skip to Main Content
9 de julho de 2020 | 02:58 pm

MANGABEIRA BUSCA ALIANÇA COM 12 PARTIDOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mangabeira deve abandonar discurso de 2016 e buscará partidos

O pré-candidato a prefeito de Itabuna pelo PDT, o médico Antônio Mangabeira, projeta ir para a disputa eleitoral com o apoio de, pelo menos, 12 partidos. O prefeiturável atraiu para o seu projeto Rede Sustentabilidade e PSC. Antes, o Podemos já havia fechado com Mangabeira e deu o comando do diretório ao filho do médico.

Nos últimos dias, Mangabeira engatou namoro com o PSL de Binho Shalon e do vereador Babá Cearense, que, assim, abre mão da disputa pelo Centro Administrativo Firmino Alves. A legenda sofreu debandada de bolsonaristas e conserva bom tempo de TV.

Quando se fala em 12 partidos, a projeção é a repetição do que ACM Neto conseguiu para o seu vice e prefeiturável, Bruno Reis (DEM). Em solo itabunense, porém uma defecção é dada como certa, o MDB de Lúcio Vieira Lima. Mangabeira, junto com o pedetista e seu ex-vice, Marco Wense, travaram duelos verbais com Lúcio. E os duelos devem ter reflexo no fechamento das alianças. Outra dúvida é o PRB, hoje com Vane do Renascer, mas flertando com Fernando Gomes para salvar o projeto de reeleição do vereador Pastor Francisco.

PRESIDENTE DO PSC DESCARTA ALIANÇA COM RUI COSTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Heber descartou aliança com Rui Costa || Foto Tácio Moreira/Metropress

O presidente do PSC da Bahia, Heber Santana, descartou possiblidade de aliança eleitoral à reeleição do governador Rui Costa (PT), apesar de o partido ter conversado com o Pastor Sargento Isidório, do Avante, sobre a aliança. “Nós, do PSC, fazemos questão de colocar que não é esse o caminho”, afirmou o deputado estadual e dirigente do PSC.
Heber reclamou, no entanto da falta de definição na chapa do pré-candidato do DEM ao governo baiano, José Ronaldo. Para ele, a indefinição resulta em perdas para o campo oposicionista e cobra fechamento de aliança ainda nesta semana. Além de Zé Ronaldo, o PSC avaliaria possibilidade de coligar com João Santana, do MDB, ou João Henrique, do PRTB, com Irmão Lázaro (PSC) disputando vaga ao Senado Federal.

SEM LULA, CIRO GANHA

Tempo de leitura: 2 minutos

marco wense1Marco Wense

 

É no debate, no olho a olho, que Ciro Gomes vai se aproximar de Bolsonaro, sem dúvida o presidenciável mais fraco, oco, inconsistente e carente de substância.

 

Todas as pesquisas para o Palácio do Planalto apontam uma disputa no segundo turno entre o ex-presidente Lula (PT) e o deputado Jair Bolsonaro (PSC).

Na mais recente, do instituto DataPoder360, Lula tem 32%, Bolsonaro 25%, Ciro Gomes (PDT) 4%, empatando com Geraldo Alckmin (PSDB), e Marina Silva (Rede) 3%.

Quando sai Alckmin e entra o também tucano João Doria, prefeito de São Paulo, Lula fica com 31%, Bolsonaro 18%, Doria 12%, Ciro 6% e Marina 3%.

Sem Lula no páreo, impedido legalmente de concorrer, Bolsonaro assume a ponta com 27%, Alckmin 9%, Ciro e Marina com 8% e Haddad, reserva do PT, fica com 3%.

Em outro cenário, ainda sem Lula, com Doria no lugar de Alckmin, Bolsonaro pontua com 25%, Doria 12%, Ciro 9%, Marina 6% e Haddad 5%.

Uma eventual inelegibilidade de Lula, favorece o pré-candidato do PDT, que tende a crescer no decorrer do processo em decorrência de ser o mais preparado de todos.

É no debate, no olho a olho, que Ciro Gomes vai se aproximar de Bolsonaro, sem dúvida o presidenciável mais fraco, oco, inconsistente e carente de substância.

Não vejo nenhuma chance em Marina e nem nos tucanos Alckmin e Doria. Em relação a Haddad, o PT e Lula não vão transferir os votos.

Sem Lula, Ciro Gomes é o próximo presidente da República.

Marco Wense é editor d´O Busílis.

WESLEY SANTANA ASSUME DIRETÓRIO DO PSC

Tempo de leitura: < 1 minuto
Pastor Wesley Santana assume presidência do PSC de Itabuna.

Pastor Wesley Santana assume presidência do PSC de Itabuna.

Wesley Santana é o novo presidente do diretório do PSC em Itabuna, após reunião com lideranças estaduais do partido, dentre eles o dirigente estadual, Eliel Santana, o deputado estadual Heber Santana, e o secretário-geral Jorge Mendes, além do secretário executivo Osny Bonfim.

Presidente estadual do partido, Eliel Santana diz que o PSC será fortalecido em Itabuna “com novas filiações e maior participação da juventude e das mulheres. Escolhido novo presidente, Wesley Santana é pastor da Igreja Assembleia de Deus Madureira de Itabuna.

O deputado Heber Santana abordou a abertura do PSC. Segundo ele, não se trata de “um partido apenas de evangélicos”. “As portas da legenda estão abertas a todos que comunguem princípios cristãos e estejam alinhados com a filosofia do partido”.

O PSC, de acordo com os dirigentes, fará encontro regional em Ilhéus, no próximo mês. “Nossa meta é construir um partido cada vez mais forte e atuante, atento às demandas e necessidades da população do nosso vasto estado”, afirmou Heber Santana.

JABES PREPARA O “BOTE” EM MAGAL

Tempo de leitura: < 1 minuto
Relação de Magal e Jabes ficaram estremecidas há mais de um ano (Foto Divulgação).

Relações de Magal e Jabes ficaram estremecidas há mais de um ano (Foto Divulgação).

O prefeito Jabes Ribeiro está atraindo o PSC para a sua base de apoio, o que deve fragilizar o projeto de reeleição do vereador Fábio Magal. As conversas começaram após um show do Irmão Lázaro em Ilhéus, no Louvar Verão. Lázaro é deputado federal pelo partido e deve assumir o controle da legenda na Bahia.

Internamente, o desgaste de Magal aumentou quando ele decidiu pelo apoio a Fábio Souto (DEM) na disputa à Assembleia Legislativa, quebrando acordo com Heber Santana, filho do dirigente estadual do PSC, Eliel Santana. Não há interesse do partido em salvá-lo, segundo fontes.

Magal terá que, por exemplo, trabalhar forte para se recuperar em regiões onde foi bem votado, a exemplo do Hernani Sá. Mas terá contra si a Máquina de Vingança de Jabes, operada pelo irmão John Ribeiro. Os Irmãos Ribeiro não gostaram nada de ver Magal indo ao procurador-geral de Justiça, Márcio Fahel, denunciar arbitrariedades político-administrativas cometidas pelo governo ilheense.

AUGUSTO É LÍDER DE BLOCO OPOSICIONISTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O deputado estadual Augusto Castro (PSDB) foi escolhido líder do bloco formado pelo seu partido, o PRB e o PSC. As três legendas somam sete parlaaugusto castro liderancamentares, que farão oposição ao governo Rui Costa (PT) – leia aqui.

Na condição de líder oposicionista, Castro diz que focará na “cobrança de resultados prometidos pelo PT e da realização de obras como a barragem do Rio Colônia, o Hospital Regional do Sul da Bahia e a conclusão do Centro de Convenções de Itabuna”.

A definição do PRB como oposicionista deverá ter influências na política local, já que o prefeito Claudevane Leite (Vane) – membro do partido – é Rui Costa desde criancinha. Ficam fortalecidas, portanto, as chances de Vane ir para o PT.

TRE-BA NEGA PEDIDO DE SUBSTITUIÇÃO DE CANDIDATO MORTO EM ACIDENTE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Ondumar era candidato pelo PSC e faleceu em acidente na BR-349

Ondumar era candidato pelo PSC e faleceu em acidente na BR-349

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) negou ontem (16) a substituição de candidatura a deputado estadual de Ondumar Marabá (PSC), morto em acidente na BR-349, em Correntina, em 25 de setembro. O pedido foi apresentado pelo filho da vítima, Ondumar Junior.
Os juízes do TRE baiano entenderam que o pedido somente poderia ser aceito se feito 60 dias antes da eleição, conforme legislação vigente, mas foi apresentado em 2 de outubro, às vésperas do pleito.
Ainda segundo entendimento do relatr juiz João de Melo Cruz Filho, a nova lei que permite a substituição em casos como este só entrará em vigor nas eleições de 2016. A Lei 12.891, de 2013, foi aprovada em dezembro do ano passado. Para valer neste pleito, teria que ser a, pelo menos, um ano.
A lei de minirreforma eleitoral reduziu de 60 para 20 dias o prazo para pedido de substituição de candidatura. Casos de morte seriam a exceção, com o pedido de substituição podendo ser apresentado até o dia anterior ao pleito.

IBOPE/CNI: DILMA ATINGE 39% E MARINA OSCILA PARA 31%. AÉCIO MANTÉM 15%

Tempo de leitura: < 1 minuto

dilma, marina e aécioPesquisa Ibope/Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada hoje, traz a presidente Dilma Roussef (PT) com 39% das intenções de voto e Marina Silva (PSB) com 31%. A diferença entre ambas dobrou em nove dias (4 para 8 pontos), segundo o Ibope. Na pesquisa divulgada dia 3, Marina estava com 33% e Dilma tinha 37%.
O senador Aécio Neves (PSDB) tem 15% das intenções de voto e Pastor Everaldo (PSC) aparece com 1%.
Nesta pesquisa, os demais candidatos, somados, têm 1%. De acordo com o Ibope, 8% dos entrevistados votariam em branco ou nulo e 5% estão indecisos.
Foram ouvidos 2.202 eleitores, no período de 5 a 8 de setembro, em 144 municípios. O levantamento está registrado sob o número BR-00593/2014. A margem de erro é de dois pontos percentuais.
SEGUNDO TURNO
Nas simulações de segundo turno, Marina tem 43% contra 42% de Dilma, cenário em que percentual de brancos e nulos atinge 10% e o de indecisos alcança 5%.
Dilma bateria Aécio por 48 a 33%. Brancos e nulos somariam 13% e indecisos, 6%. Marina chega a 41% contra 27% de Aécio. Brancos e Nulos alcançariam 14% ante 8% de indecisos.

DILMA TERÁ MAIS QUE O DOBRO DE TEMPO DE AÉCIO NO HORÁRIO ELEITORAL

Tempo de leitura: 2 minutos

horário eleitoral tvO Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou hoje (10) a estimativa de tempo que os 11 candidatos à Presidência da República terão no horário eleitoral no rádio e na televisão, que começa no dia 19 de agosto. Os números serão apresentados aos partidos em audiência pública na quarta-feira (16). Após as coligações tomarem conhecimento da minuta, o plano de divulgação definitivo será colocado em votação no plenário do tribunal.
Segundo os dados, a coligação Com A Força do Povo, da candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT), terá 11 minutos e 48 segundos. A coligação Muda Brasil, do candidato Aécio Neves (PSDB), ficou com 4min31s. Eduardo Campos (PSB), da Coligação Unidos pelo Brasil, terá um 1min49s.
O restante do tempo no rádio e na TV ficou dividido entre o PSC, do Pastor Everaldo (um minuto e oito segundos); PV, de  Eduardo Jorge (um minuto e um segundo); PSOL, da candidata Luciana Genro (51 segundos), e Eymael, do PSDC (47 segundos). Os candidatos Levy Fidelix (PRTB), Zé Maria (PSTU), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) terão 45 segundos para expor suas ideias.
O bloco de 20 minutos que será destinado aos que disputam a Presidência da República foi dividido de acordo com o número de partidos e coligações que registraram candidaturas ao cargo e a suas representações na Câmara dos Deputados.
O TSE definirá a primeira ordem de exibição dos programas em sorteio no dia 5 de agosto. Nos programas seguintes, a ordem seguirá o critério de rodízio. Caso a disputa vá para segundo turno, o bloco de 20 minutos será dividido de forma igualitária entre as coligações. Informações da Agência Brasil.

ENCONTRO DO PSC EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O PSC de Itabuna promoverá encontro municipal neste domingo (19), às 14h, no plenário da Câmara de Vereadores. Segundo o presidente, José Teles, o evento terá a participação de líderes estaduais e nacionais do partido.
Polêmico, o deputado estadual Sargento Isidório está entre os confirmados na festa. Após o encontro, o partido inaugurará a sede do diretório, na Avenida Juracy Magalhães, 172, centro, às 17h.

Back To Top