skip to Main Content
5 de julho de 2020 | 09:41 am

JOVENS SÃO EXECUTADOS EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Dois adolescentes foram assassinados a tiros ontem, 22, no bairro Santo Antônio e no Loteamento 7 de Setembro (Bairro Santa Clara), às margens da BR-101, em Itabuna. As vítimas foram identificadas como Alefe de Moraes, 16, e Leandro Sales Evangelista, 17.

Alefe foi assassinado quando passava pela região da Pedreira J. Macêdo, no final da Rua José Monstans, no Santo Antôio. Já Leandro, foi executado com 18 tiros. O crime ocorreu próximo ao Motel Carinhoso.

CASA DE LUXO EM ITABUNA ERA “QG” DE TRAFICANTES DE ALAGOAS E SERGIPE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ainda continuam em sigilo os nomes dos dois homens presos em Itabuna na operação conjunta entre as polícias civil da Bahia e de Sergipe. A operação aconteceu na madrugada desta quinta-feira, 19, no centro da cidade. Os homens são acusados de comandar o tráfico de drogas e cometer homicídios em Maceió (AL) e Aracaju (SE).

O delegado Moisés Damasceno, titular da 6ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Corpin), disse a jornalistas que as investigações ainda estão em andamento. Os homens alugaram uma casa de luxo no centro de Itabuna, de onde determinavam as ações da quadrilha em Alagoas. O aluguel do imóvel custava, aproximadamente, R$ 2,5 mil.

“Na operação, além dos acusados, outros dois homens e duas garotas de programa também foram conduzidos à delegacia. Eles faziam uma festinha no imóvel quando a polícia chegou”, revelou Damasceno. A Polícia apreendeu duas pistolas calibre ponto 40, seis carregadores, 69 munições intactas e um veículo Mercedes A-190, com placas de São Paulo.

A operação policial seguirá no Estado de Sergipe à procura de outros integrantes da quadrilha. As duas garotas e os outros dois homens foram liberados, depois de ouvidos.

POLÍCIA PRENDE BANDIDOS QUE PLANEJAVAM ASSALTAR BANCO EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Material apreendido e os presos Joselito Francisco “Tapode” e Luiza Caroline.

Policiais da 68ª e 70ª companhias independentes da PM em Ilhéus e da Cipe Cacaueira apreenderam explosivos, brucutu, dinamite e armas e prenderam Joselito Francisco dos Santos, o Tapode, e Luiza Caroline Rodrigues dos Santos. Os dois fazem parte de uma quadrilha que, segundo confessaram, planejava detonar caixas de uma agência do Banco do Brasil no Malhado, em Ilhéus.

Os bandidos resistiram à prisão. Na troca de tiros, Gilson Rosa Guimarães Júnior, o Gaspar, foi baleado e morreu a caminho do Hospital Geral Luiz Viana Filho, por volta das 11h30min de ontem. Um dos membros da quadrilha, de prenome Ronaldo e esposo de Luiza Caroline, está sendo procurado pela polícia.

DIÁCONO É ACUSADO DE ABUSAR SEXUALMENTE DE FILHA ADOTIVA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Arnaldo é procurado por abusar sexualmente de filha adotiva (Reprodução Joá Souza/A Tarde).

Arnaldo Gonçalves de Oliveira, diácono da igreja evangélica Viva Pentecostal, em Pau Brasil, está sendo procurado pela polícia. Foragido, Arnaldo é  suspeito de ter abusado sexualmente da filha adotiva de 12 anos.

O delegado Francesco Denes, da Polícia Civil em Pau Brasil, já solicitou a prisão preventiva do diácono. A vítima dos abusos foi adotada quando ela estava com um ano de vida.

A pré-adolescente conta que os abusos começaram há cerca de um ano e sofria ameaça de morte. Os ataques eram sempre praticados à noite, segundo a vítima. Arnaldo usava um facão para obrigar a vítima a ceder.

A mãe adotiva tomou conhecimento do caso quando a própria vítima conseguiu superar as ameaças do pai-monstro e contou o que acontecia. Ela foi submetida a exames no Departamento de Polícia Técnica (DPT), ontem, em Itabuna. Com informações d´A Tarde.

ESTELIONATÁRIO "ESQUECIDO" RETORNA A CASA DE VÍTIMA E ACABA PRESO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Barbosa está preso (Foto Leandro Barreto).

O estelionatário identificado como Barbosa Leal Júnior foi preso ao final desta manhã de quinta (15) ao tentar aplicar golpe numa dona de casa na Vila Anália, em Itabuna. O estelionatário sai de porta em porta pedindo ajuda para uma suposta viagem a Salvador e aproveita momentos de desatenção da vítima para praticar o furto. A dona de casa reconheceu “Barbosa” e acionou o marido, que deteve o estelionatário. Barbosa retornou ao local do crime cometido há alguns meses.
A polícia já sabe que Barbosa possui várias identidades falsas. De acordo com cinco das vítimas que o reconheceram no Complexo Policial de Itabuna, o estelionatário sempre se apresenta dizendo que a esposa morreu em Salvador e pede dinheiro para que ele e três filhos possam ir à capital para o sepultamento.
“Barbosa” é conhecido na região do São Caetano por vários furtos. Barbosa já possui quatro entradas no complexo policial pelo mesmo crime. Ele ficou detido na Delegacia de Furtos e Roubos. Agentes pedem a possíveis vítimas que compareçam ao complexo para fazer reconhecimento do estelionatário esquecido.

DONO DE DESMANCHE TERIA LIGAÇÃO COM O CRIME ORGANIZADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Delegado Moisés Damasceno comandou a operação

Roberto de Oliveira Rocha, o “Caxixe”, era dono do desmanche de veículos estourado pela Polícia Civil, em Itabuna, na última terça-feira, 13. Segundo reportagem de Ana Cristina (Jornal A Tarde), a polícia suspeita de que Caxixe tenha ligações com o crime organizado.
No desmanche, instalado numa casa no bairro Nova Itabuna, foram encontrados, além de carros roubados (inclusive nove caminhões basculantes, alguns avaliados em R$ 200 mil), vários galões com combustível. O delegado Moisés Damasceno, que comandou a operação, afirma que o combustível era trazido por caminhoneiros que abastecem postos de Itabuna. No esquema, parte do conteúdo dos caminhões-tanque era retirado no desmanche e os reservatórios dos veículos eram completados com água antes de seguir para os postos.
A polícia encontrou o desmanche após rastrear uma caminhonete Mitsubishi, modelo L-200 Triton, com placa de Lauro de Freitas. Caxixe e outros elementos que o auxiliavam conseguiram fugir.

CRIANÇA É ASSASSINADA EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma criança de 12 anos foi vítima de homicídio na noite de ontem (12), em Itabuna. O crime aconteceu no bairro Califórnia, de acordo com o site Agora na rede.
Lucas Rocha dos Santos, a vítima, foi levado para o Hospital Manoel Novaes, mas não resistiu. O tiro o atingiu na altura do queixo.
O menor morava no bairro Novo Horizonte.

PUGILISMO NA CINQUENTENÁRIO

Tempo de leitura: 2 minutos

Comerciários protestam em frente à loja (Foto Divulgação).

Dirigentes do Sindicato dos Comerciários de Itabuna acusam o gerente e o caixa da Parceria Calçados, na avenida do Cinquentenário, de agredi-los a socos e pontapés nesta manhã de quinta (8). A confusão teria começado quando os comerciários entregavam uma cartilha com a íntegra da Lei Maria da Penha às funcionárias da Parceria.
O gerente da loja, segundo os comerciários, não gostou e recolheu as cartilhas das mãos das funcionárias do estabelecimento. Os sindicalistas protestaram contra a atitude. O caixa, de prenome Felipe – filho do dono da loja, discutiu com os sindicalistas e desferiu socos e pontapés nos sindicalistas, segundo as vítimas. Os agredidos prestaram queixa no Complexo Policial. Há quatro meses, o dono da loja, de prenome Gerson, foi denunciado por ameaça de morte aos sindicalistas.
José Aloísio Pereira de Souza, gerente da loja, disse que não se envolveu nas agressões físicas. “O pessoal passou na porta da loja, entregando as cartilhas, falando da Lei. Tinha três vendedoras. Eles chegaram e entregaram a cartilha. Eu pedi que elas me entregassem e lessem [a cartilha] na hora do almoço ou do lanche”, diz o gerente. “Quando eles me viram pedir, disseram que eu estava tomando as cartilhas das meninas”.
O gerente afirma que as comerciárias não poderiam ler a cartilha na frente da loja, “pois estavam ali trabalhando, puxando cliente”. As agressões começaram quando, na versão de José Aloísio, o caixa Felipe foi para a frente do estabelecimento contestar o que os sindicalistas diziam ao microfone. “Estavam falando de mim. O menino do caixa foi lá fora, discutiu [com os comerciários]. O rapaz tá todo arranhado aqui”.

HOMEM SUSPEITO DE MATAR ESPOSA EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Maria das Graças tinha hematomas pelo corpo (reprodução Radar)

Maria da Glória Alves, de 48 anos, morava no bairro Nova Califórnia, em Itabuna, com o companheiro Edvaldo Ferreira. Na noite de ontem (5), vizinhos dizem ter ouvido uma briga do casal – aliás, mais uma, pois testemunhas afirmam que eles discutiam frequentemente e o homem costumava bater em sua companheira.
Na madrugada de hoje, Maria da Glória morreu. Segundo o Radar Notícias, Edvaldo alega que ela, do nada, caiu na sala, e ainda sustenta que tentou reanimar a mulher. Ele falou  também que Maria da Glória bebia e usava remédios controlados.
Pelo histórico do casal, os hematomas que ela trazia e o sangue encontrados na vítima e na camisa de Edvaldo, a polícia suspeita de que Maria da Glória foi assassinada. Seu corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT)  de Itabuna e Edvaldo seguiu para ser ouvido no Complexo Policial.

CRIME DO PONTAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

A propósito da nota sobre o “bangue-bangue” no Pontal (ver abaixo), seguem os nomes dos envolvidos: Fabiano dos Santos Fontes, 31 anos, que estava em liberdade condicional, foi a vítima do homicídio. Quem o cometeu foi um indivíduo identificado apenas pelo apelido “Real”.
De acordo com uma fonte da polícia, Real dirigia um Celta cor prata e perseguiu Fabiano, que estava um Pegeot preto. Como já informado, o assassino interceptou o carro da vítima e disparou mais de dez tiros de dentro do veículo. Cinco atingiram Fabiano, que morreu no local.
Há suspeitas de que o crime esteja relacionado ao tráfico de drogas.

Back To Top