skip to Main Content
2 de março de 2021 | 03:01 pm

PREFEITO FERNANDO GOMES DIZ QUE VAI TRANSMITIR CARGO AO SUCESSOR DIA 1º DE JANEIRO

Fernando Gomes Oliveira
Tempo de leitura: 2 minutos

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (PTC), terceiro colocado nas eleições municipais deste ano, disse que deseja muito sucesso ao prefeito eleito Augusto Castro (PSD), a quem vai transmitir o cargo dia 1º de Janeiro no Teatro Candinha Doria. “Deus  [o] abençoe para que possa fazer um bom governo em benefício da população”, afirmou.

Ao fazer um balanço do final do mandato, com o qual encerra a carreira política iniciada na década de 1960, Fernando Gomes disse ainda não guardar mágoa pela derrota política em 2020. “Ao contrário, estou bastante feliz. Fiz a melhor das minhas gestões, neste quinto mandato, quando mais trabalhei. Contei com o apoio do governador Rui Costa de quem me tornei amigo, independente de política”, resumiu em entrevista ao Balanço Geral, da Record TV Cabrália.

Ao falar do encerramento de sua vida pública, o atual prefeito reconheceu que teve dificuldades ao longo da gestão iniciada em 2017. Citou a dívida de mais de R$ 100 milhões apenas com o FGTS que deixará ao sucessor, mas afirmou que espera que ele tenha mais sorte em negociá-la.

“Mudei a lei. A Prefeitura não vai pagar mais o FGTS. Tentei fazer acordo para pagar em 240 meses, mas só me deram 100 meses. Dessa forma, a dívida é impagável”, esbravejou. Gomes revelou que os ex-prefeitos Capitão José Nilton Azevedo (2009-2012) e Claudevane Leite, o Vane do Renascer (2013-2016) em oito anos não pagaram nenhuma parcela do FGTS, daí a dívida.

O ainda prefeito de Itabuna declarou que deseja pagar os salários de dezembro do funcionalismo, disse não ter atrasados e deixará em caixa, pelo menos, R$ 30 milhões somente na Secretaria da Saúde e outros R$ 8 milhões do “PACÃO”, recurso contratado em 2012 por Azevedo para pavimentação de bairros da zona oeste. Por último, fez seu agradecimento aos eleitores de Itabuna por tê-lo apoiado ao longo de sua vida pública.

ITAJUÍPE: MDB FECHA APOIO A SI DANTAS, QUE CONTARÁ COM SEIS PARTIDOS

Si Dantas contará com, pelo menos, seis partidos na disputa em 2020
Tempo de leitura: < 1 minuto

Pré-candidata a prefeita de Itajuípe pelo Progressistas (PP), Si Dantas terá o apoio de, pelo menos, seis legendas na sucessão municipal. Ao PP, DEM, PSL, PSB e PTC, juntou-se o MDB, que confirmou apoio à pré-candidata nesta quarta (9).

Si Dantas, que já foi vice-prefeita de Itajuípe, fará convenção no próximo dia 16, das 14h às 20h, na Rua Carneiro Ribeiro, 73, Centro. A pré-candidata que faz parte da base de apoio do governador Rui Costa(PT), e tem o apoio do vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia e presidente do PP baiano, João Leão.

GERALDO DIZ QUE FERNANDO FAZ PIOR GESTÃO DA HISTÓRIA E FORMOU A “CHAPA CORONAVÍRUS”

Geraldo diz que Son e Fernando (no detalhe) formam a Chapa Coronavírus || Fotomontagem
Tempo de leitura: < 1 minuto

Recolhido desde o início da pandemia, o ex-prefeito Geraldo Simões (PT) tem se valido das redes sociais para falar de propostas de governo e dar pitacos sobre a política nacional e local.

Hoje, o pré-candidato avaliou que o seu rival histórico nas urnas, o prefeito Fernando Gomes (PTC), terá grande desafio na peleja de 2020: explicar os mais de 3,8 anos de governo.

Geraldo define o atual governo de Fernando como “a pior gestão da história” de Itabuna.

Por meio do Twitter, o petista foi mais longe. Apoiando-se na voz rouca das ruas, disse que Fernando, que escolheu o sobrinho e ex-secretário de Administração Son Gomes para vice, é a Chapa Coronavírus (“pelo mal que pode causar a Itabuna”).

ILHÉUS: PTC FECHA COM VALDERICO JÚNIOR

Jorge Farias e Valderico Júnior selam aliança eleitoral
Tempo de leitura: < 1 minuto

O PTC deixou a base de apoio ao prefeito Mário Alexandre (PSD) para apoiar a pré-candidatura do empresário Valderico Júnior (DEM) na sucessão municipal ilheense. A aliança foi fechada nesta segunda (6).

Ao deixar a base e fechar com a oposição, o presidente do PTC, Jorge Farias dos Santos, disse que o governo municipal não prestigiou o partido. “O PTC não estava sendo respeitado, não tinha voz”, explicou.

Valderico Júnior comemorou a aliança com mais um partido para o arco de alianças. “A chegada do PTC motiva ainda mais todo o nosso grupo”, afirmou. O novo partido, porém tem pouca expressão no cenário nacional. No sul da Bahia, o partido tem como principal nome o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes.

SENADORA DEIXA O PT

Tempo de leitura: < 1 minuto
Ângela decidiu se filiar ao PDT de Ciro Gomes.

Ângela decidiu se filiar ao PDT de Ciro Gomes.

O PT sofreu baixa em sua bancada no Senado Federal. Ângela Portela, de Roraima, comunicou que está deixando o partido. A senadora decidiu filiar-se ao PDT para disputar a reeleição.

Ângela estava no PT desde 2007, no qual ingressou após ser eleita deputada federal pelo PTC. Concorreu ao Senado em 2010, sendo eleita.

O BUZINAÇO DE GEDDEL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Geddel: buzinaço.

Em meio à circulação de dezenas de pessoas do interior e da capital no escritório do PMDB baiano, no Costa Azul, o pré-candidato ao governo da Bahia, Geddel Vieira Lima, iria reservar parte da agenda para discutir exclusividade e a encomenda de milhares de buzinas, digamos, com o tipo de som ao gosto do cliente.

–  É Geddel, Geddel, Geddel, Gedeeeellll… – era o som preferido por lá, mas o dono pode colocar até 12 frases-buzina.

Os peemedebistas querem espalhar a engenhoca Bahia afora, infernizando ouvidos alheios e, principalmente, os adversários. Representantes da empresa que detém a exclusividade do produto dizem que a buzininha ‘tabajara’ sai a R$ 195,00 a unidade.

Em tempo: a aglomeração no escritório antecedia o anúncio do ministro de que mais um partido nanico integrará o seu arco de alianças, o PTC.

Back To Top