skip to Main Content
29 de maio de 2020 | 06:36 am

PASSARELA LIGARÁ CENTRO E GÓES CALMON

Tempo de leitura: < 1 minuto
Ao lado de Chico Reis e Minas Aço, Fernando assina ordem de serviço (Foto Pedro Augusto).

Ao lado de Chico Reis e Minas Aço, Fernando assina ordem de serviço (Foto Pedro Augusto).

A Prefeitura de Itabuna construirá passarela ligando o centro da cidade à Praça Rio Cachoeira (Góes Calmon). A obra custará R$ 1.275.288,00 e será executada pela Minas Aço, segundo o município.

A previsão é de que a passarela seja entregue no aniversário da cidade, no dia 28 de julho. Será construída sobre a Ilha do Jegue.

A ordem de serviço para a execução da obra foi assinada pelo prefeito Fernando Gomes e o proprietário da Minas Aço, Roberto Barbosa, ex-candidato a prefeito e ex-presidente do PP de Itabuna.

O presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Chico Reis (PSDB), e o líder do Governo no Legislativo, Robinho (PP), além da secretária de Governo, Maria Alice, estiveram no ato de assinatura.

LEÃO INICIA REFORMA NO GOVERNO VANE

Tempo de leitura: 2 minutos
Leão, entre Alailson Batista e Roberto Barbosa (foto Facebook)

Leão, entre Alailson Batista e Roberto Barbosa (foto Facebook)

Enquanto o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite (PRB), retarda sua reforma administrativa, o vice-governador eleito João Leão (PP) sai na frente e altera o comando da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo.
Em sua página no Facebook, Leão registra encontro com o presidente do PP de Itabuna, Roberto Barbosa, o empresário Mário Sérgio Barbosa (irmão de Roberto) e Alailson Batista de Jesus, que no governo itabunense vem a ser diretor de Captação de Novos Investimentos.
Ocorre que na postagem de Leão, Alailson é apresentado como secretário de Indústria, Comércio e Turismo, cargo que pelo menos por enquanto é ocupado pelo advogado José Humberto Ramos Martins.
Zé Humberto, como é conhecido, é gente do prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, que por sua vez se desentendeu com o presidente do PP de Itabuna. Barbosa exige a exoneração do atual secretário, mas Vane ainda não se decidiu a atendê-lo.
Como se vê, Barbosa perdeu a paciência e recorreu a Leão. E este destituiu o Zé pelo Facebook.
Agora falta apenas saber se Vane curtiu.
Em postagem no Face, Leão nomeia novo secretário do governo Vane

Em postagem no Face, Leão nomeia novo secretário do governo Vane

WENCESLAU DIZ QUE ESCOLHA DE JOSÉ HUMBERTO TEVE PARTICIPAÇÃO DE BARBOSA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O vice-prefeito eleito de Itabuna, Wenceslau Júnior, disse discordar de nota aqui publicada e que aponta certo desprestígio do empresário Roberto Barbosa, do PP, na composição do secretariado do Governo Vane. O cururu disse que a escolha do advogado José Humberto Martins para a Secretaria de Indústria e Comércio foi em comum acordo com o PP estadual e o próprio Barbosa.

“Roberto viu que, para ele, como empresário, seria melhor não compor o secretariado, não fazer parte do governo. Foi uma decisão consensuada”, disse Wenceslau. O vice-prefeito eleito disse, também, que o empresário será das vozes que serão consultadas pelo governo nas decisões. “O diálogo será das marcas deste governo do prefeito Vane [do Renascer]”.

BARBAS DE MOLHO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os 20 candidatos a vereador do PP em Itabuna que declararam apoio à petista Juçara Feitosa podem sofrer sanções dos diretórios municipal e estadual.

A reprimenda deve ocorrer porque o partido compõe a Frente Partidária em Itabuna, que tem candidato a prefeito, Vane do Renascer (PRB).

Dos 21 nomes que disputam vaga na Câmara de Itabuna pelo partido, apenas Robertinho, filho do empresário Roberto Barbosa, continua apoiando a frente.

SÓ COM GERALDO

Tempo de leitura: 2 minutos

Marco Wense

Da base situacionista, o PCdoB tem alguma chance com o PP de Roberto Barbosa se houver uma contrapartida na cidade de Ilhéus, com os comunistas apoiando a candidatura de Jabes Ribeiro ao Palácio do Paranaguá.

O deputado federal Geraldo Simões ainda acredita em uma composição entre petistas e comunistas na sucessão do prefeito Azevedo (DEM).
Geraldo tem motivos de sobra para ficar esperançoso. O tititi entre o PT e o PCdoB, com troca de farpas entre suas lideranças – a mais recente foi entre o parlamentar e Davidson Magalhães –, sempre existiu.
Na última eleição (2008), o ex-vereador Luis Sena foi o indicado para compor a chapa majoritária encabeçada pela petista e ex-primeira dama Juçara Feitosa.
Os comunistas juram por todos os santos que essa sucessão municipal é diferente, já que a opinião de que o PCdoB deve ter candidatura própria é avassaladora entre militantes e simpatizantes.
No PCdoB, no entanto, há também os pragmáticos, os que caminham pela estrada de que o partido só deve ter candidato se o cenário apontar uma possibilidade de vitória.
A viabilidade eleitoral, como condição imprescindível para a disputa do Centro Administrativo, só será alcançada com uma coligação envolvendo legendas da base aliada do governo Wagner e de oposição.
Da base situacionista, o PCdoB tem alguma chance com o PP de Roberto Barbosa se houver uma contrapartida na cidade de Ilhéus, com os comunistas apoiando a candidatura de Jabes Ribeiro ao Palácio do Paranaguá.
Do lado oposicionista, descartando aí o PSDB e, obviamente, o DEM do prefeito Azevedo, só o PMDB presidido pelo médico Renato Costa. Vale lembrar que o peemedebismo tem Leninha Alcântara como pré-candidata.
O trunfo do deputado Geraldo Simões é o governador Jaques Wagner. O parlamentar aposta em uma efetiva participação do chefe do Executivo no processo sucessório.
O problema é que o empenho pessoal de Wagner para que os partidos aliados fiquem com o candidato do PT, principalmente o PCdoB e o PDT, só com uma condição: que o candidato seja Geraldo Simões.
Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

SE EMPLACAR…

Tempo de leitura: < 1 minuto

Coluna “De Rodapés e Achados” (O Trombone):
No final de 2011 ficou definido o apoio de Fernando Gomes a Roberto Minas Aço Barbosa. A destacar a capacidade e o volume de argumentos de Roberto para convencer Fernando, que já afirmou disposição de apoiar até o PT para evitar a reeleição de Azevedo.
Roberto entra na mídia, orientado por FG, para ver se alcança 10% a 12% de intenções de voto até março. Três meses de espera, para quem já o faz há pelo menos seis anos.
Com o risco de enveredar por campanha alheia. Ou correr sozinho.

DORMINDO COM O INIMIGO

Tempo de leitura: < 1 minuto

A articulação para levar o empresário Roberto Barbosa à presidência do PP em Itabuna ainda poderá dar muita dor de cabeça ao prefeito deste município. Mesmo com o irmão de Azevedo integrando a comissão provisória da legenda, Barbosa não deixou, logo na posse, de tecer duras críticas ao governo.

Todos sabem que o empresário sonha com a Prefeitura e tem projeto para curto prazo. Ou seja, 2012!

“MINAS AÇO” ASSUME O PP ITABUNENSE

Tempo de leitura: < 1 minuto

O empresário Roberto Barbosa “Minas Aço” assumirá a presidência do diretório itabunense do Partido Progressista (PP), em solenidade marcada para as 17h desta sexta-feira, 23.

A posse será no Tarik Plaza Hotel, na Beira-Rio, e contará com a presença do presidente do PP baiano, o deputado federal Mário Negromonte. Barbosa foi candidato a prefeito de Itabuna em 2008.

Está de olho em 2012.

Back To Top