skip to Main Content
12 de abril de 2021 | 12:21 pm

POLÍCIA PRENDE "RAINHA DO NOTEBOOK"

Tempo de leitura: < 1 minuto

Daniela, a Rainha dos Notebooks (Foto Pimenta).

A polícia civil deteve ontem à noite, em Itabuna, Daniela de Jesus Santos. Ela é conhecida como “Rainha do Notebook” tal a agilidade na hora de furtar equipamentos eletrônicos em casas comerciais e escritórios em Itabuna.
Uma das últimas ações de Daniela foi na sede da Associação dos Municípios do Sul, Extremo-Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc), na Almirante Tamandaré, centro. De acordo com investigação da Delegacia de Furtos e Roubos, os notebooks são trocados por droga.
O titular da delegacia de Furtos e Roubos, Clodovil Soares, diz que ela está indicando locais para que a polícia possa recuperar aparelhos eletrônicos subtraídos em clínicas médicas e dentárias e escritórios no centro de Itabuna. Além de notebooks, ela furta Iphones.

SINEC E UESC EM GUERRA PELO CEPEDI

Tempo de leitura: < 1 minuto

Cepedi: produção insignificante (Foto JBO).

Uma intensa briga de bastidores coloca em lados opostos o Sindicato das Indústrias Eletroeletrônicas e de Informática (Sinec) e a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). O sindicato quer tomar da universidade o controle do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Tecnológico em Informática e Eletroeletrônicos de Ilhéus (Cepedi).

O Sinec alega que a instituição de ensino não tem conseguido cumprir sua missão no controle do Cepedi. E o reitor da Uesc, Joaquim Bastos, contra-ataca, afirmando que o Polo de Informática de Ilhéus não desenvolve tecnologia:

– O que é preciso reconhecer é que o Pólo de Informática de Ilhéus não produz tecnologia. É um mero apertador de parafusos – disse o reitor ao Jornal Bahia Online. Por igual estrada, caminha o Cepedi. Tá feia a coisa.

Confira toda a polêmica clicando aqui

SMARTPHONES DEVEM SUPERAR COMPUTADORES EM VENDAS NO BRASIL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Valor Econômico

Os smartphones caíram no gosto dos brasileiros e, pela primeira vez, vão ultrapassar as vendas de computadores no país. Segundo dados da consultoria IDC, a expectativa é de que sejam vendidos 10 milhões de smartphones neste ano, o dobro de 2010. Os micros de mesa ou desktops vão somar 7,7 milhões de unidades, e os notebooks, 8 milhões. Em 2012, a projeção é de que os celulares superem as duas categorias de computadores juntas.

Os smartphones são celulares que usam sistemas operacionais, a exemplo dos computadores, o que os diferencia dos telefones comuns. Os aparelhos são capazes de executar várias tarefas ao mesmo tempo e oferecem funções avançadas, como edição de vídeos em alta definição. O principal atrativo é a capacidade de navegar na internet com uma facilidade semelhante à de um PC.

A popularização dos smartphones é decorrência de uma combinação de motivos, que inclui maior oferta de modelos, preços em queda e promoções das operadoras nos pacotes de internet. Esses fatores permitem que os aparelhos, até recentemente considerados uma exclusividade de executivos, fiquem acessíveis a um número maior de consumidores. Há modelos para todos os gostos e bolsos. Os mais baratos custam em torno de R$ 600 e os mais caros passam de R$ 2 mil. Dependendo da operadora, os aparelhos podem até sair de graça.

Back To Top