skip to Main Content
27 de setembro de 2020 | 05:39 am

ROSEMBERG PINTO APRESENTA MOÇÃO DE PESAR PELO FALECIMENTO DE ROBERTO DE SOUZA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Roberto de Souza entrevista Rosemberg em foto neste ano

O líder do Governo Rui Costa na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Rosemberg Pinto (PT), lamentou profundamente nesta terça-feira (17), por meio de Moção de Pesar, apresentada no Parlamento baiano, a morte do radialista, apresentador de TV e ex-vereador de Itabuna Roberto de Souza.

O comunicador itabunense, de 58 anos, faleceu na madrugada de hoje em decorrência de um câncer. “Perdemos um grande amigo e comunicador, que cumpria esse importante papel social de levar informação para Itabuna e região. Que Deus dê forças aos amigos e familiares”, disse Rosemberg.

Roberto de Souza comandava o programa Resenha da Cidade, da Rádio Nacional de Itabuna. Esteve no ar por mais 22 anos, com passagens também pelas rádios Difusora e Jornal. Além de comunicador, Roberto de Souza foi vereador por quatro mandatos consecutivos, de 1997 a 2012.

O corpo de Roberto de Souza será velado no plenário da Câmara de Vereadores de Itabuna nesta tarde de terça. O sepultamento está previsto para as 10h desta quarta-feira (18), no Cemitério Campo Santo.

RICARDO XAVIER LAMENTA FALECIMENTO PREMATURO DE ROBERTO DE SOUZA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Roberto de Souza (de fone) entrevista Robinho (à esq), Xavier e Beto Dourado

O presidente da Câmara de Itabuna, vereador Ricardo Dantas Xavier, lamentou a morte de Roberto de Souza. Ex-vereador, radialista e apresentador de TV, Roberto de Souza faleceu aos 58 anos, nesta terça-feira (17), em Salvador, onde fazia tratamento contra o câncer (veja mais abaixo).

– Não apenas o Legislativo, mas a Comunicação e a sociedade itabunenses estão de luto com a morte prematura do amigo Roberto de Souza. Vereador por quatro mandatos, de 1997 a 2012, ele teve uma atuação marcante na Câmara de Itabuna, onde foi secretário da Mesa Diretora. Fui seu colega em dois mandatos. Em nome de todos os membros desta Casa, eu me solidarizo, nessa hora de dor, com a família e os amigos em luto”, acrescentou Ricardo Xavier.

MORRE EX-VEREADOR E APRESENTADOR ROBERTO DE SOUZA

Tempo de leitura: 2 minutos

Roberto de Souza faleceu na madrugada desta terça

O ex-vereador de Itabuna, radialista e apresentador de TV Roberto de Souza faleceu na madrugada desta terça-feira (17), após um ano de luta pela vida. O comunicador e ex-parlamentar foi diagnosticado com câncer em 2018.

Roberto foi vereador de Itabuna por quatro mandatos consecutivos, no período de 1997 a 2012. Por várias vezes membro das mesas diretoras da Câmara e na Casa conseguiu aprovar a Lei Roberto de Souza, que obriga o município a divulgar, com 30 dias de antecedência, o reajuste de serviços como a tarifa de água e esgoto ou da passagem de ônibus.

Ele comandou por duas décadas um dos programas de maior audiência no rádio grapiúna, o Resenha da Cidade, sempre aos sábados e, por alguns anos, também de segunda a sexta. O Resenha da Cidade foi ao ar nas três emissoras AMs de Itabuna – Difusora, Jornal e Nacional, onde ele chegou a apresentar o programa ainda neste ano, mesmo já debilitado pela doença.

Apaixonado pelo microfone, era dono de bordões como “Beleza, beleza, beleza” e “Confusão, confusão, confusão” para cumprimentar os ouvintes ou abrir novos blocos do programa ou até anunciar uma entrevista quente.

Entrevistar era sua maior arte no rádio. Nos mais de 20 anos de microfone, Roberto pautava o noticiário regional a partir de entrevistas feitas em seus programas. Sabia ser contundente nas perguntas sem ser agressivo ou ofender o entrevistado. O estilo e a grande audiência no rádio levaram Roberto para a telinha, com um programa semanal na TVI, após convite do diretor Barbosa Filho.

Nascido em Itabuna em 30 de outubro de 1961, Roberto Tadeu Pontes de Souza, além de radialista e apresentador de TV, formou-se em Agronomia. Deixa esposa, a advogada Sandra Ramalho, e os filhos Roberto Ramalho, Paulo e Natália.

VELÓRIO

O corpo de Roberto de Souza está sendo transladado de Salvador para Itabuna, onde deverá chegar no final da tarde desta terça-feira (17) a Itabuna. O velório será no plenário da Câmara de Vereadores. O enterro está previsto para às 10h desta quarta-feira (18), no Cemitério Campo Santo.

“BELEZA, BELEZA, BELEZA”: ROBERTO DE SOUZA RETORNA AO RÁDIO NESTE SÁBADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Roberto de Souza retorna neste sábado (6), a partir das 10h, na Nacional

Afastado dos microfones desde o final de 2018, o radialista Roberto de Souza volta a comandar o Resenha da Cidade, na Rádio Nacional de Itabuna (AM 870), neste sábado (6), a partir das 10h. O retorno ocorre após cerca de quatro meses de tratamento de saúde.

O Guerreiro, como está sendo chamado pelos amigos, terá o prefeito Fernando Gomes e o secretário da Administração de Itabuna, Dinailson Oliveira (Son Gomes), como entrevistados neste sábado.

ROBERTO DE SOUZA NA RÁDIO NACIONAL

Tempo de leitura: < 1 minuto
Roberto estreia dia 26 na Rádio Nacional

Roberto estreia dia 26 na Rádio Nacional

Roberto de Souza deixou a Rádio Difusora e já está de casa nova. O radialista e ex-vereador estreará, na próxima quarta (26), na Rádio Nacional 870AM.

A estratégia da emissora com a nova aquisição e algumas mudanças é recuperar a audiência perdida por erros sucessivos de administração nos últimos dez anos, alguns dos quais fora do ar.

A aquisição tem peso. Quando na Difusora, Roberto era considerado líder de audiência no horário das 13h às 14h, de segunda a sexta, e das 10h às 12h dos sábados.

A Nacional passa por mudança não apenas na programação. O estúdio sai do Zildolândia para a Avenida Princesa Isabel, no Banco Raso, em um antigo imóvel da Minas Aço. A emissora pertence à família do ex-deputado Daniel Gomes.

HORÁRIO

Em tempo, o Resenha na Nacional será das 12h30min às 14h, de segunda a sexta. No sábado, das 10h às 14h. Atualizado às 15h26min

“ROBERTOS” TROCAM DE PARTIDOS EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Roberto de Souza se filia ao PSD

Roberto de Souza se filia ao PSD

Segundo informações do blog Políticos do Sul da Bahia, o radialista e ex-vereador Roberto de Souza é o mais novo integrante do PSD em Itabuna, com grandes chances de vir a assumir a presidência do partido no município.

O radialista entrou para preencher a lacuna deixada pelo homônimo Roberto José, que abandonou a sigla da deputada estadual Ângela Sousa e do senador Otto Alencar, por entender que o PSD tende a não lançar candidatura própria a prefeito.

Como Roberto José é pré-candidato, optou por uma articulação com o deputado federal José Carlos Araújo, e mudou-se de mala e cuia para o PR. A mudança gerou indignação da deputada Ângela, que tem usado palavras nada gentis quando se refere ao ex-aliado.

DE OLHO NA VICE

Tempo de leitura: 2 minutos

marco wense1Marco Wense

O objetivo do novo agrupamento político, com o vereador Ruy Machado, o radialista Roberto de Souza, o médico Edson Dantas e a professora Acácia Pinho, é indicar o vice de Geraldo Simões na sucessão de 2016.

O óbvio ululante é que todos eles, respectivamente do PTB, PR, PSB e PDT, são pré-candidatos para compor a chapa majoritária encabeçada pelo petista.

A posição do ex-prefeito de Itabuna nas pesquisas de intenção de votos, ocupando a dianteira, em empate técnico com o também ex-alcaide Fernando Gomes, oxigena a “nova” frente.

Machado, Souza, Dantas e Acácia vão disputar o cargo de vice-prefeito. O problema é que o candidatíssimo Geraldo Simões não quer nenhum deles como companheiro de chapa.

É evidente que Simões vai alimentar, até o limite do possível, que pode escolher no quarteto o seu vice. A “nova” frente já é chamada de “Frente dos Vices de Geraldo Simões”, abreviadamente FVGS.

Quando questionado sobre quem será o candidato a prefeito de Itabuna, o doutor Edson Dantas, que já foi edil, diz que “ainda não há esse tipo de discussão”.

Ora, ora, esse “tipo de discussão” nunca vai existir. O candidato é Geraldo Simões e ponto final. A possibilidade de o próprio Edson sair candidato é nula.

Edson Dantas, Acácia Pinho, Roberto de Souza e Ruy Machado sequer serão prefeituráveis, contrariando a máxima de que na política tudo é possível.

Vale lembrar que a atual comissão provisória do PDT, hoje sob o comando de Acácia Pinho, pode ser destituída a qualquer momento. O PDT vai ter candidatura própria.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

"BELEZA, BELEZA, BELEZA"

Tempo de leitura: < 1 minuto
Roberto retorna à programação diária (Foto Duda Lessa).

Roberto: programa diário (Foto Duda Lessa).

Roberto “Beleza, Beleza, Beleza” de Souza volta a ter programa diário na Rádio Difusora AM. O Resenha da Cidade ocupará a faixa das 12h às 12h30min, de segunda a sexta. Aos sábados, a atração continua, das 10 horas ao meio-dia.
“Fizemos uma reunião para decidir a cobertura das eleições deste ano e [Antônio] Badaró me avisou que o programa começaria no outro dia (sexta, 3)”, disse Roberto, comemorando mais espaço na grade da emissora itabunense.
A atração terá uma mescla de noticiário esportivo e geral. “Vamos manter o estilo, combinando informação com apresentação descontraída, dialogando com o ouvinte”, diz Roberto.

ROBERTO DIZ QUE “VOTAÇÃO É POLÍTICA” E APROVA CONTAS DE AZEVEDO

Tempo de leitura: 1 minuto
Roberto de Souza diz que votação "é política".

Roberto de Souza diz que votação “é política”.

O vereador Roberto de Souza (PR) disse que votou pela aprovação das contas de Capitão Azevedo (DEM) do exercício de 2009 porque a análise na Câmara é “meramente política, votação política”. A votação ocorreu nesta tarde (veja mais abaixo). Nesta quinta, 27, os vereadores votarão as contas de 2010 do prefeito.

– Não tem jeito. Teremos mil e um argumentos, mas é [política] – disse ao PIMENTA ao justificar-se quanto ao voto, mesmo com o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) tendo apontado graves irregularidades, como desvio de dinheiro, falta de licitação e gastos superiores a 70% com folha de pagamento. Em 2009, o vereador era dos poucos a fazer oposição a Azevedo, mas passou a integrar a base de Azevedo em 2011.

Seguindo a linha de argumentação, Roberto diz que 90% dos conselheiros do TCM são políticos “e todos sabem disso”. Questionado se o tribunal deveria deixar de existir, o vereador itabunense disse que “sim”.

AZEVEDO NÃO PAGA 13º SALÁRIO

O prefeito Capitão Azevedo ainda não pagou o 13º salário dos servidores municipais. Encerrando quarto mandato como vereador e sem conseguir reeleição, Roberto de Souza defendeu hoje que a presidência da Câmara faça acordo com a prefeitura para que os R$ 1,1 milhão a serem devolvidos pelo legislativo sejam destinados a quitar o 13º dos servidores. “Dei a ideia, mas dependerá do bom senso do presidente [Ruy Machado]”.

JULGAMENTO NO TJ-BA GERA TENSÃO ENTRE VEREADORES DE ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Vereadores sob tensão pelo julgamento do TJ-BA.

A sessão de julgamentos do pleno do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), na quarta-feira, 11, está sendo aguardada sob tensão em Itabuna. Dois processos, com agravos regimentais do Ministério Público do Estado, contêm nitroglicerina pura.

O primeiro diz respeito a agravo do procurador-geral adjunto de Justiça, José Gomes Brito, contra a decisão do presidente do TJ-BA, Mário Alberto Hirs, que devolveu seis vereadores à Câmara em maio passado.

A decisão afeta os vereadores Solon Pinheiro e Raimundo Pólvora (DEM), Clóvis Loiola (PSDC), Roberto de Souza (PR), que concorrem à reeleição, Wenceslau Júnior (PCdoB), candidato a vice-prefeito, e Ricardo Bacelar (PSC), que desistiu de concorrer. Os acusados tinham sido afastados por suposta participação na “Máfia dos Consignados” (relembre o caso aqui).

O segundo processo se refere a agravo do Ministério Público pela manutenção de liminar concedida à Promotoria pela 2ª Vara Cível. A decisão obriga a Prefeitura de Itabuna a se abster de admitir qualquer candidato aprovado nos processos simplificados 04 e 10/2010 e 06/2011 e suspenda os contratos de trabalho vigentes.

O MP alega que os editais não tinham autorização legal e não havia necessidade para contratações temporárias. No entendimento da promotoria, a prefeitura deveria abrir concursos públicos em vez de processos simplificados para admissão de pessoal.

Back To Top