skip to Main Content
8 de abril de 2020 | 12:48 pm

PRÉ-CANDIDATA A PREFEITA, CHARLIANE SOUSA ASSUME COMANDO DO MDB DE ITABUNA

Charliane, ao centro e de rosa, assume comando do MDB itabunense || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

A vereadora e pré-candidata a prefeita Charliane Sousa assumiu o comando da comissão provisória do MDB de Itabuna, nesta terça (10). Segundo ela, a meta é unificar o partido e manter o diálogo com outras legendas já pensando nas eleições de 2020. Charliane quer se fortalecer para se colocar como nome alternativo da oposição ao prefeito Fernando Gomes.

Além de Charliane na presidência, a comissão provisória do MDB é composta pelo produtor cultural Ari Rodrigues Filho, a advogada especialista em Direito Constitucional Lylian Hori, a comerciante Soraia Pires e a auxiliar administrativa Cristiane Queiroz Santos.

Segundo a comissão, o MDB deve apresentar o grupo de pré-candidatos e pré-candidatas à Câmara de Vereadores ainda nos próximos dias. Charliane chega ao MDB tendo, por ora, o comando do PTB, hoje presidido por Maria Gonçalves (Tia Nem).

– O MDB tem uma história e uma importância que vamos valorizar e trabalhar para ampliar. Nosso desejo é ter membros históricos, pessoas importantes que já estavam no partido, nessa caminhada de fortalecimento. O convite é para todos – disse a pré-candidata a prefeita.

ALIANÇAS

Charliane acrescentou que mantém conversas com outros líderes políticos e pré-candidatos porque “Itabuna está precisando da força de todos os que não querem mais ver a cidade parada e a população sem acesso a serviços públicos de qualidade, como saúde, cada dia mais crítica, a educação e a infraestrutura”.

DANIEL LEÃO É EXONERADO DA FICC; SECRETÁRIO NO GOVERNO VANE SERÁ O SUBSTITUTO

Trindade será o substituto de Daniel Leão na Ficc
Tempo de leitura: 2 minutos

Daniel Leão não é mais presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC).  A exoneração, a pedido, foi publicada na edição eletrônica do Diário Oficial do Município, na segunda-feira (9).  Conforme adiantou o PIMENTA, no mês passado, o cargo será assumido por José Carlos Trindade, que foi secretário de Assistência Social no governo de Claudevane Leite (Vane), antecessor de Fernando Gomes. Ele já foi nomeado. A posse ocorre às 10h desta quarta (11), no Centro Administrativo Firmino Alves.

A entrada de José Trindade no governo de Fernando faz parte da estratégia para as eleições municipais deste ano.  Trindade é o presidente do Republicanos (ex-PRB) em Itabuna, partido que apoiará o candidato do grupo do prefeito, conforme acordo costurado recentemente.

Fernando Gomes sonha com a reeleição e até iniciou caminhada pelos bairros de Itabuna. Mas hoje, conforme decisões do Tribunal de Justiça da Bahia, está inelegível. Condenado por improbidade administrativa, ele teve os direitos políticos suspensos, por três anos, pelo juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Ulisses Maynard Salgado. No TJ-BA, o prefeito perdeu prazo para recurso. A nomeação de José Trindade para cargo foi publicada nesta terça-feira (10). Já posse deve correr nas próximas horas.

Exoneração de Daniel Leão já foi publicada. Veja em leia mais o decreto de nomeação de Trindade

Leia Mais

PSL FECHA COM MANGABEIRA E DESCARTA FILIAÇÃO DO PRÉ-CANDIDATO AO PARTIDO

Binho Shalom, Dayane Pimentel e Dr. Mangabeira: apoio selado
Tempo de leitura: < 1 minuto

O presidente do diretório itabunense do PSL, Binho Shalom, confirmou nesta manhã de quarta-feira (26) o apoio do partido ao pré-candidato a prefeito de Itabuna pelo PDT, Antônio Mangabeira. As negociações começaram no final de janeiro. O dirigente já havia antecipado que o anúncio de apoio seria feito logo após o Carnaval.

Por telefone, Binho Shalom descartou conversa de bastidores que apontavam para a filiação de Mangabeira ao PSL. “Não existe essa conversa, mas estamos trabalhando. O partido já está na base de apoio ao pré-candidato e vamos construir juntos essa caminhada. O futuro a Deus pertence – disse.

CAMINHÃO DO LIXO ESMAGA MULHER EM ITABUNA

Keila, ao centro, atravessava a rua quando foi atropelada
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um acidente envolvendo um caminhão da empresa de limpeza, que presta serviços para a Prefeitura de Itabuna, resultou na morte de uma mulher no bairro Santo Antônio. Keila Rodrigues Oliveira, de 39 anos, foi atropelada quando retornava para casa, na manhã deste sábado (15). Ela tinha ido até a padaria e voltava com uma sacola de pães para o café da família.

Peritos no local do acidente fatal, no Santo Antônio, em Itabuna || Foto Verdinho

De acordo com testemunhas, o motorista não percebeu quando Keila Rodrigues passou perto da traseira do caminhão, no momento em que fazia um retorno, de marcha à ré. O veículo esmagou a cabeça da mulher, que morreu no local. Proprietária do caminhão, a empresa Biosanear ainda não se manifestou sobre o acidente. A Prefeitura de Itabuna também não.

 

JOSIAS MIGUEL FALA DAS CAMPANHAS DE 2008 E DE 2012 E DOS ERROS DE CAPITÃO AZEVEDO

Tempo de leitura: 3 minutos

Josias Miguel fala das disputas de 2008 e 2012 e dos erros de Azevedo

O marqueteiro Josias Miguel é dos que mais bem conhecem o eleitorado itabunense. Ontem, num contato com este site, relembrou episódios de 2008 a 2012, dos erros de Capitão Azevedo no governo (2009-2012) e na campanha à reeleição.

Homem que coordenou o marketing e a campanha de Capitão Azevedo em 2008 e foi secretário de governo, Josias foi novamente convidado para tocar a campanha de 2012.

Resistiu.

Estava ressabiado pelo que ocorreu nos primeiros anos de governo, quando sofreu persistente boicote do então secretário da Fazenda, Carlos Burgos, e deixou o governo, como disse a este blog na tarde desta sexta (31), após ler entrevista do ex-prefeito (reveja a entrevista aqui).

Com o comando da Comunicação e da Secretaria de Assuntos Governamentais, Josias era minado. “Burgos não deixou [trabalhar]. A gente comprava mídia e Burgos não pagava”, lembra. E já ali, no início, abril de 2009, Josias deixou o governo. “A gente, que fez a campanha de 2008, ficou à revelia. O companheiro Gilson [Nascimento] entregou a Secretaria de Administração, [também] por não concordar”.

Após o convite e conversa com o prefeito, além de reunião dos primeiros escalões do governo, Josias decidiu aceitar participar da campanha, sob a condição de que tivesse total controle da campanha, como em 2008. Também disse do tempo exíguo para mudar  a rota da campanha. Faltavam ali 45 dias para o “abrir das urnas”. Azevedo disse “sim” às exigências.

Mas…

Depois dos insistentes pedidos de Azevedo e de o ex-prefeito aceitar as exigências, veio a surpresa, segundo conta Josias.

– Primeiro coisa que eu fiz foi chamar Nilson [Santana], da Ativa Propaganda, para fazer a campanha de Azevedo. E trouxe de volta Vander Prata. Fui dizer a ele que, então, naquela reunião, eu subiria para o núcleo e iria assumir a coordenação do marketing da campanha e tinha que fazer algumas mudanças de imediato, dar freio de arrumação.

Nilson não aceitou. Foi o primeiro a reagir, conforme Josias, que procurou Azevedo. E tudo ficou nisso. O homem do marketing de 2008 disse que, mesmo fora, deu conselhos, também não seguidos pelo prefeito.

– Quando eles planejaram aquela caminhada [da véspera da eleição] para começar no São Caetano e terminar no Posto Cachoeira [no Fátima], eu falei com ele. Azevedo não faça isso, pois não tenho dúvida de que você fará a maior caminhada, mas você vai dar demonstração de força desnecessária. Eles vão se juntar contra você. Não faça isso, não dê essa demonstração de força. A coordenação de campanha insistiu e eles fizeram a caminhada.

Josias disse ter visto a caminhada de dentro de um carro, com um dos filhos. “Rolembergue me chamou e queria que eu fosse fazer o encerramento, lá no Posto Cachoeira. Disse que não estava na coordenação e não fui”.

A campanha de 2012 de Azevedo foi tocada por um trio de assessores – Joelma Teles, Rolembergue Santos e Soldado Pinheiro – e Nilson Santana, da Ativa Propaganda, e o jornalista Vander Prata no marketing.

Questionado se trabalharia novamente com Azevedo, agora em 2020, Josias diz que como profissional e dentro de suas exigências, pode estudar a possibilidade de trabalhar em qualquer campanha. Abaixo, link para a entrevista de Azevedo ao PIMENTA, ontem. É só clicar para ler.

https://www.pimenta.blog.br/2020/01/31/azevedo-diz-que-vaidade-dentro-da-equipe-provocou-derrota-eleitoral-em-2012/

ELEIÇÕES 2020: “NÃO ABRO MÃO DA CABEÇA DE CHAPA”, AFIRMA AZEVEDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Capitão Azevedo diz que é pré-candidato a prefeito e não aceita ser vice || Foto Pimenta

O pré-candidato a prefeito de Itabuna pelo PL, Capitão Azevedo, disse que entrou para valer na disputa pela principal cadeira do Centro Administrativo Firmino Alves. E avisa que não aceita disputar a vice. “Não abro mão da cabeça de chapa”. Desde a semana passada, o nome do ex-prefeito é ventilado como possível candidato a vice de Fernando Gomes (sem partido) ou de Antônio Mangabeira (PDT), possibilidades que ele descarta.

Azevedo concedeu entrevista exclusiva ao PIMENTA na última quarta (21). O pré-candidato a prefeito fala de erros e acertos do período em que governou Itabuna (2009-2012) e porque, na visão dele, as chances de vitória eleitoral hoje são maiores que em 2016, quando terminou a disputa pelo comando do Centro Administrativo Firmino Alves em quarto lugar.

Ele ainda aborda sua relação com o presidente nacional do DEM e prefeito de Salvador, ACM Neto, e com o governador Rui Costa. E repete o que tem se tornando um mantra nesta pré-campanha, quando afirma que foi o prefeito que mais captou recursos para Itabuna em toda a história. Também fala de projetos e composição de governo.

ITABUNA TERÁ QUATRO DIAS DE CARNAVAL E PREFEITURA PROMETE OITO BANDAS NACIONAIS

Tempo de leitura: 2 minutos

Carnaval de Itabuna será de 6 a 9 de fevereiro

A Prefeitura de Itabuna informou, nesta terça-feira (7), por meio da Assessoria de Imprensa, que o governo do estado deve bancar as grandes atrações do carnaval antecipado. O município ficará responsável pela contratação dos artistas regionais e a infraestrutura. A folia começa no dia 6 de fevereiro com a tradicional Lavagem do Beco do Fuxico, com a participação do Ilê Aiyê.

A partir do segundo dia, o Itabuna Folia será nas avenidas Mário Padre e Aziz Maron. Conforme a Prefeitura de Itabuna, a festa será encerrada no dia 9 de fevereiro.

De acordo com o secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente de Itabuna, Jorge Vasconcelos, a programação do carnaval está sendo negociada com o Governo do Estado, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa).

A Prefeitura informou ainda que a ideia é reunir, com apoio da Bahiatursa, oito bandas  nacionais e seis trios elétricos. “E contratar, através do governo municipal, diversas bandas locais, a exemplo do Lordão, Cacau com Leite e banda Vera Cruz, valorizando artistas itabunenses”, disse.

A Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) lançou o chamamento público para credenciamento de propostas de atrações artísticas locais. De acordo com o edital, as inscrições poderão ser feitas no período de 13 a 17 deste mês, das 8h às 12h, na sede da entidade, na Praça Laura Conceição, no centro de Itabuna.

REAÇÕES

A decisão da Prefeitura de Itabuna de realizar o carnaval vem gerando debate nas redes sociais. Quem é contra destaca que o funcionalismo municipal pena com atraso de salário, a população sofre com graves problemas na área de saúde e com falta de investimento na infraestrutura nos bairros. “Não acredito que o prefeito prefira festa a melhorar a estrutura das unidades de saúde e comprar medicamentos, que faltam em quase todos os bairros”, desabafou a estudante Letícia Santos.

A estudante foi rebatida por Flávio Santana. Ele argumentou que a festa ajuda a movimentar o comércio local e Itabuna não oferece outros atrativos durante o ano. “Tem que fazer mesmo. Não existe nenhuma atração para o povão. Fazendo ou não, a saúde vai continuar do mesmo jeito. Não será por isso que a educação receberá menos ou mais investimentos”.

Para o comerciário Thiago de Souza, o prefeito Fernando Gomes só vai promover o carnaval porque é ano de eleição. “Ele sabe que boa parte dos jovens adora festas. Por isso, mais uma vez, quer melhorar a imagem com esse carnaval. O prefeito vai promover a festa mesmo alegando que não tem dinheiro para pagar o servidor em dia. É isso que não consigo entender”, disse ao PIMENTA.

CAPITÃO AZEVEDO CONFIRMA FILIAÇÃO AO PL PARA DISPUTAR A PREFEITURA DE ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Edmilson Silva, presidente do PL de Itabuna, Capitão Azevedo e Fernando Netto, vice-presidente do PL

O ex-prefeito Capitão Azevedo confirmou ao PIMENTA a sua filiação ao PL para disputar a Prefeitura de Itabuna em 2020. Agora, só faltaria o ato festivo para selar o embarque no partido comandado pelo deputado federal José Carlos Araújo. Azevedo está em situação de empate técnico com outros dois dos postulantes à principal cadeira do Centro Administrativo Firmino Alves.

A ida para o PL (antigo PR) levaria Azevedo para a base do governador Rui Costa, apontado em pesquisa como o mais forte cabo eleitoral da disputa em 2020 no município. Mas ele sabe que o apoio no pleito já são “outros quinhentos”, isso por causa da proximidade do petista com o prefeito Fernando Gomes. Fernando, sem partido desde a saída do DEM, espera melhorar a avaliação para concorrer à reeleição. Está namorado o PP.

Na pesquisa Sócio Estatística feita no período de 28 a 1º de setembro, Azevedo é quem mais ameaça Mangabeira na disputa em Itabuna, conforme o retrato do momento. No cenário restrito a 5 candidatos, Dr. Mangabeira (PDT) aparece com 20,8% das intenções de voto à Prefeitura de Itabuna, Azevedo pontua com 19,2%, enquanto Augusto Castro (PSD) atinge 12,9%, Geraldo Simões (PT) alcança 6,1% e Dr. Eric Júnior (PP) tem 2,7% (reveja aqui).

OTTO NEGA ESTREMECIMENTO COM RUI E DIZ QUE AUGUSTO SERÁ CANDIDATO A PREFEITO

Tempo de leitura: 2 minutos

Otto fala de relação com Rui e diz que Augusto será candidato a prefeito

O senador e presidente do PSD da Bahia, Otto Alencar, disse que o ex-deputado Augusto Castro será o candidato do partido à Prefeitura de Itabuna em 2020, independente do aval ou não do governador Rui Costa. “Ele será candidato pelo PSD e poderá ou não formar aliança com partidos [da base] do governo”, afirmou ao PIMENTA.

Otto Alencar ainda elogiou a postura política do de Augusto, recém-filiado ao PSD e novo aliado do governador Rui Costa. E reforçou que a audiência de Augusto com Rui Costa (entenda clicando aqui) depende apenas de um pedido do ex-deputado:

– Ele sempre está em contato comigo, mas nunca me falou para pedir audiência ao governador. Augusto tem muita personalidade, altivez, caráter. Veio para somar no PSD e sua candidatura [a prefeito de Itabuna] independe de aval ou apoio do governador – disse.

O senador baiano e presidente estadual do PSD diz, ainda, que, pela lógica político-partidária, o governador Rui Costa deverá adotar a neutralidade na eleição a prefeito de Itabuna em 2020. “Até porque, outros partidos aliados terão candidatos em Itabuna”, reforçou.

RELAÇÃO ESTREMECIDA COM RUI E O PT?

Otto também disse que a relação do PSD com o PT baiano e com o governador não foi abalada pelas críticas que ele fez à postura de PT, PCdoB e PSB na votação da reforma da Previdência em Brasília. “Nunca teve o menor estremecimento. Viajei com Rui duas vezes depois das minhas posições, que são sintonizadas com as dele”, disse ao ser questionado pelo PIMENTA. O PSD baiano na Câmara dos Deputados votou em bloco a favor da reforma, criticada pelo PT.

Ainda segundo Otto, a relação com Rui não poderia ser afetada por causa da reforma da Previdência. E explica: “Foi ele [Rui Costa] que nos colocou a pauta federativa. Por isso, defendemos junto ao Davi [Alcolumbre, presidente do Senado] e ao Rodrigo Maia [presidente da Câmara dos Deputados]”, completou.

A pauta federativa elenca sete propostas/condicionantes do PSD para apoiar a reforma, dentre as quais o fim da Lei Kandir, aprovação do Projeto de Lei 459/2017, que trata da securitização da dívida ativa de estados, Distrito Federal e municípios. “Essa pauta que ajuda a Bahia e os municípios baianos e brasileiros. O resto é intriga, lorota. Aliás, [é] o que faz o molho da política”.

JUSTIÇA BLOQUEIA BENS DE VANE E EX-SECRETÁRIO TRINDADE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Trindade e Vane têm bens bloqueados pela Justiça

O juiz da Vara da Fazenda Pública de Itabuna, Ulisses Maynard Salgado, determinou o bloqueios de bens do ex-prefeito Claudevane Leite (Vane do Renascer) e do ex-secretário de Assistência Social José Carlos Trindade. O bloqueio também atinge sócios da empresa Solução Inox Comércio Manutenção e Locação de Equipamentos Industriais em licitação de lixeiras para o Restaurante Popular.

O magistrado decidiu pelo bloqueio em ação civil pública que denunciou o ex-prefeito, colaborador e empresários na licitação para adquirir lixeiras para o Restaurante Popular de Itabuna, informa o site Políticos do Sul da Bahia. Vane foi prefeito de Itabuna no período de 2013 a 2016.

Segundo investigou o Ministério Público do Estado da Bahia, autor da ação, as lixeiras de inox (carro porta-detritos) nunca foram entregues ao Restaurante Popular. As lixeiras entregues foram bem mais baratas que as licitadas, fato confirmado pelo então diretor responsável pela gestão do Restaurante Popular, Edinaldo Francisco dos Santos.

Back To Top