skip to Main Content
5 de agosto de 2020 | 04:12 am

TJ-BA MANTÉM PEDRÃO NA DISPUTA EM ITAPÉ

Tempo de leitura: < 1 minuto

O desembargador Eserval Rocha, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), julgou o mérito de liminar favorável ao ex-prefeito de Itapé, Pedro Jackson Brandão, Pedrão (PSB), nesta segunda, 10. A liminar permite que Pedrão continue na disputa eleitoral no município sul-baiano, o que significou derrota judicial para o ex-aliado, Jackson Rezende (PP).

O ex-prefeito recorreu à Justiça para conseguir remédio jurídico que o mantivesse na corrida pela prefeitura. Conseguiu, mas Jackson recorreu. “Ele fez de tudo para me derrubar, mas não conseguiu”, disse Pedrão, que buscou o advogado Álvaro Ferreira para a sua defesa na peleja com o ex-aliado.

Agora, a outra batalha é no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). A previsão é de que o seu caso seja julgado ainda nesta semana. Pedrão teve as contas de 2008 julgadas pela Câmara de Vereadores, mas acusa o legislativo de não ter permitido ampla defesa no processo

NO RÁDIO, CARMELITA MOSTRA CACÁ ATACANDO JABES: “NÃO DEVEMOS DEIXAR QUE O PASSADO VOLTE”

Tempo de leitura: 2 minutos

Jabes (esq.) é atacado pelo companheiro de chapa, Cacá Colchões.

A campanha eleitoral no rádio em Ilhéus esquentou nesta sexta-feira, 31. O programa de Professora Carmelita (PT) mostrou trecho de uma entrevista em que o empresário Cacá Colchões (PMDB) diz que o eleitor não deve deixar o ex-prefeito e candidato Jabes Ribeiro (PP), de quem ele é vice, retornar ao Palácio Paranaguá. A entrevista foi concedida pelo empresário cerca de 40 dias antes dele aceitar ser o vice de Jabes.

Fazendo referência a Jabes, Cacá cita que o município já teve três experiências (mandatos) com o pepista e recomenda ao eleitor a rejeição ao projeto. “Nós não devemos deixar que o passado volte para administrar esta cidade.  Já tivemos três experiências e nós não o queremos de novo”.

Cacá também acusa Jabes pela perda de investimentos e fuga de empregos em Ilhéus. “A gente está cansado de tudo Ilhéus perder. A gente perde Petrobrás, a gente perde Brasilgás, perde Moinho, perde um shopping, perde Azaléia. Eu só vejo perder, perder, perder”.

No programa da petista, Cacá Colchões é apresentado como “vice da chapa do atraso”. “A gente vai exibir agora uma entrevista importante. Sabe de quem, do candidato a vice na chapa do atraso: o Cacá Colchões. Ouça a opinião dele sobre o candidato Jabes Ribeiro”.

O trecho em que Cacá faz ataques a Jabes foi extraído do programa O Tabuleiro, da Conquista FM, no primeiro semestre deste ano. Para ouvir as críticas de Cacá a Jabes, clique aqui.

AGENDA DOS CANDIDATOS (SEXTA – 3/08)

Tempo de leitura: 2 minutos

Zé Roberto terá compromissos com professores e operários da construção civil

Zé Roberto (PSTU)

8h – Café da manhã com trabalhadores da construção civil
10h – Reunião para organizar seminário de programa de governo
14h – Entrevista ao Diário Bahia
16h – Participação na assembleia dos professores na sede da APLB
19h – Visita a apoiadores na Califórnia para organizar seminário

Zem Costa (PSOL)

08h50min – Gravação programa de TV
14h20min – Visita Bairro Nova Esperança
18h – Reunião com candidatos a vereador

Vane do Renascer (PRB)

6h – Visita à Feira do Pontalzinho (ao lado da FTC)
9h – Visita ao comércio da Av. Amélia Amado (concentração na FTC)
15h – Corpo a corpo no Bairro Novo Lomanto
18h – Reunião com candidatas a vereadora e mulheres da coordenação de campanha (Comitê do Banco Raso)

Juçara Feitosa (PT)

8h – Corpo a corpo na Cinquentenário (concentração Praça Adami)
14h – Corpo a corpo na Cinquentenário (concentração Praça Adami)

Capitão Azevedo (DEM)

15h30min – Visita ao Novo Lomanto e Stª Catarina (Saída do Campo do Lomanto)
19h30min – Reunião com moradores do São Caetano (Tv. S. Jorge, 115)

ILHÉUS —–

Professora Carmelita, ao centro, intensifica o corpo a corpo nos morros ilheenses.

Professora Carmelita (PT)

8h30min – Visita aos Altos do Iraque e Bela Vista e ao Banco da Vitória
17h – Caminhada na Conquista
20h – Culto na igreja Assembleia de Deus da Urbis

Jabes Ribeiro (PP)

9h – Visita ao Alto do Cacau (Malhado)
15h30min – Visita ao Alto do Basílio
19h – Visita a uma igreja evangélica

Jorge Luiz (PSOL)

16h – Caminhada na Barra, saindo do CSU

JABES, GOOGLE E PLÁGIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Um dos assuntos mais comentados na política ilheense neste final de semana foi a revelação de que Jabes Ribeiro (PP) copiou trechos do Programa de Governo de José Fogaça de 2008, quando o peemedebista disputou eleição em Porto Alegre (RS).

Confira matéria aqui

Pego de calça curta, Jabes não teve outra saída e admitiu a cópia, mas afirmou não ter sido plágio, pois obteve autorização de Fogaça, um velho amigo, para fazer o Ctrl+C. O caso ganhou repercussão estadual.

A coligação de oito partidos que apoiam a adversária, Professora Carmelita (PT), resolveu ampliar o desgaste na imagem ética de Jabes. Recomendou ao ex-prefeito que esqueça o site de buscas Google e formule plano de governo real, indo para as ruas, conversando com o povo, como está fazenda Carmé.

ESTRANHO, HEIN?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Quem tem experiência em cobertura político-eleitoral e, mais ainda, em assessoria de campanha, analisou meticulosamente o material oficial da campanha do ex-prefeito e candidato Jabes Ribeiro (PP).

O boletim é vendido com uma espécie de “alerta” contra o clima de “já ganhou”. Estando a 79 dias do Dia D, o material soa estranho. Resta a pergunta: houve alguma movimentação indesejada no universo eleitoral?

JABES RESPONDE A CARMELITA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A coordenação da campanha do candidato a prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro (PP), enviou nota em que nega ter participação nos boatos de que a candidatura da Professora Carmelita (PT) corre perigo.

A coordenação jabista escalou um candidato a vereador para responder a Carmelita e considera que a petista estaria “desesperada”. Por fim, aconselha a petista a informar o horário exato em que registrou a sua candidatura.

CARMELITA ALFINETA JABES

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Professora Carmelita (PT) responsabilizou indiretamente o seu adversário, Jabes Ribeiro (PP), por espalhar onda de boatos de que seu registro na Justiça Eleitoral teria sido incompleto e sua candidatura a prefeita de Ilhéus estaria correndo risco.

E foi na “jugular” do ex-prefeito:

– Hoje, se há alguém que teme pela candidatura, não sou eu. É aquele que responde a inúmeros processos na justiça – disse ela, numa referência à liminar que Jabes obteve para que seu número não figurasse na lista dos fichas-sujas do TCM e às dezenas de ações movidas pelo Ministério Público estadual contra o pepista. Apesar do tom na resposta, Carmelita disse que não entrará no jogo do adversário.

Em tempo: Jabes obteve a liminar porque, apesar de ter parecer do TCM pela rejeição de suas contas, conseguiu ver suas contas aprovadas pela Câmara de Vereadores.

BARBAS DE MOLHO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os 20 candidatos a vereador do PP em Itabuna que declararam apoio à petista Juçara Feitosa podem sofrer sanções dos diretórios municipal e estadual.

A reprimenda deve ocorrer porque o partido compõe a Frente Partidária em Itabuna, que tem candidato a prefeito, Vane do Renascer (PRB).

Dos 21 nomes que disputam vaga na Câmara de Itabuna pelo partido, apenas Robertinho, filho do empresário Roberto Barbosa, continua apoiando a frente.

GILKA E JARBAS RIFADOS?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Notícias vindas de Salvador complicam o cenário para duas candidaturas a prefeito no sul da Bahia. A direção estadual do PSB ameaça rifar Gilka Badaró, em Itajuípe, e Jarbas Barbosa, em Itacaré.

Os dois são acusados de trair o partido antes mesmo de – e se – assumir a prefeitura, pois já definiram os seus respectivos candidatos a deputados estaduais e federais em 2014, nenhum deles sendo do PSB.

Jarbas irá de Geraldo Simões (PT) e Paulo Magalhães Júnior (PSC), e Gilka vai de Geraldo Simões ou Ronaldo Carletto (PP) para federal e Augusto Castro (PSDB) para estadual.

JABES DIZ NÃO AO PT

Tempo de leitura: < 1 minuto

Apesar de ser cacique de um dos partidos da base de apoio do governador Jaques Wagner, o PP, Jabes Ribeiro tem sido duro na negociação de alianças para as eleições deste ano, quando se coloca a possibilidade de apoio ao Partido dos Trabalhadores.
Ontem (27), em reunião do conselho político que discute as possíveis coligações nos muniçipios, Jabes foi veemente ao recusar a possibilidade de que o PP apoie o PT em Itabuna. Diz que seu partido tem candidato, o empresário Roberto Barbosa. Pelo menos por enquanto…
Em Ilhéus, onde é pré-candidato a prefeito, Jabes também não quer conversa com o PT e já declarou até não aceitar o apoio de quem faça parte do governo petista de Newton Lima.

Back To Top