skip to Main Content
29 de setembro de 2020 | 04:16 pm

CAMACAN: CARREATA ABRE CAMPANHA OFICIAL DE ARILDO DE FLORENTINO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Dra Lilian e Arildo na carreata que abriu campanha

Uma carreata considerada a maior da história de Camacan, até aqui, abriu a campanha oficial de Arildo de Florentino (PP) no último domingo, na Rua Renato Cabral. A concentração começou às 8h30min e os veículos começaram a sair por volta das 10hh rumo a São João do Panelinha. O céu azul e tempo ensolarado colaboraram para o clima de festa e alegria do evento.

Participaram da carreata motoristas, motociclistas e ciclistas, entre os quais estavam candidatos a prefeito e vice, vereadores e candidatos a vereador e lideranças. A população aderiu espontaneamente ao evento promovido pela coligação “Uma Camacan para todos”, conhecida como a Onda Azul. À medida que o grupo passava pelas ruas da sede e do distrito, a receptividade dos moradores e dos transeuntes surpreendia.

Após chegar a Panelinha, a carreata avançou até o Bairro Novo, passando pela Avenida Itabuna e retornando pela José Pajeú até o Centro, onde aconteceu a concentração. Ali, no minitrio, Arildo de Florentino e Dra. Lílian Cardoso usaram a palavra com discurso focado na gestão de “Uma Camacan para todos”. Ambos agradeceram a participação popular e pediram unidade, “paz e confiança em Deus para conduzir a campanha da melhor maneira possível”.

GOVERNADORES LEMBRAM IMPACTOS POSITIVOS DO CONSÓRCIO NORDESTE E ELOGIAM RUI

Rui Costa é elogiado pela implantação do Consórcio Nordeste
Tempo de leitura: < 1 minuto

Eleito nesta segunda-feira (28) por unanimidade para assumir o Consórcio Nordeste a partir de 2021, o governador Wellington Dias, do Piauí, destacou a atuação do baiano Rui Costa na presidência do bloco. “Reduzimos custos e fortalecemos ações regionais sob a gestão de Rui Costa. Continuaremos trabalhando por um projeto de desenvolvimento integrado, com o Nordeste conectado”, afirmou o novo presidente, que reconheceu a importância da implantação do consórcio por Rui Costa. “Um marco importante que garantiu a união de nossos esforços em torno de objetivos comuns, para gerar mais desenvolvimento na região”, acrescentou.

Realizada virtualmente nesta segunda-feira (28), a eleição contou com a participação dos 9 gestores nordestinos. Além de Rui e Wellington, votaram Renan Filho (AL), Camilo Santana (CE), Flávio Dino (MA), João Azevedo (PB), Paulo Câmara (PE), Fátima Bezerra (RN) e Belivaldo Chagas (SE).

Eleito em março de 2019, o governador da Bahia liderou a primeira compra coletiva realizada pelo consórcio, que gerou uma economia de R$ 50 milhões aos cofres públicos. Rui também esteve à frente do grupo durante missão internacional que resultou em parcerias e negociações dos estados nordestinos com países europeus. A gestão do presidente eleito nesta segunda tem início em janeiro de 2021.

EU TENHO A FORÇA!

Tempo de leitura: 3 minutos

Do alto dos seus 81 anos, e com toda a experiência adquirida em todos esses anos, acredito que Fernando Gomes tenha adotado uma tática para “derrubar” seus adversários, se mostrando em pleno vigor aos seus eleitores.

Walmir Rosário || walmirrosario.blogspot.com

Com a terrível e apavorante pandemia do Coronavírus não teve um filho de Deus neste mundão que não mudou seu comportamento, não importa se pra melhor ou pior, o certo é que as circunstâncias decidiram quais e pra onde. Na maioria dos casos que analisei, o consumo de bebidas e comidas foi lá pra cima e muita gente boa não quer passar perto de uma balança. Nem morto, como diziam antigamente.

Ah, parece até que foi combinado nessas lives, que entraram de vez da vida do povo e estão dando o que falar. Estão fazendo live para acertar a data e horário da promover uma live sobre determinado assunto. Das que cheguei a ver, tinha político falando de política e até votando matérias no congresso, numa espécie da “gazeta”, falta institucionalizada, enquanto outras falavam de economia e a maioria de vinhos e comidas.

Pouquíssimas de educação física, e mesmo assim meu filho explicando conceitos e vantagens da prática do kettlebell, instrumento criado há mais de mil anos e que está virando febre no Brasil e no mundo. Se todos prestavam atenção às aulas teóricas, as práticas não se fizeram presente na telinha do meu computador. Ficar em forma, malhar, suar nas esteiras, levantar peso, pedalar bicicleta sem sair do lugar, nada.

E as desculpas eram as mais variadas, a começar pela proibição de funcionamento das academias de ginásticas. Pelo que soube – apenas por ouvir dizer –, descobriram que o Coronavírus tinham predileção pela forma física e, para precaver, as autoridades vedaram o ingresso dos atletas e candidatos a Hércules para evitar uma contenda qualquer. Nunca se sabe o que poderia acontecer numa luta entre uma pessoa e um vírus desconhecido.

Em moda há, pelo menos, uma década, as academias ao ar livre também foram desprezadas. Intocadas, permaneceram nas praças, rejeitadas pelos atletas de rua, que nem mesmo lembravam da necessidade de fazer um alongamento antes da corrida ou caminhada. Pelo que percebi, em vez da população, quem permaneceu de quarentena foram os aparelhos de musculação.

E eu, que sou um atleta bissexto, me incluo nesse time da inatividade física durante esse período, mas prometo voltar aos exercícios de kettlebell, às caminhadas matutinas pela praia da Costa e centro da cidade. Vontade não falta, mas o incômodo da máscara que me faz inalar gás carbônico é terrível e tenho pena de submeter meus queridos pulmões a esse terrível sacrifício. Um dia retomarei com gosto de gás (simples expressão).

E prometo que vai ser pra já, pois me inspirei na força de vontade do octogenário prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, depois que o vi numa academia ao ar livre subindo e descendo num exercício de barra fixa, sob os aplausos de outros malhadores presentes. É certo que a demonstração de Fernando Gomes não foi das melhores, mas ao que parece foi uma espécie de liberação tácita dos exercícios físicos em Itabuna.

Aos 81 anos, vai precisar de muita malhação para subir e descer ladeiras pedindo votos, prática bastante comum entre todos os candidatos, se bem que agora substituída pelas lives, redes sociais e outras modernidades eletrônicas. Mas tenho certeza de que os candidatos precisarão se exercitar, para queimar as calorias dos pratos de sustança que haverão de comer nas casas dos considerados.

Quanto aos outros candidatos, ainda não vi nenhuma demonstração de preparo físico, pelo menos nas redes sociais. Quem sabe, recomendação dos marqueteiros para não entregar o “ouro ao bandido” e conseguir entrar pelo bairro de Fátima e sair no Califórnia de um fôlego só. Um bom treino é entrar pela rua da Floresta, no São Caetano, passar pela Baixa Fria, subir o Morro do Urubu, descer o Daniel Gomes e descambar pelo Zizo.

Aí, sim, sei que ficou pronto durante a pandemia, fazendo os exercícios na surdina, dentro de casa, para não despertar suspeitas aos olheiros dos adversários políticos, ávidos para mostrar o serviço de espionagem ao seu candidato. Vou pedir a um amigo meu, conhecedor dessas arapongagens, para pendurar umas câmeras de vídeos em locais próximos às academias ao ar livre para tentar flagrar os políticos em exercícios.

Pelo que observei atentamente, essas lives de educação física não são bons cabos eleitorais, do contrário o que teria de candidato se esforçando para conquistar o eleitor não estaria nos gibis. Pelo sim, pelo não, recomendo aos candidatos dispostos a ganhar fôlego que procurem uma boa academia e se exercitem com as recomendações e acompanhamento de um profissional de educação física.

Do alto dos seus 81 anos, e com toda a experiência adquirida em todos esses anos, acredito que Fernando Gomes tenha adotado uma tática para “derrubar” seus adversários, se mostrando em pleno vigor aos seus eleitores. Por outro lado, caso os adversários “comam a isca”, nunca mais ele aparecerá em frente a uma academia ao ar livre e praticará as caminhadas no sobe e desce das ladeiras itabunenses.

Como dizia o saudoso técnico de futebol Sotero Monteiro, pelo arriar das malas é que se conhece o jogador.

Walmir Rosário é radialista, jornalista e advogado.

ALMIR MELO JÚNIOR PREGA “POLÍTICA DE PAZ E PROSPERIDADE PARA CANAVIEIRAS”

Almir Melo fala em política de prosperidade e que abrir portas para Canavieiras || Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

Ao ser entrevistado na tarde desta sexta-feira (11) na rádio Costa Sul FM, o pré-candidato a prefeito de Canavieiras pelo MDB, Almir Melo Júnior, enfatizou que é preciso mudar o modo de fazer política na cidade, potencializando o bem e o desenvolvimento. Com base nessa premissa, disse que pretende usar toda a sua experiência de 12 anos na administração pública para atrair investimentos para a geração de emprego e renda em Canavieiras.

Pré-candidato pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Almir Melo Júnior deverá ter seu nome homologado na Convenção Municipal que será realizada às 15h30min da próxima terça-feira (15). No mesmo evento também serão homologados os candidatos a vereador, com os respectivos números, e deliberadas as propostas de coligações com outras agremiações partidárias e escolhido o candidato a vice-prefeito.

Almir Melo Júnior destacou que na elaboração do seu Plano de Governo a valorização do jovem, a gestão administrativa e a geração de emprego e renda estão bastante evidenciadas. “Estamos promovendo um amplo debate com as lideranças da comunidade para construir uma proposta factível para retomar o desenvolvimento de Canavieiras, a valorização da economia e a cultura da população”, ressaltou na entrevista.

PAVIMENTAÇÃO DA BA-274

Dar andamento a projetos elaborados por ele quando secretário de Obras de Canavieiras é outro compromisso do pré-candidato, a exemplo da pavimentação asfáltica da rodovia Transouricana (BA-274). A obra, que deverá ser executada em parceria entre o Governo do Estado da Bahia, a Veracel Celulose e a Prefeitura, atualmente é uma das prioridades das partes envolvidas e beneficiará a economia agropecuária do município.

No turismo, outra grande realização, também solicitada por Almir Melo Júnior é a continuação da BA-001, no trecho entre a Canavieiras e Belmonte, cujos estudos de viabilidade técnica e econômica estão aprovados. A dragagem da Barra do rio Pardo é outro projeto que se encontra no Ministério do Turismo e que permitirá a navegação de embarcações maiores, o que incrementará substancialmente o turismo.

ABRIR PORTAS

Almir Melo Júnior garante que se apresenta como pré-candidato com a finalidade de abrir portas e não criar muros, “como atualmente acontece, para tornar Canavieiras uma cidade que privilegie sua comunidade, oferecendo serviços de qualidade, especialmente na educação, saúde e assistência às pessoas. “Queremos inovar na educação, usando a tecnologia, hoje tão utilizada em todo o país, porém desprezada em Canavieiras”, citou.

A saúde, um dos bens mais importantes à vida, será um divisor de água da administração pública, com a implantação de uma semi UTI e a implantação de um convênio com a estrutura cardiológica de Itabuna, que analisará os pacientes via internet até sua transferência para o hospital. Por meio de um aplicativo no smartphone o cidadão marcará sua consulta, eliminando filas e ainda pode avaliar o atendimento.

Uma das principais preocupações, diz Almir Melo Júnior, é realizar uma gestão eficiente, na qual o cidadão merece o respeito, pois a população é o elo mais importante de uma nação. “Envidarei todos os esforços e minha experiência na área pública para transformar Canavieiras numa cidade que respeita seus munícipes e trabalha para o bem-estar do cidadão, como deve ser num país democrático”, finalizou.

BUERAREMA: ELINHO ALMEIDA TERÁ JEOVÁ ROSÁRIO COMO CANDIDATO A VICE-PREFEITO

Jeová, Bacelar e Elinho durante encontro que selou chapa
Tempo de leitura: < 1 minuto

O presidente da Câmara de Vereadores de Buerarema, Elinho Almeida (Podemos), formará chapa puro-sangue na disputa pela prefeitura do município sul-baiano em 2020. O empresário Jeová Rosário, presidente da Viação Jequitibá, será o vice de Elinho. Ambos são filiados ao Podemos.

A confirmação da vice ocorreu durante reunião, nesta tarde de segunda (31), em Salvador, do pré-canddidato com o presidente estadual do Podemos, o deputado federal Bacelar, e com Jeová. Os nomes serão oficializados em convenção municipal prevista para 16 de setembro.

Elinho disse que, até o prazo final das convenções partidárias, manterá conversas com siglas e movimentos do campo de oposição em Buerarema para fechar as propostas de campanha e governo. “Nosso interesse é formar chapa e coligação que representem os anseios dos cidadãos de Buerarema”, disse.

FERNANDO PARA AZEVEDO: “VOCÊ É ALGUÉM PORQUE EU LHE FIZ”

Tempo de leitura: < 1 minuto

Demorou a resposta do prefeito Fernando Gomes à intenção de Capitão Azevedo (PL) auditar o contrato milionário do serviço de limpeza pública em Itabuna, caso seja eleito em 15 de novembro. Durante entrevista na semana passada (reveja abaixo), Azevedo, ao ouvir que a coleta teria salgado de R$ 650 mil para R$ 2,5 milhões, ele disse que iria analisar contrato, pois dinheiro não pode ir pelo ralo.

Hoje, Fernando chamou o ex-aliado de “mentiroso” e pediu respeito. “Azevedo, você é alguém, porque eu lhe fiz”, reagiu, lembrando que garantiu cargo ao pré-candidato para assumir a Ciretran em Itabuna e depois ser o seu vice, na eleição de 2004, e prefeito no período de 2009 a 2012. Ainda afirmou que em seu governo quem manda é ele, ao contrário do capitão, que, disse Fernando, quem mandava era uma secretária. Confira o vídeo.

Relembre o que disse Azevedo durante a entrevista a Jota Silva.

MP FAZ ADVERTÊNCIA CONTRA USO IRREGULAR DO CONSELHO TUTELAR NAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Tempo de leitura: < 1 minuto

O presidente do Conselho Tutelar de Ipiaú foi recomendado pelo Ministério Público estadual a adotar as medidas administrativas necessárias para orientar todos os conselheiros tutelares sobre a proibição de utilizar o órgão para o exercício de propaganda ou atividade político-partidária. A recomendação foi encaminha na terça (18) pela promotora de Justiça Rafaella Silva Carvalho.

Segundo a recomendação, o MP foi comunicado de suposto uso da imagem e da função por parte de uma conselheira tutelar para apoiar candidatos ao cargo de vereador e prefeito no município.

A promotora destacou que essa prática irregular pode ser punica com penalidades previstas na legislação eleitoral e nas normas de regulação do Conselho, como suspensão do exercício da função e até destituição do mandato.

Conforme a recomendação, a utilização do Conselho Tutelar para fins político-partidários é vedada pela resolução 170 do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda).

ANDREYVER LIMA OBTÉM CERTIFICAÇÃO DE HARVARD EM POLÍTICA E ELEIÇÕES

Andreyver comemora certificação de Harvard
Tempo de leitura: < 1 minuto

Após muitos dias de dedicação, o jornalista e comentarista político do Jornal Interativa News, Andreyver Lima, comemorou a certificação do curso Citizen Politics in America: Public Opinion, Elections, Interest Groups, and the Media.

O curso que faz parte da plataforma online de Harvard, uma das mais conceituadas universidades do mundo, aborda os atributos do processo eleitoral e explora os impactos nas decisões da formulação de políticas – um assunto amplamente estudado por cientistas políticos. Os módulos também explicam na teoria e na prática a influência da mídia e das pesquisas de opinião, que se tornaram o principal método de avaliação nas eleições.

“Mais uma especialização, já que estamos diante de uma nova realidade. As democracias e o processo eleitoral estão cada vez mais conectados com o público. Como jornalista, entender esses processos políticos e de comunicação são fundamentais”, disse Andreyver.

JUSTIÇA EXTINGUE MANDATO DE FERNANDO E MANDA CÂMARA DAR POSSE AO VICE

Justiça extingue mandato de Fernando e manda dar posse ao vice-prefeito
Tempo de leitura: 2 minutos

Após a justiça determinar a perda de direitos políticos por três anos e o afastamento definitivo do prefeito Fernando Gomes do cargo, o juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Itabuna, Ulisses Maynard Salgado, determinou a extinção do mandato do prefeito do PTC e a posse do vice, Fernando Gomes Vita. A decisão é desta sexta-feira (7) em atendimento a pedido formulado pelo Ministério Público Estadual.

Fernando havia sido condenado em primeira instância por crime de improbidade administrativa e a defesa teria perdido prazo para recurso no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), o que resultou em condenação à perda do cargo.

O acórdão da corte foi publicado ainda no primeiro semestre e, após requerimento do MP, o juiz Ulisses Maynard determinou ao presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Ricardo Xavier, que dê posse ao vice-prefeito, Fernando Gomes Vita (MDB), em até 15 dias.

Decisão do juiz da Vara da Fazenda Pública, Ulisses Maynard, nesta sexta

O prefeito Fernando Gomes chegou a se pronunciar sobre a decisão. Dizendo que ainda não foi comunicado da determinação do juiz da primeira instância, o prefeito afirma que a decisão pelo perda dos direitos políticos é equivocada, pois o TJ-BA já havia reconhecido que não houve perda de prazo para recursos em segundo instância e, assim, o processo não havia transitado em julgado – quando não mais cabe recurso  e a decisão tem que ser cumprida. Ainda cabe recurso ao prefeito.

EU PROMETO, EU GARANTO, TUDO FULEIRAGEM!

Tempo de leitura: 3 minutos

Como não terá mesmo o emprego a dar ao companheiro de lutas, o prefeito vai se levantando e se despede argumentando que a política é uma atividade onde grassam as traições, por isso entende a decepção do amigo, mas que vai fazer de tudo para conseguir uma colocação.

Walmir Rosário || wallaw2008@outlook.com

Os políticos possuem artimanhas que “até Deus duvida”, costumam dizer os analistas e pessoas experientes dos bastidores da área política. E todas esses artifícios são utilizados para sair de situações embaraçosas, como justificativas pelo não atendimento das promessas largamente cumpridas durante as sucessivas campanhas eleitorais.

Para conseguir o voto, além do trabalho dos cabos eleitorais, os candidatos e os dirigentes de partidos fazem de tudo, desde a simples promessa de promover o bem-estar da população com os serviços públicos até a garantia de empregos. Como uma parte do eleitorado não está trabalhando, a promessa é a tábua da salvação; para a outra parte, o que interessa mesmo é estar mamando nas tetas da viúva, e com todas as forças.

Mesmo sendo conhecedores das falsas promessas dos políticos irresponsáveis (a grande e consagradora maioria), o eleitor faz vistas grossas, pois também tem suas treitas artes e manhas para enganá-los. Uma delas é se comprometer com todos os candidatos, garantindo milhares de votos para cada um deles, embora tenha consciência de que nem mesmo o seu será consagrado nas urnas.

E eles – os políticos – são os que mais utilizam esse expediente para conseguir votos: Enquanto alguns prometem governar com o povo, de gabinete aberto para atender os eleitores de antes, hoje simples munícipes, outros juram – de pés juntos – que darão empregos para toda a população, além de um pacote infindável de benesses impossíveis de cumprir. E todos conseguem enganar a população. E a população a eles.

O que vale mesmo é o modus operandi utilizado por todos, beirando ao escárnio e à zombaria, para não dizer vulgar e ridículo, seguido à risca por toda a assessoria dos candidatos, treinados à exaustão. Melhor não fariam os consagrados atores para enganar os incautos (às vezes, nem tanto) eleitores que buscam os candidatos para solucionarem seus problemas, antes da eleição, é claro.

Já devidamente eleito e empossado, é chegada a hora de se ver com o eleitorado, pagar as promessas feitas durante a campanha, até mesmo para quem não reconhece mais, embora saiba que será procurado. Mas não importa, se usou de artimanhas antes do pleito, não será agora, vencida a eleição, que não saberá despachá-los com novas promessas para os velhos pedidos.

Assim que o eleitor consegue adentrar o gabinete do prefeito – guarnecido por guarda-costas que mais parecem guarda-roupas –, o que considerado um ato de sorte, após os cumprimentos e elogios de praxe, começa a relatar suas dificuldades de sobreviver sem emprego. Conversa vai, conversa vem, até que lembra a velha promessa de um emprego público assim que o sus excelência tomasse posse. E ele estava à disposição para começar logo.

Sem perder a calma, de forma dissimulada, o prefeito eleito reclama que envidou muitos esforços para tentar atender à promessa feita ao distinto correligionário, mas explica ter sido ele o culpado, pois teria prometido entrar no gabinete junto com os amigos, inclusive ele, que não deu as caras. Após mais algumas reclamações pelo abandono do eleitor, afirma que todos os cargos já estão lotados pelos eleitores que não o abandonaram.

Mas se o eleitor for da quota de outro partido coligado, ai a desculpa – mais esfarrapada, ainda – é outra:

– Olhe, companheiro, pensei muito em você, que lutou com muita garra em minha campanha, mas sabe como é, pelo acordo feito, quem indica os companheiros é o partido, que me manda uma lista com todos os nomes. Infelizmente, seu nome não consta dela, o que estranhei. Houve algum desentendimento com os dirigentes? – pergunta fingindo compaixão.

Como não terá mesmo o emprego a dar ao companheiro de lutas, o prefeito vai se levantando e se despede argumentando que a política é uma atividade onde grassam as traições, por isso entende a decepção do amigo, mas que vai fazer de tudo para conseguir uma colocação. Diz que precisa só de um pouco de tempo para arrumar a casa, pois herdou uma herança maldita, tudo desarrumado.

– Assim que tiver tudo nos trinques, mando lhe buscar em casa.

E assim, nosso experiente político consegue despachar mais um eleitor desiludido.

Walmir Rosário é radialista, jornalista e advogado.

Back To Top