skip to Main Content
18 de fevereiro de 2020 | 04:57 pm

NOVIDADES NO RÁDIO GRAPIÚNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Tony Café

Tony Café: Da Morena para a Gabriela.

Movimentações no rádio regional. A Bahia FM Sul, de Itabuna, estreará em até 30 dias um programa jornalístico com duração de uma hora.
A equipe está praticamente fechada. Rafael Marques deixou a Difusora AM para atuar no programa da emissora da Rede Bahia. O jornalístico deve ir ao ar nos finais das tardes de segunda a sexta.
Uma baixa considerável no meio em Itabuna foi a saída de Antônio Lins (Tony Café) da Morena FM. Ele estava na emissora há quase 20 anos e anunciou os novos rumos por meio do Facebook.
Tony Café agradeceu a diretores da emissora e colegas de trabalho e falou da dor da partida após quase duas décadas. Figura das mais competentes e  queridas do meio, Tony Café estreia na Gabriela FM (Ilhéus) nesta segunda.

SOLIDARIEDADE A IRAN ROBERTO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Iran Roberto: demitido da Difusora (Foto Nas Ondas do Rádio).

Iran Roberto: demitido (Foto Nas Ondas do Rádio).

O operador de áudio Iran Roberto foi demitido, sumariamente, ontem (6) da Rádio Difusora de Itabuna. As circunstâncias da demissão ainda não estão claras. Profissionais do meio atribuem a decisão à diretora de jornalismo, Cátia Gomes.
A demissão ocorreu no momento em que Iran trabalhava durante o programa O crime não compensa, apresentado por Oziel Aragão.
Quem ouvia o programa, pode ter percebido que algo ocorria nos estúdios da emissora. Oziel protestou no ar, sem citar nomes.
Em sua página pessoal no Facebook, o profissional lamentou o ocorrido e prestou homenagem a Iran, sendo seguido por dezenas de amigos e profissionais, como o vereador e radialista Nadson Monteiro.
Iran é reconhecido como um dos melhores profissionais do rádio itabunense. As circunstâncias da demissão jogam pressão sobre a emissora. Oziel disse, ainda no Facebook, que não conhecia os motivos da demissão, mas lamentava a forma como ocorreu.
A decisão da diretora causou revolta entre profissionais da emissora e onda de solidariedade de comunicadores.

A INTERNET E O RÁDIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

rádio itabunaO rádio está presente em 88,1% dos domicílios do país, segundo a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert). O Brasil tem 9,4 mil emissoras de rádio em funcionamento, incluindo aí as emissoras comunitárias.
Outro dado interessante revelado hoje, no Dia Mundial do Rádio: atualmente, 80% das emissoras do País transmitem sua programação – também – pela internet. Em Itabuna, pelo menos as rádios Difusora e Jornal (AM) e Bahia Sul e Proeves (FM) transmitem programação pela rede mundial de computadores.
Os números também revelam a existência de 200 milhões de aparelhos de rádio. A programação das emissoras – principalmente FM – também podem ser acompanhadas por 90 milhões de celulares.

AGORA VAI?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Após o anúncio da venda da Rádio Difusora AM, a dúvida que persiste nos meios empresarial, político e publicitário é se o negócio agora é para valer. Isso, porque a emissora já passou por situação idêntica outras três vezes em menos de dez anos: primeiro, foi passada ao grupo de Nilo Coelho e depois retomada (dizem até que Fernando tem dívida com o ex-governador). Noutra oportunidade, quem assumiu o negócio foi o grupo empresarial ligado à FTC. O terceiro “dono temporário” da emissora foi o deputado federal e ex-prefeito Félix Mendonça.

Back To Top