skip to Main Content
31 de outubro de 2020 | 09:59 pm

BOMBANDO NA WEB

Marão ganha o apelido de “Marinho” ao derrubar árvores e provocar morte de pássaros em Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

A derrubada de árvores da Avenida Soares Lopes, no Centro, provocou a morte de maritacas. Hoje, começou a viralizar nas redes sociais uma montagem com um novo apelido para a prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre. Marão tornou-se “Marinho”.

EMPRESAS INVESTEM EM NOVAS EXPERIÊNCIAS PARA O DIA DOS NAMORADOS

Tempo de leitura: 3 minutos

Com o isolamento social causado pela pandemia do novo Coronavírus, o Dia dos Namorados será diferente para milhares de casais. Os empreendedores têm busca se adaptar a esse novo momento para oferecer novas experiências que possam ser realizadas de casa, como deve ser durante este período, seja na área gastronômica, de vestuário ou calçados. O negócio é se reinventar.

Em Salvador, o restaurante Origem apostou na oferta do menu degustação para os namorados curtirem a noite romântica em casa. Os pedidos, que estão sendo feitos por telefone, são entregues com toda a orientação sobre higiene, montagem dos pratos e harmonização com cervejas.

“Pensamos em um formato que as pessoas possam vivenciar a experiência que ela tinham no restaurante, mas em casa. É uma forma também de matar um pouco a saudade do restaurante”, afirma Fabrício Lemos, proprietário do Origem, restaurante pioneiro em oferecer o menu degustação na capital baiana.

CHOCOLATE

Outra forma de surpreender no Dia dos Namorados é oferecer presentes diferentes do tradicional e valorizando a produção local. Pensando nisso, a Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), de Ibicaraí (BA), que administra a marca Bahia Cacau, está vendendo kits especiais para esta data. Os pedidos são feitos por telefone e serão entregues em casa para a região sul do estado.

Para quem quer acordar no Dia dos Namorados com um cheirinho de café lá da Chapada Diamantina, a Cooperativa de Cafés Especiais e Agropecuária de Piatã oferece opções de café gourmet, especial e tradicional. E o brinde pode ser em grande estilo, com as cervejas artesanais de maracujá da Caatinga e de umbu, da Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), que podem ser adquiridas no site, onde reúne todos os produtos da agricultura familiar da Bahia e serão entregues no conforto de casa.

REDES SOCIAIS E DRIVE THRU

Em Itabuna, uma empresa de calçados, bolsas e acessórios, franquia da Arezzo no Shopping Jequitibá, decidiu investir em redes sociais, em delivery e drive thru para o Dia dos Namorados. Os pedidos são feitos pelo WhatsApp, no site ou pelo Instagram. O site reúne produtos com descontos que podem chegar a 50%.

O novo momento tem desafiado as empresas a se reinventarem durante a crise causada pela pandemia do Coronavírus. Diante da atual situação, a reinvenção ou inovação é importante para que as empresas tenham a capacidade de se adequar ao novo momento e adequar às novas necessidades que os clientes possuem.

INOVAÇÃO

“Esses clientes esperam, no contato com essa empresa que ele tem relacionamento, perceber e sentir essa experiência na jornada. O cliente precisa sentir que a empresa está sendo empática com o novo momento, a nova necessidade. Tudo isso pode ser atendido pela inovação. Seja na forma diferente de entregar, ou na capacidade da empresa em levar essa experiência ao cliente em outro momento, ou seja, se diferenciar das demais”, afirma o gerente do Sebrae em Salvador, Rogério Teixeira.

Ele completa que a inovação é fundamental nesse processo e vai fazer com que essa empresa se destaque e tenha a atenção desse cliente e suas novas formas de consumir produtor e serviços, nunca esquecendo de superar as expectativas no atendimento das demandas.

“É o que chamamos de Over Delivery, a capacidade que a empresa tem de surpreender o cliente, entregar além do que previamente foi combinado. Essa é a palavra de ordem no momento”, completa Teixeira.

REDES SOCIAIS EM TEMPOS DE ISOLAMENTO SOCIAL: UM CONVITE A CONEXÕES BASEADAS EM VERDADE

Tempo de leitura: 2 minutos

Com toda certeza, colocarei mais esse trecho no meu livro da vida: quando uma pessoa tentou “abafar” a minha voz, eu dei voz e espaço a doze, com o sorriso no rosto e a delicadeza que toda mulher forte tem!

Manuela Berbert || manuelaberbert@yahoo.com.br

Somos as nossas conexões. A nossa rede de relacionamentos, que começa ainda na infância com a família e que se estende ao longo da vida, com os ciclos de amizade e relacionamento amoroso, colegas de trabalho etc. Um vai e vem de pessoas e momentos, e com eles, claro, lições e inúmeros aprendizado. E “se você nasceu com uma visão privilegiada, o seu papel não é abrir guerra contra quem pensa diferente, mas sim levar adiante o que tem de conhecimento”, escutei dia desses, e concordo demais.

Com a crise mundial do COVID-19 e o isolamento social, as conexões virtuais nunca estiveram tão em alta. O universo digital tomou ainda mais força, e com a ela a necessidade de reinventar formas de estar presente, de ser presente. As fórmulas prontas já não constroem resultados significativos, conseguindo até manter um certo “espaço”, mas não gerando audiência. (E isso vai impactar diretamente nas próximas eleições, mas esse assunto é pauta para outro texto).

Há exatamente uma semana iniciei um projeto no Instagram chamado Manu Convida Mulheres. Doze mulheres, das mais diversas áreas e atuações profissionais, estão sendo convidadas a contar suas histórias. E quantas histórias lindas de superação e crescimento temos! Todas narradas com erros e acertos, mas com muita coerência nas falas e atitudes, inclusive nos elogios aos parceiros que validam e incentivam seus progressos. Não há necessidade de rivalidade entre gêneros. O que há é necessidade de igualdade entre todos.

Há algumas semanas convidei um amigo para pautar um tema específico, e fui ignorada. Lembrei que todos os nãos que a vida me deu, transformei. E assim nasceu um projeto que vem inspirando centenas de pessoas por dia. Com toda certeza, colocarei mais esse trecho no meu livro da vida: quando uma pessoa tentou “abafar” a minha voz, eu dei voz e espaço a doze, com o sorriso no rosto e a delicadeza que toda mulher forte tem!

Manuela Berbert é publicitária.

EM TEMPOS DE REDE SOCIAL, QUEM TEM VOZ NA POLÍTICA É O POVO

Tempo de leitura: 2 minutos

 

Será um salve-se quem puder! E que Deus, aqui pra nós, nos acuda, porque nunca vi tanta gente despreparada querendo “salvar Tabocas Ville” junta!

 

Manuela Berbert || manuelaberbert@yahoo.com.br

Dois mil e vinte acabou de bater na porta. Não sei se por conta da combinação inusitada dos números envolvidos, ou por se tratar de ano eleitoral mesmo, é fevereiro, o carnaval ainda não passou, e já estamos com a sensação de que já vivemos um ano inteiro, praticamente.

A agilidade da notícia tem trazido uma infinidade de sentimentos. Acontece o fato, alguém fotografa, narra, e aquilo toma corpo de manchete em segundos. Quando a pauta chega às redações dos blogs e/ou jornais e TVs, e acontece (ou não) a apuração mais real do caso, já estamos extasiados de imagens, áudios, fotos e vídeos. Daí, aqui para nós, pouca gente se interessa por ler uma matéria na íntegra, refletir e discutir a veracidade daquilo tudo. Já estamos, minutos depois, sedentos pelo próximo assunto. E assim vai seguindo o baile do dia.

Lembro, com um pouco de saudade até, das campanhas eleitorais no comecinho disso tudo. Em 2012, por exemplo, tempo em que começamos a acessar o facebook pelos smartphones e tablets, e a trocar mensagens instantâneas. Ainda que já conectados, acabávamos tendo um tempinho entre o fato político, a pulverização dele com o mundo, e o resultado. “Impactou? Passou uma mensagem positiva ou negativa? Podemos reverter isso aí? De que forma?” E assim iniciavam as longas reuniões nos QGs das campanhas eleitorais, que geralmente iam madrugada adentro.

Prevejo que 2020 não será para amadores. Ainda é fevereiro e já estamos acompanhando o troca-troca de partidos e lados políticos, a boataria baixa, e a resposta instantânea. “Você viu? O pré-candidato respondeu ao blog X no grupo Y! A pré-candidata bateu boca no whatsapp com uma liderança da oposição!” Será um salve-se quem puder! E que Deus, aqui pra nós, nos acuda, porque nunca vi tanta gente despreparada querendo “salvar Tabocas Ville” junta!

Manuela Berbert é publicitária.

INSTAGRAM DEIXA DE MOSTRAR NÚMERO DE CURTIDAS DAS POSTAGENS

Tempo de leitura: 2 minutos

Rede social deixa de mostrar curtidas nas postagens || Imagem AB

Usuários da rede social Instagram no Brasil perceberam, desde o final da tarde desta quarta (17), uma importante mudança. Entre os recursos da plataforma o número de “curtidas”, também conhecidas como “likes” que uma publicação recebe, não fica mais visível para todos os usuários. O tema foi um dos mais discutidos do dia em outra rede social, o Twitter, e esteve entre os mais buscados no Google.

A mudança no Brasil está entre os testes anunciados em abril deste ano durante um evento de desenvolvedores do Facebook, empresa controladora do Instagram.

A experiência faz parte de uma série de medidas que o Instagram vem anunciando nos últimos meses para combater práticas nocivas na rede, como o discurso de ódio ou o bullying na web. Tais ações são uma resposta a críticas recebidas pela plataforma de que sua arquitetura e lógica de funcionamento favoreceriam um ambiente prejudicial ao bem-estar de seus integrantes.

Um estudo da Sociedade Real para a Saúde Pública, realizado em 2017, apontou o Instagram como a pior rede social para o bem-estar e a saúde mental de adolescentes. Segundo o estudo, o Instagram tem impactos importantes em adolescentes, provocando ansiedade, depressão e solidão, além de outros efeitos como na autoimagem dos jovens a partir da lógica das fotos.

Felipe Neto, empresário com canais populares em redes sociais, esteve entre os que vocalizaram essa análise. Ele afirmou que a medida pode mudar a forma como a internet funciona. “O Instagram virou uma rede social tão de fomento à vaidade, ao ego que se transformou em um vírus. É um lugar muito mais negativo do que positivo. Tirar os likes vai ser interessante. Vai ser interessante tirar as disputas”, comentou em um vídeo postado em seus canais.

Além dos testes retirando a visibilidade pública das curtidas, a empresa anunciou algumas outras ações voltadas a coibir essas práticas. Neste mês, em uma nota, o diretor Adam Mosseri informou a implantação de uma ferramenta que usa Inteligência Artificial para questionar o usuário sobre seu conteúdo antes de postá-lo, se o sistema considerar que este pode ser ofensivo.

“Testes preliminares desse recurso mostraram que ele encoraja algumas pessoas a rever os comentários e compartilhar algo que gere menor dano, uma vez que elas tiveram a chance de refletir”, disse Mosseri no comunicado, divulgado no dia 8 de julho.

EVENTO GRATUITO TRAZ DICAS PARA QUEM DESEJA INVESTIR EM E-COMMERCE E REDES SOCIAIS

Tempo de leitura: 2 minutos

Evento será promovido pelo Sebrae, gratuitamente, em Itabuna e em Ilhéus

As ferramentas e plataformas para um e-commerce de sucesso e a importância das redes sociais na consolidação da marca são temáticas que nortearão a 3ª edição do Digitalize-Me – O seu negócio na Internet. O evento acontece na próxima segunda (6), no Itabuna Palace Hotel, em Itabuna; e na terça (7), no auditório do Premier Business Center, em Ilhéus. Nos dois dias, os encontros ocorrem das 18h às 22h.

Michel Lima, do Sebrae || Foto Maurício Maron

Segundo o gerente adjunto do Sebrae em Ilhéus, Michel Lima, o projeto Digitalize-Me, que acontece em todo o Brasil, une iniciativas comerciais e acadêmicas com poder real de capacitação. “O projeto compreende a organização e a realização de palestras sobre os temas: redes sociais, comércio eletrônico e marketing digital, realizadas e organizadas pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em parceria com o Sebrae”.

No sul da Bahia, a sócia-proprietária da Beecom Negócios, Valeria Chaussard, inicia os eventos falando sobre as “Ferramentas gratuitas para um E-commerce de sucesso”. Em seguida, o diretor executivo da ABComm, Júlio Pegna, aborda a “Importância das redes sociais na consolidação da marca”. Já o consultor, professor e palestrante de Marketing Digital Elias Júnior fecha o encontro tratando sobre “Como escolher a plataforma do seu e-commerce”.

O projeto busca estimular a cultura do empreendedorismo digital e trazer novas empresas para o comércio eletrônico e redes sociais, levando conhecimento e desenvolvendo habilidades de comunicação digital nas empresas.

O evento é gratuito e as inscrições estão sendo feitas na Loja Virtual do Sebrae ou na agência de atendimento da instituição em Itabuna, na Rua Paulino Vieira, 175, Edifício Lizete Mendonça, Centro (tel: 73 3634-4068 / 73 99974-2263), e na unidade regional em Ilhéus, no Edifício Premier Business Center, na Avenida Osvaldo Cruz, 74, Cidade Nova (tel: 73 3613-9734 / 73 99974-2262).

ESTUDO RELACIONA USO DE REDES SOCIAIS A DESORDENS COMPORTAMENTAIS

Tempo de leitura: 2 minutos

Estudo relaciona redes sociais a desordens comportamentais || Reprodução

Estudo de pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos (EUA), mostrou relações entre o uso de redes sociais, mais especificamente o Facebook, e o comportamento de pessoas viciadas. A pesquisa foi divulgada no Periódico de Vícios Comportamentais.

Segundo os autores, a lógica de oferta de “recompensas” por esses sites e aplicativos dificulta a tomada de decisões e estimula atitudes de retorno contínuo ao uso do sistema, assim como no caso de outras desordens ou de consumo de substâncias tóxicas.

De acordo com os pesquisadores, os estudos sustentam um paralelo entre usuários com grande tempo dispendido em redes sociais “e indivíduos com uso de substâncias [drogas] e desordens decorrentes do vício”. O excesso de redes sociais afetaria a capacidade de julgamento das pessoas no momento de escolhas mais benéficas.

“Nossos resultados demonstram que um uso mais severo de sites de redes sociais é associado com maior deficiência na tomada de decisões. Em particular, nossos resultados indicam que usuários em excesso de sites de redes sociais podem tomar decisões mais arriscadas”, dizem os autores.

ESCALA

O estudo aplicou uma escala utilizada para medir níveis de vício no facebook (Bergen Facebook Addiction Scale), problemas na tomada de decisões e propensão a depressão em 71 pessoas em uma universidade alemã. A amostra, portanto, é importante para cuidados no momento de generalizar os resultados para o conjunto da sociedade, mas não inviabiliza as conclusões importantes da análise.

Leia Mais

“PEEEGA ESSE VIADO”: JUNINHO ESPOLIANO BOMBA NA INTERNET COM VÍDEOS HILÁRIOS

Tempo de leitura: 2 minutos

Juninho e Victor bombam nas redes sociais

Os bordões que surgem durante conversas de vizinhos e as histórias de moradores da periferia de Aurelino Leal, no sul da Bahia, transformadas em pequenos vídeos tiraram José Bispo dos Santos Junior da lista de brasileiros anônimos. Juninho Espoliano Martinelli, como tornou-se conhecido nas redes sociais, teve seus vídeos visualizados por mais 4 milhões de pessoas em oito meses.

Ele já ultrapassou 200 mil seguidores nas redes sociais e seus bordões ganharam as ruas de cidades do interior da Bahia. Peeega esse viado! e Não estou boa nem tenho previsão de melhora! tornaram-se familiares de internautas sul-baianos e até de outros estados.

Os vídeos são sucesso garantido no FacebookInstagram e YouTube. O mais famoso deles – sobre uma briga entre vizinhos por causa do suposto furto de uma galinha – já possui mais de 2,1 milhões de visualizações e 25 mil curtidas somente na página oficial do artista no Facebook. As transmissões diárias ao vivo nas redes sociais reúnem, em média, três mil seguidores.

O sucesso é tanto que o novo humorista das redes sociais assina o seu primeiro contrato com empresário neste mês e prepara stand up para iniciar carreira no teatro.  Enquanto isso, curte a fama e posa para fotos com os fãs, como ocorreu na última quarta-feira (6), durante passeio no Shopping Jequitibá, em Itabuna, foi cercado várias vezes por pessoas para uma pose e ouviu repetidas vezes o bordão Peeega esse viado! Em vídeo, a entrevista concedida ao PIMENTA, na Carmen Steffens.

JUSMARI OLIVEIRA ASSUME A SEDUR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ex-prefeita de Barreiras, no oeste baiano, Jusmari Oliveira assumirá nesta sexta (22), às 15h, a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur) em lugar do deputado federal licenciado Fernando Torres, também do mesmo partido. A mudança foi anunciada pelo governador Rui Costa em redes sociais hoje. A posse ocorrerá no Salão de Atos da Governadoria. Embora estivesse namorado o PSB, ela assumirá o cargo na cota do PSD, partido ao qual Torres também é filiado.

As mudanças no governo de Rui começam a ocorrer um mês depois do prazo anunciado. O mandatário baiano havia estipulado o final de agosto, antes da viagem à Europa, como prazo para a minirreforma administrativa. Por enquanto, nomes tidos como alcançáveis pela reforma, a exemplo do sul-baiano Vivaldo Mendonça e Carlos Martins, estão preservados em seus cargos.

Por meio do Twitter, o governador agradeceu ao deputado Fernando Torres pelo período em que comandou a Sedur. E, por lá também, apresentou Jusmari como “a líder do oeste” da Bahia.

SUA EMPRESA É ANALÓGICA?

Tempo de leitura: 2 minutos

Felipe de PaulaFelipe de Paula | felipedepaula81@gmail.com

 

Comunicação não pode ser compreendida como gasto. É um investimento que, bem gerido, impactará objetivamente em seus lucros. Uma sociedade conectada, digital, não admite empresas analógicas. Você pode oferecer um brilhante atendimento em horário comercial, mas seu cliente precisa de mais.

 

Gostaria de iniciar esse texto propondo uma breve reflexão para você, meu leitor: Em que mundo vivemos? Como você observa nosso cotidiano? Como você obtém conhecimento na contemporaneidade? Muito provavelmente devem ter surgido em sua mente imagens de celulares, computadores, telas com mensagens surgindo, redes sociais. Estamos conectados como nunca, produzindo informação como nunca. O grande “produto” contemporâneo é a informação.

Numa sociedade extremamente informacional, é inegável a importância de uma comunicação bem planejada, gerida com plena ciência das ações e resultados desejados. Como profissional e estudioso da área, vejo cotidianamente empresas construindo suas práticas de comunicação de uma forma que demonstram não ter ciência plena dos múltiplos caminhos possíveis. Uma comunicação subaproveitada, feita como se vivêssemos em tempos remotos.

Vivemos imersos numa lógica acelerada, informatizada. Comunicamo-nos em tempo praticamente integral. A comunicação institucional precisa ser pensada nessa mesma linha.

Como você gere a comunicação de sua empresa? Tenha o porte que tiver, penso ser inviável conceber uma empresa que “feche”. Não sugiro portas abertas 24 horas, mas afirmo: seu cliente vai ter uma dúvida sobre seus serviços em qualquer horário do dia.

Diante disso pergunto: sua empresa tem alguém online pronto a responder?

Não? É possível que seu concorrente tenha.

E me responda agora com a mente de um consumidor: você vai privilegiar qual empresa? Aquela que lhe atendeu de imediato ou aquela que não retornou sua mensagem?

Comunicação não pode ser compreendida como gasto. É um investimento que, bem gerido, impactará objetivamente em seus lucros. Uma sociedade conectada, digital, não admite empresas analógicas. Você pode oferecer um brilhante atendimento em horário comercial, mas seu cliente precisa de mais.

Quantas vezes já iniciei o processo decisório de consumir no estabelecimento A ou B ainda em casa, pesquisando perfis em redes sociais? Quantas vezes decidi por um produto, por uma empresa a partir de um argumento gentil e disponível através de mensagens trocadas num email ou num perfil de Facebook? Diversas vezes.

Um perfil desatualizado, mal gerido, equivale a uma vitrine suja, desorganizada, quiçá abandonada.

Você entraria numa loja assim?

Provavelmente você pode estar pensando que as questões levantadas por esse texto competem a grandes empresas, que contam com assessoria especializada. Isso não é verdade. Esse investimento pode – e deve – ser feito por todos.

O mundo é digital. Sua empresa (ou mesmo você) não pode seguir sendo analógica. Busque um consultor de comunicação. É muito mais acessível que imagina e garantirá que seu empreendimento não siga com uma imagem e posturas inadequadas perante seus clientes. O resultado será objetivo: lucro e satisfação.

Felipe de Paula é professor universitário e pesquisador da Comunicação Social.

Back To Top