skip to Main Content
28 de março de 2020 | 12:09 pm

DIÁRIO DE UM ISOLAMENTO SOCIAL – CAPÍTULO 01

Tempo de leitura: 2 minutos

É sábado à noite. Escrevo enquanto escuto um especialista explicar no Jornal Nacional, da Rede Globo, que é preciso viver um dia de cada vez para evitar o estresse e a ansiedade. Respiro fundo, mas confio na seriedade e serenidade do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Manuela Berbert || manuelaberbert@yahoo.com.br

Fui uma das pessoas que, ao ficar em casa voluntariamente, chamei o meu movimento de quarentena, até entender que não é isto o que estou vivendo. Estou isolada socialmente, em minha própria residência, respeitando uma medida preventiva dos Governos, na tentativa de amenizar a disseminação do COVID-19, conhecido popularmente como coronavírus.

Tenho um coração dividido, neste momento: de um lado, a tentativa de não acompanhar todas as notícias e me distanciar de sentimentos como medo e ansiedade. Do outro, uma curiosidade absurda para tentar entender o que está acontecendo de fato, e porque a Itália divulgou, há algumas horas, a morte de 793 pessoas em um único dia, inclusive ultrapassando o número de vítimas da China, onde tudo começou.

Uma das palavras que mais tenho escutado, há alguns dais, é Lombardia, região mais populosa da Itália cuja capital é Milão. A tão sonhada por tantos brasileiros! Tão sonhada quanto o Rio de Janeiro e São Paulo. Impossível não fazer a associação. Impossível não lembrar que as primeiras mortes pela infecção estão acontecendo por lá. Impossível não pensar que o COVID-19 está pontuando nas regiões da classe média e alta, e que se chegar a um barraquinho sequer de uma daquelas tantas favelas do Rio, ou na gigantesca população que mora nas ruas de São Paulo, o Brasil não terá a menor condição de contabilizar ou conter. Lamentavelmente.

É sábado à noite. Escrevo enquanto escuto um especialista explicar no Jornal Nacional, da Rede Globo, que é preciso viver um dia de cada vez para evitar o estresse e a ansiedade. Não sabemos quanto tempo tudo isso irá durar. Respiro fundo, mas confio na seriedade e serenidade do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. O nosso presidente, Bolsonaro, chama a pandemia de gripe e desfaz das ações enérgicas dos Governadores dos Estados Brasileiros. Desconfiam que ele esteja negando a própria infecção. Desconfio que muitos ainda negam sua insanidade…

Manuela Berbert é publicitária.

“PAPO DE MULHER” ABORDA OS TRANSTORNOS DA ANSIEDADE NA CONTEMPORANEIDADE

Evento para mulheres discutiu os transtornos da ansiedade
Tempo de leitura: 2 minutos

Priscila Nascimento, Nayane Lemos e Ingrid Meireles foram as psicólogas palestrantes na noite desta quarta-feira (11), no Papo de Mulher, da Associação Comercial de Itabuna. O evento reuniu as participantes do Núcleo de Mulheres Empreendedoras e convidadas e abordou técnicas e tratamento da ansiedade.

“O que a gente traz é essa desmitificação de que a ansiedade é uma doença, quando na verdade ela nos ajuda a reagir diante de alguma dificuldade. É importante entender até que ponto é normal e quando passa a ser patológica e vira doença”, explicou Ingrid Meireles

A intenção do grupo em trabalhar o tema ansiedade na contemporaneidade foi para que, por meio das explanações e discussões, fosse possível contribuir para a melhoria comportamental das empreendedoras, melhorando assim, o desempenho profissional das mesmas.

“E é importante destacar que esse assunto precisa ser tratado, porque pode gerar vários outros transtornos em decorrência da ansiedade e o que fizemos foi intervir para contribuir com a redução de danos para essas mulheres”, complementou Priscila Nascimento.

“Quando conhecemos as causas e a forma como lidar com a ansiedade, através da vivência diária é possível ter um melhor controle e também contribuir com a melhoria de amigos”, enfatizou Nayane Lemos.

A reunião teve a participação da Patrulha Guardiã Maria da Penha em Itabuna, que falou sobre o trabalho de acolhimento das mulheres vítimas de violência. Também foram realizadas dinâmicas e sorteios de brindes em comemoração ao dia da Mulher.

REFLEXÃO

Para a vice-presidente da ACI, Paula Ganem, o encontro foi muito inspirador, um momento de reflexão para a vida pessoal e profissional. “Foi uma oportunidade que tivemos para perceber onde precisamos desacelerar e também, aprender a construir uma inteligência emocional para o dia a dia. Além disso, pudemos analisar as questões da violência contra a mulher, e não aceitar agressões de nenhuma forma. Foi uma reunião bastante ampla e proveitosa, sem contar as mediadoras foram sensacionais”, concluiu.

A IMPORTÂNCIA DO PSICÓLOGO NOS TRANSTORNOS PSICOLÓGICOS

Tempo de leitura: 2 minutos

Carolina Loureiro | caro.loureiro@hotmail.com

 

 

Quando se fala em psicologia atual e transtornos psicológicos no século XXI, é preciso falar sobre depressão, ansiedade, síndrome do pânico e distúrbios alimentares. Estes são os que mais acometem pessoas de todas as idades ao redor de todo o planeta.

 

Na sociedade atual, o nível de exigência aumentou; consumo, padrões, trabalho, sucesso e objetivos a serem cumpridos de forma rápida. Como consequência para tal situação, as pessoas passaram a trabalhar freneticamente para alcançar essas exigências, um esforço que vai além do possível e do saudável.

A situação exposta torna comum em diversas pessoas, o surgimento de sintomas, como ansiedade, estresse, compulsão alimentar e pânico, entre outros. Para lidar com esses transtornos, é extremamente importante a busca por um psicólogo. Ele irá olhar para o indivíduo de forma integral, para compreender o sujeito em sua dimensão biológica, psicológica e social, auxiliando o mesmo na busca por autoconhecimento.

Quando se fala em psicologia atual e transtornos psicológicos no século XXI, é preciso falar sobre depressão, ansiedade, síndrome do pânico e distúrbios alimentares. Estes são os que mais acometem pessoas de todas as idades ao redor de todo o planeta. Vale ressaltar que um transtorno pode desencadear outro e um indivíduo apenas pode sofrer com todos eles.

A depressão é um transtorno emocional que cresce em todo o mundo, atualmente atinge cerca de 11,5 milhões de brasileiros, o que deixa o país na liderança de maior registro dos casos na América Latina, segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde.

A ansiedade já é considerada o mal do século. É a partir dela que surge a síndrome do pânico. Já os distúrbios alimentares têm o seu início, principalmente na adolescência e no começo da adulta, eles estão relacionados a uma série de consequências psicológicas e pressões sociais para o chamado ‘corpo perfeito’.

De acordo com especialistas da área, os preconceitos e estigmas enraizados aos transtornos psicológicos colaboram para a evolução das doenças, já que muitas vezes o problema é mal interpretado, encarado como algo simples e momentâneo.

O papel do psicólogo neste tipo de tratamento é encontrar meios de ajudar o paciente, orientando-o a buscar alternativas para amenizar as características e os alicerces que permeiam os transtornos. Na maioria dos casos, o acompanhamento por meio de consultas pode melhorar ou até mesmo cessar os sintomas, a frequência é
necessária, a não desistência do tratamento é indispensável.

Carolina Loureiro é psicóloga, especialista em gestão de pessoas e psicologia organizacional, especialista em avaliação psicológica e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica.

PROUNI OFERECE 476 BOLSAS EM FACULDADES DE ILHÉUS E ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos
Inscrições no Prouni vão até dia 3 (Foto Pimenta).

Inscrições no Prouni vão até a próxima sexta-feira (Foto Pimenta).

Estudantes que fizeram o último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e desejam disputar bolsas do Programa Universidade para Todos (Prouni) terão 43 opções de cursos superiores em faculdades de Itabuna e outras 25 opções em Ilhéus. No total, são 476 bolsas integrais e parciais, de acordo com o Ministério da Educação (MEC). As inscrições para concorrer às vagas começaram hoje (31) e terminam no próximo dia 3.

As faculdades em Itabuna oferecem 327 bolsas integrais e 6 bolsas parciais pelo programa. Dentre as instituições com vagas pelo Prouni, estão a FTC e a Unime. Dentre os novos cursos oferecidos em Itabuna pelo Prouni, está Medicina Veterinária, na FTC, com 2 bolsas, ambas integrais.

Já em Ilhéus, as instituições particulares de ensino superior disponibilizam 69 bolsas integrais e 74 parciais, conforme levantamento feito pelo PIMENTA. As opções são para aulas presenciais e a distância.

Administração e Direito são os cursos que oferecem mais bolsas pelo Prouni em Itabuna, com 31 e 30 vagas, respectivamente. Outras opções bastante concorridas e com bom número de bolsas são os cursos de Enfermagem (23), Engenharia Civil (22) e Psicologia (14).

As maiores ofertas de bolsas em faculdades de Ilhéus são para Enfermagem (15), Direito (14) e Administração (13). Dos cursos mais caros, Odontologia (Faculdade de Ilhéus) tem oferta de 4 bolsas, todas integrais. A mensalidade deste curso custa R$ 1.891,00, segundo informado pela instituição ao MEC.

CRITÉRIOS DO PROUNI

 

Para participar do Prouni, o estudante precisa ter obtido 450 pontos, na média, no Enem, e não ter zerado a prova de redação.

O candidato precisa, ainda, ter estudado o Ensino Médio em escola pública ou ter sido bolsista integral na rede particular. Pessoas com deficiência podem disputar bolsa, independente da escola em que tenha estudado.

Professores da rede pública e que estejam no exercício da profissão também podem concorrer, sem precisar comprovar renda.

RENDA

A renda bruta familiar mensal não pode ser superior a um salário mínimo e meio para bolsas integrais. Para disputar bolsa parcial, a renda não deve superar três salários mínimos.

ITABUNA TERÁ CURSOS DE ODONTOLOGIA E MEDICINA EM 2016

Tempo de leitura: < 1 minuto
Curso será oferecido na Unime Itabuna.

Curso será oferecido na Unime Itabuna.

O primeiro curso superior de Odontologia será oferecido por uma faculdade particular em Itabuna em 2016. A Unime anunciou o lançamento do curso, além da oferta de vagas em Biomedicina, antes disponível apenas na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Madre Thaís na região cacaueira.

Serão 320 vagas anuais no campus itabunense da faculdade com as primeiras turmas formadas já no primeiro semestre.

Os dois cursos de bacharelado integrarão a área de saúde. A faculdade oferece, na mesma área, cursos de Enfermagem, Fisioterapia, Psicologia, Educação Física e Farmácia da instituição.

FACULDADE DE MEDICINA

O número de vagas de ensino superior na área de saúde, no município, aumentará ainda mais em 2016, quando Itabuna ganha primeira faculdade de Medicina.

Serão 80 vagas por semestre, oferecidas pelas Faculdades Santo Agostinho, que venceu o edital do Programa Mais Médicos. Das vagas, dez por cento serão reservadas a bolsistas.

PESQUISA REVELA ESTADO DAS PRAÇAS DE ITABUNA; EMPRESAS ADOTAM ESPAÇOS

Tempo de leitura: 2 minutos
Alunos da Unime durante ação na  praça do Vila Zara.

Alunos da Unime durante ação na praça do Vila Zara.

Um levantamento em 38 praças públicas de Itabuna concluiu que 90% dos itens de mobiliário são ruins, não têm conservação ou necessitam de reforma. O trabalho foi feito por estudantes e professores de Arquitetura e Urbanismo e de Psicologia da Unime.

No diagnóstico, foram avaliados desde bancos, sistema de iluminação, lixeiras, sanitários, equipamentos para exercícios e pontos de ônibus e de táxis nestes espaços. Ao avaliar por sistema de notas, as praças obtiveram conceito entre 0,5 e 1,5.

O projeto de avaliação pós-ocupação das praças já analisou e catalogou 20 praças. Com a divulgação dos primeiros resultados do projeto, prefeitura e empresas privadas iniciaram a reforma dos espaços. A ação é feito por meio de adoção de praça por parte de empresas.

A primeira do projeto a ser adotada foi a Pastor Hélio Lourenço, antiga Praça da Cotef, na Beira-Rio, que será requalificada e reurbanizada. O espaço é utilizado para a prática de esportes como vôlei de areia e futevôlei. Foi adotado pelo Shopping Jequitibá.

– As pesquisas e análises obtidas em nosso projeto, contribuíram para a adoção das praças e para a realização do projeto Adote uma Praça, da Prefeitura Municipal de Itabuna, em parceria com empresas locais, que através dos dados coletados, identifica as deficiências do local e propõe uma reforma com o intuito de atender as necessidades e solicitações da população –  diz a professora Simone Gualberto, da Unime.

TJ-BA DIVULGA EDITAL PARA 1,3 MIL VAGAS DE ESTÁGIO PARA NÍVEIS MÉDIO E SUPERIOR

Tempo de leitura: < 1 minuto

 

Seleção pública abre 1,3 mil vagas em comarcas da capital e interior (Foto TJ-BA).

Seleção pública abre 1,3 mil vagas em comarcas da capital e interior (Foto TJ-BA).

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) publicou edital de processo seletivo para a contratação de 1,1 mil vagas de estágio de nível superior, além das 200 vagas para nível médio. A publicação ocorreu nesta segunda (14), na edição eletrônica do Diário da Justiça.
CONFIRA O EDITAL

As vagas disponíveis para nível superior são para estudantes dos cursos de Direito, Administração, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Tecnologia da Informação, Psicologia, Arquitetura, Enfermagem e Serviço Social. É preciso ter pago, pelo menos, 50% das matérias.

Das 1,3 mil vagas, 5% estão reservadas a pessoas com deficiência, conforme edital. A seleção será feita pela Metrópole, vencedora de licitação do TJ-BA.

As inscrições começam amanhã (16) e vão até dia 31 de julho. Já as provas, serão aplicadas no dia 17 de agosto. A divulgação dos resultados está prevista para o dia 29 de agosto.

As vagas de nível superior serão distribuídas entre comarcas de Salvador e do interior. As de nível médio são apenas para a capital.

MATERIAL DESCARTÁVEL

Tempo de leitura: 3 minutos

Karoline VitalKaroline Vital | karolinevital@gmail.com

Com toda propaganda ostensiva do FIES – inclusive no boleto das mensalidades – a instituição demonstra total desinteresse em manter os alunos.

O setor era um grande vão, organizado por divisórias de MDF. A maior parte dos funcionários pareciam clones das cunhadas gêmeas do Homer Simpson, mas sem os cigarros pendendo no canto da boca. Olhar vitrificado, expressão facial de como se tivessem acabado de engolir um remédio amargo.  A fala no ambiente era baixa, com poucas inflexões. E, ao redor, o contraste de toda alegria dos jovens estampados nos cartazes, na celebração de terem alcançado o grande triunfo do nível superior, pagando os juros colossais do Financiamento Estudantil.
Aguardava na fila a minha vez de pegar o reembolso da minha matrícula. Tinha sido aprovada em primeiro lugar para o curso de psicologia. Quando prestei o vestibular, fui criticada por familiares e amigos, que julgavam bobagem eu enfrentar outra graduação. “Você deve tentar um mestrado ou um concurso público”, ouvi de alguns. Mas psicologia era algo que sempre me empolgou. Sou fascinada pelo comportamento humano, como somos bichinhos pretensiosamente mais espertos que os outros, mas primitivamente tão previsíveis.
A gente faz planos para a vida, mas o destino às vezes disponibiliza rumos totalmente diferentes dos idealizados, acabei não tendo condições para arcar com os compromissos financeiros para entrar no curso logo no primeiro semestre. Assim, na primeira semana do ano, procurei a secretaria acadêmica para solicitar a manutenção da minha vaga para o segundo semestre, explicando todas as minhas razões.
As moças que me atenderam até foram simpáticas e me deram o prazo de 72 horas para uma resposta via email. O tempo passou e nada. Eu ligava para pedir algum posicionamento e nada. Fui à faculdade duas vezes e nada. Passaram-se duas semanas e a única resposta que obtive é que meu requerimento estava sendo analisado. E mais nada.
Com a proximidade do início das aulas próximas e a falta de qualquer parecer, decidi cancelar minha matrícula. Foi algo dolorido, contudo o mais racional. Pedi outro requerimento e fui ao setor financeiro. Quando entreguei o papel, o funcionário sequer me perguntou o motivo pelo qual eu pedia o meu desligamento prematuro. Explicou-me os procedimentos com naturalidade e, no prazo estabelecido, enviou-me um email comunicando que o meu reembolso já estava disponível.

Leia Mais

PROUNI OFERECE 657 BOLSAS EM ITABUNA E ILHÉUS. INSCRIÇÃO JÁ COMEÇOU

Tempo de leitura: 2 minutos

Prouni 2014

______________________________________________
Arquitetura e Urbanismo, Enfermagem, Farmácia
Logística e Odontologia estão entre opções de curso

As inscrições no Programa Universidade para Todos (Prouni), do Ministério da Educação, começaram nesta madrugada de segunda (13) com a oferta de 657 bolsas  integrais e parciais em faculdades privadas em Ilhéus e Itabuna. O prazo de inscrição encerra-se na sexta (17). O resultado da primeira chamada está previsto para dia 20.
O programa federal oferece 590 bolsas integrais e 67 parciais em faculdades das duas maiores cidades do sul da Bahia. As bolsas parciais são oferecidas apenas por instituições de ensino superior em Ilhéus.
A maioria das vagas está em Itabuna, onde são disponibilizadas 439 bolsas, todas elas integrais e divididas por 21 cursos nas faculdades Unime, Unopar, Uniasselvi e Unisa, de acordo com levantamento feito pelo PIMENTA com base nos dados do MEC. As instituições privadas ilheenses oferecem total de 218 bolsas, boa parte na modalidade ensino a distância, em 20 cursos.
CLIQUE AQUI PARA INSCRIÇÃO NO PROUNI
Para a inscrição, o MEC solicita o número de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado, além da senha.
Além de ter participado do Enem 2013, o candidato precisa ter obtido nota média igual ou superior a 450 para poder se inscrever no Prouni. Outra condição é ter cursado o ensino médio em escola pública ou ter sido bolsista em escola particular e ainda não ter curso superior completo.
BOLSA INTEGRAL OU PARCIAL?
O candidato pode disputar bolsa integral no Prouni caso a renda bruta familiar mensal por pessoa seja igual ou inferior a um salário mínimo e meio (R$ 1.086,00). Já para concorrer à bolsa parcial, a renda bruta familiar deve ser de, no máximo, três salários mínimos (R$ 2.172,00) por pessoa. No leia mais, confira a oferta de cursos e de vagas em Ilhéus e Itabuna.

Leia Mais
Back To Top