skip to Main Content
6 de abril de 2020 | 12:07 pm

ESTADOS UNIDOS JÁ TÊM MAIS DE 100 MIL CONTAMINADOS PELO CORONAVÍRUS

Estados Unidos têm mais de 100 mil casos confirmados da doença
Tempo de leitura: < 1 minuto

Os Estados Unidos são o país com o maior número de casos de novo coronavírus confirmados no mundo. Já são 105 mil ocorrências, com 1.711 mortes até a amanhã deste sábado (28).

A Itália parece na sequência, com 86.498 casos da doença confirmados e 9.134 mortes causadas pela doença. A terceira posição no ranking é ocupada pela China, com 81.340 infecções confirmadas e 3.295 pessoas que não resistiram à doença.

No Brasil, até sexta-feira (27), eram 3.147 os casos confirmados de coronavírus, aumento de 17,22% em relação ao dia anterior. O número de óbitos também aumentou em 19,4%, passando de 77 para 92.

De acordo com informações repassadas pelos estados ao Ministério da Saúde, até as 17h de sexta-feira (27), as mortes foram registradas em Amazonas (1), Ceará (3), Pernambuco (4), Rio de Janeiro (10), Goiás (1), Paraná (2), Santa Catarina (1) e Rio Grande do Sul (2). São Paulo continua registrando o maior número de casos e de mortes, com  68 óbitos no estado.

CEARÁ É O ESTADO DO NORDESTE COM MAIOR NÚMERO DE CASOS DE CORONAVÍRUS; HÁ 25 MORTES NO BRASIL

Teste de taxista deu positivo para novo coronavírus
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Ceará é o estado do Nordeste com maior número de casos confirmados de Coronavírus. A última atualização do Ministério da Saúde, neste domingo (22), indica que os exames de 122 pacientes deram positivo para a doença, mas o número pode ser ainda maior, pois o boletim não traz os casos confirmados na tarde hoje.

Entre os estados nordestinos, a Bahia ocupa a segunda colocação, seguida de Pernambuco (37). No boletim do MS, a Bahia aparece com 49 casos, mas a Secretaria Estadual de Saúde confirmou 55 pessoas doentes.

De acordo com o Ministério Saúde, subiu para 1.546 o número de casos confirmados de coronavírus no Brasil. Até o momento, 25 mortes estão confirmadas, sendo 22 no estado de São Paulo e três no Rio de Janeiro.

Na última sexta-feira (20), o Ministério da Saúde reconheceu a transmissão comunitária do coronavírus (Covid-19) em todo o país. É fato que nem todas as regiões apresentam o mesmo nível de transmissão. Nem por isso, a população dessa região deixará de participar do esforço coletivo que passa a ser adotado pelos brasileiros. Assim, a medida é uma estratégia para que todo o Brasil se una contra o vírus.

DIÁRIO DE UM ISOLAMENTO SOCIAL – CAPÍTULO 01

Tempo de leitura: 2 minutos

É sábado à noite. Escrevo enquanto escuto um especialista explicar no Jornal Nacional, da Rede Globo, que é preciso viver um dia de cada vez para evitar o estresse e a ansiedade. Respiro fundo, mas confio na seriedade e serenidade do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Manuela Berbert || manuelaberbert@yahoo.com.br

Fui uma das pessoas que, ao ficar em casa voluntariamente, chamei o meu movimento de quarentena, até entender que não é isto o que estou vivendo. Estou isolada socialmente, em minha própria residência, respeitando uma medida preventiva dos Governos, na tentativa de amenizar a disseminação do COVID-19, conhecido popularmente como coronavírus.

Tenho um coração dividido, neste momento: de um lado, a tentativa de não acompanhar todas as notícias e me distanciar de sentimentos como medo e ansiedade. Do outro, uma curiosidade absurda para tentar entender o que está acontecendo de fato, e porque a Itália divulgou, há algumas horas, a morte de 793 pessoas em um único dia, inclusive ultrapassando o número de vítimas da China, onde tudo começou.

Uma das palavras que mais tenho escutado, há alguns dais, é Lombardia, região mais populosa da Itália cuja capital é Milão. A tão sonhada por tantos brasileiros! Tão sonhada quanto o Rio de Janeiro e São Paulo. Impossível não fazer a associação. Impossível não lembrar que as primeiras mortes pela infecção estão acontecendo por lá. Impossível não pensar que o COVID-19 está pontuando nas regiões da classe média e alta, e que se chegar a um barraquinho sequer de uma daquelas tantas favelas do Rio, ou na gigantesca população que mora nas ruas de São Paulo, o Brasil não terá a menor condição de contabilizar ou conter. Lamentavelmente.

É sábado à noite. Escrevo enquanto escuto um especialista explicar no Jornal Nacional, da Rede Globo, que é preciso viver um dia de cada vez para evitar o estresse e a ansiedade. Não sabemos quanto tempo tudo isso irá durar. Respiro fundo, mas confio na seriedade e serenidade do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. O nosso presidente, Bolsonaro, chama a pandemia de gripe e desfaz das ações enérgicas dos Governadores dos Estados Brasileiros. Desconfiam que ele esteja negando a própria infecção. Desconfio que muitos ainda negam sua insanidade…

Manuela Berbert é publicitária.

GOVERNADOR PEDE À ANAC E ANVISA SUSPENSÃO DOS VOOS DE RJ E SP PARA A BAHIA

Voos entre terminais da Bahia e São Paulo e Rio de Janeiro deverão ser suspensos
Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador Rui Costa anunciou, no início da tarde desta quarta-feira (18), que vai solicitar às agências nacionais de Aviação Civil (Anac) e de Vigilância Sanitária (Anvisa) a suspensão, em caráter emergencial, de voos saindo ou chegando de aeroportos baianos para o exterior e para cidades brasileiras com casos de contaminação comunitária, como Rio de Janeiro e São Paulo.

“Vou assinar esse pedido para as agências ainda hoje, a fim de suspender, imediatamente e em caráter emergencial, todos esses voos. Afinal, os casos registrados na Bahia são de pessoas que chegaram do exterior e dessas duas cidades”, explicou o governador.

A medida, explica, busca frear a transmissão do coronavírus em todo o território baiano e soma-se a uma série de ações executadas pelo governo estadual. Dentre elas, a suspensão das atividades de todas as escolas públicas e privadas de todos os municípios baianos e do fechamento de terminais rodoviários em cidades com casos confirmados do novo Coronavírus.

Até o início desta tarde, casos de covid-19 foram confirmados em Porto Seguro (3), Prado (1), Feira de Santana (5) e Salvador (5). “São medidas duras de restrição de circulação, mas são absolutamente necessárias para que vidas humanas sejam salvas”, conclui Rui. O boletim epidemiológico, a ser emitido no final da tarde de hoje, deverá atualizar para 18 o número de casos confirmados. Os três novos seriam da capital, sendo um deles um médico que atendia pacientes com a covid-19, segundo o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas.

RIO DE JANEIRO TEM SEGUNDO CASO CONFIRMADO DO NOVO CORONAVÍRUS

Bahia registrou 156 casos e um óbito até este domingo (29)
Tempo de leitura: 2 minutos

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro confirmou o segundo caso do novo coronavírus no estado e o primeiro na cidade do Rio. Trata-se de uma mulher de 52 anos, que apresentou sintomas de quadro viral desde o retorno de viagem à Itália, na última quarta-feira (4).

De acordo com a Secretaria, a paciente, que mora sozinha, está em isolamento domiciliar. Quando voltou de viagem, no mesmo dia, ela deu entrada em uma unidade de saúde particular apresentando febre, tosse, congestão nasal e conjuntivite. Ela viajou acompanhada de outras três pessoas, que estão sendo monitoradas pela Secretaria em parceria com a Vigilância municipal.

A primeira amostra para testagem da paciente foi coletada no mesmo dia em que deu entrada na unidade particular. O resultado deu negativo para painel viral geral e detectável para coronavírus. Ontem (6), o material foi encaminhado ao Laboratório Central Noel Nutels (Lacen-RJ) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que confirmaram o laudo positivo para o novo coronavírus.

Em nota, o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, destacou que não houve transmissão ativa do vírus no Rio de Janeiro. Os dois casos confirmados até agora são importados do exterior. “Permanecemos no Nível Zero do nosso plano de contingência e não há razão para pânico. Os cuidados devem permanecer os mesmos que tomamos para a gripe”, diz.

De acordo com os últimos dados  divulgados na sexta-feira (6), o Brasil tem 13 casos confirmados de coronavírus no país. Ainda não constava o segundo caso do Rio de Janeiro. Ao todo, 768 casos suspeitos são monitorados pelo Ministério da Saúde.

Leia Mais

VIRADOURO É A CAMPEÃ DO CARNAVAL CARIOCA

Viradouro é a grande campeã do Carnaval do Rio de Janeiro || Imagem Agência Brasil
Tempo de leitura: < 1 minuto

Unidos do Viradouro é a escola campeã do carnaval do Rio de Janeiro. O resultado dos desfiles das escolas de samba do Grupo Especial foi divulgado hoje (26) pela Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), na Praça da Apoteose. Esta é a segunda vitória da escola, que também levou o título em 1997.

Com o enredo Viradouro de Alma Lavada, dos carnavalescos Marcus Ferreira e Tarcísio Zanon, a escola de Niterói resgata a bravura das escravas de ganho do Abaeté, que trabalhavam para comprar a alforria de parentes e amigos.

Em segundo lugar, ficou a Acadêmicos do Grande Rio, com o enredo Tata Londirá – O canto do caboclo no Quilombo de Caxias dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora, a escola contou a história de João Alves Torres Filho, o babalorixá Joãozinho da Gomeia, que virou um ícone do candomblé no Brasil.

Os envelopes com as notas das escolas foram abertos na seguinte ordem: fantasias; samba-enredo; comissão de frente; enredo; alegorias e adereços; bateria; mestre-sala e porta-bandeira; evolução; e, harmonia. A pontuação da escola nos quesitos considerou três das cinco notas. Foram descartadas a maior e a menor nota.

As notas foram atribuídas a cada escola pelos 45 jurados do carnaval de 2020. As seis que somaram mais pontos voltam ao Sambódromo no próximo sábado (29), para o tradicional desfile das campeãs. Desfilam, além da Viradouro, Mangueira, Grande Rio, Salgueiro, Mocidade e Beija-Flor.

CORPO DE ACUSADO DE CHEFIAR MILÍCIA É LIBERADO PARA SEPULTAMENTO

corpo de Adriano da Nóbrega é liberado para sepultamento
Tempo de leitura: < 1 minuto

O corpo de Adriano da Nóbrega, acusado de chefiar uma milícia no Rio de Janeiro, foi liberado para sepultamento nesta sexta-feira (21). A liberação do corpo do ex-policial militar ocorreu após a a segunda perícia, realizada na noite de quinta-feira (20), no Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro (IML-RJ), por determinação da Justiça baiana. Ele foi morto durante uma operação policial na Bahia.

O novo exame não apontou sinais evidentes de tortura, segundo o médico legista Talvane de Moraes, que acompanhou a necrópsia como convidado dos legistas contratados pela família de Adriano, Francisco Moraes Silva e Ari Fontana, que vieram do Paraná.

Novos exames laboratoriais serão feitos para complementar o laudo, que deverá ser apresentado à Justiça baiana em 15 dias. Um representante do Ministério Público da Bahia também acompanhou o procedimento.

O novo exame foi determinado pelo juiz da comarca de Esplanada , Augusto Yuzo Jouti, que atendeu pedidos do MP-BA e de familiares do ex-policial, morto no último dia 9 deste mês em confronto com policiais militares baianos. Com informações da Agência Brasil.

JUSTIÇA DETERMINA NOVA PERÍCIA NO CORPO DE MILICIANO MORTO NA BAHIA

corpo de Adriano da Nóbrega é liberado para sepultamento
Tempo de leitura: < 1 minuto

O corpo do acusado de comandar uma milícia, Adriano Magalhães da Nóbrega deverá ser submetido a perícia necroscópica complementar pelo IML do Rio de Janeiro e não poderá ser cremado até à realização do exame.O ex-policial do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) do Rio de Janeiro foi morto no interior da Bahia.

A decisão para realização de um nova perícia é do juiz da comarca de Esplanada, Augusto Yuzo Jouti, que atendeu pedidos cautelares de antecipação de provas formulados pelo Ministério Público da Bahia e por familiares de Adriano da Nóbrega, morto no último dia 9 de fevereiro durante diligência para cumprimento de mandado de busca e apreensão e mandado de prisão. O laudo do novo exame deve ser apresentado à Justiça baiana em 15 dias. Segundo a polícia, o miliciano reagiu a ordem de prisão.

Na decisão, o juiz também determinou que a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia  disponibilize as gravações dos rádios transmissores utilizados pelos agentes policiais no dia da operação policial e realize exame papiloscópico nas munições não deflagradas da pistola supostamente encontrada com Adriano. As provas deverão ser apresentadas no procedimento em trâmite no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), em Salvador.

EX-SECRETÁRIO DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO É CONDENADO A 16 ANOS DE PRISÃO

Sérgio Côrtes é condenado por corrupção
Tempo de leitura: 2 minutos

O ex-secretário de Saúde do Rio Sérgio Côrtes foi condenado a 16 anos e 9 meses de prisão, por crimes de corrupção passiva, lavagem de capitais e evasão de divisas, quando era diretor do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) e posteriormente na secretaria, durante o governo de Sérgio Cabral. A sentença foi assinada no dia 13 de fevereiro pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, e tornada pública nesta segunda-feira (17). Além de Côrtes, foram condenados sua esposa, Verônica Fernandes Vianna, e os empresários do setor médico Miguel Skin e Gustavo Estellita.

Em sua decisão, Bretas destacou que Côrtes detinha grande poder, tanto como diretor do Into quanto como secretário de Saúde do estado, o que tornava ainda maior seus crimes. Ele recebia, segundo a sentença, propinas milionárias dos dois empresários, para burlar licitações e promover compras de insumos e materiais médicos. O valor das propinas somaria US$ 2,4 milhões, depositados em banco no exterior.

“A culpabilidade do condenado Sérgio Côrtes deve ser valorada de modo extremamente negativo. Isso porque, ao tempo do crime, Côrtes, médico ortopedista de carreira, secretário estadual de Saúde e ex-diretor do Into, mostrava-se para a população como gestor implacável enquanto se valia da posição de poder alcançada para exponenciar os ganhos ilícitos da organização criminosa”, disse Bretas.

Leia Mais

POLÍCIA INVESTIGA SE MILICIANO MORTO NA BAHIA LAVOU DINHEIRO NO ESTADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Adriano Nóbrega morreu em confronto com a polícia na Bahia

O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) da Polícia Civil da Bahia investiga as passagens do miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega pelos municípios de Mata de São João (localidade de Costa do Sauípe) e Esplanada. A polícia apura se houve algum tipo de investimento, compra ou transação que caracterize lavagem de dinheiro ou outro tipo de ato ilícito.

O criminoso, que possuía mandado de prisão e participação em diversas ações no Rio de Janeiro, entrou em confronto com forças da Bahia, no último domingo (9), e acabou não resistindo aos ferimentos.

Depoimentos do homem preso no dia em que o miliciano foi localizado e de testemunhas dos dois municípios estão sendo colhidos pelo Draco. Detalhes da investigação da Polícia Civil e Ministério Público do Rio de Janeiro, que indiquem algo ilícito na Bahia, também estão sendo buscados.

“Estamos com equipes no terreno e vamos esmiuçar toda a passagem de Adriano pelo território baiano”, contou o diretor do Draco, delegado Marcelo Sansão. Ele acrescentou que informações sobre Adriano podem ser enviadas, sigilosamente e sem necessidade identificação, através dos telefones 3235-0000 (quem estiver em Salvador) e 181 (denunciantes do interior).

Back To Top