skip to Main Content
16 de abril de 2021 | 02:37 pm

BAHIA ASSUME A 1ª POSIÇÃO NO RANKING DE VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19

Bahia assume lidera em percentual de vacinados contra a Covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Bahia assumiu, nesta quinta-feira (1º), o topo do ranking nacional que inclui os estados que mais vacinaram, proporcionalmente, pessoas com a primeira dose contra o novo coronavírus. De acordo com dados oficiais, na Bahia 1.664.055 pessoas receberam uma dose de uma das duas vacinas autorizadas no País.

O número de vacinados com a primeira dose representa 11,15% da população baiana. O percentual de beneficiados com as duas doses do imunizante é bem menor nos 417 municípios do estado. São 313.507 pessoas contempladas. Esse número equivale a 2,15% da população. No total, quando computadas a primeira e segunda doses, são 1.985.406 doses aplicadas até esta quinta-feira.

O segundo estado que mais vacinou, proporcionalmente, é o Mato Grosso do Sul, com 11,06%.  Em seguida aparecem os estados do Rio Grande do Sul (10,26%), Amazonas (10,22%) e Paraíba (10,10%), empatada com São Paulo (10,10%), que tem a maior população do País e quantidade de pessoas imunizadas. São 4.674.840 pessoas vacinadas.

MINISTRO DO STF APONTA “ERRO GROSSEIRO” AO NEGAR AÇÃO DE BOLSONARO CONTRA ESTADOS

O ministro Marco Aurélio ||Foto Nelson Jr./SCO/STF
Tempo de leitura: < 1 minuto

O ministro Marco Aurélio, decano do Supremo Tribunal Federal (STF), negou trâmite à Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6764, em que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), pedia liminar para suspender decretos da Bahia, do Distrito Federal e do Rio Grande do Sul que estabelecem medidas restritivas no combate à pandemia da Covid-19, como o fechamento de atividades não essenciais e o toque de recolher noturno.

ERRO GROSSEIRO

Segundo o ministro, a ação contém “erro grosseiro”, incapaz de ser processualmente sanado, pois foi assinada por Bolsonaro, e não pelo advogado-geral da União (AGU). “O artigo 103, inciso I, da Constituição Federal é pedagógico ao prever a legitimidade do presidente da República para a propositura de ação direta de inconstitucionalidade, sendo impróprio confundi-la com a capacidade postulatória”, explicou Marco Aurélio. Também assinalou que, embora o chefe do Executivo personifique a União, a sua representação judicial cabe ao AGU.

LIDERANÇA

O relator reafirmou o entendimento do STF de que União, estados, Distrito Federal e municípios formam uma espécie de “condomínio” na tarefa de cuidar da saúde e da assistência pública, cabendo ao presidente da República papel de liderança. “Ante os ares democráticos vivenciados, impróprio, a todos os títulos, é a visão totalitária. Ao presidente da República cabe a liderança maior, a coordenação de esforços visando o bem-estar dos brasileiros”, concluiu.

GOVERNADORES DO NORDESTE CRITICAM AÇÃO DE BOLSONARO NO STF

Governadores lamentam decisão do presidente de recorrer ao STF contra medidas restritivas na Bahia, Rio Grande do Sul e Distrito Federal
Tempo de leitura: < 1 minuto

O governador baiano Rui Costa (PT) é um dos signatários da nota pública divulgada pelo Consórcio dos Governadores do Nordeste, nesta sexta-feira (19), criticando o pedido do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), para suspensão das medidas restritivas adotadas por três unidades da federação (Bahia, Rio Grande do Sul e Distrito Federal) para combater a disseminação do coronavírus. “Com muita surpresa, recebemos a notícia de que o presidente da República propôs ação judicial contra medidas preventivas decretadas por 3 governadores, entre os quais o da Bahia”, diz o texto.

Todos os nove governadores nordestinos que assinam a nota reforçam ainda que as medidas visam evitar colapso do sistema hospitalar e foram editadas com amparo no artigo 23 da Constituição Federal, conforme jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Mais uma vez convidamos o presidente da República a somar forças na luta contra o coronavírus, que tem trazido tantas mortes e sofrimentos. E reiteramos que só existe uma formar de proteger a economia e os empregos: enfrentar e vencer a pandemia”, acrescenta o texto.

Lembram também que já fizeram uma proposta de um Pacto Nacional pela Vida e pela Saúde e ainda aguardam a resposta da Presidência da República. “Manifestamos a nossa solidariedade aos governadores atingidos pela inusitada ação judicial. Somos a favor da vida, da saúde e dos empregos”.

Além de Rui Costa e do presidente do Consórcio dos Governadores, Wellington Dias (Piauí), assinam a nota Renan Calheiros Filho (Alagoas), Camilo Santana (Ceará), Flávio Dino (Maranhão), João Azevedo (Paraíba), Paulo Câmara (Pernambuco), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte) e Belivaldo Chagas (Sergipe).

BAHIA LIDERA CRESCIMENTO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL, DIZ IBGE

Indústria baiana lidera crescimento
Tempo de leitura: < 1 minuto

Na passagem de outubro para novembro, a produção industrial apresentou alta em 10 dos 15 locais analisados pela Pesquisa Industrial Mensal (PIM-Regional). O resultado foi divulgado nesta quarta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e mostra que a Bahia foi o estado que apresentou o melhor resultado, com crescimento de 4,9%.

A indústria no estado nordestino voltou a crescer após recuar em outubro (-0,1%), sendo a terceira influência positiva no resultado geral, além de maior taxa no absoluto. “Esse aumento em novembro na Bahia foi impulsionado pelo resultado do setor de celulose e do setor de bebidas”, afirma o gerente da pesquisa, Bernardo Almeida. A Bahia é seguida por Rio Grande do Sul (3,8%) e Amazonas (3,4%).

A pesquisa do IBGE mostra também que oito localidades superaram o patamar de fevereiro, período anterior à pandemia: Amazonas (14,9%), Santa Catarina (9,5%), Ceará (7,5%), Minas Gerais (6,2%), São Paulo (6%), Paraná (5,9%), Rio Grande do Sul (5,2%) e Pernambuco (1,8%).

PROUNI OFERTARÁ 162 MIL VAGAS; 9,9 MIL NA BAHIA

Tempo de leitura: 2 minutos

O Programa Universidade para Todos (Prouni) destinará 162.022 vagas para o primeiro semestre, sendo 76.855 bolsas integrais e 85.167 parciais. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), para a Bahia são 9.922 bolsas. O período de inscrições é de 12 a 15 de janeiro.

São Paulo (41.337), Minas Gerais (18.246), Paraná (14.667) e Rio Grande do Sul (10.525) são os estados com maior quantidade de vagas. O estado da Bahia tem a quarta maior quantidade de oportunidades.

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais, a renda familiar bruta mensal deve ser de até 3 salários mínimos por pessoa.

O candidato também precisa ter realizado a edição mais recente do Enem e ter alcançado, no mínimo, 450 pontos de média das notas. Além disso, o estudante não pode ter tirado zero na redação.

Apenas para o processo seletivo do Prouni do 1º semestre de 2021 serão usadas, excepcionalmente, as notas do Enem de 2019, já que o resultado do Enem de 2020 será publicado em data posterior ao processo seletivo. Veja mais detalhes em leia mais.

Leia Mais

VERÃO COMEÇA NA MANHÃ DE SEGUNDA-FEIRA

Verão começa na segunda-feira
Tempo de leitura: 2 minutos

O verão no Hemisfério Sul começa na segunda-feira (21), às 07h02min, (horário de Brasília) e termina no dia 20 de março de 2021 às 06h02min. Esse período é caracterizado pela elevação da temperatura em todo o país em função da posição relativa do Sol mais ao sul.

No verão os dias se tornam mais longos que as noites e tem mudanças rápidas nas condições de tempo, como chuva forte, queda de granizo, vento com diferentes intensidades (moderada a forte) e descargas elétricas.

Nessa estação, as chuvas são frequentes em praticamente todo o país, com exceção do extremo sul do Rio Grande do Sul, nordeste de Roraima e leste do Nordeste, onde geralmente os totais de chuvas são inferiores a 400 mm, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Leia Mais

PREFEITA ELEITA DE SANTO ANTÔNIO DAS MISSÕES MORRE DE COVID-19

Tempo de leitura: < 1 minuto

A prefeita eleita de Santo Antônio das Missões (RS), Izalda Boccacio (PP), morreu na noite ontem (3) em razão de complicações decorrentes do novo coronavírus (covid-19). Izalda, que tinha 72 anos, venceu o pleito 53,47% dos válidos.

Ela foi diagnosticada com covid-19 logo depois do encerramento da campanha e estava internada no município gaúcho de São Borja, junto com o marido, Lauro Boccacio.

Professora de formação e diretora de escolas locais, Izalda ocupava o cargo de vice-prefeita. Anteriormente ela também exerceu as funções de secretária municipal de Educação de Santo Antônio das Missões em 2001 a 2004 e dirigiu a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) local.

Por meio de nota, a prefeitura lamentou a morte de Izalda. “Não existem palavras para descrever tamanha tristeza que assola a todos neste momento. Uma perda irreparável”, diz a nota publicada nas redes sociais.

O atual prefeito Puranci Barcelos decretou luto oficial de três dias.

ESTUDANTE DO SUL DA BAHIA OBTÉM NOTA PARA APROVAÇÃO EM MEDICINA EM SEIS FEDERAIS

Tempo de leitura: 2 minutos

Estudante consegue nota para aprovação em várias universidades federais

A estudante Vitória Lima Muniz Ferreira, de 17 anos, de Ipiaú, no sul da Bahia, obteve pontuação no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) suficiente para ingresso no disputado Curso de Medicina em várias instituições de ensino superior no país. A nota de Vitória Lima, na ampla concorrência, lhe permitiu escolher entre as universidades federais da Bahia, do Mato Grosso, do Rio Grande do Sul, de Campina Grande, Pernambuco e do Vale do Jequitinhonha.

Vitória Lima também obteve pontuação suficiente para ingressar no Curso de Medicina da concorrida Faculdade Baiana de Medicina, mas a jovem optou pela UFBA para ficar mais próxima da família. Além do bom desempenho na redação, com 960 pontos, a jovem pontuou bem nas provas de Matemática e de Ciências da Natureza.

Lucy Lima, que é professora de Biologia, e Edilson Muniz contaram que a filha sempre foi focada e desde os oito anos afirmava que queria cursar Medicina. Vitória Lima atribuiu a conquista a Deus, ao apoio da família, aos  professores e ao ritmo intenso de estudos.

Ele estudava diariamente, elaborava constantemente redações, resolvia questões de simulados e de exames anteriores, além de treinar o tempo. Recusava convites para festas e acessava pouco as redes sociais. Parece um sacrifício para muitos, mas para ela era questão de prioridade. “Não era o sonho que me movia, mas a fé e a determinação em alcançá-lo”, resumiu a estudante. Com informações do Giro Ipiaú.

CONCURSO PÚBLICO DA MARINHA OFERECE MAIS DE 80 VAGAS PARA ÁREA DE SAÚDE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Inscrições estão abertas até o dia 20 deste mês

A Marinha está com inscrições abertas para o concurso público que visa o preenchimento de 86 vagas de médicos nos Comandos dos 2º, 3º 4º, 5º, 6º e 7º Distritos Navais. As oportunidades são para os estados da Bahia, Rio Grande do Norte, Pará, Rio Grande do Sul, além de Brasília. A inscrição pode ser feita até o dia 20 deste mês.

As vagas são profissionais nas especialidades de Alergologia (1); Anatomia Patológica (1); Anestesiologia (1); Cancerologia (1); Cardiologia (10); Cirurgia Geral (6); Cirurgia Plástica (1); Cirurgia Torácica (1); Cirurgia Vascular (2); Clínica Médica (7); Dermatologia (1); Endocrinologia/ Metabologia (2); Gastroenterologia (2) e Geriatria (2).

Há oportunidade também para profissionais nas especialidades de Ginecologia e Obstetrícia (8); Hematologia (1); Infectologia (2); Medicina Intensiva (2); Medicina Nuclear (1);Nefrologia (1); Neurocirurgia (1); Neurologia (2); Oftalmologia (5); Ortopedia e Traumatologia (2); Otorrinolaringologia (1); Pediatria (5); Pneumologia (1); Psiquiatria (10); Radiologia (4); Radioterapia (1) e Urologia (1).

Podem concorrer os profissionais com menos de 36 anos em janeiro de 2020 e que tenham concluído ou estar em fase conclusão do Curso de Medicina. As provas serão aplicadas na segunda quinzena de julho. O dia ainda será divulgado. A inscrição custa R$ 126 e deve ser feita exclusivamente pela internet, no site www.ingressonamarinha.mar.mil.br.

APÓS GOLPE DE R$ 200 MILHÕES, LÍDER DA D9 NEGOCIA DELAÇÃO PREMIADA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Danilo da D9 negocia delação premiada na Justiça baiana

O líder do maior esquema de pirâmide financeira do Brasil nos últimos anos, o itabunense Danilo Santana, da D9, negocia delação premiada com a Justiça em Itabuna, segundo reportagem assinada pelo jornalista baiano Flávio Costa, do UOL. A matéria é o principal destaque de hoje do portal, que aborda a extensão do golpe e as investigações da polícia e do Ministério Público na Bahia e no Rio Grande do Sul.
A delação premiada foi negociada com o Ministério Público da Bahia (MP-BA) e espera que os termos do acordo sejam homologados pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Itabuna, Murilo Staut. Os termos são mantidos em sigilo.
O esquema de pirâmide financeira lesou milhares de pessoas em vários estados do Brasil, além da Argentina e do Paraguai (confira aqui). A estimativa é de que o prejuízo para pessoas atraídas pelo lucro fácil em “apostas esportivas” tenha chegado a R$ 200 milhões somente no Brasil, conforme apurações que correm tanto na Bahia como em terras gaúchas.

BRASKEM OFERECE 300 VAGAS DE ESTÁGIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

braskem2Até o dia 31 de agosto estão abertas as inscrições para o programa de estágio universitário e técnico da Braskem. São 300 vagas para atuar nas unidades da empresa na Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Alagoas. As inscrições podem ser feitas pelo site www.jovensbraskem.com.br.

O estágio universitário traz 201 vagas para estudantes de penúltimo e último ano de formação superior. Já para o estágio técnico estão abertas 110 vagas para estudantes com mais de 18 anos que já tenham concluído o primeiro semestre do curso. Do Correio24h.

ELEITORES DE 11 MUNICÍPIOS VOLTAM ÀS URNAS PARA ESCOLHER NOVOS PREFEITOS

Tempo de leitura: 2 minutos
Mais de 260 mil eleitores volta às urnas hoje.

Mais de 260 mil eleitores volta às urnas hoje.

Da Agência Brasil

Neste domingo (12), novas eleições estão sendo realizadas em seis municípios do Rio Grande do Sul, três de Minas Gerais, um do Amapá e outro do Mato Grosso. Juntos, o eleitorado que voltará às urnas  soma 264,8 mil pessoas.

Nestes locais, as eleições de outubro do ano passado foram anuladas, porque os candidatos com maior votação não conseguiram obter o registro de candidatura. Por força de apelações, eles conseguiram manter seus nomes nas urnas, mas posteriormente tiveram seus recursos negados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e, mesmo vencendo, não puderam assumir o cargo de prefeito.

Após a reforma de 2015, o Código Eleitoral passou a prever a ocorrência de novas eleições sempre que não for mais possível recorrer de “decisão da Justiça Eleitoral que importe o indeferimento do registro, a cassação do diploma ou a perda do mandato de candidato eleito em pleito majoritário”.

Gravataí, no Rio Grande do Sul, é a maior cidade que realizará novas eleições hoje. O município tem uma população é de 273,7 mil pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O candidato vencedor, Daniel Bordignon (PDT), teve seu registro de candidatura indeferido por ter sido condenado por improbidade administrativa. Ele já havia sido prefeito da cidade entre 1997 e 2004, quando contratou 1.292 funcionários sem concurso público, de acordo com a condenação.

Dezenas de outros municípios ainda podem vir a ter novas eleições este ano. O TSE estipulou 12 possíveis datas para os pleitos. A próxima será em 2 de abril, quando 12 municípios de seis estados já se preparam para voltar às urnas, entre eles Foz do Iguaçu, no Paraná.

Confira, no leia mais, quais são os 11 municípios, com seu eleitorado aproximado, que voltam às urnas neste domingo:

Leia Mais

ESTADOS RELATAM DIFICULDADES PARA PAGAR NOVO PISO DO MAGISTÉRIO

Tempo de leitura: 3 minutos

Da Agência Brasil

Os estados brasileiros relatam suas dificuldades para cumprir o novo piso salarial dos professores em 2015. O valor passou de R$ 1.697 em 2014 para R$ 1.917,78, um reajuste de 13,01%, acima da inflação e superior, segundo o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), à receita do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O secretário de Educação do Rio Grande do Sul, Vieira da Cunha foi claro: “Eu disse ao próprio ministro que não haverá saída para o pagamento do piso, dadas as condições financeiras do estado, sem o aporte de recursos federais”, observou, em visita à sede do Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul (Cpers Sindicato). O estado é um dos que não conseguem cumprir a Lei do Piso (Lei 11.738/2008), que estabelece que o valor mínimo deve ser pago no vencimento e não com gratificações ou complementações, como é feito no Rio Grande do Sul.

O estado não está sozinho. “Como o reajuste tem sido superior à receita do Fundeb, a conta em algum momento não vai fechar. Há estados e municípios que ultrapassaram, com o pagamento da folha, o valor do Fundeb. Tivemos um ano bastante difícil”, explica o presidente em exercício do Consed, Eduardo Deschamps, secretário de Educação de Santa Catarina. O estado, segundo ele, discutirá, a partir da semana que vem, o impacto do reajuste do piso nos demais salários, com o plano de carreira.

Os secretários não negam a importância do piso, essencial para a valorização dos docentes e também para o cumprimento do Plano Nacional de Educação, que estabelece prazo de seis anos para a equiparação do salário dos professores ao dos demais profissionais com escolaridade equivalente. Atualmente, o rendimento médio dos docentes representa aproximadamente 60% dos salários médios dos demais profissionais.

“O piso foi uma conquista importante da educação brasileira. Eu não tenho a menor dúvida de que a melhoria da qualidade da educação básica passa pela valorização do professor”, destaca o secretário de Educação do Espírito Santo, Haroldo Rocha. O estado não cumpre o piso para os professores com formação de nível médio. Segundo ele, são 80 docentes nessas condições. O valor do vencimento inicial para a formação é R$ 579,26 por uma jornada de 25 horas. Para cumprir a lei, mesmo antes do ajuste, o valor seria R$ 1.060. O secretário acrescenta que o estado pretende corrigir esses salários já com o reajuste.

Leia Mais

NÚMEROS DA DISPUTA PRESIDENCIAL NOS ESTADOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

eleições 2014

A disputa ao governo estadual será definida apenas em segundo turno em 14 unidades da federação. O Ibope aferiu intenções de voto em cada um desses estados também para a presidência da República.
De acordo com os números divulgados, a maior vantagem percentual de Dilma Rousseff (PT) ocorre no Ceará (78% dos votos válidos ante 22% de Aécio Neves). O tucano impõe maior diferença no Distrito Federal (69% a 31%).
Importante notar que alguns dos estados possuem menos que 1%, cada um, do eleitorado nacional, a exemplo do Acre e Roraima. Dos relacionados, os que possuem maior peso são Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Ceará e Goiás.
Confira os cenários em levantamento pescado pelo blog no site do Ibope (percentual dos votos válidos).
Acre
Dilma – 35%
Aécio – 65%
Amapá
Dilma – 61%
Aécio – 39%
Amazonas
Dilma – 59%
Aécio – 41%
Ceará
Dilma – 78%
Aécio – 22%
Distrito Federal
Dilma – 31%
Aécio – 69%
Goiás
Dilma – 40%
Aécio – 60%
Mato Grosso do Sul
Dilma – 45%
Aécio – 55%
Pará
Dilma – 56%
Aécio – 44%
Paraíba
Dilma – 60%
Aécio – 40%
Rio de Janeiro
Dilma – 53%
Aécio – 47%
Rio Grande do Norte
Dilma – 65%
Aécio – 35%
Rio Grande do Sul
Dilma – 49%
Aécio – 51%
Roraima
Dilma – 38%
Aécio – 62%

GOVERNO RECONHECE SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA EM 15 MUNICÍPIOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Duas portarias do Ministério da Integração Nacional publicadas hoje (22) no Diário Oficial da União reconhecem situação de emergência em 15 municípios brasileiros em razão de desastres climáticos.
Em dez cidades, a razão para o decreto é a estiagem que atinge cidades  da Bahia, de Minas Gerais e da Paraíba. Os demais municípios – localizados no Rio Grande do Sul, no Paraná e em Santa Catarina – enfrentam chuvas intensas, granizo e vendaval. Ambas as portarias entram em vigor nesta segunda-feira.
Na Bahia, os municípios incluídos no decreto são Candiba, Coribe e Mairi. Pimenta com Agência Brasil.

Back To Top