skip to Main Content
3 de julho de 2020 | 09:15 pm

POLICLÍNICAS REGIONAIS ATINGEM 1 MILHÃO DE ATENDIMENTOS, SEGUNDO A SESAB

Tempo de leitura: 2 minutos

Policlínica de Itabuna é uma das 15 unidades já implantadas no estado || Foto Pedro Augusto

As 15 Policlínicas Regionais de Saúde em funcionamento na Bahia atingiram a marca de 1 milhão de atendimentos. São consultas médicas com especialistas e diversos exames como ressonância magnética e tomografia. As unidades estão disponíveis para os 7,8 milhões de cidadãos de 285 municípios das regiões de Guanambi, Jequié, Irecê, Alagoinhas, Feira de Santana, Valença, Santo Antônio de Jesus, Teixeira de Freitas, Paulo Afonso, Juazeiro, Vitória da Conquista, Jacobina, Itabuna, Senhor do Bonfim e Simões Filho, onde estão instaladas as unidades.

Um dos pacientes que foram atendidos em uma policlínica foi o servidor público Marcos Nunes. Morador de Jitaúna, ele teve exames e consultas agendadas para a unidade instalada em Jequié. “Antes da policlínica era muito difícil passar por um especialista. Agora o atendimento é rápido e com qualidade. Fui muito bem acolhido das vezes que estive lá”, conta ele.

Nas unidades, que foram construídas com recursos estaduais, os pacientes têm acesso a uma variedade de especialidades médicas, a exemplo de angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia. Também serão oferecidos diversos exames, como ressonância magnética, tomografia, mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, eletromiografia, raio-X, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, entre outros.

As policlínicas são geridas numa parceria do Governo do Estado e municípios que integram os consórcios. Os municípios cobrem 60% dos custos de operação, sendo que o valor é dividido proporcionalmente ao número de habitantes de cada um deles, e o Estado fica responsável pelos 40% restantes.

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, essa marca alcançada mostra a consolidação deste modelo de equipamento. “O conceito dos consórcios regionais tem mudado a maneira de enxergar o sistema de saúde estadual. É um modelo que tem se tornado cada vez mais uma referência de sucesso em todo o Brasil. É referência porque muda o paradigma entre os municípios, diminui os atritos e cria uma nova visão do sistema de saúde, em que todos se sentem parte do processo”, afirma.

O prefeito de Alcobaça, Leo Brito, avalia positivamente o modelo de atendimento nas policlínicas. “Além de suprir demandas na área de saúde, os pacientes têm acesso a mais informações e diagnóstico precoce, desta forma o tratamento pode ser mais eficiente”, destaca ele ao falar dos moradores de seu município que são atendidos na Policlínica em Teixeira de Freitas, no extremo-sul do Estado.

NOVAS UNIDADES

Além das 15 policlínicas que já estão em funcionamento, outras quatro unidades estão em construção nos municípios de Salvador (duas unidades), Barreiras e São Francisco do Conde. Também estão previstas para ter a construção iniciada no próximo ano outras cinco policlínicas nos municípios de Itaberaba, Brumado, Eunápolis, Serrinha e Ribeira do Pombal.

LICITAÇÃO DA POLICLÍNICA DO SUL DA BAHIA SERÁ PUBLICADA DIA 30

Tempo de leitura: 2 minutos

Itabuna contará com policlínica regional|| Foto ilustrativa

O aviso de licitação para construção da Policlínica Regional em Itabuna será publicada no Diário Oficial do Estado, na edição do dia 30 deste mês, segundo informou o governador Rui Costa. Ele afirmou que a ordem de serviço para o início da obra será assinada no prazo de 40 dias.  A unidade deverá ser concluída até o final do ano e terá capacidade para atender a mais de 30 municípios do sul da Bahia.
Para a construção e aquisição de equipamentos para o funcionamento da Policlínica da Região Sul, o Governo Estado  investirá cerca de 24 milhões.A manutenção será compartilhada com municípios consorciados, sendo que 40% dos custos ficarão com Estado, que está analisando dois terrenos para a construção da unidade de saúde em Itabuna.
De acordo com a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), nas policlínicas regionais são ofertados  serviços em até 18 especialidades médicas, entre as quais cardiologia, angiologia e endocrinologia, além de serviços de imagem como tomografia, ecocardiograma, ultrassonografia e endoscopia.
Além de Itabuna, a unidade disponibilizará serviços médicos para a população de municípios como Buerarema, Ilhéus, Camacan, Itajuípe, Coaraci, Itapé, Itaju  do Colônia, Itajuípe, Ibicaraí, Barro Preto, Jussari, Ubaitaba, Una e Uruçuca. Atualmente, estão em funcionamento as policlínicas regionais em municípios como de Teixeira de Freitas, Irecê, Jequié e Guanambi. Outras estão em construção em localidades como Vitória da Conquista, Paulo Afonso, Juazeiro, Senhor do Bonfim e Jacobina.

POLICLÍNICA REGIONAL DE ITABUNA SERÁ LICITADA ATÉ DEZEMBRO, AFIRMA RUI COSTA

Tempo de leitura: 3 minutos

Governador anunciou licitações para novas policlínicas || Foto Manu Dias/GovBA

O governador Rui Costa confirmou nesta sexta-feira (24), durante a entrega da Policlínica Regional do Alto  Sertão, em Guanambi, que até o dia 31 de dezembro deve fazer a licitação para construção das unidades regionais nos municípios de Itabuna, Paulo Afonso, Juazeiro, Senhor do Bonfim, Jacobina, Barreiras e Vitória da Conquista. O governador informou que está buscando a regularização dos consórcios nessas localidades para licitar as obras. A Policlínica Regional de Itabuna será construída na área do antigo Derba, na Avenida J.S. Pinheiro.

Rui Costa fez um apelo aos gestores desses município para agilizar o processo no legislativo. “Para essas, nós pedimos aos prefeitos que agilizem a votação na Câmara de Vereadores para que a gente possa assinar o convênio e licitar ainda este ano. A adesão dos municípios é voluntária e, até agora, nessas quatro primeiras que estão sendo inauguradas, é de 100% – todos os municípios de cada uma das regiões consorciadas participou do convênio”, explicou Costa.

O governador também destacou que já estão em obras as policlínicas do baixo sul, em Valença, do Recôncavo, em Santo Antônio de Jesus, e da região de Feira de Santana,  e a do Litoral Norte, em Alagoinhas. “Estamos iniciando outras obras ainda este ano. Foi publicada, na semana passada, a licitação para construção da Policlínica Metropolitana em Simões Filho e uma em Salvador, no Subúrbio Ferroviário”.

POLICLÍNICA DE GUANAMBI

Durante visita à Policlínica Regional do Alto Sertão, em Guanambi, Rui Costa afirmou que a Bahia está iniciando uma nova fase da saúde pública. “Alguns dos serviços que serão prestados nesta policlínica, nem no setor privado são encontrados aqui no sudoeste do estado. É uma mudança de padrão”. Ele estava acompanhado de todos os prefeitos dos 22 municípios que serão atendidos pela unidade de saúde, a partir da próxima segunda-feira (27), e do secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas.

“Esta policlínica em Guanambi é a segunda que nós implantamos. A primeira foi a semana passada, em Teixeira de Freitas [extremo sul]. Vocês puderam constatar que aqui temos todos os equipamentos de primeira linha, o que tem de melhor para imagens e exames. Portanto, nós estamos iniciando uma nova fase da saúde pública na Bahia”, disse Rui.

Leia Mais

Back To Top