skip to Main Content
26 de maio de 2020 | 03:43 am

AÇÃO DE RODOVIÁRIOS IMPEDE QUE EMPRESA TROQUE ÔNIBUS NOVOS POR SUCATAS EM ITABUNA

Porta da garagem da empresa foi interditada pelos rodoviários para impedir troca
Tempo de leitura: 2 minutos

A ação de rodoviários impediu que a Viação Sorriso da Bahia trocasse 16 ônibus novos da frota de Itabuna por sucatas que servem linhas de Porto Seguro, no extremo-sul do Estado. A empresa alegou que os veículos novos são financiados e o movimento em Itabuna não estaria cobrindo os custos do financiamento.

Os veículos seriam levados para Porto Seguro ainda hoje (29). A ação pegou de surpresa a Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito (Sesttran). Um dos prepostos da Pasta acompanhou a movimentação do sindicato a distância.

Ainda na manhã de hoje, 16 motoristas da Viação Porto Seguro, que é do mesmo grupo, chegaram à garagem da Sorriso, em Itabuna, para levar os ônibus para o extremo-sul. O sindicato foi informado e os dirigentes fecharam a porta da empresa, no São Caetano.

Arlensen Nascimento, presidente do Sindicato dos Rodoviários de Itabuna (Sindirod), disse que a primeira reação da categoria foi fechar a garagem da Sorriso para impedir a saída dos ônibus e a consequente demissão de trabalhadores. “A empresa informou que seria apenas troca de veículos”, afirmou ao PIMENTA. “Pedimos que colocassem primeiro os ônibus de Porto Seguro para retirar depois os da Sorriso, já que, como sindicato, não poderíamos exigir mais que isso”.

Veículos ficaram estacionados na porta da garagem || Foto JC Souza/Pimenta

Segundo Arlensen, a empresa desistiu de levar os ônibus novos de Itabuna para Porto Seguro. Porém, a empresa não informou se ainda haverá a troca por veículos mais velhos de Porto Seguro. A negociação entre sindicato e empresa começou por vota das 11h e somente terminou às 15h30min.

GREVE NA SÃO MIGUEL 

Com os ônibus há mais de uma semana sem circular, o itabunense que precisar de transporte público quando acabar a quarentena no município poderá ficar com apenas uma das empresas rodando. Motivo: a São Miguel ainda não pagou aos rodoviários a quinzena vencida em 20 de março.

– A empresa só pagou um terço do salário. Caso o serviço [de transporte] retorne, a São Miguel não poderá circular enquanto não quitar – disse Arlensen ao PIMENTA.

RODOVIÁRIOS DE ITABUNA ENTRAM EM GREVE NESTA SEGUNDA

Tempo de leitura: 2 minutos

Greve de ônibus em Itabuna começa nesta segunda || Foto Pimenta/Arquivo

Arlensen preside o Sindicato dos Rodoviários || Foto Reprodução

Os rodoviários de Itabuna entrarão em greve nas primeiras horas desta segunda-feira (3). As empresas, que cobram aumento do valor da passagem, hoje em R$ 3,00, se recusaram a conceder reajustes de salário e do tíquete refeição. A greve foi decidida na última quinta (30) e não houve avanço até a noite deste domingo (2).

Os rodoviários querem reajuste salarial de 5% e aumento de 9% no tíquete alimentação. “Não tivemos proposta alguma das empresas em cinco rodadas de negociação. Não saímos do zero”, afirmou Arlensen Nascimento ao PIMENTA.

Segundo o dirigente, as empresas apontam alto índice de gratuidade e a tarifa como fatores que impediriam o reajuste salarial. A tarifa de ônibus em Itabuna, proporcionalmente, seria a mais baixa do Estado, na versão das empresas.

A greve afeta todas as linhas urbanas e rurais de Itabuna. A negociação avançou apenas com as empresas de transporte rodoviário semiurbano e intermunicipal (Rota e Águia Branca), que concederam 5% de reajuste salarial e 10% de reajuste no valor do tíquete alimentação. “Conseguimos fechar [com a Águia Branca e a Rota] na sexta-feira”, afirmou Arlensen ao site.

Para o presidente do Sindicato dos Rodoviários, esta tem sido a mais difícil das negociações dos últimos anos. Ele está à frente da entidade há sete anos. “Nunca encontrei um ano que não se falasse, pelo menos, em reposição da inflação”, disse, enfatizando que até aqui as empresas do transporte urbano não têm sinalizado para concessão de nenhum percentual de reajuste. “Nem reposição da inflação os patrões quiseram conversar”, completou ele em entrevista ao PIMENTA.

Com a decisão de greve, os rodoviários devem decidir, até as 8h desta segunda, se a categoria colocará em circulação ao menos 30% da frota enquanto perdurar a paralisação. “Vamos colocar isso para a categoria [decidir]”, afirmou Arlensen.

——

GREVE DOS RODOVIÁRIOS DEIXARÁ ITABUNA SEM ÔNIBUS; PARALISAÇÃO EM ILHÉUS COMEÇA NA 5ª

Tempo de leitura: < 1 minuto

Greve dos rodoviários começará à 0h desta terça

As negociações entre patrões e empregados não avançaram e o itabunense amanhecerá sem ônibus urbano nesta terça-feira (29). A greve atingirá também o transporte intermunicipal, pois o movimento teve a adesão dos rodoviários das empresas Rota e Viação Águia Branca.
Os rodoviários pediam 6% de reajuste salarial e 10% no valor do tíquete refeição, mas as empresas ofereceram 1,78% de reajuste no salário e 0,78% no tíquete refeição na semana passada. Porém, pediram prazo até esta segunda para apresentação de nova proposta. Sem avanço nas negociações, a categoria entrou em greve. Ulisses Santos, dirigente do Sindicato dos Rodoviários de Itabuna, conformou o início do movimento a partir da 0h desta terça.
GREVE EM ILHÉUS
Também nesta segunda, os rodoviários de Ilhéus decidiram entrar em greve. A paralisação começará na próxima quinta (31). Os rodoviários pedem 5% de reajuste salarial e as empresas acenaram com 2,5%, o que foi rejeitado pelos rodoviários.
Atualização às 7h10min (29/05) – Os rodoviários das empresas Águia Branca e Rota Transportes, que operam linhas intermunicipais e interestaduais, fizeram acordo e retornaram ao trabalho nesta manhã. Eles aceitaram reajuste de 2,7% no salário e 4,6% no tíquete refeição.

RODOVIÁRIOS FAZEM PARALISAÇÃO EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Rodoviários da empresa São Miguel fazem paralisação por salário (Foto Divulgação).

Rodoviários da empresa São Miguel fazem paralisação por salário (Foto Divulgação).

Funcionários da Viação São Miguel, que detém parte das linhas de ônibus de Itabuna, fizeram duas paralisações de duas horas, cada uma, nesta segunda-feira (16) de carnaval. Os rodoviários cobram o pagamento de salários atrasados. A empresa será notificada, segundo o secretário de Transporte e Trânsito, Roberto José. Ele conversou com funcionários da São Miguel na sede da empresa e no centro comercial.

RODOVIÁRIOS PARAM EM PROTESTO CONTRA ASSALTOS A ÔNIBUS EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Ônibus não vão circular em Itabuna das 8h30min às 10h30min.

Ônibus não vão circular em Itabuna das 8h30min às 10h30min.

Os rodoviários de Itabuna cruzarão os braços por duas horas nesta sexta-feira (15), das 8h30min às 10h30min, para protestar contra o aumento do número de assaltos a ônibus. A paralisação foi comunicada há pouco pela diretoria do Sindicato dos Rodoviários de Itabuna (Sindirod) em nota à imprensa.
De acordo com a direção do sindicato, os assaltos estão ocorrendo com maior frequência e a violência dos bandidos é ainda maior. Na terça-feira, um assaltante tomou ônibus na Avenida Juracy Magalhães e menos de um quilômetro depois, no ponto da AFI, na Avenida Amélia Amado, sacou a arma e obrigou os passageiros a passar dinheiro e celulares. Dois dos passageiros resistiram e ele ameaçou atirar. Na sequência, saiu caminhando.
As linhas mais distantes do centro da cidade são as mais visadas pelos vagabundos. Passageiros contam cenas de terror vividas em linhas como as que ligam o centro aos bairros da região da Nova Itabuna e Ferradas. Os rodoviários cobram melhor policiamento para inibir os assaltos.

GREVE DE ÔNIBUS EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Sindicato anunciou greve com paralisação de toda a frota (Foto Pimenta/Arquivo 2011).

Sindicato anunciou greve com paralisação de toda a frota (Foto Pimenta/Arquivo 2011).

Os mais de 2,5 mil rodoviários de Itabuna podem parar a partir da zero hora desta sexta-feira (23). As negociações com as empresas de ônibus do transporte urbano (São Miguel e Expresso Rio Cachoeira) não avançaram. Nesta tarde, representantes do sindicato da categoria e das empresas intermunicipais (dentre elas Rota e Águia Branca) voltaram a negociar.
Os trabalhadores pedem reajuste de 11% e passe livre. As empresas oferecem 7%. Os rodoviários fizeram uma contraproposta às empresas, após ter a pedida de 16% de reajuste rejeitada pelas empresas. Reduziram para 11% e incluíram a cláusula social que resgata o passe livre.
Espera-se que, até as 20h, o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Arlensen Souza, comunique qual a decisão da categoria. A greve foi decidida na última terça (20).

ITABUNA, DE NOVO, SEM ÔNIBUS. RODOVIÁRIOS COBRAM HORAS EXTRAS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Questão dos rodoviários está sendo julgada no Fórum Humberto Machado.

Questão dos rodoviários está sendo julgada no Fórum Humberto Machado.

Após duas paralisações por questões de segurança, no domingo e ontem, os rodoviários voltaram a cruzar os braços nesta manhã de terça (18). A paralisação afeta apenas as linhas servidas pela Expresso Rio Cachoeira, o que representa metade dos ônibus recolhidos.
Metade dos veículos da empresa está parada próximo ao Fórum Humberto Machado , no São Caetano. Os rodoviários cobram da empresa o pagamento de horas extras. A reivindicação é antiga e foi parar na Justiça do Trabalho.
Sindicalistas negociam para que os funcionários da outra concessionária do transporte público em Itabuna, a São Miguel, também pare, já que a ação destes também será julgada em breve.

ÔNIBUS CIRCULAM NORMALMENTE EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Ônibus circulam normalmente em Itabuna (Foto Arquivo).

Ônibus circulam normalmente em Itabuna (Foto Arquivo).

Hoje é mais um dia de mobilização nacional de movimentos sociais e sindicatos (reveja aqui), mas, ao contrário do 11 de julho, o itabunense que depende do sistema de transporte público pode ir à rua sem medo. Nestas primeiras horas, os ônibus estão circulando normalmente.

Não há alerta dos rodoviários para a paralisação de atividades. No mês passado, a categoria parou pela manhã e os ônibus retornaram às ruas somente na parte da tarde.

Já quem mora em Salvador terá um dia daqueles. Os profissionais prometem atrasar a saída de ônibus em protesto pela redução da jornada semanal para 40 horas. Eles são contrários ao projeto de lei 4330, que regulamenta a terceirização. A promessa é de busão circulando somente a partir das 9h.

ACABA GREVE DOS RODOVIÁRIOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os rodoviários de Itabuna se reuniram em assembleia nesta tarde e decidiram encerrar greve iniciada há 17 dias. As empresas concordaram em acabar com o expediente das “duas pegadas” e não descontar os dias parados de motoristas e cobradores.

Com as duas pegadas, os rodoviários eram obrigados a trabalhar em praticamente dois turnos, mas com intervalo de menos de uma hora e sem desconto na jornada. Amanhã, 100% da frota já estará nas ruas.

PSB EMPLACA PRESIDENTE DOS RODOVIÁRIOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Bebeto procura fortalecer sua base nos sindicatos da regiao

Nem Pezão, nem Pé de Rato. O futuro presidente do Sindicato dos Rodoviários de Itabuna (Sindrod) será Arlensen Nascimento Antero de Souza, ligado à Força Sindical, que contou com apoio do ex-candidato a deputado federal Bebeto (PSB), presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Pesada (Sintepav).

A eleição aconteceu esta semana e foi precedida por um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado junto ao Ministério Público do Trabalho, no qual as três chapas que participaram do pleito se comprometeram a evitar turbulências.

Um detalhe interessante é que Bebeto tentou eleger também o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Ilhéus. Formou uma chapa competitiva, mas, faltando poucos dias para o pleito, o candidato a presidente “pipocou”. Segundo se diz, depois de ouvir “bons argumentos” das empresas.

Back To Top