skip to Main Content
18 de fevereiro de 2020 | 06:20 am

UFSB ABRE 10 VAGAS PARA PROFESSOR NO SUL E EXTREMO-SUL DA BAHIA; SALÁRIO CHEGA A R$ 4 MIL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ufsb abre processo seletivo para professor

A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) está com inscrições abertas em Processo Seletivo para contratação de Professor Substituto. São ofertadas 10 vagas para as cidades de Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas.

As oportunidades são para graduados em Letras, Medicina, Ciências Agrárias, Bacharelado Interdisciplinar em Ciências ou Licenciatura em Matemática.Alguns cargos exigem do candidato especialização ou residência.As vagas podem ser para o regime de trabalho de 20 horas ou 40 horas semanais, a depender da área escolhida.

A remuneração pode chegar a R$ 4.058,48, incluindo auxílio alimentação. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 deste mês, pela internet. O valor é de R$ 100,00, podendo ser solicitada a isenção de inscrição. O processo seletivo é composto da prova didática e a prova de títulos. A aplicação da prova será dia 12 de fevereiro. Acesse aqui o edital. 

URUÇUCA: PREFEITURA INVESTE EM FORMAÇÃO E CAPACITAÇÕES DE PROFESSORES

Tempo de leitura: < 1 minuto

Educadores participam de curso de formação da rede municipal em Uruçuca

A Prefeitura de Uruçuca, no sul-baiano, investe na formação e capacitação continuada dos professores da rede municipal. Nesta última semana, a Secretaria de Educação de Uruçuca promoveu, no Salão Paroquial, uma formação direcionada aos educadores das áreas de Geografia e História.

A formação teve como foco as Regiões Brasileiras e foi ministrada pela professora Tereza Genoveva Nascimento Torezzani, coordenadora do Colegiado de Geografia da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Segundo a Secretaria de Educação, a formação teve como objetivo o fortalecimento de metodologias e práticas em sala de aula e um suporte para o Projeto Cultural da Rede sobre as Regiões Brasileira, que terá a culminância em setembro.

IF BAIANO ABRE 72 VAGAS PARA TÉCNICOS E PROFESSORES; SALÁRIO CHEGA A R$ 9,6 MIL

Tempo de leitura: 2 minutos

Inscrições para as unidades em todo o estado começam no dia 17 de junho

O Instituto Federal Baiano (IF Baiano) publicou na sexta-feira (31), editais para o preenchimento de 72 vagas de técnico-administrativos e docentes para as 15 unidades da instituição no estado. São 36 vagas para professor da carreira de magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico e 36 para técnico-administrativo em educação nos níveis médio e superior.

As vagas são para as unidades do IF em todas as regiões da Bahia. As inscrições podem ser feitas no período de 17 de junho a 16 de julho via internet, através de link que será disponibilizado na página da instituição. A remuneração para docente pode chegar a R$ 9.600,92, a depender a titulação do profissional aprovado.

As vagas para o cargo de professor são para o regime de trabalho de 40 horas semanais com dedicação exclusiva, para as áreas de: Administração, Agrimensura, Agroindústria, Agronomia, Arte, Biologia, Filosofia, Informática, Letras/Libras, Educação Física, Física, Geografia, Matemática, Pedagogia, Química, Nutrição, Sociologia e Zootecnia.

Já no caso dos cargos de técnico-administrativo o regime de trabalho é de 40 horas semanais, exceto para o cargo de jornalista, com carga horária de 25 horas. As vagas são para Administrador, Contador, Jornalista, Odontólogo, Pedagogo, Técnico em assuntos educacionais, Assistente em administração, Técnico de laboratório (Biologia).

MAIS VAGAS

Além disso, há vaga para técnico de laboratório (Informática), Técnico em audiovisual, Técnico em artes gráficas, Técnico em enfermagem, Técnico em tecnologia da informação e Técnico em segurança do trabalho. A aplicação das provas para ambos os cargos está prevista para o dia 22 de setembro de 2019.

Leia Mais

EDUCAÇÃO SELECIONA 295 PROFESSORES; 33 VAGAS SÃO PARA O SUL DA BAHIA

Tempo de leitura: 2 minutos

Educação abre vagas para professor em todo o estado

A Secretaria Estadual da Educação da Bahia abriu, nesta terça-feira (30), inscrições no processo seletivo que visa à contratação de 295 professores da educação profissional,via Regime de Direito Administrativo (REDA).A inscrição custa R$ 100 e pode ser feita até o dia 14 de maio no site de concursos da Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

Acesse o edital aqui.

Conforme levantamento do PIMENTA, para o sul da Bahia, são 33 vagas, sendo 28 para ampla concorrência e cinco para cotas. De acordo com o edital, os candidatos devem ter formação de Nível Superior em Licenciatura Plena, Bacharelado e/ou Tecnólogo. O vencimento básico será de R$ 1.306,19, acrescido de gratificação da função temporária de R$ 407,27. Com isso, com remuneração chega a R$ 1.713,46.

As provas objetivas serão aplicadas no dia 9 de junho, no turno vespertino, das 13h às 17h, em locais e horários que serão oportunamente divulgados no Cartão Informativo, que será disponibilizado até o dia 5 de junho, no site www.selecao.uneb.br/educprofissional.

PROVAS EM ITABUNA, ITAPETINGA, EUNÁPOLIS, VALENÇA, TEIXEIRA DE FREITAS E JEQUIÉ

Os portões serão abertos às 12h20min e fechados às 12h50min. As provas serão aplicadas nas cidades de Itabuna, Irecê , Bom Jesus da Lapa, Seabra, Serrinha , Valença, Teixeira de Freitas, Itapetinga,  Amargosa,  Juazeiro, Barreiras,  Macaúbas, Caetité, Itaberaba, Ipirá, Jacobina,  Ribeira do Pombal, Alagoinhas, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Santo Antonio de Jesus, Jequié, Santa Maria da Vitória, Paulo Afonso, Senhor do Bonfim, Salvador e Eunápolis.

Leia Mais

CONCURSO PÚBLICO EM PORTO SEGURO TERÁ QUASE 700 VAGAS; SALÁRIO CHEGA A R$ 8 MIL

Tempo de leitura: 2 minutos

Quase 700 vagas para trabalhar em Porto Seguro

Foi publicada nesta quinta-feira (27), na edição do Diário Oficial do Município, a Lei 1457-2018 que autoriza a criação de cargos e ampliação no número de vagas, mediante a realização de concurso público pela Prefeitura de Porto Seguro, no extremo-sul do estado. A lei aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pela prefeita Cláudia Oliveira prevê o preenchimento de 678 vagas em diversas áreas na administração pública. Acesse o Diário Oficial aqui e leia a partir da página 7.
De acordo com a lei, os salários variam de R$ 1.227,065 a R$ 8 mil, a depender da área e carga horária de trabalho. Será exigido certificado de formação em curso técnico para algumas áreas e curso superior para outras. Mas haverá também oferta de vagas para quem possui somente o ensino médio.
A maior oferta de vagas será para profissionais da educação, com 268 oportunidades para professor de Artes, Ciências, Biologia, Geografia, Inglês, Educação Física, História e Língua Portuguesa, Matemática e Libras, além de coordenadores pedagógicos. A remuneração inicial será de R$ 1.227,065 para 20 horas semanais de trabalho.
Na área de educação, a lei autoriza também a abertura de 210 vagas para auxiliares de classe, com remuneração de R$ 1.333,00 por 40 horas de trabalho. Na área de saúde está prevista a contratação de 11 médicos, que terão a maior remuneração para 40 horas de trabalho.

Leia Mais

FACULDADE ABRE 16 VAGAS PARA PROFESSORES

Tempo de leitura: < 1 minuto

unime marcaA Unime abriu seleção para contratar 16 professores em diferentes áreas do conhecimento. Também estão sendo contratadas pessoas portadoras de necessidades especiais para a área administrativa. As vagas para docentes são para os campi de Salvador e Lauro de Freitas.

De acordo com a instituição, estão sendo selecionados docentes para as áreas de Serviço Social, em Salvador, e Jogos Digitais, Gastronomia e Engenharias Mecânica e Elétrica para o campus de Lauro de Freitas. As pessoas portadoras de necessidades especiais vão atuar na unidade de Salvador.

Os interessados devem acessar o edital da seleção no site da Unime. O currículo e documentação exigida devem ser entregues no setor de recursos humanos da unidade para a qual deseja ser o interessado deseja ser contratado. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (71) 3879-9100 (Salvador) e (71) 3378-8900 (Lauro de Freitas).

PREFEITOS QUEREM ADIAR NOVO PISO DO MAGISTÉRIO PARA AGOSTO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Quitéria diz que impacto na folha será grande em tempos de queda na arrecadação (Foto GovBA).

Quitéria diz que impacto na folha será grande em tempos de queda na arrecadação (Foto GovBA).

Com o argumento de que o reajuste de 11,36% no piso salarial dos professores provocará grande impacto no orçamento das prefeituras em 2016, prefeitos da Bahia e de todo o país vão a Brasília, na próxima terça-feira (19), pedir ao Ministério da Educação para adiar a vigência do novo piso. A partir de janeiro, o salário base passa de R$ 1.917,78 para R$ 2.135,64.

Presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), a prefeita de Cardeal da Silva, Maria Quitéria (PSB), diz que se o governo não flexibilizar em relação ao piso, que garanta, ao menos, um maior aporte de recursos para custear a educação.

“Vamos pedir que seja aumentado o valor anual por aluno no Fundeb, hoje em R$ 2.545,31, a verba da merenda, que há mais de quatro anos é de R$ 0,30 por aluno, e a cota do transporte escolar”, avisa a prefeita, criticando o governo por ter criado expectativa sobre um dinheiro novo que viria com o pré-sal, e não aconteceu.

Leia matéria completa n´A Tarde

ITABUNA: PROFESSORES MANTÊM PARALISAÇÃO; AULAS RECOMEÇARIAM NA 2ª

Tempo de leitura: < 1 minuto
Professores chegaram a ocupar gabinete do prefeito durante greve (Foto Divulgação).

Professores chegaram a ocupar gabinete do prefeito durante greve (Foto Divulgação).

Os cerca de 20 mil alunos da rede municipal de ensino em Itabuna terão mais uma semana sem aula. Os professores reúnem-se em assembleia, na próxima sexta (8), para decidir quanto à paralisação iniciada na segunda (4).

A categoria cobra pagamento de retroativo para os profissionais dos níveis II e III. O decreto foi publicado em 30 de dezembro passado, mas o pagamento da diferença do reajuste salarial ainda não ocorreu.

As aulas na rede municipal foram comprometidas por cerca de 90 dias de greve e paralisações no ano passado e, a princípio, o ano letivo deve ser concluído somente em março, embora ainda exista o risco de cancelamento do ano letivo.

Professores e representantes da Prefeitura de Itabuna tiveram encontro nesta quarta (6), quando o secretário da Fazenda, Marcos Cerqueira, reafirmou as dificuldades de caixa do município. A previsão é de que o retroativo seja pago em duas parcelas, sendo a primeira no final de janeiro e a segunda em fevereiro. A proposta será votada em assembleia, na sede do sindicato.

PROFESSORES DE ITABUNA FAZEM PARALISAÇÃO CONTRA SALÁRIO “PICOTADO”

Tempo de leitura: < 1 minuto

 

sem-dinheiroOs professores da rede municipal de Itabuna receberam apenas 80% do salário de outubro, com a promessa de pagamento dos 20% restantes com próximo repasse de dinheiro federal. Insatisfeitos, os professores paralisaram as atividades.

A decisão foi tomada em assembleia, onde também definiram que retornar à sala de aula somente com os 20% em conta. Fora disso, nada de trabalho. Hoje, muitos alunos ainda foram para a escola, à tarde, sendo surpreendidos com o “não vai ter aula”.

O Pimenta buscou uma resposta do governo municipal, mas o secretário da Fazenda, Marcos Cerqueira, ainda não respondeu qual a previsão de pagamento da parte que falta.

A rede municipal itabunense tem cerca de 20 mil alunos matriculados e, aproximadamente, 1,5 mil professores. Os educadores promoveram greve de 73 dias neste ano.

AULAS SÃO RETOMADAS EM ITABUNA, APÓS TST DETERMINAR FIM DE GREVE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Professores ocuparam gabinete do prefeito durante greve (Foto Divulgação).

Professores ocuparam gabinete do prefeito durante greve (Foto Divulgação).

As aulas nas mais de 100 escolas municipais de Itabuna foram retomadas nesta segunda (21), após nova decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST). A justiça trabalhista determinou aos professores o imediato retorno à sala de aula e impôs multa diária de R$ 50 mil, caso a decisão não fosse respeitada.

Na última sexta (18), os professores se reuniram em assembleia e foram informados da reforma da decisão que não enxergava abusividade ou ilegalidade na greve. A ministra do TST e relatora, Maria de Assis Calsing, reconhecia a legalidade do movimento, mas condenou que o fato fosse usado pela categoria para retomada de paralisação, após 73 dias de greve.

O impasse entre sindicato da categoria e governo começou ainda no primeiro semestre. Os professores reivindicam reajuste linear de 13,01%, enquanto a Prefeitura de Itabuna sinalizava somente ter como conceder 8% de reajuste, parcelado em 2 vezes.

A questão foi parar no Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT), em Salvador, que, ao final de julho, julgou a paralisação como “abusiva” e “ilegal”, após a prefeitura informar que havia concedido reajuste todos os anos e o percentual de 13,01% afetaria a capacidade de pagamento aos profissionais.

Back To Top