skip to Main Content
4 de julho de 2020 | 03:52 pm

PARA KASSAB, SERRA PODE APOIAR DILMA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Uol
O prefeito Gilberto Kassab (PSD) confirmou nesta sexta-feira (2) a conversa com o presidente do PT, Rui Falcão, em que disse que José Serra (PSDB) preferiria a reeleição de Dilma Rousseff a apoiar uma eventual candidatura do também tucano Aécio Neves à Presidência em 2014.
“Eu falei em meu nome. Eu disse, em algum momento do ano passado, que eu achava que existia um risco se o Serra fosse prefeito, diante da tensão que existia, de até não apoiar [Aécio Neves]. Isso eu falei mesmo, é verdade”, afirmou o prefeito.

EDNEI TOMA POSSE. HUGHES E SIMÕES CONTINUAM

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ednei Mendonça é o novo secretário de Governo de Ilhéus (foto Clodoaldo Ribeiro)

Os secretários ilheenses da Administração, Fernando Hughes, e da Saúde, Alexandre Simões, desistiram de abandonar suas pastas. Como fazem parte do mesmo grupo do ex-titular da Secretaria de Governo, Alisson Mendonça, os dois iriam seguir o mesmo caminho do companheiro, ou seja, entregariam os cargos ao prefeito Newton Lima. Segundo o Jornal Bahia Online, o desembarque foi abortado pelo deputado estadual Rosemberg Pinto, que operou para evitar o agravamento da crise interna no PT e acabou deixando Alisson “sozinho na buraqueira”.
Quem tomou posse hoje pela manhã na Secretaria de Governo, conforme estava previsto, foi o professor Ednei Mendonça, do grupo do deputado federal Josias Gomes.  Nos bastidores palacianos, houve uma queda-de-braço entre o grupo de Josias e o de Geraldo Simões pela Secretaria de Governo. Alisson queria voltar para a Câmara de Vereadores e emplacar Fernando Hughes na pasta; Josias trabalhou para colocar Ednei no cargo e acabou emplacando sua indicação.

EDNEI TOMA POSSE NA SEXTA-FEIRA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O professor Ednei Mendonça deverá tomar posse nesta sexta-feira, 3, no cargo de secretário de Governo de Ilhéus. Ele irá substituir o vereador Alisson Mendonça, seu correligonário no PT, que entrega a Secretaria para retornar ao legislativo.
Alisson anunciou ontem que não somente deixa o executivo, como também está rompendo com o prefeito Newton Lima. Ele fez críticas ao governo, afirmando que o prefeito do município, de fato, é o secretário de Finanças Jorge Bahia. “Nós fizemos um acordo com Newton, mas quem governa é o secretário”, disparou.
Além de ir para a Secretaria de Governo, Mendonça, que faz parte do grupo do deputado federal Josias Gomes, vê sua esposa, a vereadora Carmelita Ângela, ser indicada pela executiva municipal do PT como candidata à sucessão de Newton Lima.  Oficialmente, a escolha ainda depende do prefeito, mas a preferência do partido pelo nome de Carmelita fortalece a vereadora.
Segundo fontes petistas, foi essa indicação do diretório e a suposta intenção do prefeito de aceitá-la que teria levado Alisson Mendonça a romper com a administração municipal. O vereador anunciou seu retorno à Câmara para a próxima semana.

TIRIRICA QUER DISPUTAR ELEIÇÃO COM SERRA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O palhaço Tiririca, que é também deputado federal e foi o puxador de votos do PR no estado de São Paulo na eleição de 2010, pensa em disputar a prefeitura paulistana este ano. O Partido da República, que não sabia se apoiava Fernando Haddad (PT) ou José Serra (PSDB), optou por apresentar o folclórico pré-candidato. De acordo com a legenda, a decisão de seu a partir de sugestões recebidas de eleitores.
O PR é aliado do PT no plano federal, mas tem fortes ligações com o tucanato paulista. Sair com Tiririca seria uma maneira de evitar problemas nas duas relações… Ou aumentar o poder de barganha e garantir bons cargos no futuro.
Quem sabe Tiririca venha a desistir da candidatura para se tornar, talvez, o secretário da Educação da Prefeitura de São Paulo…

ALISSON VAI ROMPER COM NEWTON LIMA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Vereador diz que fez acordo com Newton, mas quem governa é Bahia

O secretário de Governo de Ilhéus, Alisson Mendonça, disse há pouco ao PIMENTA que entregará nesta quarta-feira, 29, seu pedido de exoneração ao prefeito Newton Lima. Afirmou também que está rompendo politicamente com o governo, alegando que entrou na administração por acordo com Newton, mas quem governa de fato o município é o secretário de Finanças, Jorge Bahia.
No domingo, 26, Alisson estava no mesmo palanque de Newton no distrito de Inema, onde o prefeito inaugurou a pavimentação de uma rua. No evento, o gestor declarou que o secretário estaria entre os três possíveis pré-candidatos a prefeito de Ilhéus pelo PT. Os outros seriam a vereadora Carmelita Ângela e o deputado federal Josias Gomes, que também estavam no distrito.
O anúncio de Newton é visto como parte de um plano que pretende levar a vereadora Carmelita a ser a vice numa chapa encabeçada por Jabes Ribeiro (PP). Essa pelo menos é a tese do grupo de Alisson, ligado ao deputado federal Geraldo Simões.
Um detalhe nessa briga é que hoje à tarde o suplente de Alisson Mendonça na Câmara, Rafael Benevides, tomou posse no mandato. Ele vinha protestando porque o presidente do legislativo, Dinho Gás, não supria a vaga deixada pelo titular. O presidente finalmente o fez, mas a alegria de Benevides vai durar pouco.

PT (É CLARO) SE DIVIDE NA SUCESSÃO DE NEWTON LIMA

Tempo de leitura: 2 minutos

Pouco importa que o prefeito de Ilhéus, Newton Lima (PT), tenha proclamado que o seu candidato à sucessão será pinçado da “lista tríplice” formada pelo deputado federal Josias Gomes, o secretário de Governo Alisson Mendonça e a vereadora Carmelita Ângela (confira). O fato é que nada está certo e o ninho petista em Ilhéus se encontra no mais completo alvoroço.
Em disputa, as correntes ligadas a Josias Gomes, de um lado, e ao também deputado Geraldo Simões, do outro. Até aí, nenhuma novidade. Porém, novo mesmo é que o grupo de Geraldo vislumbra artimanhas do arco da velha na proclamação de Inema.
A interpretação do grupo geraldista é de que a lista tríplice é cortina de fumaça e faz parte de uma estratégia pela qual o nome petista para a sucessão será o da vereadora Carmelita. Mas não para a cabeça de chapa e sim para (aí vem bomba!) ser a vice de Jabes Ribeiro (PP).
“Mas como?”, perguntarão petistas espantados, principalmente porque Ribeiro tem dito cobras e lagartos da companheirada e afirmado que os vê quase como leprosos com os quais não arriscaria sequer um cumprimento, quanto mais uma chapa. Além de tudo, o artífice da manobra, Josias Gomes, enfrentaria resistências em seu próprio grupo para emplacar o apoio.
Como em política até o impossível é relativo, os petistas ortodoxos (se é que ainda existem) que se cuidem. Geraldo Simões, que é pós-graduado nessas tretas, já tomou as providências dele. Diz que seu grupo mantém o nome de Alisson Mendonça e ainda apresenta novamente o empresário Nilton Cruz, que caminhava para fora do páreo.
A briga vai ser feia!

JABES DIZ NÃO AO PT

Tempo de leitura: < 1 minuto

Apesar de ser cacique de um dos partidos da base de apoio do governador Jaques Wagner, o PP, Jabes Ribeiro tem sido duro na negociação de alianças para as eleições deste ano, quando se coloca a possibilidade de apoio ao Partido dos Trabalhadores.
Ontem (27), em reunião do conselho político que discute as possíveis coligações nos muniçipios, Jabes foi veemente ao recusar a possibilidade de que o PP apoie o PT em Itabuna. Diz que seu partido tem candidato, o empresário Roberto Barbosa. Pelo menos por enquanto…
Em Ilhéus, onde é pré-candidato a prefeito, Jabes também não quer conversa com o PT e já declarou até não aceitar o apoio de quem faça parte do governo petista de Newton Lima.

ALISSON NÃO TOMA POSSE. NEM O SUPLENTE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Benevides diz que o povo, titular do mandato, não sabe o que está acontecendo na Câmara de Ilhéus

O suplente de vereador Rafael Benevides (PP)  foi para a rádio Santa Cruz de Ilhéus nesta manhã “chiar” porque o presidente do legislativo municipal, Dinho Gás, não lhe dá posse.
A Câmara voltou do recesso no dia 15 de fevereiro e permanece com 12 vereadores. Alisson Mendonça (PT) está fora temporariamente, na Secretaria de Governo, da qual já anunciou a saída, mas ainda não o fez porque negocia com o prefeito na tentativa de emplacar o substituto.
Ligado ao deputado federal Geraldo Simões, Alisson quer deslocar o secretário da Adminstração, Fernando Hughes, para o Governo. Outra corrente petista, afinada com Josias Gomes, defende o nome de Ednei Mendonça, ex-diretor da Direc 6. No meio da queda-de-braço, o prefeito Newton Lima, atarantado, sem saber o que fazer.
Atarantado está também Benevides, que já ocupou a cadeira na Câmara em outra oportunidade, quando Alisson saiu para assumir a Secretaria de Planejamento. Acabou punido por “mau-comportamento”, pois dedicou o mandato a promover frequentes ataques ao governo do qual Alisson Mendonça faz parte e até ao próprio, Alisson, de quem curiosamente Benevides é parente.
Agora, o suplente reclama (com toda razão) porque a Câmara não lhe dá posse. Ele afirma que “o verdadeiro titular do mandato é o povo, que não sabe o que está acontecendo no legislativo ilheense”.

OS UNGIDOS DE NEWTON LIMA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito de Ilhéus, Newton Lima (PT), inaugurou obra neste domingo, 26, no distrito de Inema, e não perdeu a oportunidade de fazer política. No palanque, Lima afirmou que dentre as pessoas que estavam ao seu lado naquele evento sairia seu indicado para a sucessão.
Quem estava ao lado do prefeito?
O secretário de Governo, Alisson Mendonça; o deputado federal Josias Gomes e a vereadora Carmelita Ângela…

Back To Top