skip to Main Content
14 de abril de 2021 | 02:21 am

ITABUNA TEM 7.250 CURADOS DA COVID-19 E REDUÇÃO DE CASOS DIÁRIOS

Itabuna confirma mais cinco mortes causadas pelo coronavírus|| Foto Pedro Augusto
Tempo de leitura: < 1 minuto

De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), nas últimas 24 horas, mais 157 pessoas entraram para lista dos que venceram a batalha contra a Covid-19 em Itabuna. O número de curados do novo coronavírus no município subiu de 7.107, ontem,  para 7.259 nesta terça-feira (1º).

Outra boa notícia é a redução no número de casos diários da Covid-19 em Itabuna.  Nas últimas 24 horas, 68 pessoas testaram positivo para doença. O número de infectados pelo novo coronavírus passou de 10.082, na segunda-feira (31), para 10.150 neste primeiro dia de setembro.

Itabuna registra 2.679 casos ativos (pessoas se recuperando da doença), 25 pacientes internados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 52 em leitos clínicos e dois em unidade semi-intensiva. O município registra o total de 212 óbitos em decorrência do novo coronavírus.

PELA PRIMEIRA VEZ EM 8 ANOS, PRODUÇÃO INDUSTRIAL CAI EM 15 LOCAIS PESQUISADOS

Produção industrial cai em 16 locais
Tempo de leitura: 2 minutos

A Pesquisa Industrial Mensal Regional, divulgada nesta quinta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que a pandemia do novo coronavírus interferiu diretamente para a queda da atividade industrial do país na passagem de fevereiro para março, mostra.

De acordo com o IBGE, e a primeira vez em oito anos que todas as 15 localidades recuam, já que o estado do Mato Grosso entrou na pesquisa somente em 2012. O mais próximo desse resultado aconteceu em maio de 2018, com a greve dos caminhoneiros, que derrubou a produção industrial em 14 dos 15 locais.

“Os dados de março são efeitos diretos do isolamento social que afetou o processo de produção no Brasil”, explica o analista da pesquisa, Bernardo Almeida. Ele lembra que, no formato antigo, com 14 locais, a única queda generalizada ocorreu em novembro de 2008, por consequência da crise financeira global.

Por concentrar mais de um terço (34%) da indústria nacional, São Paulo foi o local que mais influenciou para o resultado nacional de março (-9,1%), com queda de 5,4%. Essa foi a segunda taxa negativa do estado consecutiva, acumulando em fevereiro e março perda de 6,6%. Duas atividades contribuíram fortemente para essa queda: veículos, um dos setores que mais atua no estado, e bebidas.

Leia Mais

IPVA 2018 TERÁ REDUÇÃO DE ATÉ 6,8% NA BAHIA

Tempo de leitura: 3 minutos

IPVA de 2018 terá redução, nova tabela é publicada|| Fotos Lucas Melo/AG. A Tarde

Os contribuintes baianos vão pagar no próximo ano, em média, 3,16% a menos no valor do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), de acordo com tabela divulgada nesta quarta-feira (20), pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz). A redução foi anunciada junto com o calendário de pagamento do imposto.

A redução mais significativa é de 6,8%, para os caminhões. O IPVA dos automóveis registra queda de 3,7%, o das motos, de 2,25%, o de ônibus e micro-ônibus, de 4,36%, e o de veículos utilitários, de 3,82%. A pesquisa foi realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) com base nos preços praticados em outubro de 2017.

A portaria que oficializa os prazos para quitação do IPVA 2018 foi publicada também no Diário Oficial do Estado (DOE). “A queda nos valores do IPVA ocorre em decorrência do mercado, que está pressionando os preços dos veículos usados para baixo”, explica o diretor de Arrecadação da Sefaz, Augusto Guenem.

Leia Mais
Back To Top