skip to Main Content
12 de maio de 2021 | 02:25 pm

PREFEITURA QUER NIVELAR ASSOCIAÇÕES POR BAIXO

Tempo de leitura: 2 minutos
Chico não aceita estatuto imposto pelo município

Chico não aceita estatuto imposto pelo município

O presidente da Associação de Moradores do bairro São Pedro, Francisco Estevam, o Chico do São Pedro, denunciou ontem a formatação de um estatuto padrão para todas as associações de bairro. O instrumento, que está sendo gestado na secretaria da Administração, é autoritário e tira a autonomia das agremiações, diz o presidente.

Estevam já disse que o São Pedro não aceita o documento. “Nosso estatuto era de 1983, foi modificado, atualizado e traz inúmeros avanços. Um deles, por exemplo, que bate de frente com o da prefeitura, é a obrigação das chapas apresentarem candidatos a todos os cargos da diretoria, e não apenas para presidente e vice”, pontua Chico.

Na maior parte da associações, os verdadeiramente eleitos são o presidente e o vice, os outros cargos são indicados por estes. O presidente também aponta como avanço no novo estatuto do São Pedro um artigo que obriga todas as chapas que se propuserem a disputar as eleições a apresentarem teses abordando os problemas que atingem o bairro e apontando suas soluções.

“Queremos discutir a fome, o desemprego, a violência. Queremos discutir teses, não porque achamos bonito. Mas porque isso vai garantir que tenhamos uma associação de moradores combativa e propositiva. Nenhuma faz isso hoje em Itabuna, mas o São Pedro faz. A revolução começa pelo São Pedro”, sentencia Chico Estevam.

No dia 3 de dezembro será realizada uma oficina para discussão e estudo do novo estatuto e para discussão da data da eleição para a nova diretoria. “A data que está colocada é o dia 15 de dezembro, mas claro que ela pode e deve ser discutida pela comunidade e pelos possíveis candidatos”.

UNHAS DE FORA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A presidente do DEM de Itabuna, Maria Alice Pereira, promoveu uma tardia “onda azul” no clube da Usemi, ontem. Houve lista de presença e quem é funcionário da prefeitura e não compareceu… que ponha as barbas de molho.

Aos poucos, ‘Merilaice’ vai ditando o rumo e ‘amolecendo’ o prefeito Capitão Azevedo. No que isso vai dar? Só Deus sabe.

PETISTA É A TERCEIRA NA HIERARQUIA DA SAÚDE DE AZEVEDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Sabem o fervor do crente novo convertido? Era assim o da (ainda) petista Cristiane Araújo Bittencourt nas hostes do Partido dos Trabalhadores. Era. “Ela era a primeira a pegar a bandeira e chamar os companheiros em nossas atividades”, lembra uma liderança do PT em Itabuna. Era.

Hoje ela está mais preocupada em desempenhar as funções no cargo que conseguiu do governo democrata do Capitão Azevedo, em Itabuna. Quando falamos que ela “conseguiu”, queremos dizer que houve disputa, mesmo. Mas não é qualquer carguinho.

Ela, que goza da amizade pessoal do prefeito, deixa a estrelinha de lado para chefiar a divisão de módulos assistenciais. Quem entende, diz que será a terceira mais poderosa dentro da secretaria da Saúde (símbolo CC-4 – peixe grande, traduzindo para o politiquês mais popular). O decreto foi assinado por Azevedo no dia 24 de agosto, e a moça já assumiu suas funções.

Ela não é a primeira. Entre os casos mais rumorosos, o do técnico agrícola Joel Gomes também caiu como uma bomba no partido da estrelinha. Joel foi convidado a apresentar sua carta de desfiliação, para não ser expulso. Cristiane, cuja família também detém cargos no governo Wagner, deve seguir o mesmo caminho de Joel.

“Petista não pode assumir cargo de confiança em governo do DEM. Se é de confiança lá, não é de confiança cá. Nesse caso específico, teve até disputa!”, escandaliza-se a liderança local do PT. O Conselho de Ética deve ser o caminho natural da ex-companheira.

AGÊNCIAS, FINALMENTE, TÊM ACESSO A EDITAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Depois de muita chiadeira por parte das agências de propaganda, finalmente a prefeitura de Itabuna disponibilizou cópias do edital da concorrência de R$ 1,6 milhão para contratação da empresa que cuidará da propaganda institucional do município. O contrato é de um ano.

De acordo com a assessoria do governo, o atraso se deve a uma demanda reprimida no setor de licitação. A abertura das propostas da concorrência está programada para o dia 25 de setembro, às 10h, na sala de licitações. A agência que atende a conta nestes primeiros meses de governo é a Ativa, de Feira de Santana. O mercado teme a força desta empresa e, também, da Link.

Back To Top