skip to Main Content
22 de fevereiro de 2020 | 03:37 am

PM-BA DIVULGA RESULTADO DE SORTEIO PARA 3,3 MIL VAGAS EM COLÉGIOS E CRECHE

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Militar da Bahia divulgou, nesta segunda-feira (13), o resultado do sorteio eletrônico para admissão de alunos nas 15 unidades do Colégio da Polícia Militar (CPM) e da Creche da PM Nossa Senhora das Graças/CMEI para o ano letivo de 2020.

Confira o resultado aqui

A PMBA dispõe de 15 unidades do colégio em todo estado e 12.814 alunos. Além dos cinco colégios na capital (Dendezeiros, Luiz Tarquínio, Ribeira, Lobato e Cajazeiras), os CPMs estão distribuídos nas cidades de Teixeira de Freitas, Alagoinhas, Ilhéus, Itabuna, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Candeias, Juazeiro, Jequié e Barreiras.

POLICIAL TEVE CORPO MUTILADO ANTES DE SER MORTO POR TRAFICANTES EM SALVADOR

Tempo de leitura: 2 minutos

PM sofreu tortura e teve corpo mutilado antes de ser morto por traficantes

“O que fizeram com ele não se faz nem com um gado de abate”. A frase é de um amigo do policial militar Gustavo Gonzaga da Silva, 44 anos, assassinado na madrugada do sábado (9) por traficantes no bairro da Santa Cruz, em Salvador.
Gonzaga estava voltando para casa depois do trabalho e dava carona para um amigo de infância, identificado como “Jai”, quando foi abordado por três traficantes. Os autores do crime foram identificados como Choquito, Keka e Leno.
O PM foi torturado e teve o corpo mutilado antes de ser morto pelos criminosos, informa o Correio24h. Gonzaga ainda recebeu vários tiros na cabeça. “Eu nunca vi isso. Tem gente que tá há mais de 30 anos na polícia e nunca viu alguém ser morto dessa forma”, diz um colega do policial.
Os autores do crime chegaram a arrancar o coração da vítima e deixaram o órgão na região do Nordeste de Amaralina, em uma localidade conhecida como Boqueirão, a mais de 1 km onde Gonzaga foi morto.
‘Jai’, que estava com Gonzaga, teria fugido no momento do crime e ainda não apareceu para prestar depoimento. “Era uma grande amigo dele, a família toda conhece. Ele que tava junto. Ele tem que falar”, diz um familiar do policial.
“O cara sumiu. Abriu um buraco no chão e desapareceu”, reclama um amigo da vítima, que não aponta Jai como participante do crime, mas quer que ele preste depoimento. “Está tudo muito estranho”. Mesmo questionando o sumiço, amigos e policiais militares ouvidos pelo CORREIO acreditam que Jai não participou do crime.

Leia Mais

BAHIA CONVOCARÁ 2 MIL PMs DA RESERVA PARA FUNÇÕES DE RETAGUARDA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Rui anuncia convocação de 2 mil PMs da reserva || Foto Carol Garcia/GovBA

Rui anuncia convocação de 2 mil PMs da reserva || Foto Carol Garcia/GovBA

O governo baiano anunciou, há pouco, que encaminhará à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), ainda neste mês, projeto de lei criando uma remuneração especial para policiais da reserva – oficiais e soldados.

Segundo o governador Rui Costa, os profissionais da reserva serão convidados a retornar à ativa para exercer funções de retaguarda, a exemplo de monitoramento de câmeras de segurança, que exigem a presença de policiais 24 horas por dia, ao longo de sete dias na semana. “Com isso, vamos liberar quase dois mil policias de funções de retaguarda e da área administrativa, para atuar nas ruas”, afirmou.

Com os dois mil policiais e igual número de novos concursados da Polícia Militar, cujo concurso está em andamento, o governador afirmou que a Segurança Pública do Estado contará com o reforço de mais quatro mil policiais para atuar nas ruas das cidades baianas já no primeiro semestre de 2018.

VOANDO SOBRE RODAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Esquadrão Águia PM-BA

MOLEZA? Policial militar treina em nova etapa do curso de escolta e segurança do Esquadrão Águia, da PM baiana. Foto Divulgação.

MAIS DE 141 MIL CANDIDATOS SE INSCREVEM NO CONCURSO DA PM-BA E CORPO DE BOMBEIROS

Tempo de leitura: 2 minutos
Concurso reserva 10% das vagas para Ilhéus e Itabuna.

Concurso reserva 10% das vagas para Ilhéus e Itabuna.

As inscrições para o concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar encerraram no dia 21 de junho. As duas mil vagas para o cargo de soldado da PM serão disputadas por 123.812 candidatos. Já para as 750 vagas de Bombeiro Militar foram inscritas 18.066 pessoas. No total, 141.878 candidatos vão participar do concurso da segurança pública de 2017.

Os maiores números de inscritos para soldado foram registrados nas cidades de Salvador, Juazeiro e Feira de Santana. Já para Bombeiro Militar, as cidades de Salvador, Feira de Santana e Itabuna tiveram a maior quantidade de inscritos. Em 2012, o concurso da PM teve 74.702 candidatos disputando duas mil vagas, e, em 2008, foram 84.041 pessoas para 3.200 vagas.

Uma vez habilitado para o curso de formação, seja da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros Militar, o candidato irá ingressar no quadro das corporações como aluno soldado. Quando tiver concluído o curso e, posteriormente, lotado na região de sua escolha, o soldado da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar terão carga horária de 40 horas semanais.

O concurso contará com duas etapas, com provas objetivas e discursiva, previstas para o mês de agosto. Será apenas um dia de seleção, com duração de quatro horas e trinta minutos. O resultado obedecerá à ordem de classificação, seguindo a publicação das notas finais em ordem decrescente, observando cargo, região e sexo.

O edital de abertura de inscrições, elaborado conjuntamente pela Secretaria da Administração do Estado (Saeb) e pelos Comandos Gerais da Polícia Militar da Bahia e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, foi publicado dia 10 de maio. Com validade de um ano, prorrogável por igual período, o concurso será realizado pela Saeb e pelo IBFC, que na Bahia é responsável pelos concursos públicos da Embasa e Agerba

IGREJA ESPERANÇA OFERECE CURSO GRATUITO PARA O CONCURSO DA PM-BA

Tempo de leitura: 3 minutos
Aulas do curso preparatório começam nesta segunda (Foto Lucas França).

Aulas do curso preparatório começam nesta segunda (Foto Lucas França).

Lucas França

Começou ontem (24), na sede da Esperança Igreja Batista de Itabuna, o Curso Preparatório para o Concurso da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), com a participação de 58 futuros candidatos. Desde que o governador Rui Costa anunciou a abertura de 2.750 vagas entre soldados da PM e Corpo de Bombeiros, um grupo de soldados-professores sentiu o desejo de oferecer gratuitamente o curso àqueles que desejam ingressar no serviço público, mas não têm condições de fazer um investimento financeiro. A princípio foram disponibilizadas apenas 50 vagas.

Durante a abertura, o pastor presidente da Esperança, Rosemar Vilanova Cavalcante, Pastor Mel, falou da importância deste curso na vida da igreja. Citando Marcos, capítulo 10, versículo 45, disse que, sobretudo no ano do serviço, lembrou da vida de Jesus, que veio a este mundo não para ser servido, mas para servir e dar sua vida em favor de muitos.

Foram apresentados a ementa do curso, a didática e os professores. Entre os professores, estão Fábio Gomes, Marcelo Alves, Milena Almeida, Isabel Argolo, Caique Oliveira, Jorge Teles, Luísa Lopes, Jackson Lessa e Mark Harys.

“Essa iniciativa partiu justamente do desejo desta comunidade de fé em servir. Foi a oportunidade que eu encontrei de poder ajudar o próximo com dons e habilidades que Deus me deu. Conversei com a liderança desta igreja, convidei um grupo de soldados e amigos militantes na área da educação que disseram sim ao chamamento e aí começamos”, explicou o sargento da Polícia Militar Fábio Gomes, professor de História, Estatuto da Igualdade Racial e Legislação Estadual, além de idealizador deste curso preparatório.

Ao todo, serão 11 disciplinas ofertadas com a carga total de 230 horas, sendo Direito Penal (20h), Direito Constitucional (30h), Direito Administrativo (20h), Direitos Humanos (20h), Raciocínio Lógico-Matemático (20h), Atualidades (20h), Legislação Estadual (20h), História (20h), Geografia (20h), Português e Redação (40h). As aulas acontecem de segunda a sexta, das 19h às 21h50min. Já aos sábados, das 08h às 12h.

MANTER O FOCO
Para o professor de Direito Penal Marcelo Alves, o candidato precisará, além do preparo, conhecer algumas ferramentas que contribuirão para o sucesso de sua missão. “Conhecer a banca avaliadora é fundamental, pois, através dela, é possível ver como foram as avaliações passadas, o nível exigido nas questões, mesmo que sejam de outros Estados. É preciso neste momento manter o foco”, sinalizou Marcelo, que também é militar.

A candidata Anathália Soares, ressalta que é uma chance de ela poder, por meio do curso, ser preparada da mesma maneira como se estivesse num outro curso pagando. “Eu vejo que Deus está me proporcionando, através da Igreja Esperança, um momento de dedicação aos estudos, acreditando que vou ter grande chance de vencer as etapas que virão pela frente, com fé”, acreditou.

Já o candidato Caique Morais, 18 anos, entende esse momento como uma benção para a sua vida, já que não teria condições de custear um preparatório deste. “Esse curso realiza a primeira etapa do meu sonho em seguir na carreira militar. Vejo que os professores são preparados e o mais interessante, estou sendo beneficiado por um projeto social”, declara.

O pastor Paulo Barbosa acrescentou que a igreja é um celeiro de serviços, com o objetivo de cuidar das pessoas. “Oferecemos as instalações para que elas sejam capacitadas tanto espiritual como intelectualmente e isso independe da sua crença. Essa mesma igreja consegue atender aos anseios, juntamente com um grupo de irmãos, que diante de uma percepção quase que urgente, a uma necessidade da comunidade. Isto é chamado de Cristo para fazer a diferença na vida dessas pessoas”, sublinhou.

CORRUPÇÃO: EX-COMANDANTE DA PM-BA É LEVADO A JULGAMENTO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Coronel Santana quando foi preso em flagrante por policiais civis.

Coronel Santana quando foi preso em flagrante por policiais civis.

Antônio Jorge Ribeiro Santana, ex-comandante da Polícia Militar baiana, será julgado, nesta quinta (16), às 8h30min, por fraude e lavagem de dinheiro em contrato de locação de viaturas superfaturadas para a corporação, informa o Bocão News.

Coronel Santana é investigado pelo recebimento de propina e superfaturamento na compra de 201 viaturas. A prisão ocorreu durante as investigações da Operação Nêmesis, em 5 de março de 2009 (relembre aqui).

O policial, que está na reserva, vai a julgamento na Auditoria da Justiça Militar do Estado da Bahia, em Salvador. Além dele, outras 11 pessoas são acusadas de envolvimento no esquema. O militar foi acusado de movimentar R$ 1,2 milhão com suposta compra de gado para abate.

Santana comandou a PM baiana até 2008 e o esquema fraudulento, de acordo com as investigações à época, envolviam a empresa paulista Júlio Simões, responsável pelo fornecimento das viaturas para a corporação.

POLÍCIA SUSPENDE A BAMOR DOS ESTÁDIOS

Tempo de leitura: < 1 minuto
PM proíbe a Bamor em estádios por 180 dias (Foto Reprodução).

PM proíbe a Bamor em estádios por 180 dias (Foto Reprodução). 

Ontem (7), o Bahia venceu a primeira partida fora de casa. Bateu o Goiás por 0 a 2, no Estádio Serra Dourada. O Esquadrão conquistou a terceira posição na classificação geral da Série B no dia em que a Bamor, torcida organizada, foi suspenda dos estádios por seis meses.

A suspensão foi aplicada pelo Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos (Bepe), da Polícia Militar. Foi punição contra as cenas de violência protagonizada por alguns de seus integrantes na partida do Bahia contra o Náutico.

A briga envolveu membros da Terror Tricolor. A medida cautelar está prevista no Estatuto do Torcedor, sendo aplicada na ocorrência de “indisciplina e brigas entre torcidas”, segundo a PM.

BASE COMUNITÁRIA INICIA 4ª EDIÇÃO DO “MÃOS QUE PREVINEM”

Tempo de leitura: < 1 minuto
Base comunitária do Monte Cristo executa projeto social.

Base comunitária do Monte Cristo executa projeto social.

A Base Comunitária de Segurança Monte Cristo, em Itabuna, inicia amanhã (23), às 10h30min, na Escola Municipal Verdes Campos, o  Projeto Mãos que Previnem, destinado a crianças de 5 a 9 anos. Segundo a coordenação, o objetivo é educar, conscientizar e estreitar os vínculos entre polícia e escola, conhecer a comunidade local e suas reais necessidades, bem como atenuar a incidência de jovens no mundo do crime.

O projeto Mãos que Previnem está na quarta edição e este ano atenderá três instituições situadas na área de atuação da Base Comunitária de Segurança Monte Cristo: Escola Municipal Verdes Campos, ONG Padre Tonucci e Grupo Escolar Amélio Cordier.

Durante quatro semanas, aproximadamente 120 crianças participarão de atividades educativas, lúdicas e de conscientização. Com uma linguagem apropriada para a faixa etária, serão abordados os temas Polícia Amiga, direitos fundamentais e deveres, drogas e seus efeitos, violência nas escolas, higiene e saúde e relacionamento familiar.

O projeto é executado exclusivamente por policiais militares fardados e identificados, conforme os coordenadores, levando em consideração o fascínio que este profissional exerce no imaginário das crianças, “que os veem como heróis”.

BEBETO COBRA COMANDO-GERAL DA PM SOBRE EXCESSOS CONTRA REPÓRTER EM ILHÉUS

Tempo de leitura: 2 minutos
Bebeto cobra comando geral da PM quanto a denúncia de excesso contra repórter.

Bebeto cobra comando geral da PM quanto a denúncia de excesso contra repórter.

O deputado federal Bebeto Galvão (PSB) emitiu comunicado oficial para manifestar solidariedade a todos os membros da imprensa de Ilhéus que se sentiram atingidos com o episódio em que o repórter do Blog do Gusmão, Thiago Dias, foi vítima de excessos por parte de dois oficiais da 70ª Companhia da Polícia Militar de Ilhéus, segundo denunciou o site e outros veículos da cidade.

Bebeto disse entender que o papel da imprensa na prestação de serviço e acesso à informação é fundamental para o exercício da democracia e para a construção de uma sociedade mais justa, onde não pode haver espaço para coação e censura à liberdade de expressão. “E o jornalismo é um dos principais instrumentos que nos garante esse direito constitucional”, declara o parlamentar.

O deputado disse ter encaminhado ofício ao comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, e para o comandante do Policiamento da Região Sul, coronel Luiz Brandão Teixeira, cobrando um esclarecimento da corporação a respeito dos possíveis excessos cometidos pelos oficiais, o major Rivas Júnior e o subtenente Rômulo Rego.

No ofício, o parlamentar reitera a confiança na instituição Polícia Militar pelos serviços prestados à população baiana e, nesse sentido solicita uma manifestação da PM sobre o episódio e medidas em caso de confirmadas as denúncias de que houve tentativa de intimidação por parte dos oficiais, pois tais medidas relatadas não estão em consonância com o estado democrático de direito.

Back To Top