skip to Main Content
6 de junho de 2020 | 07:48 am

BOCA DE URNA DO IBOPE MOSTRA RUI COM 49% E SOUTO COM 39%

Tempo de leitura: < 1 minuto
Rui tem 49%, Souto 39% e Lídice 9%, segundo Ibope.

Rui tem 49%, Souto 39% e Lídice 9%, segundo Ibope.

O Ibope divulgou pesquisa de boca de urna, há pouco, e mostra Rui Costa, do PT, com 49% dos votos. Paulo Souto, do DEM, aparece com 39%, enquanto Lídice tem 9%.
A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, o que impossibilita dizer se a eleição no estado será ou não definida ainda no primeiro turno, segundo o Ibope. A pesquisa foi encomendada pela Rede Bahia e ouviu 5 mil eleitores.

SOUTO ESQUECE DOCUMENTO COM FOTO E É IMPEDIDO DE VOTAR

Tempo de leitura: < 1 minuto
Souto é barrado por esquecer documento com foto (Max Haack/B. Notícias).

Souto barrado por esquecer documento com foto (Max Haack/B. Notícias).

O candidato ao governo da Bahia Paulo Souto (DEM) foi impedido de votar, nesta manhã de domingo (5), por não portar um documento com foto. O democrata, que vota na Escola Pedro Calmon, no Jardim Armação, foi orientado pelos mesários de sua seção eleitoral a se dirigir a coordenação para resolver o problema.
O prefeito de Salvador ACM Neto acompanhava o candidato e afirmou que o incidente aconteceu por conta de “muita correria e muita coisa na cabeça”. Para ele, a apresentação obrigatória de um documento com foto garante mais segurança no processo das eleições. “Esse fato vai entrar nos casos pitorescos da política da Bahia”, completou Neto. Souto retornou à sua casa para pegar seu documento. Informações do Bahia Notícias.

IBOPE: RUI EMPATA COM SOUTO EM 36%

Tempo de leitura: < 1 minuto
Lídice, Marcos Mendes, Souto, Mallet, Da Luz e Rui (Google).

Lídice, Marcos Mendes, Souto, Mallet, Da Luz e Rui (Google).

Pesquisa Ibope divulgada há pouco revela disputa empatada entre Paulo Souto (DEM) e Rui Costa (PT) em 36%. O levantamento foi encomendado pela Rede Bahia.
Lídice da Mata (PSB) aparece com 4%. Renata Mallet (PSTU) e Marcos Mendes (PSOL) obtiveram 1% cada um. Da Luz (PRTB) que tinha 1%, não pontuou desta vez. Brancos e nulos são de 10% e os indecisos 12%.
Quando computados apenas os votos válidos, Rui Costa e Paulo Souto aparecem com 46% das intenções de voto. Lídice com 5%. A simulação de segundo turno mostra outro empate entre Rui e Souto: 39%.
A pesquisa ouviu 2.002 pessoas, no período de 1 a 4 de outubro, e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número BA-00031/2014. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.
Atualizado às 22h10min

SOUTO FALA EM VITÓRIA NO 1º TURNO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Souto acena para eleitores durante carreata no oeste do estado.

Souto, de boné, acena para eleitores durante carreata no oeste do estado.

O candidato do DEM ao governo da Bahia, Paulo Souto, disse crer em sua vitória no primeiro turno. “Senti o desejo de mudança do povo da Bahia. É isso que me enche de confiança na vitória neste domingo”. Hoje, Souto fez uma maratona que incluiu sete municípios, dentre eles Barreiras, Luís Eduardo Magalhães e Itiúba.
Souto prometeu descentralizar a sua administração. Em Barreiras, comprometeu-se a criar a Unidade de Administração do Oeste, caso eleito, além de retomar a construção da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Barreiras e ampliação dos serviços do hospital regional do município.

SOUTO EM ITANHÉM…

Tempo de leitura: < 1 minuto
Souto observa o público, enquanto Geddel discursa (Foto Itanhem Fest).

Souto observa o público, enquanto Geddel discursa (Foto Itanhém Fest).

Atrair multidões a comícios, carreatas e caminhadas não significa, exatamente, vitória nas urnas. É a ressalva. Agora, ao fato. Após Canavieiras, Paulo Souto (DEM) voltou a se decepcionar com o público atraído a seus eventos. O candidato a governador contou com pouca gente para um palavrório, ontem (1º), em Itanhém, no extremo-sul do estado.
Candidato a governador da Bahia pela quinta vez, o democrata saiu contrariado com a organização do evento e com a coordenação da sua campanha. Ontem, ele rodou por municípios do extremo-sul em série de eventos em que prometeu construir um hospital regional por lá. Imagens cedidas pelo site Itanhém Fest.
Público de comício ontem pela manhã em Itanhém (Foto Itanhém Fest).

Público de comício ontem pela manhã em Itanhém (Foto Itanhém Fest).

SEGUNDO ROUND

Tempo de leitura: < 1 minuto
Rui Costa e Souto tabelaram com Lídice e nanicos.

Rui Costa e Souto tabelaram com Lídice e nanicos.

Poucos são os políticos que apostam no encerramento da disputa ao Palácio de Ondina já no domingo (5). O sentimento é de segundo turno entre Paulo Souto (DEM) e Rui Costa (PT). E não é por causa da pesquisa Babesp (Datanilo), que não é levada a sério pelo democrata e recebeu ‘gracejo’ do petista (“estou melhor que o informado”).
Ainda falando desse sentimento de segundo round na disputa de 2014, os dois candidatos evitaram confronto direto no debate de ontem na TV Bahia de ACM “O” Neto. Quando tinham a chance de perguntar, tanto Souto como Rui procuravam Lídice da Mata (PSB) ou os representantes dos “nanicos” (Marcos Mendes-PSOL e Da Luz-PRTB).
Lídice gostou de ser acionada tantas vezes, pois ganhou evidência. Aos outros dois, conveniências. A subida de intenções de voto em Lídice significa garantia de novo round.
Por enquanto, apenas uma certeza: o favoritismo de Souto ficou no passado. Outra, bem relativa, é que a chave para assegurar a vitória no primeiro turno (ainda) está nas grandes.
Em tempo, a última pesquisa antes da eleição estadual será a do Ibope. A divulgação está prevista para o próximo sábado, no BA-TV (Rede Bahia). Não se espante, caro leitor, se houver um “senhor” ajuste nos números.

"COLADOS" NA HORA DO VOTO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Geddel, Souto e Neto votam pela manhã, em Salvador. Vice não acompanha trio (Foto Valter Pontes).

Geddel, Souto e Neto votam em Salvador. Vice não acompanha trio (Foto Valter Pontes).

O candidato a governador da Bahia pelo DEM, Paulo Souto, votará acompanhado do seu candidato ao Senado, Geddel Vieira Lima (PMDB), e do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), segundo divulgou a assessoria da campanha há pouco.
Souto votará às 9h, na Escola Pedro Calmon, no Jardim Armação. Às 10h, Geddel vota no Colégio Antônio Vieira (Garcia). O último a votar será o prefeito, às 11h, na Faculdade de Administração da Ufba, no Vale do Canela.
A assessoria, porém não informou o roteiro do vice na chapa de Souto, Joaci Góes (PSDB), no dia da eleição.

PAULO SOUTO E RUI COSTA EMPATAM EM PESQUISA BABESP

Tempo de leitura: 2 minutos
Rui empata com Souto, enquanto Lídice oscila para 6,16%.

Rui empata com Souto, enquanto Lídice oscila para 6,16%.

A nova pesquisa do Instituto Babesp revela empate entre os dois principais candidatos na corrida ao Palácio de Ondina. Paulo Souto (DEM) oscilou de 37% para 35,05%, enquanto Rui Costa (PT) cresceu sete pontos percentuais, saltando de 27%  para 34,15%.
A pesquisa traz ainda Lídice da Mata (PSB) com 6,16% das intenções de voto. Renata Mallet (PSTU) atinge 0,55%, Da Luz (PRTB) vai a 0,5% e Marcos Mendes (PSOL) fica com 0,35%.
De acordo com a pesquisa, o percentual de indecisos atinge 14,52%. O índice de brancos e nulos fica em 8,71%.
RUI À FRENTE COM “PADRINHOS”
A pesquisa mostra Rui Costa com 37,76% das intenções de voto quando apresentado com o apoio do ex-presidente Lula, Dilma Rousseff e Jaques Wagner.
Paulo Souto cai para 32,65% quando associado a Aécio Neves (PSDB) e ACM Neto (DEM).
Lídice ganha pouco quando associada à presidenciável Marina Silva (PSB): 6,76%. Mallet cai a 0,4% quando apresentada com Zé Maria.
Da Luz fica com 0,35% com Levy Fidélix. Marcos Mendes tem 0,25% com o apoio da presidenciável Luciana Genro, também do PSOL.
Neste cenário, o percentual de branco e nulo vai a 9,01% e o de indecisos, 12,77%.
SEGUNDO TURNO
A pesquisa mostra Rui numericamente à frente de Souto na disputa em eventual segundo turno: 40% a 37%.
A pesquisa foi feita no período de 24 a 29 de setembro com 2 mil eleitores em 85 municípios baianos. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) sob o protocolo 00028/2014.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Tempo de leitura: 2 minutos

Diante da acusação de censura prévia de propaganda eleitoral apontada por representantes do partido Democratas (DEM) em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (29/9), o juiz Cláudio Césare Braga Pereira, membro do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), esclarece:
· Não se pode confundir a liberdade de imprensa com a liberdade assegurada à propaganda eleitoral. Enquanto no primeiro caso não é permitida a censura prévia, no segundo, a própria legislação eleitoral prevê a suspensão da publicidade quando esta incorrer em excessos ou abusos;
· Dos 13 mandados de segurança impetrados no TRE-BA de 23 de setembro até o último domingo (28/9), semana em que atuei como Juiz plantonista, 11 foram de autoria das coligações do PT e duas do DEM, daí a maior parte das decisões tratarem dos candidatos petistas. O mesmo entendimento que levou à supressão de parte da propaganda do DEM justificou também a decisão quando foi requerida a supressão de parte da propaganda do PT;
· Durante o plantão, dos 11 processos requeridos pelo PT, deferi liminar em sete, ao passo que, das duas propostas pelo DEM, deferi ambas;
· As 13 decisões de minha autoria foram proferidas no plantão porque, se assim não o fossem, perderiam a efetividade, já que as propagandas seriam veiculadas no dia seguinte. O plantão é semanal e realizado justamente para isso: julgar demandas urgentes que cheguem à Justiça Eleitoral fora do expediente, nos feriados e fins de semana. Ainda que a madrugada esteja incluída neste período, é válido ressaltar que as liminares mencionadas só foram concedidas antes da meia-noite, diferentemente do que afirmado pela agremiação;
· Embora tenham sido proferidas 11 decisões relacionadas ao PT, todas elas se referem a uma única propaganda. Ocorre que, apesar de ser uma mesma propaganda, ela é repetida várias vezes, ensejando a chegada de diversos processos no TRE-BA, procedimento operacional que não depende do magistrado;
· As decisões não proibiram a referência, na propaganda, à matéria da Veja. Apenas determinou que trechos da propaganda do DEM fossem suprimidos da mesma maneira que determinou que trechos da propaganda do PT fossem retirados.
Ao longo do processo eleitoral, proferi diversas decisões, a favor e contra ambas as candidaturas, não havendo porque se falar em  privilégio de uma em detrimento da outra. Enfatizo que as minhas decisões têm buscado seguir uma linha de coerência. O mesmo entendimento que adotei para retirar trechos da propaganda quando o pedido foi feito pelo candidato Rui Costa, usei quando o pedido partiu do candidato Paulo Souto. Ambos os candidatos tiveram o mesmo tratamento.

SOUTO ACUSA JUDICIÁRIO DE "CENSURA"; RUI VÊ ESTRATÉGIA COMO INTIMIDAÇÃO

Tempo de leitura: 2 minutos
Souto fala em "censura prévia" ao DEM em denúncia contra judiciário.

Souto fala em “censura prévia” ao DEM em denúncia contra judiciário.

Paulo Souto, ACM Neto e Geddel Vieira Lima se reuniram em coletiva hoje para espinafrar a Justiça Eleitoral. O trio acredita que o judiciário está pendendo para o outro lado na disputa eleitoral de 2014. O outro lado, no caso, é a candidatura do petista Rui Costa.
Acusam um juiz eleitoral, Cláudio Cesare Braga Pereira, de fazer censura prévia a material do DEM que vincula candidatos petistas ao Instituto Brasil, de Dalva Sele Paiva. A campanha de Souto utilizou nos comerciais exibidos nos intervalos da programação das emissoras abertas e no horário eleitoral acusações publicadas na Revista Veja. Dalva acusa sem apresentar provas, o que levou o juiz a vetar as inserções.
A campanha de Souto diz que vai ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Vamos formalizar uma reclamação constitucional, alegando descumprimento da lei, ao Tribunal Superior Eleitoral sobre o mecanismo de censura prévia ao qual estamos sendo submetidos nessa fase final da campanha”, disse o candidato ao governo pela quinta vez.
O candidato do DEM desconfia das ligações do juiz Cláudio Cesare com o PT. Isso, porque o magistrado é genro do ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), o itabunense Jorge Hage.
RUI DIZ QUE SOUTO QUER INTIMIDAR JUDICIÁRIO
À estratégia do DEM, o comando da coligação do petista Rui Costa reagiu. Emitiu nota em que classifica a estratégia como tentativa de intimidar o judiciário. “O comportamento dos candidatos do DEM, da oposição e do prefeito de Salvador, quando tecem críticas e lançam suspeição sobre o Poder Judiciário da Bahia, além de ser uma falta de respeito a um poder constituído, revela o incômodo desse grupo de conviver com o processo democrático e nada mais é que uma tentativa de intimidar a Justiça”, cita a nota.
A coligação petista classifica a denúncia de Dalva Sele de “armação eleitoreira” que a Justiça não aceitou. “…E eles reagiram da forma que sabem fazer, agredindo àqueles que deles divergem. A independência dos poderes e o respeito a cada um deles formam um dos sustentáculos da democracia, o que esse grupo não entende porque tem na sua origem a prática contumaz da imposição e da subserviência”.

Back To Top