educação, Janaína Araújo, do coordenador geral de Comunicação, Afonso Dantas e do diretor de fomento à Indústria e Comércio, Othon Dantas.

Em sua fala, Khoury destacou a importância da atuação dos municípios para a economia do estado, além de reforçar o compromisso da entidade no apoio através das ações do programa. Na oportunidade, também foram apresentados os desafios do projeto para este ano, com base nos eixos temáticos de Educação Empreendedora, Desburocratização, Compras Públicas, Inovação e Sustentabilidade e Gestão Municipal.

Já o prefeito Augusto Castro afirmou que vai unir forças com o Sebrae para desenvolver o ambiente de negócios na cidade. “Foi promessa de campanha transformar Itabuna em um lugar para empreender, e vamos cumprir”, finalizou.

O PROGRAMA

O Cidade Empreendedora tem como objetivo engajar a gestão municipal e as lideranças locais na melhoria do ambiente de negócios, promovendo políticas públicas que beneficiem as pequenas empresas e contribuam para o desenvolvimento econômico local, com a intenção de tornar o município um melhor lugar para empreender.

O programa sugere alguns caminhos e propostas para que, juntos, Sebrae e municípios, possam transformar a Bahia em um lugar melhor para viver porque, quando temos um ambiente melhor para fazer negócios, temos mais geração de renda e oportunidades.

Desde o início do programa, em 2018, 149 cidades baianas já implementaram o programa e capacitou mais de três mil gestores públicos, com mais de seis mil horas de consultoria gratuita para os representantes das prefeituras participantes. Neste ano, 53 municípios foram selecionados para formalizar a parceria com o Sebrae Bahia no programa Cidade Empreendedora.

PESQUISA DO SEBRAE REVELA EXPECTATIVA DOS EMPRESÁRIOS DO VAREJO BAIANO PARA 2021

Foto Darío G. Neto/Sebrae Bahia
Tempo de leitura: 2 minutos

Para entender as expectativas dos empresários do varejo para 2021, o Sebrae Bahia realizou uma pesquisa que mostrou a avaliação dos empreendedores em relação aos temas de finanças, vendas, meios de atuação e outros assuntos.

De acordo com o levantamento, 32% dos entrevistados afirmaram que o volume de vendas está ruim, mas em recuperação, enquanto 25% disseram que o movimento está bom, mas reconhecem que era melhor antes da pandemia. Outros 23% responderam que as vendas estão satisfatórias e 13% assumiram que as vendas seguem péssimas. Apenas 7% dos empresários entrevistados expressaram satisfação total com o volume de vendas.

Em relação à administração financeira, 84% disseram que realizam o controle internamente e 9% terceirizam o serviço. Outros 7% fazem internamente, com um funcionário dedicado às finanças. O levantamento mostrou ainda que 77% afirmaram que precisam melhorar a administração financeira do negócio.

Quanto ao modelo de comercialização, a maioria (52%) afirmou que realiza de forma híbrida (presencial e online), utilizando as redes sociais como Instagram, WhatsApp e Facebook, site ou loja virtual e marketplaces. Outros 40% disseram que atendem as clientes de forma presencial e apenas 8% comercializam seus produtos exclusivamente online.

Quando perguntados quais as redes sociais que utilizam com mais frequência, a maioria (82%) utiliza o WhatsApp e Instagram, seguido de Facebook (47%), Youtube e Messenger (ambos com 7%), Telegram (5%), Tiktok (2%) e Twitter (1%).

A PESQUISA

A pesquisa entrevistou 425 empresários baianos e foi realizada nos meses de novembro e dezembro de 2020, por meio de questionário online. O intervalo de confiança é de 95%.

Dentre os empresários entrevistados, 66% dos empreendedores do varejo são do sexo feminino, com idade média de 40 anos.

Em relação ao enquadramento, 58% dos empreendimentos são Microempreendedor Individual (MEI), 36% deles atuado no segmento de vestuário e acessórios e 19% em alimentação.

Cerca de 48% dos empreendimentos estão até com 2 anos de comércio aberto e ativo e 43% atuam na rua e 31% em centro comercial. Mais de 70% não possuem nenhum registro oficial em instituições e 96% possuem de 0 a 10 funcionários.

O levantamento foi realizado pela Unidade de Gestão Estratégica (UGE) do Sebrae Bahia, demandado pela Unidade de Atendimento Coletivo (UAC) e Coordenação de Comércio e Serviços da entidade.

RENOVA VAREJO

Com a mudança de comportamento do consumidor, que está cada vez mais digitalizado, bem como o avanço das compras online e marketplaces, as empresas varejistas precisam se adaptar para enfrentar um mercado ainda mais exigente. E, para apoiar os empreendedores do varejo baiano nesse momento que requer uma verdadeira transformação, o Sebrae lança o Movimento Renova Varejo, que pretende transformar o varejo baiano, elevando a maturidade digital dos empresários e preparando suas empresas para as demandas atuais.

Durante seis meses, os empresários que aderirem ao Movimento terão 38 horas de consultoria individual com especialista em marketing e vendas, e 12 horas de ações coletivas para capacitação sobre assuntos estratégicos da gestão, incluindo curso de 6 horas com o Alfredo Soares, autor dos livros Bora Vender e Bora Varejo.

O movimento é voltado especialmente para empresários de micro e pequenas empresas de vestuário, calçados, tecidos, cama, mesa e banho, minimercados, comércio de alimentos e bebidas, itens para casa, material de construção, equipamentos e suprimentos de informática.

PANDEMIA FAZ BRASIL REGISTRAR RECORDE DE NOVOS MICROEMPREENDEDORES INDIVIDUAIS

Tempo de leitura: 2 minutos

A procura pela formalização por meio do registro como Microempreendedor Individual (MEI) continua em ritmo de crescimento no país. Somente em 2020, foram registrados 2,6 milhões de novos MEI, recorde para período de 12 meses. O número é o maior registado nos últimos cinco anos, de acordo com levantamento feito pelo Sebrae com dados da Receita Federal. Atualmente, o Brasil já conta com mais de 11,3 milhões de MEI ativos.

Os setores de Comércio Varejista de Vestuário e Acessórios (180 mil); Promoção de Vendas (140 mil); Cabeleireiros, Manicure e Pedicure (131 mil); Fornecimento de Alimentos para Consumo Domiciliar (106 mil) e Obras de Alvenaria (105 mil) seguiram – a exemplo de 2019 – liderando o ranking de atividades com o maior número de MEI criados. Apesar disso, uma análise comparativa mais aprofundada entre os dois anos mostra novidades.

Segundo o presidente do Sebrae, Carlos Melles, houve uma mudança de perfil dos MEI entre as atividades econômicas mais procuradas. “O setor de cabeleireiros, manicure e pedicure, por exemplo, que em 2019 estava no topo com o maior número de MEI abertos, teve uma queda de quase 20% no ano passado. Essa mudança, com certeza, está diretamente relacionada aos impactos provocados pela pandemia do novo coronavírus”, analisa.

Outra alteração nesse cenário foi o aumento de quase 15% do número de novos MEI no setor varejista de vestuário e acessórios, que superou a marca de 180 mil novos registros em 2020. Entretanto, o maior crescimento do número de novos MEI foi identificado nas áreas de Transportes (86%), Restaurantes e Similares (59%), Fornecimento de Alimentos para Consumo Domiciliar (48%) e Comércio Varejista de Bebidas (41%).

Leia Mais

C&A RENOVA COM O JEQUITIBÁ ITABUNA E DEVERÁ TER LOJA EM SHOPPING ILHEENSE

C&A renova parceria em Itabuna e deverá ter loja em futuro shopping ilheense
Tempo de leitura: < 1 minuto

O gerente nacional de Expansão e Gestão Imobiliária das Lojas C&A, Fábio Costa Oliveira, esteve no sul da Bahia e confirmou a renovação do contrato com o Shopping Jequitibá por mais 10 anos. Umas das maiores redes do setor de moda e vestuário do Brasil, a C&A é parceira do shopping em Itabuna como uma de suas lojas-âncora desde 2011.

A convite do diretor do Shopping, Manoel Chaves Neto, Fábio Costa Oliveira também visitou a área onde será implantado o Jequitibá Ilhéus, no litoral sul, demonstrando o interesse da C&A em participar do projeto como loja-âncora.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, Marão, também participou do encontro e reafirmou o compromisso da duplicação da Rodovia BA-001, e do transbordo rodoviário, no trecho entre a ponte Jorge Amado e o Cururupe.

Dirigente da C&A, do shopping e prefeito ilheense durante encontro

“A renovação do contrato da C&A com o Shopping Jequitibá Itabuna e o interesse em estar presente também em Ilhéus demonstram não apenas a excelência da gestão do Jequitibá, mas o potencial do sul da Bahia e sua capacidade de superação no pós pandemia”, disse Neto.

SEBRAE RETOMA ATIVIDADES PRESENCIAIS COM A “SEXTA DE OPORTUNIDADES”

Tempo de leitura: < 1 minuto

Após recesso de final de ano, a unidade do Sebrae Bahia em Ilhéus, responsável por atender a região Sul do estado, retoma a realização de eventos presenciais em 2021. Para iniciar as atividades, a programação contemplará os futuros empreendedores com a Sexta da Oportunidade, com a oficina gratuita “Como Planejar o seu Negócio?”, no próximo dia 29 de janeiro, na sede do Sebrae em Ilhéus e em Itabuna.

As oficinas serão conduzidas pelos especialistas em pequenos negócios do Sebrae Marília Enéas, em Ilhéus, e Michel Lima, em Itabuna. As inscrições podem ser feitas online ou pelos telefones (73) 9 9974-2263 ou 3634-4068, para Ilhéus. Já em Itabuna, os telefones são (73) 99974-2262 ou 3613-9734. Os encontros seguem os protocolos sanitários de prevenção à pandemia do novo coronavirus, com distanciamento mínimo entre os participantes, aferição de temperatura, além de uso obrigatório de máscara.

A Sexta da Oportunidade aborda conteúdos de interesse de quem deseja começar a empreender, a exemplo de modelo de negócio, plano de negócio, direitos e obrigações do MEI e tendências de mercado.

PRODUÇÃO DE URÂNIO É RETOMADA NA BAHIA

Foi retomada a produção de Urânio na Bahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

A produção de urânio na Unidade da Indústrias Nucleares do Brasil (INB), em Caetité, na Bahia, foi retomada nesta terça-feira (1º). A expectativa da empresa é que haja uma injeção de R$ 76 milhões na economia, com R$ 30 milhões/ano em recolhimento de impostos estaduais e municipais.

De acordo com a INB, em Caetité, foram produzidas 3.750 toneladas de concentrado de urânio entre 2000 e 2015, a partir da primeira área lavrada, a Mina Cachoeira. Desde a exaustão dos recursos passíveis de lavra a céu aberto no local, as atividades de mineração estavam paralisadas.

O urânio é a matéria-prima para fabricação do combustível que abastece as usinas nucleares de Angra dos Reis. A expectativa é que sejam produzidas 260 toneladas de concentrado de urânio por ano, quando a Mina do Engenho atingir a sua capacidade plena, o que deve ocorrer em 2022.

Segundo estimativa da INB, a retomada da produção tem impacto na geração de empregos na região, com 600 postos diretos e cerca de 1.800 indiretos. A produção de urânio estava suspensa há cerca de cinco anos.

SHOPPING DE ITABUNA RECEBE CERTIFICAÇÃO ISO 9001:2015

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Shopping Jequitibá, de Itabuna, recebeu a certificação ISO 9001:2015, que define a forma como a organização opera em ações como foco no cliente, liderança, envolvimento de pessoal, capacidade de tomada de decisões e busca continua na melhoria dos serviços. O ISO 9001:2015 é um certificado de excelência que também possibilita negociações com clientes e obtenção de financiamentos para novos investimentos.

Desde que foi implantado pelo empresário Helenilson Chaves há 20 anos, ressalta a direção, o Jequitibá vem passando por processo permanente de ampliação de sua planta construída e do mix de produtos e serviços, capacitação de colaboradores e consolidação como um shopping completo, atendendo uma área que abrange cerca de 100 municípios do sul e sudoeste da Bahia.

“Mesmo em período de pandemia, em que seu funcionamento atende a todos os protocolos da Organização de Saúde, o Shopping Jequitibá vem recebendo novos empreendimentos a apresenta excelentes perspectivas para 2021, com vários projetos de lojas/entretenimento/serviços em fase de implantação”, afirma o diretor do Shopping Jequitibá, Manoel Chaves Neto.

Neta destaca que a certificação ISO 9001:2015 é resultado do envolvimento dos empresários parceiros e de todos os colaboradores. “Formamos um time unido na busca pela qualidade, visando sempre a satisfação dos nossos clientes”, complementa.

AZUL RETOMARÁ VOOS REGULARES SALVADOR-ILHÉUS

Azul volta a operar frequência Salvador-Ilhéus em janeiro || Foto Pimenta/Arquivo
Tempo de leitura: < 1 minuto

A partir de 1º de janeiro, a Azul Linhas Aéreas retomará os voos regulares entre Salvador e Ilhéus. Serão seis frequências semanais com aeronave E-195, com 118 lugares, de domingo a sexta, às 22h50min. De Ilhéus para Salvador, os voos serão de segunda a sábado, às 4h45min. As passagens já estão à venda, no site da empresa.

Para o secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco, a retomada da malha é um passo importante para o aumento do número de turistas. “Com a retomada de mais este voo no mês de janeiro e a volta, em dezembro, de três voos internacionais, estamos recompondo gradualmente nossa malha aérea, pois o aumento da conectividade é fundamental para que mais turistas tenham acesso aos nossos principais destinos”, avalia.

Para quem quer se deslocar entre a capital e Ilhéus, também há voos da GOL, operados pela Voepass. As viagens pela companhia são diárias, com frequências extras às segundas, quintas e sextas, e os voos são operados por uma aeronave ATR-72 700.

Back To Top