skip to Main Content
30 de setembro de 2020 | 07:03 am

VILAS-BOAS, PREFEITOS E REITORA DA UFSB NO “BOM DIA BAHIA”

Tempo de leitura: < 1 minuto

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, os prefeitos Mário Alexandre (Ilhéus) e Marcone Amaral (Itajuípe) e a reitora da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Joana Guimarães, participarão, neste sábado (2), do programa Bom Dia Bahia, da Rádio Difusora de Itabuna AM-640. Eles discutirão os efeitos da pandemia do coronavírus no sul da Bahia e as estratégias governamentais para enfrentar este desafio.

O Bom Dia Bahia vai ouvir quais são as medidas até agora adotadas pelos Governos Federal e do Estado e pelas Prefeituras contra o coronavírus, um mês após o anúncio da pandemia no sul da Bahia. “Há uma grande preocupação quanto a um aumento no número de casos na região, por isso decidimos saber dessas autoridades quais as ações efetivas para a superação da atual crise”, disse Andirlei Nascimento, que apresenta o Bom Dia Bahia junto com Ederivaldo Benedito (Bené).

As entrevistas ocorrerão em ambiente online, via plataforma Zoom. O programa terá, ainda, a participação do médico cardiologista itabunense Jairo Xavier e do secretário-executivo da Associação dos Municípios do Sul, Extremo-sul e Sudoeste da Bahia (Amurc), Luciano Veiga. Os ouvintes poderão interagir por meio do WhatsApp 73 98889-1909.

PREFEITO RECUSA UTI EM HOSPITAL DE ITAMARAJU E ALEGA QUE FICARIA SEM OUTROS SERVIÇOS

Prefeito recusa leitos para Covid em hospital municipal de Itamaraju
Tempo de leitura: 4 minutos

A Secretaria de Saúde da Bahia acusa o prefeito de Itamaraju, no extremo-sul do estado, Marcelo Angênica, de rejeitar a instalação de leitos para tratamento de pacientes com sintomas  do coronavírus (Covid-19), doença que já matou milhares de pessoas no mundo inteiro e que está se espalhando no Brasil e na Bahia. O prefeito teria seguido o posicionamento de um grupo de moradores contrário a implantação dos leitos.

O Estado informou que a implantação de 20 leitos de UTI para a Covid-19 no Hospital Geral de Itamaraju havia sido combinada entre o prefeito, o governador Rui Costa e o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas em reunião por telefone, na última quinta-feira (9). Quando os técnicos da Sesab chegaram ao local, para vistoriar a unidade, o prefeito recuou e impediu que os leitos de UTI fossem montados. O hospital é uma das maiores unidades do extremo-sul e está, em parte, ociosa, segundo a Sesab.

O secretário Fábio Vilas-Boas destaca o risco de morte,  a que a população está exposta, caso não seja montada uma estrutura de atendimento na região. “Os pacientes acabam evoluindo dentro de 24 horas para necessidade de entubação, ventilação mecânica, sendo necessários equipamentos altamente qualificados como respiradores artificiais. Eu espero, com essa decisão que o prefeito tomou, de deixar a população exposta, sem acesso à UTI, sem acesso à ventilação mecânica, que não precise se arrepender, caso pessoas venham a morrer no seu município nos próximos dias”.

EQUIPE ENVIADA

Vilas-Boas explica que a implantação dos leitos havia sido acordada com o prefeito. “Na última quinta-feira (9), eu participei de uma reunião telefônica com o governador Rui Costa e com o prefeito de Itamarajú, Marcelo. Nessa reunião ficou combinado que o Hospital Geral de Itamaraju seria transformado em uma unidade dedicada ao atendimento de pacientes portadores de coronavírus na região. O prefeito ofereceu a unidade para que nós colocássemos lá 20 leitos de terapia intensiva, que funcionasse também como porta de entrada de leitos de enfermaria de retaguarda”.

Segundo o secretário, na sexta-feira (10), foi enviado um avião com técnicos da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), para avaliar o que seria necessário para implantar imediatamente os leitos de UTI. “Surpreendentemente,  fomos acolhidos por um grupo de manifestantes contrários a essa instalação e, posteriormente, pela manifestação pública do prefeito, se dizendo contrário àquilo tudo que havia sido combinado e acordado entre ele e o governador.

“Eu lamento que o prefeito tenha voltado atrás na sua decisão Nós esperaríamos que ele tivesse contactado o Governo do Estado e manifestado o seu desinteresse, ao invés de tornar públicas inverdades que não ocorreram diante da relação respeitosa que o Governo do Estado possui com o município de Itamaraju”.

Vilas-Boas garantiu que a população do extremo-sul não vai ficar desassistida, apesar da negativa do prefeito, Marcelo Angênica. “A população do extremo-sul da Bahia, da região de Teixeira de Freitas, Itamaraju, Prado, pode confiar que o Governo do Estado vai procurar a melhor solução para amparar a assistência à saúde da população. O Grupo Suzano procurou o Governo do Estado e colocou à disposição 30 equipamentos de ventilação mecânica e nós vamos estruturar a melhor operação que garanta a saúde da população, mesmo com a negativa do prefeito de Itamaraju em disponibilizar o seu hospital para a comunidade e para a saúde de toda a Bahia”.

Dr. Marcelo explica recusa e ataca governo estadual

VERSÃO DO PREFEITO

O prefeito alegou que, para implantação dos leitos de UTI, seria interrompido outros tipos de atendimento. “Na proposta do governador seria necessário fechar o nosso hospital, que é o único na cidade. Fazemos em torno de 100 partos por mês, serviço de urgência e emergência em cirurgia geral, obstetrícia, ortopedia e urologia e outros” afirmou ao Correio 24h.

“Argumentei que não tinha como fechar o hospital, mas que precisamos da ajuda do governador para dar segurança ao nosso povo”, disse. Angênica pontuou ainda que pediu para conversar novamente com o governador. “Queria explicar  poderíamos conduzir o caso em nossa região, mas foi ele que se precipitou em fazer o anúncio. Eu sabia que a maioria da população era contra a vinda dos leitos nestas condições”, alegou.

Eem sua rede social, o prefeito se queixou do governador e explicou aos moradores os motivos da rejeição.  “Estou me dirigindo a vocês como gestor, e desta forma devo agir, não posso agir no calor da emoção, nem utilizar expressões desrespeitosa com o governador, mas posso lhes garantir que sou contra a posição dele, tenho 3 anos de gestão e nunca o governo nos atendeu em nada, nem mesmo em um simples reconhecimento de nosso serviço de ortopedia. Mas sei que por força da lei, devido ao estado de calamidade, ele pode impor isso em nossa cidade. Por isso, devo agir com cautela, equilíbrio e sem histeria para não criar um fato contra nossa cidade”, escreveu.

Pelo menos, nas redes sociais, a decisão do prefeito de Itamaraju conta com apoio da maioria dos internautas, principalmente empresários locais. Muitos acreditam que, com a instalação dos leitos, pacientes doentes em outros municípios seriam levados para lá e, em pouco tempo, a Covid-19 se disseminaria.

ROSEMBERG: BANCADA VOTARÁ A FAVOR DA ISENÇÃO DA CONTA DE LUZ PARA MAIS POBRES

Rosemberg defende celeridade em votação de projeto que beneficia 677 mil famílias
Tempo de leitura: < 1 minuto

Tão logo foi anunciada pelo governador Rui Costa a isenção do pagamento de conta de luz para os mais pobres do Estado no período da pandemia do novo coronavírus, o deputado estadual se pronunciou e disse que a Bancada da Maioria está pronta para aprovar o projeto o quanto antes.

A proposta do governo estadual beneficia cerca de 677 mil famílias que têm consumo médio até 80 kw/mês de energia elétrica por três meses. Segundo Rosemberg, a bancada se prontifica a votá-la o quanto antes para que o mais rápiodo possível o governador sancione a medida.

– A bancada da maioria na Assembleia estará à disposição do presidente Nelson Leal para votar e aprovar a proposta para que o governador Rui sancione o mais rápido possível essa importante iniciativa – escreveu Rosemberg por meio do Twitter.

O presidente da Assembleia Legislativa, Nelson Leal, prevê a votação da iniciativa do governo estadual já nesta sexta-feira (3) para que passe a valer imediatamente, após sanção de Rui Costa.

BUERAREMA: MÉDICO SANITARISTA TIRA DÚVIDAS DA POPULAÇÃO SOBRE CORONAVÍRUS

Médico sanitarista Humberto Barreto profere palestra e tira dúvidas sobre coronavírus
Tempo de leitura: < 1 minuto

O médico sanitarista Humberto Barreto participará de sessão na Câmara de Vereadores de Buerarema, nesta terça (17), a partir das 19h, para falar sobre o novo coronavírus (Covid-19). A palestra será transmitida pela internet e o médico, que é mestre em Saúde Coletiva e especialista em Hansenologia, vai tirar dúvidas da população. As perguntas poderão ser enviadas por meio de redes sociais (veja abaixo).

A Covid-19 já tem mais de 200 casos confirmados no país, dos quais 10 na Bahia. O presidente da Câmara de Buerarema, Elinho Almeida, sugere que a comunidade acompanhe a sessão pelas redes sociais da Câmara, no Facebook e no Instagram. As dúvidas poderão ser enviadas pelas redes sociais no momento da palestra, de acordo com ele.

Back To Top