skip to Main Content
22 de fevereiro de 2020 | 12:14 pm

UNIMED É NOVA PARCEIRA DO PEDALADA AZUL; PASSEIO SERÁ NESTE DOMINGO (3)

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ciclistas e Ciana Lima, da Unimed, são parceiros da Pedalada Azul || Foto Divulgação

A ONG Unidos pelo Diabetes continua recebendo novos apoios para a Pedalada Azul, que ocorrerá no próximo domingo (3). O passeio ciclístico que reúne famílias e ciclistas de várias partes do sul da Bahia abre a programação da campanha Novembro Azul da prevenção do diabetes. A gerente da Unidade Itabuna/Ilhéus da Unimed, Ciana Lima, se reuniu com o presidente da ONG e superintendente-médico do Hospital Beira Rio, Rafael Andrade, e representantes dos grupos de ciclismo que coordenam o evento.

“A Unimed tem marcado presença no Mutirão do Diabetes por meio da participação de profissionais e agora se une à essa ação voltada para a saúde, já que a pedalada valoriza práticas que resultem em qualidade de vida para os diabéticos e a população em geral”, afirma o médico Rafael Andrade.

DOMINGO AZUL

A Pedalada Azul de 2019 será no próximo domingo (3), a partir das 8h, com saída da Praça Rio Cachoeira, em frente ao Hospital Beira Rio, e vai percorrer as principais avenidas da cidade. O percurso total é de cerca de 10 quilômetros, retornando ao ponto de origem, onde haverá confraternização entre os participantes.

A atividade contará com o apoio e coordenação de grupos de ciclismo, como Pedal Bom, Amigos das Trilhas, Pedal Livre, Ciclo Bike Grapiúna, Pé de Cana e Selva no Pedal. O passeio ciclístico é gratuito.

PEDALADA AZUL TERÁ APOIO DAS ÓTICAS DINIZ; EVENTO ABRE O NOVEMBRO AZUL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Valdino, da Diniz, ao centro, fecha apoio à Pedalada Azul de 2019

A Óticas Diniz é a nova parceira da Pedalada Azul, uma das ações do Mutirão do Diabetes, promovido pela ONG Unidos pelo Diabetes, de Itabuna. A pedalada deverá reunir cerca de 1,5 mil ciclistas em 3 de novembro. O empresário das Óticas Diniz em Itabuna, Valdino Cunha, se reuniu com o presidente da ONG, o médico Rafael Andrade, e o diretor do Hospital de Olhos Beira Rio, médico Vável Andrade.

No encontro, foi firmada a parceria para a pedalada. O evento, além de incentivar a prática de atividades saudáveis, também mobiliza para a 15ª edição do Mutirão do Diabetes de Itabuna. Rafael Andrade agradeceu a parceria firmada. “O envolvimento de toda a sociedade é fundamental nesse trabalho permanente de orientação sobre os cuidados na prevenção e tratamento do diabetes”, afirmou.

A Pedalada Azul terá saída da Praça Rio Cachoeira, em frente ao Hospital Beira Rio, na Beira-Rio, por volta das 8h do dia 3 de novembro, percorrendo as principais avenidas de Itabuna, retornando ao ponto de origem. Na Praça, haverá confraternização entre os participantes. A atividade contará com o apoio e coordenação de grupos de ciclismo, como Pedal Bom, Amigos das Trilhas, Pedal Livre, Ciclo Bike Grapiúna, Pé de Cana e Selva no Pedal.

MAIS DE MIL CICLISTAS SÃO ESPERADOS NA 6ª PEDALADA AZUL DE ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Pedalada será domingo (25), saindo da Praça Rio Cachoeira || Foto Pedro Augusto Benevides

Mais de mil ciclistas são esperados para mais uma edição da Pedalada Azul, ação que faz parte do Mutirão do Diabetes de Itabuna. A pedalada será neste domingo (25), com largada às 8h, na Praça Rio Cachoeira, no Góes Calmon, e tem percurso de cerca de 10 quilômetros, com carros de apoio com água mineral para hidratar os ciclistas. O encerramento será, novamente, na Praça Rio Cachoeira, com confraternização dos participantes.
A Pedalada Azul deste ano tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e Águia Branca e contará com a participação de grupos de ciclismo como Pedal Bom, Amigos das Trilhas, Pedal Livre, Ciclo Bike Grapiúna e Pé de Cana. O evento se tornou momento de amigos e famílias se unirem à causa de prevenção e combate ao diabetes e vem sendo realizada anualmente pela ONG Unidos pelo Diabetes, HOBR e Associação dos Diabéticos de Itabuna (Asdita).

MODELO DO MUTIRÃO DO DIABETES DE ITABUNA É ADOTADO POR 16 MUNICÍPIOS BRASILEIROS

Tempo de leitura: 2 minutos

Mutirão em Itabuna é adotado por 16 municípios brasileiros

Rafael Andrade é o idealizador do mutirão || Foto Pedro Augusto

O modelo do Mutirão do Diabetes de Itabuna, que terá sua 14ª edição no dia 10 de novembro, está sendo adotado em vários estados brasileiros. Sucesso em ações de prevenção e tratamento, o evento itabunense já foi apresentado no Congresso Mundial de Diabetes no Canadá, como exemplo a ser seguido por outros países.
O idealizador e coordenador do Mutirão e presidente da ONG Unidos Pelo Diabetes, o médico Rafael Andrade, tem participado de seminários e teleconferências nos quais expõe o projeto, focado principalmente na prevenção da doença. O modelo do mutirão já foi adotado por cidades como Curitiba (PR), Belém (PA), Feira de Santana (BA), Petrolina (PE), Ribeirão Preto (SP) e Joinville (SC).
A partir deste ano, haverá mutirões do diabetes em Blumenau (SC), Florianópolis (SC), Uberlândia (MG), Betim (MG), Goiânia (GO), Rio de Janeiro (RJ), Presidente Prudente (SP), Sorocaba (SP), Campo Grande (MS) e São José dos Pinhais (PR), todos com o apoio da ONG Unidos Pelo Diabetes de Itabuna.
Criada em 2017 para ampliar as ações do Mutirão, a ONG Unidos pelo Diabetes, vem fornecendo transferência do know-how para diversas instituições, além de investir na capacitação de profissionais de saúde e na conscientização da população, para os riscos e cuidados na prevenção e tratamento do diabetes.
Para Rafael Andrade, a promoção de mutirões em várias cidades brasileiras vai se multiplicando a cada ano contribui para amenizar a deficiência e desigualdade, combatendo uma das doenças que mais fazem vítimas fatais e deixam sequelas no país.

PEDALADA AZUL REÚNE MIL CICLISTAS EM ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos

Pedalada Azul reuniu mil ciclistas em Itabuna no feriado || Foto Pedro Augusto Benevides

A chuva que vem caindo nos últimos dias deu uma trégua no feriado de 15 de novembro e as ruas do centro de Itabuna e dos bairros São Caetano e Pontalzinho foram tomados pela cor azul. Evento de mobilização para o Mutirão do Diabetes, a Pedalada Azul reuniu cerca de mil ciclistas, conciliando atividade física com ações de prevenção da doença. O mutirão será realizado no dia 25, na Praça Rio Cachoeira.

“É importante estar aqui, mostrando que a cidade está unida em torno de uma causa que resulta em qualidade de vida para milhares de pessoas”, disse o bioquímico Erick Ettinger. Para Antonio Marques Oliveira, morador da Califórnia, que convive com o diabetes, as atividades mostram como é importante praticar exercícios e levar uma vida saudável. Já a estudante Karina Macedo, ressalta a necessidade de seguir as orientações. “Venho todos os anos e faço questão de seguir as orientações para prevenir o diabetes”, afirmou a estudante Karina Macedo.

A  Pedalada Azul teve  o apoio de grupos de ciclismo como  Pedal Bom, Ciclo Bike Grapiúna, Amigos das Trilhas, Pé de Cana e Pedal Livre, com suporte do Corpo de Bombeiros, Samu e da Águia Branca. Durante todo o trajeto, um minitrio forneceu orientações sobre a prevenção à doença, com distribuição de material informativo à população. A pedalada  foi encerrada com atividades culturais na Praça Rio Cachoeira.

Ciclista levou filho e um guarda-chuva para protegê-lo em dia que São Pedro colaborou para o sucesso da Pedalada Azul || Foto Pimenta

O coordenador e idealizador do Mutirão do Diabetes, Rafael Andrade, destacou o engajamento cada vez maior da comunidade em todas ações de mobilização. “Itabuna está dando um exemplo para todo o Brasil, já que o modelo do mutirão está sendo replicado em várias cidades”, disse ele. “Temos orgulho de ver essa iniciativa consolidada e ampliando cada vez mais o atendimento a portadores de diabetes de toda a região”, ressaltou.

O Mutirão do Diabetes de Itabuna  é promovido pelo Hospital de Olhos Beira Rio,  Asdita e ONG Unidos pelo Diabetes.

Back To Top