skip to Main Content
28 de maio de 2020 | 03:43 pm

CHAPÃO REÚNE NANICOS E PPS NA BA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Enquanto o PSDB e o DEM brigam entre si, parece que as coisas andam muito bem na ala geddelista da disputa eleitoral. Cinco partidos do arco de aliança da candidatura de Geddel Vieira Lima praticamente fecharam colicação para a disputa à Assembleia Legislativa. PTdoB, PMN, PSDC, PPS e PRP vão se coligar e esperam eleger, no mínimo, seis deputados para a próxima legislatura. Mas muitos dos que estão na aliança não vão trabalhar com o mesmo candidato a governador…

ESQUECERAM DE MIM…

Tempo de leitura: < 1 minuto

 

Os caciques do PTdoB, PMN, PSDC e PRP dizem ter consultado os “filiados e lideranças” antes de optar pelo apoio a Geddel. Na verdade, não foi bem assim…

A nota pública divulgada sobre o assunto tenta abafar um princípio de rebelião entre políticos (com mandato) de alguns desses partidos, que dizem não ter sido consultados sobre a aliança e que, portanto, foram pegos de surpresa.

Encontram-se no time dos esquecidos os deputados estaduais Getúlio Ubiratan (PMN), Antônia Pedrosa (PTdoB) e Capitão Fábio (PRP).

“NANICOS” CONFIRMAM ALIANÇA COM PEEMEDEBISTA

Tempo de leitura: 1 minuto

Os dirigentes de PMN, PSDC, PRP e PTdoB emitiram nota pública, nesta noite de quarta-feira, 28, selando a aliança com o ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB), na disputa ao Palácio de Ondina.

O quarteto formado por Antônio Balbino (PSDC), Jorge Aleluia (PRP), Dilma Gramacho (PTdoB) e Carlos Massarolo (PMN) diz que a decisão de apoiar o peemedebista é “fruto do entendimento de que a Bahia não pode continuar andando para trás”.

A aliança significa baixa para a bancada governista na Assembleia Legislativa. O PRP tem três deputados estaduais; o PMN, um; e o PTdoB tem uma deputada. Nos bastidores, a disposição do deputado Capitão Fábio é resistir à decisão do PRP e continuar votando com o governo de Jaques Wagner.

Leia Mais

PMN E PSDC (CONTEMPLADOS) FECHAM COM NEWTON

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Bahia Online

Newton jogou a i$ca e pesca apoios.

Newton jogou a i$ca e pesca apoios.

Acabaram os problemas do prefeito Newton Lima para arrumar o PSDC no governo municipal. O presidente do diretório municipal do partido, Jorge Farias, aceitou e vai ocupar um importante departamento na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, dirigida por Augusto Macedo, nome indicado pela deputada Ângela Sousa.

Está resolvido o coletivo. Mas o prefeito Newton Lima ainda terá dificuldades com o individual. O vice-presidente da Câmara, Edvaldo Nascimento, o Dinho Gás, se recusou a conversar sobre o acordo caso não se fechasse, desde já, o apoio do governo ao seu nome para a presidência da Câmara em 2011. Resultado: Newton fechou com o PSDC de Farias e do vereador Gilberto Souza, o Bel do Vilela, e praticamente isolou Dinho Gás.

“Não temos mais ânimo para conversar sobre apoio com o vereador Edvaldo Nascimento”, disse na noite desta sexta-feira o vereador Alcides Kruschewsky, um dos responsáveis pela conversa mantida com os partidos políticos que a acertaram o novo bloco de sustentação do governo.

Com o acerto com o PSDC, os últimos acordos que devem ser fechados no início da próxima semana são caseiros. Ou seja: com o próprio PSB, partido de Alcides e do prefeito Newton Lima. O PSB deve indicar duas secretarias: Educação e Governo.

LEIA MAIS

Back To Top