skip to Main Content
31 de maio de 2020 | 07:30 am

UBAITABA: CRAS ENTREGA ALIMENTOS DO PAA PARA MAIS DE 100 FAMÍLIAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Famílias são beneficiadas com alimentos adquiridos pelo PAA em Ubaitaba

O Centro de Referência da Assistência Social (Cras) da Prefeitura Municipal de Ubaitaba, por intermédio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), entregou alimentos a mais de 100 famílias. Foram beneficiados moradores do Loteamento Rio das Contas e do Minha Casa Minha Vida.

O PAA é um programa do Governo Federal viabilizado no município, via Governo do Estado. O objetivo do programa de renda e segurança nutricional é o desenvolvimento da agricultura familiar e a garantia de alimentos de qualidade na mesa de milhares de famílias carentes.

JUSTIÇA FEDERAL SUSPENDE DIREITOS POLÍTICOS DE FERNANDO POR 5 ANOS

Tempo de leitura: 2 minutos
Fernando tem direitos políticos suspensos e fica inelegível.

Fernando tem direitos políticos suspensos e fica inelegível.

A Justiça Federal suspendeu os direitos políticos de Fernando Gomes (DEM), por cinco anos, ao julgar ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal contra o ex-prefeito de Itabuna. A ação refere-se a irregularidades constatadas pela Controladoria-Geral da União (CGU) na aplicação de recursos do Programa Nacional de Aquisição de Alimentos (PAA), do Governo Federal

A sentença é da juíza da 1ª Vara da Justiça Federal em Itabuna, Maízia Carvalho Pomponet, que também aplicou R$ 25 mil de multa pelas irregularidades anotadas na última gestão de Fernando (2005-2008). A multa, assinala a magistrada, foi devido “a múltiplas irregularidades na execução do convênio”.

Durante o governo do ex-prefeito, o município movimentou R$ 839.971,50 do PAA. Autor da ação, o Ministério Público Federal usou o relatório de auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU).

Dentre as irregularidades anotadas pela CGU, foram comprovados pagamentos superiores ao estabelecido em lei a 17 agricultores familiares, falta de controle de recebimento de alimentos por parte de instituições beneficiadas pelo programa federal, notas fiscais sem controle e inconsistência na relação de pagamentos do programa.

O blog não conseguiu contato com o ex-prefeito. Fernando pode recorrer da decisão. O ex-gestor perde os direitos políticos somente após o caso transitado em julgado – quando não cabe mais recurso.

Sentença da juíza suspende direitos políticos do ex-prefeito.

Sentença da juíza suspende direitos políticos do ex-prefeito.

TÁ DEVENDO?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Um dos principais assessores do secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Itabuna, Antônio Marcelino, aprontou uma boa. Com o telefone na mão, dizia que falava com o futuro titular da pasta, Lanns Almeida, e passou a ligação para um funcionário que cuida dos contratos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Detalhe: do outro lado da linha, quem falava era qualquer pessoa menos Lanns Almeida, que sequer conhece o tal assessor.

A suspeita é de que o autor da armação sabe da existência de fontes de irregularidades no PAA e desconfiava de que o funcionário estaria disposto a denunciá-las. Por isso, induziu o servidor a antecipar as informações, acreditando que as transmitia ao sucessor de Marcelino.

Diante desse medo, vale um exame minucioso naqueles contratos.

ITABUNENSE EXPÕE PESQUISA NO WORLD NUTRITION 2012

Tempo de leitura: < 1 minuto

Telmara: pesquisa no World Nutrition (Foto Oziel Aragão).

A nutricionista itabunense Telmara Benevides irá expor trabalho de pesquisa sobre desperdício de alimentos em cada uma das etapas do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), em Itabuna. A apresentação será no World Nutrition Rio2012, que ocorrerá na capital fluminense  em abril e é considerado o maior encontro mundial de nutrição.
Telmara integra a Rede de Segurança Alimentar e Nutricional (RedeSAN) e também é nutricionista do PAA em Itabuna. O programa do governo federal consiste na aquisição de alimentos produzidos por agricultores familiares cadastrados. A produção é destinada a entidades assistenciais.
A pesquisa em Itabuna foi feita em três entidades atendidas pelo programa. Telmara explica que o objetivo foi analisar o que era feito para evitar o desperdício, desde a fase de produção, transporte, armazenamento e ‘chegada’ ao prato do beneficiado em cada uma das entidades. Segundo a pesquisadora, as três entidades se preocupam com a qualidade e o aproveitamento do produto.

Back To Top