skip to Main Content
17 de maio de 2021 | 12:50 am

MOVIMENTAÇÃO PARA CAMINHADA COM AÉCIO AINDA É TÍMIDA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Eleitores concentrados no Jardim do Ó à espera de Aécio e Souto (Foto Ricardo Ribeiro/Pimenta).

Eleitores concentrados no Jardim do Ó à espera de Aécio e Souto (Foto Pimenta).

Ainda é tímida a movimentação no centro de Itabuna para a caminhada dos candidatos a presidente da República pelo PSDB, Aécio Neves, e ao governo baiano, Paulo Souto (DEM), em Itabuna.
O evento foi marcado para as 11 horas, mas o tucano e o democrata ainda não chegaram ao município.
Por enquanto, cerca de trezentas pessoas se concentram no entorno do Jardim do Ó. A caminhada será na Avenida do Cinquentenário, uma das principais artérias comerciais da cidade.
A expectativa é de dez mil pessoas na avenida. Desde a segunda-feira, a organização local e estadual intensificou mídia com carro de som e panfletagem nos pontos centrais da cidade. Caravanas de outros municípios também são esperadas.

SÓ DE MENTIRINHA…

Tempo de leitura: < 1 minuto

O candidato à presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, estará em Itabuna na próxima quinta (18). Nas ruas de Itabuna, carros de som convocam o eleitor simpático ao presidenciável para participar da caminhada com Neves, Paulo Souto (DEM) e Geddel Vieira Lima (PMDB)
“Venha para, juntos, mudarmos a Bahia e o Brasil…”, anuncia o locutor com uma voz, digamos, sem firmeza.
Detalhe: Aécio pouco aparece na propaganda e no programa eleitoral tanto de Paulo Souto como do candidato ao Senado, Geddel Vieira Lima. O peemedebista, aliás, acionou a justiça eleitoral contra Otto Alencar, porque o adversário liga-o ao presidenciável tucano no programa eleitoral na televisão. Queria tirar a vinhetinha do ar. A justiça rejeitou o pedido de Geddel.

CÁLCULO ELEITORAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

urna_ELEIÇÕESO candidato petista ao governo baiano conseguiu reduzir a vantagem de Paulo Souto (DEM) nas intenções de voto na capital baiana, mas, ao mesmo tempo, Rui Costa ligou o sinal de alerta. Isso, porque parte do crescimento se deve à migração de votos de Lídice da Mata (PSB) para o candidato governista. Essa migração é, relativamente, ruim para quem espera forçar um segundo turno, pois ele precisava fisgar dos indecisos ou das intenções de voto ainda não consolidadas do adversário mais direto.
Como isso não ocorreu, o temor é de que Lídice vá ainda mais firme para cima de Rui, repetindo estratégia do Debate da Band, em agosto, quando a senadora deixou Souto surfando e preferiu atacar o ex-aliado. O outro temor é desidratar demais Lídice. Neste cenário, Rui teria de crescer o suficiente para levar no primeiro turno – uma tarefa árdua.  Não por acaso, o petista vai reforçar a estratégia de regionalizar a campanha na TV, mostrando o que Wagner fez (e as promessas do candidato) em cada macrorregião. O sul do estado é um dos principais focos.

SOUTO DIVULGA MEDIDAS PARA SEGURANÇA PÚBLICA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Paulo_SoutoA Tarde
O democrata Paulo Souto disse nesta segunda-feira, 15, que pretende frear o crescimento da violência na Bahia com base em quatro passos: “reconquistar a relação de confiança com a polícia; aumentar contingente (mas também redistribuir melhor); ampliar a integração entre as Polícias Militar a Civil e criar Companhias Especiais no interior (mas sobretudo dar maior capacidade operacional as existentes)”.
De acordo com ele, “essas medidas tendem a reduzir ou controlar a violência” no Estado. Souto afirmou, em entrevista à TV Record, que o governador deve participar diretamente da gestão da segurança pública.
Além das ações diretas no setor, o ex-governador também defende a realização de projetos sociais nas áreas com maior índice de criminalidade para evitar que os jovens sejam atraídos pelo tráfico de drogas. Segundo o democrata, essas regiões devem ser prioritárias na instalação de escolas de tempo integral, por exemplo.

SOUTO DIZ QUE SEGUIRÁ MODELO DE NETO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Souto em comício ontem à noite em Itaparica (Foto Valter Pontes).

Souto em comício ontem à noite em Itaparica (Foto Valter Pontes).

Concorrendo pela quinta vez ao Palácio de Ondina, o ex-governador Paulo Souto disse que vai se inspirar na gestão do prefeito ACM Neto em Salvador para, se eleito, comandar a Bahia.
Para o candidato do DEM, o povo baiano está decepcionado e frustrado com o governo petista. Souto diz que a gestão de Wagner deixa como legado problemas na saúde, na segurança pública e na educação. Ontem à noite, Souto fez comício em Itaparica.
Segundo ele, o PT não foi capaz de dinamizar a Bahia e denuncia suposto caos nas contas estaduais.  “Muito pelo contrário. Botou o estado no buraco. Além do desequilíbrio financeiro que causou, não correspondeu na saúde, segurança e educação, os três setores que mais infelicitam as vidas dos baianos atualmente”.
Orientado por pesquisas de opinião, Souto decidiu colar o seu nome ao de ACM Neto também em seus eventos no interior do Estado. A avaliação é de que esta ação poderá segurar as intenções diante da crescida, nas pesquisas, do petista Rui Costa.

RENATA MALLET FAZ CAMPANHA NO SUL DA BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Mallet faz campanha no sul da Bahia (Foto Pimenta).

Mallet faz campanha no sul da Bahia (Foto Pimenta).

A candidata ao governo baiana pelo PSTU, Renata Mallet, concede entrevistas e participa de atividades na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) nesta sexta-feira (12).
Ontem (11), Mallet concedeu entrevista ao PIMENTA. Ela defende bandeiras do PSTU, avalia o quadro político baiano e disse que um eventual retorno de Paulo Souto (DEM) ao Palácio de Ondina será culpa do grupo do governador Jaques Wagner.
Para ela, o PT chegou ao poder e manteve algumas práticas carlistas – como a privatização da saúde, além de aliar-se a políticos do grupo do falecido ex-senador Antônio Carlos Magalhães.

ROSEMBERG DIZ QUE CRÍTICA DO DEM AO BABESP ERA "MEDO" DO CRESCIMENTO DE RUI

Tempo de leitura: < 1 minuto
Rosemberg Pinto: DEM sabia do crescimento de Rui Costa.

Rosemberg Pinto: DEM sabia do crescimento de Rui Costa.

O líder do PT na Assembleia Legislativa, Rosemberg Pinto, disse ter ficado claro, agora, o motivo pelo qual o DEM ataca o Instituto Babesp desde o último sábado (6). “Era a tentativa [do DEM] de aplicar uma vacina por medo do resultado, pelo desespero de ver Rui mais próximo da vitória”, disse.
O instituto apontou Rui com 27% das intenções de voto – tinha 15% na pesquisa passada. Souto apareceu com 39%. O DEM antecipou-se ao resultado da pesquisa, avalia, porque sondagens internas – da própria oposição, já apontavam crescimento do candidato petista ao governo baiano.
– É claro que as pesquisas internas deles já registravam este crescimento de Rui, colocando-o num patamar mais próximo daquilo que estamos vendo nas ruas e logo trataram de tentar descredenciar o Babesp, querendo tapar o sol com a peneira e apostando no desacreditado DataNeto – disse ele numa clara referência ao Ibope, contratado pela TV Bahia para fazer pesquisas ao governo baiano.

SOUTO CRITICA PESQUISA BABESP

Tempo de leitura: < 1 minuto
Souto diz que pesquisa Babesp é suspeita.

Souto diz que pesquisa Babesp é suspeita.

Após usar o seu programa de televisão para exibir vídeo contra o Instituto Babesp, o candidato ao governo baiano pelo DEM, Paulo Souto, questionou o resultado da pesquisa divulgada hoje e que joga a eleição para o segundo turno.
– Temos todos os motivos para considerar esse instituto suspeito – disse Souto em entrevista à Rádio Metrópole, de Salvador.
A suspeição é por causa das ligações do instituto com o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo, contratante do levantamento. O dono do instituto é irmão de um assessor de Nilo.
Souto não questiona a metodologia da pesquisa, mas diz que ela contraria todas as pesquisas nacionais feitas no estado. Na Bahia, pesquisa de um instituto de abrangência nacional foi apenas a do Ibope, contratada pela TV Bahia, afiliada da Rede Globo e propriedade da família de ACM Neto, principal fiador da campanha de Souto.

EVERALDO FALA EM VITÓRIA DE RUI NO 1º TURNO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Everaldo Anunciação acredita em vitória de Rui ainda no primeiro turno.

Everaldo Anunciação acredita em vitória de Rui ainda no primeiro turno.

Everaldo Anunciação, presidente do PT baiano, empolgado com os números da pesquisa Babesp divulgados hoje, disse acreditar em vitória de Rui Costa ainda no primeiro turno, além da eleição de Otto Alencar (PSD) ao Senado. Desde o início do horário eleitoral, Rui saltou de 11% para 27% nas intenções de voto.
Para Everaldo, o candidato ao governo pelo PT ainda tem muito espaço para crescer. Eufórico com os números, o dirigente estadual fala em vitória de Rui no primeiro turno (“tem muito espaço para crescer e até ganhar esta eleição ainda no primeiro turno”).
Outro fator considerado relevante para a tendência de maior crescimento do petista, cita Everaldo, são os apoios do ex-presidente Lula, de Dilma Rousseff e do governador Jaques Wagner. Com os apoios da trinca petista, Rui atinge 32%, enquanto Paulo Souto, com ACM Neto e Aécio Neves, cai de 39% para 37%, segundo a Babesp.
A campanha deverá colar o nome de Rui Costa, ainda mais, em Lula e Dilma. A presidente da República e candidata à reeleição tem 54% das intenções de voto na Bahia, segundo o Instituto Babesp.
A euforia toma conta dos petistas, mas o Babesp está sob a mira do DEM baiano devido às ligações do instituto com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo, que contratou a pesquisa.

SOUTO PROMETE CINCO HOSPITAIS REGIONAIS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Souto durante carreata em Senhor do Bonfim (Foto Valter Pontes/Divulgação).

Souto cumprimenta eleitor em Senhor do Bonfim (Foto Valter Pontes/Divulgação).

A construção de um hospital regional em Senhor do Bonfim foi prometida hoje (8) pelo candidato ao governo baiano pelo DEM, Paulo Souto, após carreata no município. A proposta apresentada por ele é a de construção de cinco hospitais regionais em quatro anos, incluindo Senhor do Bonfim:
– A construção de um hospital regional em Senhor do Bonfim vai melhorar sensivelmente o atendimento às pessoas de toda a região, tornando a cidade num polo de prestação de serviços de saúde – disse o candidato.
De acordo com ele, os hospitais serão construídos em municípios de localização estratégia para a rede de saúde. Souto anunciou cinco hospitais regionais como ofensiva à campanha do adversário petista, Rui Costa, que promete sete hospitais e o critica por ter construído apenas um, o do Oeste, em oito anos de gestão.

CANDIDATOS AO GOVERNO BAIANO ARRECADAM MAIS DE R$ 20 MILHÕES

Tempo de leitura: 2 minutos
Da Luz, Rui Costa, Renata Mallet, Marcos Mendes, Lídice da Mata e Paulo Souto.

Da Luz, Rui Costa, Renata Mallet, Marcos Mendes, Lídice da Mata e Paulo Souto.

Do Bahia Notícias
Os três candidatos ao governo da Bahia que mais pontuam nas pesquisas de intenção de votos já gastaram mais de R$ 14,1 milhões, no total, para o financiamento dos dois meses de campanha, de acordo com as prestações de contas divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Nenhum dos três, até o momento, apresenta déficit durante a corrida eleitoral. Rui Costa (PT), considerado o postulante ao cargo estadual que mais arrecadou em todo o país  – com uma receita apresentada de R$ 14,6 milhões –, gastou até o momento R$ 8.162.336,19, em dados oficiais.
Já o primeiro nas pesquisas de intenção de votos, Paulo Souto (DEM), revelou uma despesa de R$ 4.236.732,43, ante os R$ 5.600.485,90 já arrecadados. A senadora Lídice da Mata (PSB) mostrou gastos no valor de R$ 1.780.777,33. Sua arrecadação foi de R$ 2.502.000,00 na 2ª parcial das prestações de contas. O postulante Marcos Mendes (PSOL) não apresentou receita ou despesa de sua campanha, de acordo com os dados do TSE.
Os maiores gastos entre os candidatos foram para produção para TV e rádio, despesa com o pessoal e combustível. No total, a quantia dos candidatos baianos não chega ao dispêndio de alguns estados que, apesar de menor população e menor força econômica, estão entre os que possuem as campanhas mais caras para governador.
De acordo com levantamento da Folhapress, em Mato Grosso do Sul, com o eleitorado de 1,8 milhões de pessoas, os seis candidatos declararam despesas somadas de R$ 31 milhões até agora. No ranking dos gastos, o estado fica somente atrás das despesas dos postulantes em São Paulo. Adicionadas as despesas de Renata Mallet (PSTU), que totalizam R$ 28.885,23 – Rogério da Luz (PRTB) também não lançou o seu orçamento –, os candidatos baianos para o cargo no Palácio de Ondina gastaram, ao todo, R$ 14.208.730.

"O DEVEDOR DE PROMESSAS"

Tempo de leitura: < 1 minuto


O título acima é um trocadilho. Mas sabe o político que promete, promete e, no final, a obra não sai do papel. O ex-governador Paulo Souto até que condena essa prática de político prometedor. Candidato ao Palácio de Ondina pela quinta vez, o democrata caiu na tentação.
Prometeu asfaltar a estrada que liga Brotas de Macaúbas à BR-242. Era maio de 2006. Ele até teve tempo para executar a obra. Não fez. O discurso dele, à época, foi filmado e chegou a mãos adversárias. Está sendo usado exaustivamente pelo petista Rui Costa. Eleitores relembram a promessa e os prejuízos sofridos. A estrada foi recuperada no governo do sucessor, Jaques Wagner.

SOUTO PROMETE INDÚSTRIAS EM ITAPETINGA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Souto prometeu atrair indústrias para a região calçadista em Itapetinga (Foto Valter Pontes).

Souto prometeu atrair indústrias para a região calçadista em Itapetinga (Foto Valter Pontes).

A atração de novas indústrias para municípios da região de Itapetinga, caso eleito, foi prometida pelo candidato ao governo baiano pelo DEM, Paulo Souto, durante visita ao município do sudoeste neste final de semana. O ex-governador reuniu em seu palanque os ex-prefeitos José Otávio (DEM) e Michel Hage (PMDB) em seu palanque.
Souto criticou o Governo Wagner por causa da crise das indústrias calçadistas no país e que provocou a redução de empregos no entorno de Itapetinga. Para ele, a união de adversários históricos no município onde está instalada a Azaleia “engrandece a política”.
– A política se faz pelo embate de ideias, mas também pela união em prol de interesses maiores, que são o futuro de Itapetinga e da Bahia – citou.

DEBATE NA BAHIA É MARCADO PELA AGRESSIVIDADE DE CANDIDATOS

Tempo de leitura: 2 minutos
Candidatos participam de debate na Band (Foto Lúcio Távora /A Tarde Band Bahia).

Candidatos participam de debate na Band (Foto Lúcio Távora /A Tarde Band Bahia).

O tom agressivo marcou o primeiro debate na TV entre os candidatos ao governo baiano nesta noite de quinta (28), na Band. O confronto durou pouco mais de duas horas e reuniu Da Luz (PRTB), Lídice da Mata (PSB), Marcos Mendes (PSOL), Paulo Souto (DEM) e Rui Costa (PT).
O primeiro bloco tratou do tema segurança pública. Marcos Mendes defendeu políticas públicas para carentes, interiorização e desmilitarização da PM, enquanto Rui Costa defendeu repressão “de um lado e oferta de políticas sociais e educacionais” do outro, além de instalar pelotões aéreos no interior (Graer)
O bloco foi a deixa para Lídice afirmar que o Governo Wagner rompeu o diálogo com as polícias civil e militar. Para ela, é necessário ações de inclusão social para combater a violência. Souto disse que a Bahia vive situação semelhante a um holocausto. “Faltou ao governo instrumentos para coibir essa violência”.
Da Luz foi cômico: “O que eles falaram é o que tem que ser feito, mas já tiveram oportunidade e não fizeram”. E, na sequência, disse que Souto representa o “Time do Atraso” e Rui Costa, o “Time da Propaganda”.
Da Luz e Marcos Mendes escolheram Paulo Souto como principal alvo no debate. Em um dos momentos mais críticos, Mendes chamou Souto de “mentiroso”. O ex-governador diz em sua propaganda ter construído o Hospital Dantas Bião, em Alagoinhas. A unidade existe há mais de 60 anos. Souto ganhou direito de resposta porque os organizadores do debate entenderam que houve ofensa à honra do candidato.
SALA SECRETA E BARGANHA POLÍTICA
O tom incisivo de Mendes voltaria à tona quando ele acusou Souto de manter uma sala secreta, na Secretaria de Segurança Pública, onde ficavam processos contra adversários para barganhar apoios políticos. Souto desconversou. O ataque ocorreu quando os dois tratavam do sucateamento do judiciário baiano.
Rui Costa foi mais atacado por Lídice da Mata, ex-aliada, do que por Paulo Souto. A senadora baiana atacou Rui porque, segundo ela, a propaganda eleitoral do petista o apresenta como o homem que realizou todas as obras do Governo Wagner. E acusou Rui de perseguir servidores.
O debate ainda tratou de temas como financiamento da saúde, cultura, atração de indústrias para o Estado e saúde. Nesse ponto, Rui Costa e Paulo Souto trocaram alfinetadas. Marcos Mendes disse que Souto foi o responsável pela precarização da saúde, terceirizando serviços em todo o estado.

BAND PROMOVE DEBATE COM CANDIDATOS AO GOVERNO BAIANO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Estúdio da Band Bahia onde será realizado debate hoje.

Estúdio da Band Bahia onde será realizado debate hoje.

A Band promove nesta quinta (28) o primeiro debate entre os candidatos a governador da Bahia. Da Luz (PRTB), Lídice da Mata (PSB), Marcos Mendes (PSOL), Paulo Souto (DEM) e Rui Costa (PT) confirmaram participação no confronto. Renata Mallet não participa porque seu partido não possui representatividade na Câmara.

O debate começará às 22h05min e será mediado pela jornalista Carolina Rosa (ex-TV Santa Cruz/Itabuna). Hoje, os candidatos vão reservar boa parte da agenda para treinamento de olho no debate. Até aqui, este é o primeiro confronto anunciado. Atualizado às 16h40min.

 

Back To Top