skip to Main Content
24 de janeiro de 2021 | 10:37 pm

GREVE DOS BANCÁRIOS CHEGA AO FIM NA REGIÃO DE ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Greve afetou mais de 10 mil agências bancárias.

Greve afetou mais de 10 mil agências bancárias.

Os bancários da área de abrangência do sindicato da categoria em Itabuna voltam ao trabalho nesta terça-feira (7), após aprovação das propostas da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) em assembleia realizada na sede da entidade, ontem. Além de Itabuna, o funcionamento volta ao normal, também, em Buerarema, Camacan, Coaraci, Ibicaraí, Itajuípe, Itapitanga, Itapé, Itororó e Pau Brasil.
O fim do movimento, que começou dia 30, foi decidido por 38 votos a 24. De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Financeiro (Contraf), a greve foi encerrada na maioria dos estados. Porém, a greve continua em agências do Banco do Nordeste do Brasil.
A proposta reajusta os salários e demais verbas em 8,5% (aumento real de 2,02%), o piso salarial em 9% (2,49% acima da inflação) e o vale-refeição em 12,2%. Os sindicatos comemoram o que chamam de avanços “não econômicos”, a exemplo de mecanismos de combate às metas abusivas e do assédio moral.

RONDON REGIONAL INICIA OPERAÇÃO JUPATI

Tempo de leitura: 2 minutos
Projeto vai atender comunidades dos municípios de Maraú e Pau Brasil

Projeto vai atender comunidades dos municípios de Maraú e Pau Brasil

O Núcleo Rondon Uesc iniciou nesta segunda-feira (21) a Operação Jupati, com o objetivo de atender os municípios de Pau Brasil e Maraú. As localidades foram escolhidas em função da presença de comunidades tradicionais, indígenas e quilombolas.
Na operação, serão prestados serviços nas áreas de saúde, educação, promoção dos direitos humanos e acesso à justiça, além de ações ligadas à preservação ambiental, entre outras. Serão duas semanas de atividades.  De acordo com os coordenadores do projeto, um dos principais objetivos é fortalecer cada vez mais a relação entre universidade e sociedade.
O Projeto Rondon é a mais antiga atividade de extensão universitária em curso no país, levando estudantes universitários a vivenciar a situação das comunidades e aplicar junto às populações atendidas o aprendizado da sala de aula. Nacionalmente, é coordenada pelo Ministério da Defesa, que estimula as universidades a implantarem operações regionais nas suas áreas de influência geográfica. O Núcleo Rondon UESC foi formalizado em 2013 e realizou sua primeira Operação (chamada Capicongo) em janeiro de 2014.
As operações regionais são realizadas em parceria com as prefeituras, Colegiado Territorial, Amurc, Seplan/Ba e com outras instituições de ensino superior ou tecnológico. Da Operação Jupati, participarão alunos da Uesc, FTC, Unime, Faculdade de Ilhéus e Faculdade Madre Thaís, além de uma estudante da Universidade Federal de Pernambuco. Para o pró-reitor de Extensão da Uesc, Alessandro Fernandes, “a universidade cumpre uma função estratégica de interação com as comunidades de seu entorno e também com as instituições parceiras”, pensamento compartilhado por Luciano Veiga, representando a Amurc, Carlos Alberto (Garotinho), coordenador do Colegiado Territorial e Marcos de Souza um dos coordenadores do projeto e representante da Seplan/Ba.
Para os coordenadores do Núcleo, professores Guilhardes Júnior e Amarildo Morett, o Rondon tem a grande possibilidade de transformação de vidas, tanto dos estudantes quanto das pessoas atendidas.  Nos municípios de Pau Brasil e Maraú, as atividades serão coordenadas pelas professoras Kelly Bomfim, Lara Kauark, Viviane Cerqueira e pelo professor Rodrigo Cardoso.

UBATÃ: TRE MANTÉM DIPLOMA E MANDATO DE SIMEIA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Simeia manteve diploma e mandato.

Simeia manteve diploma e mandato.

A ex-candidata a prefeita de Ubatã Rosana Magalhães (PTB) foi novamente derrotada na Justiça Eleitoral. Desta vez, o Tribunal Regional  Eleitoral (TRE) julgou improcedente recurso de Rosana contra a diplomação da primeira colocada no pleito de 2012, Simeia Rigaud (PSB).

Rosana alegou que a substituição de Expedito Rigaud por Simeia dias antes da eleição foi ato “fraudulento” e com a finalidade de “ludibriar o eleitor”. A maioria dos juízes do TRE assim não entendeu.

Com esta decisão, a Justiça impõe a sétima derrota consecutiva a Rosana, segundo o advogado Marcos Alpoim, que trabalha na defesa de Simeia, junto com Frederico Matos. Nas outras, a ex-candidata foi condenada a pagar multa por litigância de má-fé.

PAU BRASIL

A decisão do TRE foi tomada na quarta (30), dia em que também foi julgada ação de impugnação contra o ex-prefeito Prado, de Pau Brasil. Frederico Matos acredita que, com esta decisão, Prado tornou-se elegível para o pleito de 2016. Ele e Alpoim trabalharam juntos também nesta ação.

NO SUL DA BAHIA, ÍNDIO QUER CASA!

Tempo de leitura: < 1 minuto

Índios de aldeias localizadas em Pau Brasil são beneficiados com moradia.

A Caixa Econômica investirá R$ 2,6 milhão em programa habitacional que beneficiará 100 famílias pataxó de Pau Brasil, no sul da Bahia. As moradias deverão ser entregues em seis meses e construídas em regime de mutirão.

De acordo com o superintendente regional da Caixa em Itabuna, Marcos Vinícius Nascimento, as moradias terão padrão rural, COM 46,66 metros quadrados de área construída, dois quartos, sala, sanitário, cozinha, serviços e varanda.

Do contrato, R$ 100 mil serão destinados à assistência técnica e trabalho técnico-social. As famílias foram selecionadas pelas ONGs Agir e Oikos.

PATAXÓS VÃO AO STF

Tempo de leitura: < 1 minuto

Cacique Akanawã diz que só restam 12 propriedades com os fazendeiros (foto Oziel Aragão)

Índios pataxó hã-hã-hãe de Pau Brasil e Itaju do Colônia terão encontro nesta quarta-feira, 29, em Brasília, com a ministra Carmen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), para discutir o litígio que travam com fazendeiros da região. A ministra é relatora do processo de nulidade de títulos concedidos a fazendeiros, uma ação que aguarda julgamento há três décadas.
De acordo com matéria de Joá Souza para o jornal A Tarde, a audiência no STF foi agendada pelos representantes dos índios, num encontro com o secretário de Articulação Social da Secretaria-Geral da Presidência da República, Paulo Maldos. A reunião ocorreu no sábado, 25, no escritório da Funai em Ilhéus.
Os índios já ocuparam mais de 40 fazendas na região, onde o clima de tensão se instalou. Policiais Federais e homens da Cipe Cacaueira, grupo especializado da Polícia Militar, estão em Itaju do Colônia para evitar um confronto entre pataxós e fazendeiros.
O cacique Akanawã, que, juntamente com cerca de 20 lideranças indígenas, esteve sábado com o representante do Governo Federal, afirmou que levará à ministra do STF “documentos e fotos provando que, em posse dos fazendeiros, só restam 12 fazendas localizadas na região de Rio Pardo”. Segundo ele, “as demais já foram retomadas pelos índios”.

PATAXÓS TOMAM 15 FAZENDAS NO SUL DA BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Quinze fazendas foram ocupadas por índios pataxós nos últimos três dias nos municípios de Itaju do Colônia e Pau Brasil, na região sul da Bahia. O clima é tenso e nem a chegada da Polícia Federal, ontem, acalmou os ânimos.
Os produtores e administradores relatam que trabalhadores rurais têm sido espancados e saqueados e as sedes das fazendas ocupadas. O número de propriedades invadidas desde o início do ano chega a 23.
Conforme relato de administrador de fazenda ao PIMENTA, os indígenas não agem sozinhos. Eles ganharam reforço de bandos armados com escopetas, rifles e revólveres. Na região estão propriedades de grandes empresários, como Jaime do Amor, e de políticos conhecidos, como o deputado federal Paulo Magalhães.
Produtores alegam que os pataxós têm desrespeitado determinações judiciais e orientação da própria Fundação Nacional do Índio (Funai). As propriedades tomadas pelos pataxós ficam na região que aguarda decisão do Supremo Tribunal Federal. A ação cível originária (ACO) 312, da Funai, pede que os títulos das propriedades rurais sejam considerados nulos, retornando-os às mãos indígenas.
A continuidade do julgamento estava marcada para outubro do ano passado. O governo baiano informou dos riscos da continuidade do julgamento naquele período e solicitou adiamento, o que ocorreu. Fazendeiros cobram a retomada imediata do julgamento.

ASSASSINADO O PRESIDENTE DA CÂMARA DE PAU-BRASIL

Tempo de leitura: < 1 minuto


O vereador Valderlins Pinheiro Matos, presidente da Câmara de Pau-Brasil, foi morto a tiros na manhã de hoje (1º). De acordo com o blog Amarelinho da Bahia, Pinho, como o político era conhecido, encontrava-se em frente à casa de um vizinho, quando um homem se aproximou e efetuou os disparos. Quatro tiros atingiram o vereador, que morreu no local.
Ainda não há informações sobre possíveis suspeitos ou motivação do crime.

IDOSO PODE TER SIDO EXECUTADO EM RITUAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

A polícia vai investigar a possível ligação da morte do idoso Juvenal Silva Santos, 66, com rituais de magia negra. A vítima foi encontrada morta por volta das 4h desta terça (12) próximo ao cemitério de Pau Brasil, sul da Bahia. O aposentado foi assassinado com requintes de crueldade. A perícia identificou um corte profundo na cabeça do idoso.

O crime aconteceu momentos depois de Juvenal ter saído de terreiro de candomblé, informa o repórter Agnaldo Santos. Juvenal era frequentador assíduo do terreiro localizado na região conhecida como Morro. A polícia trabalha com a hipótese de crime premeditado.

Leia mais

PAU BRASIL PROTESTA CONTRA AUMENTO DA VIOLÊNCIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A população de Pau Brasil fará, nesta sexta, 3, o Manifesto pela Paz, a partir das 14 horas, na praça Juracy Maglahães. Os moradores do município sul-baiano estão assustados com o crescente índice de violência no município, com aumento de casos de assaltos a mão armada e homicídios. De acordo com moradores, o crime impôs o toque de recolher na cidade.
Em pouco mais de 24 horas, o município registrou dois homicídios. A população se queixa que Pau Brasil dispõe apenas de dois policiais militares e está sem delegado de polícia. O clima é de apreensão, pois o município também vive a ameaça da desativação do fórum da Comarca.

ÍNDIO PATAXÓ MATA PROFESSOR EM PAU BRASIL

Tempo de leitura: < 1 minuto

A polícia ainda busca esclarecer as razões que levaram um índio de 16 anos a matar o ex-vereador e professor Edmilson Pereira de Oliveira, 32, em Pau Brasil, no sul da Bahia. O assassinato ocorreu em um bar da cidade nesta quinta (25). O pataxó hã-hã-hãe atacou a vítima de forma inesperada, desferindo-lhe uma facada no coração.

Back To Top