skip to Main Content
6 de maio de 2021 | 07:27 am

“PREÇO JUSTO”: PETROLEIROS VENDEM GASOLINA POR R$ 3,50

Categoria protesta contra venda de refinarias e política de preços da Petrobras
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro) decidiu vender o litro de gasolina por R$ 3,50 como forma de protestar contra a política de preços da Petrobras e a privatização de refinarias de petróleo da estatal.

Nesta terça-feira (16), a ação ocorreu no Posto Apache, no Dique do Tororó, em Salvador. Os 150 primeiros motoristas que chegaram no local puderam comprar até 20 litros do combustível pelo “preço justo”, conforme definição da categoria. A medida também beneficiou 50 motociclistas.

Amanhã (17) será a vez de Alagoinhas, com venda de gasolina pelo mesmo preço, às 7 horas, no Posto Laguna, localizado na Avenida Dantas Bião.

“Ao adotar o Preço de Paridade de Importação (PPI), a Petrobrás atrela os preços dos combustíveis no Brasil ao valor do barril de petróleo no mercado internacional, ou seja, a estatal produz em real, mas vende em dólar para o povo brasileiro”, critica o coordenador do Sindipetro, Jairo Batista.

O diretor de comunicação do Sindipetro, Radiovaldo Costa, alerta para as consequências da privatização da Refinaria Landulpho Alves, anunciada pela Petrobras. “Os consumidores serão ainda mais atingidos, pois os preços dos combustíveis devem ficar mais altos. E ainda será criado um monopólio regional privado e sem competitividade, como apontou estudo da PUC Rio ao analisar os efeitos da privatização de seis das oito refinarias colocadas à venda pela Petrobras”.

Neste ano, a Petrobras já aumentou o preço da gasolina três vezes. Veja mais aqui.

AVANÇO DA MARÉ: MORADORES PROTESTAM CONTRA DESCASO EM ILHÉUS

Moradores do São Domingos e São Miguel protestam contra descaso
Tempo de leitura: 2 minutos

Moradores dos bairros São Miguel e São Domingos, na zona norte de Ilhéus, fizeram um novo protesto no centro da cidade, nesta quarta-feira (26), para pedir providências em relação aos estragos causados pelo avanço da maré. Os moradores já tinham feito protestos na quinta-feira (20) e na sexta-feira (21).

Os manifestantes fizeram uma passeata pelas principais ruas do centro de Ilhéus e ficaram em frente à Câmara de Vereadores. “Só pedra não vai aguentar, é paliativo e nós não estamos atrás de paliativos. Queremos que eles [prefeitura] tomem as providências”, relatou Saionara Maria Santos, presidente da Associação de Moradores do São Miguel.

Desde de julho, o problema da força da maré aumentou, destruindo casas e cabanas de praias. O trecho mais atingido tem 4 quilômetros e fica entre os bairros São Domingos e São Miguel. Algumas medidas preventivas, como colocar pedras em alguns pontos, têm sido feitas por moradores e prefeitura, mas não são suficiente.

Na última sexta-feira (21), a prefeitura decretou situação de emergência por conta da erosão costeira e montou um comitê para preparar ações de contenção do avanço da maré. Os moradores disseram que, essa semana, a prefeitura prometeu 20 caçambas de pedra para cada bairro.

Leia Mais

CENTRAL DE ABASTECIMENTO DO MALHADO SERÁ REABERTA NESTE DOMINGO

Central do Malhado será reaberta nesta domingo
Tempo de leitura: < 1 minuto

Sem adotar medidas efetivas para tentar evitar o aumento na disseminação de casos do novo coronavírus, o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, anunciou neste sábado (2), que a Central de Abastecimento do Malhado será reaberta neste domingo (3). O anúncio ocorreu pouco tempo depois de um protesto de feirantes, que exigiram o funcionamento da feira.

“Amanhã [domingo, 3 de maio], com muito trabalho, com muita luta, atendendo todas as necessidades da Vigilância Sanitária para os cuidados da saúde do nosso cidadão e dos feirantes, estaremos reabrindo a Central de Abastecimento com toda a qualidade, com tudo tranquilo e também com toda a segurança em relação ao coronavírus, para o distanciamento e uso de máscaras. Isso é fundamental”, declarou o prefeito em vídeo publicado nas redes sociais.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) informou que vai  disponibilizar, a partir da semana que vem, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os feirantes da Central de Abastecimento. Os comerciantes também serão contemplados com a doação de 150 novas barracas que a Prefeitura de Ilhéus viabiliza para a segurança e proteção de todos.

Foi iniciado na sexta (1º)  o cadastramento dos feirantes para o recebimento das barracas e organização do espaço da feira do Malhado. De acordo com a Secretaria de Saúde da Bahia, o local só deveria ser reaberto depois que fosse reformulada a distribuição das barracas.

A Central de Abastecimento do Malhado interditada pelo Estado para evitar aglomerações e porque os feirantes não possuíam equipamentos de segurança e o distanciamento mínimo não era respeitado. A interdição, conforme a Vigilância Epidemiológica da Bahia, foi para evitar o aumento de casos do novo coronavírus por transmissão comunitária da doença.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MANTÉM SUSPENSÃO DE OBRAS NA PRAIA DO RESENDE, EM ITACARÉ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Moradores de Itacaré protestaram contra a obra

O desembargador José Cícero Landin Neto, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), indeferiu recurso da empresa SVEA Empreeendimentos Imobiliários Ltda e manteve suspensas as obras de construção do restaurante ‘Beach Bar’ na Praia do Resende, em Itacaré. A empresa havia recorrido da sentença judicial de primeira instância em favor do pedido feito pelo Ministério Público da Bahia. O promotor de justiça Thomás Brito, autor da ação, foi notificado da decisão na segunda-feira (27).

O desembargador endossou a decisão do juiz Alysson Floriano que, acolhendo argumentos do MP-BA, apontou para a ausência de requisitos legais para realização da obra. Segundo a ação, o empreendimento de 152 metros quadrados não é apenas um quiosque, mas sim um bar/restaurante que seria instalado em local considerado Zona de Proteção Visual, o que contraria lei municipal.

Para promotor de justiça Thomás Brito,até poderia ser autorizada qualquer construção no local, desde que se tratasse de um equipamento para apoio à visitação, como mirantes e quiosques e que houvesse prévio estudo de impacto ambiental e visual, garantida a realização de audiência pública. Conforme a decisão, não houve no processo de licenciamento, em afronta à legislação municipal, prévia realização desse estudo, tampouco de Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e de Relatório de Impacto Ambiental (Rima).

PROTESTO DE TUPINAMBÁS BLOQUEIA A BA-001, EM OLIVENÇA

Tempo de leitura: 2 minutos

BA-001 é bloqueada por tupinambás em Ilhéus || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

Desde as primeiras horas desta quinta-feira (31), indígenas da tripo tupinambá bloqueiam trecho da BA-001 em Olivença e Águas de Olivença, Ilhéus. Eles reivindicam a demarcação de terras e a colocação de, ao menos, cinco quebra-molas no trecho da região de Águas de Olivença, ao sul de Ilhéus. Policiais militares chegaram ao local por volta das 7h30min.

Taguari cobra segurança no trânsito e demarcação || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

De acordo com Taguari Tupinambá, a colocação de quebra-molas poderá evitar novas mortes por acidente de trânsito no trecho. Nos últimos 15 dias, dois indígenas morreram atropelados na região em frente ao Condomínio Águas e Olivença, vizinho à Aldeia Itapuã.

O líder indígena explicou que a mobilização desta quinta é parte do dia de mobilizações dos povos indígenas em todo o País. “Estamos revindicando e protestando contra os danos que a BA-001 vem trazendo aos indígenas. Queremos a colocação de cinco quebra-molas para que a gente possa ter mais tranquilidade quando nossos filhos descerem da aldeia para Águas de Olivença”, afirmou ele ao PIMENTA, observando que nem faixa de pedestre existe no local.

Tupinambás prometem liberar rodovia só após negociação || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

O último acidente ocorreu há cerca de uma semana, quando um veículo a cerca de 140 quilômetros por hora atropelou um tupinambá que voltava da pesca na praia na região de Águas de Olivença. A promessa é de liberar a pista somente após a presença de representantes do governo estadual, que garantam a sinalização da rodovia.

Polícia Militar já chegou ao local do protesto || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

“Não é só pra nós, indígenas. Todos aqui precisam de segurança [no trânsito]”, reforça. “Já chega de morte nesse lugar. A gente já perde vida com a demarcação de terras. O estado brasileiro tem dívida com os povos indígenas”.

ESTUDANTES OCUPAM IF BAIANO EM URUÇUCA PARA COBRAR AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Estudantes ocupam campus do If Baiano|| Fotomontagem TV Santa Cruz

Estudantes do Instituto Federal Baiano (IF Baiano) ocupam o campus da instituição em Uruçuca desde a quarta-feira (12). Eles protestam contra o atraso no pagamento do auxílio alimentação e por causa da quantidade insuficiente da comida oferecida pela instituição.
Os estudantes alegam, ainda, que a algumas áreas do campus estão com a estrutura ruim para o desempenho das atividades recreativas. É o caso, segundo eles, da quadra de esportes, que tem ferros expostos. Apenas duas, das três disponíveis, são usadas. O estudantes reclamam, ainda, que os materiais usados para a prática de esportes são levados por eles.

Leia Mais

CAMELÔS PROTESTAM CONTRA TAXA E MUDANÇA PARA A INÁCIO TOSTA FILHO

Tempo de leitura: 2 minutos

Camelôs exibem cartazes com mensagens contra prefeito de Itabuna || Reprodução

Cerca de 40 camelôs da Praça Adami fazem protesto, no plenário da Câmara de Vereadores, contra o prefeito Fernando Gomes. Os ambulantes são contrários à cobrança de taxa e à transferência da praça para um imóvel na Avenida Inácio Tosta Filho. Até há pouco, havia apenas sete vereadores no plenário, todos de oposição, aguardando a retomada das discussões sobre a mudança de regime jurídico de celetista para estatutário. Os camelôs se juntaram aos servidores municipais.
A mobilização dos camelôs contra a mudança começou por volta das 10h desta quarta (5), na Avenida do Cinquentenário, no centro, quando a avenida foi parcialmente interditada pelos ambulantes. A mudança da Praça Adami para o imóvel onde funcionava uma casa de bingos, em frente à agência dos Correios, foi anunciada pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Jorge Vasconcelos, no início de agosto.
TAXA DE R$ 200,00
Numa entrevista ao PIMENTA, Vasconcelos disse que a mudança era parte das ações de reordenamento do comércio. De acordo com ele, havia proposta de cobrança de cerca de R$ 200,00 mensais de cada camelô para manutenção do imóvel, a título de condomínio.
O valor da taxa não foi fixado, mas os camelôs alegam que não têm como pagar o valor devido à provável queda nas vendas com a mudança de local. “Querem tirar a gente da Praça Adami para colocar numa avenida que não tem movimento forte e ainda cobrar por isso? Fica inviável pra gente, senhor!”, reagiu camelô que se deslocava, há pouco, da Praça Adami para a Câmara de Vereadores. Abaixo, confira vídeo da manifestação no plenário da Câmara. As imagens são de Andreyver Lima.

PROTESTO DE CAMINHONEIROS TRAVA RODOVIAS FEDERAIS NA BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Protesto bloqueia vários trechos de duas rodovias federais na Bahia || Foto Ricardo Ribeiro

Caminhoneiros bloquearam vários trechos das BRs 324 e 116, na Bahia, em municípios como Feira de Santana, Vitória da Conquista e Itatim. O bloqueio na BR-116 em Itatim ocorre no quilômetro 521 (imagem acima). O protesto é liderado pela Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam).
Os caminhoneiros fazem manifestação em todo o país, desde o início da madrugada desta segunda-feira (21), contra os constantes reajustes do diesel e da carga de impostos que incide sobre o combustível.

PROFESSORES DE ITABUNA PROTESTAM E AMEAÇAM NÃO INICIAR ANO LETIVO

Tempo de leitura: 2 minutos

Professores fecham pista para cobrar um terço de férias || Foto Beto Bahia

Os professores da rede municipal de educação de Itabuna decidem, em assembleia na próxima segunda-feira (5), se aceitam a proposta do governo de parcelar em duas vezes o pagamento de um terço de férias, que deveria ser quitado até o dia 17 de janeiro. Além do terço de férias, os trabalhadores se queixam de prejuízos com a retirada de gratificações, no ano passado.

Na manhã desta quinta-feira (1º), os professores protestaram em frente a uma casa de eventos, na Avenida JS. Pinheiro, no bairro Lomanto, onde está sendo realizada a XXX Jornada Pedagógica. Eles interditaram, por alguns minutos, as uma das pistas.

O governo municipal alega que o pagamento do terço de férias não foi feito no prazo porque o repasse do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação não é suficiente para quitar a folha dos trabalhadores da área. “Por isso fizemos a proposta de pagar o terço de férias em duas parcelas. A primeira no dia 15 de março e outra em abril”, explicou a secretária de Educação Anorina Lima.

De acordo a Secretaria de Educação, para o ano letivo de 2018, o município disponibilizou 20 mil vagas em 93 escolas nas zonas rural e urbana, mas nem todas devem ser ocupadas. Um balanço mostra que até esta quinta foram feitas cerca de 17 mil matrículas. Itabuna conta com 1.350 professores.

FRENTE ANUNCIA PROTESTOS CONTRA REAJUSTE DA PASSAGEM EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Tarifa de ônibus passará a R$ 3,30 a partir de 8 de fevereiro || Foto Pimenta/Arquivo

Após criar frente contra o reajuste da passagem de ônibus em Itabuna, movimento integrado por estudantes secundaristas e universitários, trabalhadores e usuários do transporte anunciaram manifestação para a próxima terça (30), com saída da Praça Simão Fitermann, no São Caetano, a partir das 9h30min. A passagem custa R$ 2,85 e saltará para R$ 3,30 em 8 de fevereiro, conforme decreto assinado pelo prefeito Fernando Gomes.
Para os integrantes do movimento, não houve transparência nos critérios adotados pela prefeitura para autorizar o aumento. Antes de decretar reajuste de R$ 3,30, o município havia sinalizado que a tarifa justa seria R$ 3,00 (reveja aqui).
Antes, o Conselho Municipal de Transporte de Itabuna havia autorizado aumento para R$ 3,50. A frente de luta questiona, por exemplo, o voto dos representantes dos usuários e dos estudantes secundaristas a favor do reajuste de R$ 3,50.
As pressões contra o reajuste se intensificaram nos últimos dias e houve protesto dos estudantes e trabalhadores durante a Lavagem do Beco do Fuxico, na quinta (18). O movimento criou uma página no Facebook para as ações contra o reajuste. O endereço é www.facebook.com/contratarifa.itb. A promessa é de que os protestos contra o reajuste aumentem nos próximos dias anteriores ao aumento.

URUÇUCA: PROTESTO CONTRA DESOCUPAÇÃO BLOQUEIA “ESTRADA DO CHOCOLATE”

Tempo de leitura: 2 minutos

 

Protesto reuniu moradores afetados e autoridades locais || Foto Roberto Souza

Protesto reuniu moradores afetados e autoridades locais || Fotos PIMENTA

Proprietários de imóveis foram notificados na semana passada || Foto Pimenta

Proprietários de imóveis foram notificados na semana passada || Foto Pimenta

Donos de imóveis residenciais e comerciais ao longo da BA-262, trecho Ilhéus-Uruçuca,  fazem protesto em Uruçuca, nesta tarde e noite de quinta (3), contra uma ordem de desocupação das margens da rodovia estadual.

A ordem de desocupação é da Superintendência de Infraestrutura de Transporte da Bahia (SIT), da Secretaria de Infraestrutura do Estado. Na manifestação de hoje, a pista foi fechada, nos dois sentidos, com barricadas. Manifestantes atearam fogo em pneus e madeira para impedir a passagem de veículos na  rodovia. A ordem de desocupação é do Governo do Estado.

Quem reside ou tem comércio dentro da faixa de domínio da rodovia, foi notificado para deixar o local. O prazo concedido para desocupação foi curto. A decisão afeta dezenas de moradores e atinge negócios. A notificação de desocupação das margens da BA-262 foi entregue no último final de semana.

Manifestantes atearam fogo em barricada para fechar rodovia.

Manifestantes atearam fogo em barricada para fechar rodovia.

ESTRADA DO CHOCOLATE

O Governo do Estado alega que fará investimentos ao longo da BA-262 para executar o projeto Estrada do Chocolate, lançado pelo secretário estadual de Turista, José Alves, e o vice-governador João Leão, em julho, durante o Chocolat Bahia, em Ilhéus.

Por trás da orientação de desocupação das margens da pista, também está a ordem para futuros projetos ligados à Zona de Processamento e Exportação (ZPE) e Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol).

A desocupação das faixas de dominío, medida legal, seria uma das formas de atrair os chineses. Os orientais já estiveram no Brasil em duas missões, a última delas no último dia 14 de julho, para definir investimentos no sul da Bahia. Do PIMENTA.

PROTESTO CONTRA REFORMAS DE TEMER FECHA BR-101, EM ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos
Protesto puxado por bandinha bloqueou BR-101 (Foto Pimenta).

Protesto puxado por bandinha bloqueou BR-101 (Divulgação).

A BR-101 foi interditada, em Itabuna, durante protesto contra as reformas trabalhista e previdenciária e a terceirização irrestrita, propostas pelo presidente Michel Temer. A pista ficou interditada por, pelo menos, uma hora, nos dois sentidos. A polícia militar acompanhou o protesto.

Manifestantes também pediam a renúncia do presidente da República e eleições diretas já. “Trata-se de um governo ilegítimo, reprovado por mais de 90% da população e que não teve autorização da sociedade brasileira para implementar essa pauta regressiva”, afirmou Jairo Araújo, vereador de Itabuna pelo PCdoB e presidente do Sindicato dos Comerciários de Itabuna.

Protesto fechou BR-101 por uma hora em Itabuna  (Fotos Divulgação).

Protesto fechou BR-101 por uma hora em Itabuna (Fotos Divulgação).

Pesquisa do Datafolha, divulgada ontem (30/04), mostrou que 85% da população quer eleições diretas. Participaram do protesto de hoje os sindicatos dos Comerciários, Bancários, Servidores Municipais (Sindserv), Trabalhadores Têxteis e Calçadistas (Sintratec) e Operários da Construção Civil, além dos movimentos dos Trabalhadores Sem-Terra e o Levante Popular da Juventude.

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Itabuna, Wilmaci Oliveira, lamentou ter sido este 1º de Maio uma data para protestos em vez de comemorações. “Neste 1º de Maio a classe trabalhadora não tem nada a comemorar. Continuaremos realizando protestos e manifestações até que esse governo golpista caia”, prometeu.

Movimentos ligados ao campo também integraram a manifestação.

Movimentos ligados ao campo também integraram a manifestação.

PROTESTO BLOQUEIA RODOVIA QUE LIGA BARRO PRETO À BR-415

Tempo de leitura: < 1 minuto
BA-120 é interditada na saída de Barro Preto.

BA-120 é interditada na saída de Barro Preto.

Servidores municipais de Barro Preto interditaram hoje (25) a Rodovia BA-120, que liga o município à BR-415. Os manifestantes cobram pagamento do salário de setembro. Eles montaram barricada, com madeira e pneus, e atearam digo, impedindo a passagem de veículos.

A Secretaria de Administração informou que somente dez servidores estavam com salários atrasados. O pagamento deveria ser feito hoje, o que pode não mais ocorrer diante da ação durante a noite e a madrugada, quando veículos da frota tiveram pneus esvaziados, dentre eles ônibus escolares.

O município é administrado por Jaqueline Mota (PT), derrotada em 2 de outubro.

CICLISTAS INTERDITAM PONTE DO PONTAL E COBRAM TRÂNSITO MAIS HUMANO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Protesto interditou a Ponte do Pontal hoje (Foto Júlio Gomes).

Protesto interditou a Ponte do Pontal hoje (Foto Júlio Gomes).

Carolaine foi uma das vítimas no trânsito ilheense.

Carolaine foi uma das vítimas no trânsito ilheense.

Dezenas de ciclistas ilheenses interditaram a Ponte do Pontal, hoje (12), para cobrar trânsito mais humano no município. Organizada pela Associação Ilheense de Ciclismo, a manifestação pacífica é reação contra os acidentes que vitimaram dois ciclistas somente em julho, causando a morte de uma jovem. A ponte ficou fechada por cerca de meia hora.

Um dos acidentes foi justamente na ponte, semana passada, quando um ciclista acabou atropelado por um ônibus da Cidade Sol. Alberto Xavier Lima, conhecido como Beto, continua internado no Hospital de Base em Itabuna.

Já o acidente na Avenida Ubaitaba, região do Malhado, provocou uma morte. Carolaine Menezes, de 19 anos, morreu no caminho do trabalho, sendo atropelada por um caminhão.

ASSINANTES DA VEJA PLANEJAM CANCELAMENTO COLETIVO

Tempo de leitura: < 1 minuto

vejaLeitores da revista Veja em Ilhéus e Itabuna planejam um ato coletivo de cancelamento de assinaturas. Não se trata de insatisfação com o conteúdo editorial, como muitos poderiam imaginar, mas é protesto motivado pelo atraso na distribuição do produto.

“Estamos recebendo mercadoria com prazo de validade vencido”, afirma o publicitário Sílvio Roberto, um dos assinantes que pensam em cancelar seu contrato com a editora Abril, responsável pela publicação.

O publicitário diz ter entrado em contato com a distribuidora local da revista e a informação é de que a Veja passou a chegar ao aeroporto de Ilhéus aos domingos e a entrega aos assinantes só acontece às segundas, havendo quem só receba na terça. Os atrasos teriam aumentado há cerca de um mês.

Nas capitais e regiões mais próximas dos grandes centros, a edição impressa normalmente está disponível aos sábados. A versão online também é disponibilizada neste dia, a partir das 8 horas da manhã.

Back To Top