skip to Main Content
18 de abril de 2021 | 11:11 am

FUNCIONÁRIO DA PETROBRAS MORRE EM ACIDENTE NA BR-415, EM ITABUNA

Marcos Aguiar faleceu ao tentar desviar moto de pedestre que atravessava rodovia || Foto Arquivo
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um motociclista faleceu em acidente ocorrido no trecho próximo à Nestlé da Rodovia Itabuna-Ibicaraí, em Itabuna, na manhã desta terça-feira (6). Segundo testemunhas, Marcos Aguiar faleceu quando a moto que pilotava, uma Honda CBR 600, chocou-se na traseira de um caminhão-tanque. 

Marcos Aguiar, que era do bairro Santo Antônio, em Itabuna, morreu no local. As primeiras informações são de que ele tentava desviar de um pedestre, quando perdeu o controle da moto e ocorreu o acidente.

A moto chegou a atingir o pedestre, que, com vários ferimentos, foi encaminhado para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, porém não corre risco de morte.

Marcos era bastante conhecido no Santo Antônio. Há um clima de comoção no bairro e no São Lourenço, região onde reside boa parte dos parentes da vítima. O motociclista trabalhava na Petrobras.

GASOLINA E DIESEL AINDA MAIS CAROS NESTA TERÇA COM 6º AUMENTO DO ANO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os preços da gasolina e do óleo diesel ficam mais caros a partir de hoje (9) para as distribuidoras que forem comprar os combustíveis nas refinarias da Petrobras. A gasolina ficou 8,8% mais cara. O preço do litro do combustível subiu R$ 0,23 e passou a custar R$ 2,84 no sexto aumento do ano.

Já o preço do litro do óleo diesel subiu 5,5%, ou R$ 0,15, e passou a custar R$ 2,86, de acordo com informações divulgadas nessa segunda-feira (8) pela Petrobras.

A estatal lembra que o preço da gasolina e do diesel vendidos nos postos para o consumidor final é diferente daquele cobrado nas refinarias. O preço final inclui tributos, custos para aquisição, mistura obrigatória de biocombustíveis e margem de lucro das distribuidoras e dos postos de combustível.

Os valores cobrados nas refinarias dependem dos preços e oferta no mercado internacional e da taxa de câmbio.

GASOLINA, DIESEL E ÁLCOOL TÊM NOVO AUMENTO JÁ NESTA TERÇA

Combustíveis têm novo reajuste em 2021 || Foto Fernando Frazão/Agência Brasil
Tempo de leitura: < 1 minuto

Gasolina, óleo diesel e gás de cozinha passam a custar mais caro hoje (2) nas refinarias da Petrobras. O litro da gasolina ficou R$ 0,12 mais caro (4,8%) e passou a custar R$ 2,60 para a venda às distribuidoras.

O aumento do óleo diesel foi de 5% (ou R$ 0,13 por litro). O preço para as distribuidoras passou a ser de R$ 2,71. Já o gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como gás de botijão ou gás de cozinha, ficou 5,2% mais caro.

O preço do GLP para as distribuidoras será de R$ 3,05 por quilo (R$ 0,15 mais caro), ou seja R$ 36,69 por 13 kg (ou R$ 1,90 mais caro).

O preço informado pela Petrobras se refere ao produto vendido às distribuidoras. Segundo a empresa, até chegar ao consumidor final, o preço do combustível sofre o acréscimo de impostos, o custo para a mistura obrigatória de biocombustíveis e os custos e margens das distribuidoras e postos de gasolina.

PETROBRAS VENDE CAMPOS DE PETRÓLEO E GÁS NA BAHIA POR 200 MILHÕES DE DÓLARES

Venda foi formalizada nessa quarta-feira (24)
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Petrobras vendeu para a SPE Miranga S.A., subsidiária da PetroRecôncavo S.A., nove campos terrestres de exploração e produção denominados Polo Miranga, localizados na Bahia. A assinatura do contrato foi feita na quarta-feira (24).

De acordo com a estatal, o valor de venda foi de US$ 220,1 milhões. O valor não considera os ajustes devidos até o fechamento da transação, que está sujeito ao cumprimento de condições precedentes, tais como a aprovação pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O Polo Miranga compreende os campos terrestres de Miranga, Fazenda Onça, Riacho São Pedro, Jacuípe, Rio Pipiri, Biriba, Miranga Norte, Apraiús e Sussuarana, localizados na Bahia. A Petrobras é operadora com 100% de participação nessas concessões.

A produção média do Polo Miranga de 2020 foi de aproximadamente 899 barris de óleo por dia e 376,8 mil m³/dia de gás natural.

A Petrorecôncavo é uma empresa brasileira de óleo e gás com atuação na revitalização e aumento no fator de recuperação de campos maduros onshore.

A empresa adquiriu a participação da Petrobras no Polo Riacho da Forquilha em 2019. Em 2020, adquiriu novo bloco exploratório na Bacia Potiguar, e assinou contrato de compra e venda referente à participação da Petrobras no Polo Remanso. G1.

PETROBRAS AUMENTA PREÇO DA GASOLINA EM 10% NO QUARTO REAJUSTE DO ANO

Gasolina e diesel mais caros a partir desta sexta-feira (19)
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Petrobras anunciou hoje (18) um novo aumento médio nos preços da gasolina e do diesel em suas refinarias, que chegarão a R$ 2,48 e R$ 2,58 por litro, respectivamente. A partir de amanhã (19), será aplicado um reajuste de R$ 0,23 para o litro da gasolina e de R$ 0,34 para o do diesel.

O preço cobrado nas refinarias da Petrobras corresponde a cerca de 33% do preço pago pelos consumidores finais da gasolina e a 51% do preço final do diesel, segundo a estatal. A companhia explica que “até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis, além das margens brutas das companhias distribuidoras e dos postos revendedores de combustíveis”.

Os preços praticados nas refinarias da Petrobras são reajustados de acordo com a taxa de câmbio e a variação do preço internacional do petróleo, negociado em dólar. Desde janeiro, a Petrobras já reajustou três vezes o preço do diesel e quatro vezes o da gasolina, que tinha o valor médio de R$ 1,84 em 29 de dezembro e chegará a R$ 2,48 com o reajuste que vigora a partir de amanhã.

Em 18 de janeiro, a estatal anunciou um aumento médio de R$ 0,15 para a gasolina e manteve o preço do diesel. No dia 26 do mesmo mês, um novo reajuste elevou o preço nas refinarias em R$ 0,10 para a gasolina e em R$ 0,09 para o diesel. Já em 8 de fevereiro, foi anunciado um aumento de R$ 0,17 para a gasolina e de R$ e de 0,13 para o diesel. Informações da Agência Brasil.

“PREÇO JUSTO”: PETROLEIROS VENDEM GASOLINA POR R$ 3,50

Categoria protesta contra venda de refinarias e política de preços da Petrobras
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro) decidiu vender o litro de gasolina por R$ 3,50 como forma de protestar contra a política de preços da Petrobras e a privatização de refinarias de petróleo da estatal.

Nesta terça-feira (16), a ação ocorreu no Posto Apache, no Dique do Tororó, em Salvador. Os 150 primeiros motoristas que chegaram no local puderam comprar até 20 litros do combustível pelo “preço justo”, conforme definição da categoria. A medida também beneficiou 50 motociclistas.

Amanhã (17) será a vez de Alagoinhas, com venda de gasolina pelo mesmo preço, às 7 horas, no Posto Laguna, localizado na Avenida Dantas Bião.

“Ao adotar o Preço de Paridade de Importação (PPI), a Petrobrás atrela os preços dos combustíveis no Brasil ao valor do barril de petróleo no mercado internacional, ou seja, a estatal produz em real, mas vende em dólar para o povo brasileiro”, critica o coordenador do Sindipetro, Jairo Batista.

O diretor de comunicação do Sindipetro, Radiovaldo Costa, alerta para as consequências da privatização da Refinaria Landulpho Alves, anunciada pela Petrobras. “Os consumidores serão ainda mais atingidos, pois os preços dos combustíveis devem ficar mais altos. E ainda será criado um monopólio regional privado e sem competitividade, como apontou estudo da PUC Rio ao analisar os efeitos da privatização de seis das oito refinarias colocadas à venda pela Petrobras”.

Neste ano, a Petrobras já aumentou o preço da gasolina três vezes. Veja mais aqui.

PETROBRAS VENDE REFINARIA NA BAHIA POR 1,65 BILHÃO DE DÓLARES

Refinaria é vendida para empresa de Abu Dhabi
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Petrobras informou, nesta segunda-feira (8), que concluiu o processo de venda da Refinaria Landulpho Alves (RLAM) e seus ativos logísticos associados, na Bahia.  O grupo Mubadala, de Abu Dhabi, apresentou a melhor final, no valor de US$ 1,65 bilhão. A assinatura do contrato de compra e venda ainda está sujeita à aprovação dos órgãos competentes.

Criada em setembro de 1950 e primeira refinaria nacional de petróleo, a Landulpho Alves está localizado em São Francisco do Conde, região Metropolitana de Salvador. De acordo com a Petrobras, na época, operação possibilitou o desenvolvimento do primeiro complexo petroquímico planejado do país e maior complexo industrial do Hemisfério Sul, o Polo Petroquímico de Camaçari.

A Petrobras informou ainda que na Landulpho Alves são refinados, diariamente, 31 tipos de produtos, das mais diversas formas. Além dos conhecidos gás de cozinha, gasolina, diesel e lubrificantes.

A refinaria é a única produtora nacional de food grade, uma parafina de teor alimentício usada para fabricação de chocolates, chicletes, entre outros; e de n-parafinas, derivado utilizado como matéria-prima na produção de detergentes biodegradáveis.

Leia Mais

PETROBRAS AUMENTA PREÇO DA GASOLINA PELA TERCEIRA VEZ EM 2021

Novo aumento passará a valer nesta terça-feira (9)
Tempo de leitura: < 1 minuto

Nesta segunda-feira (8), a Petrobras anunciou o terceiro aumento do preço da gasolina neste ano. O valor médio do combustível nas refinarias vai subir R$ 0,17 a partir de amanhã (9), chegando a R$ 2,25 por litro.

Já o diesel ficará R$ 0,13 mais caro a partir dessa terça-feira, custando R$ 2,24 por litro. A estatal também aumentou o preço do gás de cozinha (GLP). As distribuidoras passarão a pagar R$ 37,79 pelo botijão de 13 kg, um aumento de R$ 1,81.

POSTOS DE ILHÉUS CRAVAM PREÇO DA GASOLINA EM R$ 5,17

Levantamento de aplicativo mostra preço da gasolina em postos de Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

O preço da gasolina na maioria dos postos de combustíveis de Ilhéus está cravado em R$ 5,17. Em alguns estabelecimentos, o valor desse combustível chega a R$ 5,19.

As informações são do aplicativo Preço da Hora, do Governo da Bahia, que reúne dados sobre os valores das mercadorias comercializadas em todo o estado.

Na tarde desta sexta-feira (5), o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), concedeu entrevista coletiva sobre o impacto dos tributos nos preços dos combustíveis no Brasil. Ele voltou a afirmar que não vai interferir na política de preços da Petrobras.

COM PROIBIÇÕES DA JUSTIÇA, GREVE DOS CAMINHONEIROS TEM BAIXA ADESÃO

Imagem do protesto de 2018, quando a categoria parou o país || Foto do Jornal O Globo
Tempo de leitura: < 1 minuto

A greve iniciada por caminhoneiros nesta segunda-feira (1º) passa longe do alcance do movimento protagonizado pela categoria em 2018. Neste ano, ao menos duas decisões do Poder Judiciário contribuíram para inibir o protesto. No sábado (30), a Justiça Federal proibiu o bloqueio da BR-101 no litoral do estado do Rio de Janeiro.

Na sexta-feira (29), em São Paulo, o Tribunal de Justiça já havia proibido qualquer interdição da rodovia Presidente Dutra, trecho da BR-116 que interliga os estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Entre outras demandas, os caminhoneiros pedem mudança na política de preços adotada pela Petrobras, que define os valores dos combustíveis vendidos no país com base no mercado internacional.

Também reivindicam o cumprimento do acordo que fizeram em 2018 com o Ministério da Economia, que criou um piso nacional para o valor do frete. Os caminhoneiros reclamam que a regra é ignorada pelos contratantes, enquanto o Governo Federal, responsável pela fiscalização, faz vista grossa.

Segundo o Governo Federal, até meio-dia desta segunda, apenas uma rodovia federal foi bloqueada, a BR-034, no Rio Grande do Norte, mas a Polícia Rodoviária Federal liberou a pista.

PETROBRAS AUMENTA PREÇO DA GASOLINA PELA SEGUNDA VEZ EM 21 DIAS

Combustíveis têm novo reajuste em 2021 || Foto Fernando Frazão/Agência Brasil
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Petrobras aumentou o preço médio do litro da gasolina vendida nas refinarias em R$ 0,15. O novo valor será de R$ 1,98 para as revendedoras e vale a partir desta terça-feira (19). Esse é o segundo reajuste no combustível desde o dia 29 de dezembro, quando a empresa elevou o preço em 5%.

O preço final aos motoristas dependerá de cada posto de combustíveis, que tem suas próprias margens de lucro, além do pagamento de impostos e custos com mão de obra. No sul da Bahia, o preço da gasolina tem sofrido seguidos reajustes, o que tem gerado reclamações dos donos de veículos.

De acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), feito na semana entre os dias 10 e 16 de janeiro, o litro médio da gasolina comum no país custava R$ 4,572; o do diesel, R$ 3,685; o do etanol, R$ 3,202, e o botijão de 13 kg, R$ 76,50.

FÁBRICAS DE FERTILIZANTES DA PETROBRAS NA BAHIA E SERGIPE SÃO ARRENDADAS

Fábrica de fertilizantes da Petrobras na Bahia é arrendada
Tempo de leitura: 2 minutos

A Petrobras arrendou duas fábricas de fertilizantes, na Bahia e em Sergipe, para o grupo Unigel. O anúncio foi feito nesta terça-feira (4), em nota divulgada pela companhia. Com o negócio, haverá retomada de produção nas duas unidades a partir de janeiro de 2021. O grupo Unigel pagará R$ 150 milhões por uma década.

O acordo envolveu as fábricas de fertilizantes nitrogenados da Bahia, Fafen-BA, e de Sergipe, Fafen-SE, para a Proquigel, subsidiária da Unigel. Essa é a última etapa para a transferência de controle dos ativos, após as licenças e autorizações exigidas pelos órgãos reguladores.

Além das fábricas, o negócio inclui a promessa de subarrendamento dos terminais marítimos de amônia e ureia no Porto de Aratu, na Bahia. O contrato permite à Proquigel o controle das unidades por 10 anos, renováveis por mais 10.

Segundo nota divulgada pela estatal, a diretora de Refino e Gás Natural da Petrobras, Anelise Lara, considerou que o arrendamento está alinhado à estratégia de gestão de portfólio de capital da companhia, que concentrará os investimentos na produção de petróleo e gás em águas profundas e ultraprofundas, principalmente na camada pré-sal. A empresa acredita que a entrada de novos atores no segmento de fertilizantes poderá alavancar o desenvolvimento da região.

Leia Mais

PRÉ-SAL: BAHIA PODERÁ RECEBER R$ 1 BILHÃO DE RECURSOS DA CESSÃO ONEROSA

Tempo de leitura: 2 minutos

Pinheiro diz que Bahia poderá receber R$ 1 bi da cessão onerosa do pré-sal

O Estado da Bahia deverá receber recursos da ordem de R$ 1 bilhão, a partir dos recursos arrecadados nos leilões do pré-sal, informou o secretário do Planejamento do Estado, Walter Pinheiro. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 98/2019, aprovada por unanimidade nesta semana, no Senado Federal, estabelece que estados e municípios recebam 30% dos recursos arrecadados. O texto também estabelece 67% para a União e 3% para os estados produtores.

Segundo os termos da proposta, R$ 10,5 bilhões (15% da arrecadação com a cessão onerosa) serão destinados aos municípios, e outros R$ 10,5 bilhões, aos estados e ao Distrito Federal. Essas fatias serão distribuídas entre os entes federativos a partir dos critérios que regem os fundos de participação (FPM e FPE). Dessa forma, serão privilegiados os estados e municípios com as menores rendas per capita.

Pinheiro, quando senador da República, em 2018, defendeu a partilha dos recursos para os estados e municípios, e atuou para que os critérios que regem os fundos de participação fossem adotados na PEC. “Essa é uma batalha sem igual. É a salvação da lavoura de 5.570 municípios em 27 unidades da federação, tanto é que uniu todo mundo”, disse Pinheiro, que também foi relator da proposta que estabeleceu novas regras para a partilha dos recursos do Fundo de Participação dos Estados (FPE). “O Estado da Bahia poderá receber recursos da ordem de R$ 1 bilhão a partir dos recursos arrecadados”, completou.

A PEC é referente à Cessão Onerosa, Lei 12.276, de 2010, por meio da qual a Petrobras adquiriu o direito de explorar por 40 anos uma área do pré-sal por contratação direta, sem licitação, com a contrapartida de antecipar o pagamento de R$70 bilhões ao governo. A PEC ainda retornará à Câmara dos Deputados para confirmação das alterações realizadas no texto.

PETROBRAS REAJUSTA GÁS DE COZINHA EM 3,43%

Tempo de leitura: < 1 minuto

Petrobras reajusta gás de cozinha em mais de 3% neste domingo

A Petrobras vai reajustar em 3,43%, em média, a partir do próximo domingo (5), o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP Residencial), o gás de cozinha, para botijão de 13 quilos às distribuidoras sem a cobrança de tributos. O botijão vai custar R$ 26,20 sem tributos para as distribuidoras.

O último reajuste ocorreu no dia 5 de fevereiro, exatamente há três meses, quando o valor do gás de cozinha subiu para R$ 25,33 para as distribuidoras.

Em nota, o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou que as empresas distribuidoras associadas à entidade foram comunicadas na tarde de sexta (3) pela Petrobras que o GLP residencial para embalagens de até de 13kg ficará mais caro a partir do próximo domingo. De acordo com o Sindigás, o reajuste oscilará entre 3,3% e 3,6%, de acordo com o polo de suprimento. Com informações da Agência Brasil.

ECONOMISTA DEVE ASSUMIR A PETROBRAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Castello Branco deve assumir presidência da Petrobras

O economista Roberto Castello Branco deve assumir o comando da Petrobras por indicação de Paulo Guedes, confirmado para o Ministério da Economia (que deve englobar Fazenda, Planejamento, Indústria e Comércio Exterior). A informação foi divulgada hoje (19) pela equipe de Guedes.
Castello Branco é economista, com pós-doutorado pela Universidade de Chicago e “extensa experiência nos setores público e privado”.
Já ocupou cargos de direção no Banco Central e na mineradora Vale, fez parte do Conselho de Administração da Petrobras e desenvolveu projetos de pesquisa na área de petróleo e gás.
O futuro presidente da Petrobras é diretor do Centro de Estudos em Crescimento e Desenvolvimento Econômico da Fundação Getulio Vargas. O atual presidente da estatal, Ivan Monteiro, permanece no comando até a nomeação de Castello Branco.

Back To Top