skip to Main Content
5 de julho de 2020 | 12:17 am

CAMAMU: AUTORIZADAS OBRAS DO ATRACADOURO DE CAJAÍBA DO SUL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Deputado Rosemberg Pinto e prefeita Ioná com a ordem assinada

A prefeita de Camamu, Ioná Queiroz, ao lado do deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), autorizou, nesta segunda-feira (11), a reforma do atracadouro de Cajaíba do Sul.
O equipamento, um sonho antigo dos moradores e de grande importância para a economia local e para o turismo da região, foi fruto de uma luta do deputado Rosemberg junto ao governo do Estado. Principal liderança do baixo-sul da Bahia e articulador junto à gestão Rui Costa, o petista e a prefeita Ioná conseguiram R$ 1,2 milhão para a reforma, via Secretaria Estadual de Infraestrura (Seinfra).
As obras serão tocadas pela Tecnocret Engenharia e têm prazo de conclusão de seis meses. A solenidade da ordem de serviço contou com a presença também do deputado federal Paulo Magalhães, secretários municipais, vereadores, lideranças e moradores locais.

Obras do atracadouro custarão R$ 1,2 milhão e devem ser entregues em 6 meses

ROSEMBERG DEFENDE UNIÃO DOS GESTORES MUNICIPAIS

Tempo de leitura: 2 minutos

Rosemberg, ao centro, defende união de prefeitos em encontro do municipalismo

Presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), o deputado Rosemberg Pinto defendeu a união dos gestores municipais durante participação no Encontro de Prefeitos, promovido pela União dos Municípios da Bahia (UPB).
– O encontro fortalece o municipalismo, fortalece a união entre os prefeitos e a ideia de que o município não pode ser uma ilha, ele se relaciona com as cidades vizinhas, essa relação tem que ser cotidiana. A cada dia um prefeito tem que discutir com o outro, independentemente da coloração partidária, porque o que acontece em um município, reflete no outro. Então os prefeitos têm que construir hábitos de conversarem constantemente para terem políticas regionais – defendeu Rosemberg.
Presente no evento, o governador Rui Costa (PT) defendeu mudanças no pacto federativo do Brasil. “Não é possível continuar com esse formato de distribuição de recursos, porque a educação tem que ser prioridade para a nação. Não existe nação no mundo que consiga seguir em frente sem educação; e transferir essa responsabilidade apenas para os estados e municípios não é possível”, reclamou o governador.
Já o ex-governador Jaques Wagner (PT) ressaltou a coragem dos gestores dos municípios baianos diante da queda de arrecadação que estão enfrentando. “Sem dúvida nenhuma são heróis aqueles que se dispõem a dirigir as suas cidades”, disse, ao pontuar a importância de se mudar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).
O senador Otto Alencar (PSD) também seguiu a mesma linha e disse que já apresentou projetos nesse sentido, contudo, o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ) – o qual ele chama de “Engavetador Geral da República” – insiste em não os colocar em votação. A senadora Lídice da Mata (PSB) focou na forma como o governo do PT vem tratando democraticamente os prefeitos dos municípios baianos, desde a gestão de Jaques Wagner.

DO FUNDO DO BAÚ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ontem (18), o governador Rui Costa fez aniversário. Correligionários e amigos prestaram homenagens ao mandatário baiano. Em sua conta no microblog Twitter, o deputado estadual Rosemberg Pinto postou foto de quase 30 anos. Nela, Rosemberg ainda conserva bigode e o governador aparece de óculos, barba e bigode. Os óculos foram abandonados na campanha a governador, em 2014. Ao lado, aparece o ex-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner.

ROSEMBERG APONTA SUCESSO DA SSP-BA EM DESOCUPAÇÃO DE FAZENDAS NO MÉDIO SUDOESTE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Rosemberg (à direita) aponta sucesso em operação da SSP no médio sudoeste da Bahia

Rosemberg (à direita) aponta sucesso em operação da SSP no médio sudoeste da Bahia

A operação da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) para desocupação de mais de dez fazendas invadidas, no último domingo (1º), no médio sudoeste baiano, sem registro de violência, foi elogiada pelo deputado estadual Rosemberg Pinto (PT). Invasões ocorreram em propriedades localizadas nos municípios de Itapetinga, Itororó e Itaju do Colônia.

Rosemberg manteve audiência com o titular da SSP-BA, Maurício Barbosa, nesta quarta (4), no Centro Administrativo da Bahia (CAB). “Quero agradecer e parabenizar o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, pela presteza nas ações de pacificação na região, sem nenhum registro de violência, o que é mais importante”, disse o deputado.

A desocupação das propriedades foi executada por força-tarefa da SSP-BA, com efetivo das polícias Militar e Civil. Também participaram da audiência, hoje, os parlamentares Luiz Augusto (PP), Eduardo Salles (PP) e Pedro Tavares (PMDB).

Policiais civis e militares negociaram saída de invasores

Policiais civis e militares negociaram saída de invasores

DAVIDSON, GERALDO E O PT

Tempo de leitura: 3 minutos

marco wense1Marco Wense

 

PT e PCdoB é uma velha história de amor e ódio. Não tenho nenhuma dúvida de que estarão de mãos dadas na sucessão de 2016. A união dos vermelhinhos é imprescindível para a sobrevivência política do petismo e do comunismo.

 

 

A exoneração do coordenador do Detran em Itabuna, subtenente Gilson Nascimento, indicado pelo PCdoB, me fez lembrar da música “Pode vir quente que estou fervendo”, composta por Carlos Imperial e interpretada pelo rei Roberto Carlos e o tremendão Erasmo Carlos.

O suplente de deputado federal Davidson Magalhães, líder inconteste do comunismo no sul da Bahia, pré-candidato à sucessão do prefeito Claudevane Leite, abriu o verbo contra o PT e sua articulação política.

Davidson Magalhães parecia aquele de priscas eras, do saudoso tempo agitado da política estudantil, gesticulando e bradando em voz alta: “Isso é um absurdo, vai ter troco”.

Já fui o alvo preferencial dos seus inflamados e frenéticos discursos na então FESPI, hoje Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), quando candidato à presidência do Diretório Central dos Estudantes (DCE) e do DA de Direito. Perdi no primeiro embate, mas sair vitorioso no segundo. Não foi fácil enfrentar os aguerridos meninos do PCdoB. Eu era do PDT, brizolista convicto, mas os danados diziam que eu era da “direitona”. Ser de direita naquele tempo, no ambiente estudantil, era suicídio político.

Sobre o deputado estadual petista Rosemberg Pinto, responsável pela indicação do novo diretor do cobiçado órgão, Davidson disse que “o rapaz não tem nenhuma representatividade, não teve nem três mil votos entre Itabuna e Ilhéus”.

E mais: 1) “… não vamos fazer a transferência do cargo, isso é uma agressão ao resultado da eleição de Itabuna, Ilhéus e Região, uma agressão aos 17 mil votos que tivemos”. 2) “… é por este tipo de coisa que o PT está isolado. É esse tipo de atitude que dificulta aliança com o PT”. 3) “… vai ter troco, vai ter troco”. 4) “… não tenho medo de ameaça nenhuma ao meu mandato”.

O “vai ter troco” foi o desabafo que mais pontuou no duro discurso do prefeiturável. Tiririca da vida, um pouco nervoso, Davidson lembrava um ACM versus Waldir Pires.

Qual seria o “troco” de Davidson Magalhães? Foi o questionamento mais ouvido do pós-descarrego. No início, todos pensavam que o “troco” seria o fim do diálogo com o também pré-candidato Geraldo Simões.

Davidson, no entanto, sabendo que o PCdoB precisa do PT e vice-versa, tratou logo de isentar o PT de Geraldo Simões: “O PT fez um absurdo em Itabuna, não digo que é o PT de Itabuna”.

Como uma espécie de advogado de Geraldo Simões, Davidson foi mais além: “Tem gente querendo ocupar o espaço do ex-deputado, não vão nos jogar contra Geraldo Simões aqui em Itabuna”.

Leia Mais

TUDO COMO DANTES EM URUÇUCA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Marcelo, entre Rosemberg e Davidson (foto Marcos Souza)

Marcelo, entre Rosemberg e Davidson (foto Marcos Souza)

Após ensaiar um rompimento com o PCdoB e a candidatura do ex-presidente da Bahiagás, Davidson Magalhães, a deputado federal, o vice-prefeito de Uruçuca, Marcelo Dantas, refluiu.
Neste domingo (10), Dantas e Magalhães fumaram o “cachimbo da paz”. O vice-prefeito vinha reclamando de desatenção e se queixava de que era apenas um mero filiado do PCdoB de Uruçuca, sem qualquer controle sobre a legenda no município.
Ao que parece, houve compromisso de que, daqui pra frente, tudo vai ser diferente…
Na foto, Marcelo Dantas, que é irmão gêmeo do ex-prefeito de Itajuípe, Marcos Dantas, aparece entre Magalhães e o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), candidato à reeleição.

PETISTAS EM ROTA DE COLISÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

gs-ros

O deputado estadual Rosemberg Pinto e o federal Geraldo Simões, ambos do PT, estão com as relações estremecidas.
Em 2010, os dois petistas fizeram dobradinha em vários municípios, mas, agora em 2014, Geraldo tem retornado às mesmas bases, porém o objetivo passou a ser cuidar do próprio quintal. Ou seja, pedir votos para si mesmo e para o filho, Tiago Feitosa, que será candidato a deputado estadual pelo PSL.
Rosemberg diz que tem recebido pessoas dessas bases e que muitas delas veem a postura de Geraldo como desleal. O deputado estadual acredita que, nas costuras feitas em 2014, seu apoio foi mais decisivo do que a ajuda que recebeu do correligionário.
“Na eleição passada, Geraldo não me levou a lugar nenhum, eu que o levei”, assegura Rosemberg, que diz não ter o que perder em caso de rompimento com o ex-parceiro.
 

ROSEMBERG ASSUME LIDERANÇA DO PT

Tempo de leitura: < 1 minuto
Rosemberg assume liderança do PT na assembleia.

Rosemberg assume liderança do PT na assembleia.

Após indicação da bancada integrada por 14 parlamentares, o deputado Rosemberg Pinto será o novo líder do PT na Assembleia Legislativa baiana. A escolha ocorreu ontem, 28, em reunião no legislativo estadual. A partir do próximo dia 1º, Rosemberg substituirá Yulo Oiticica no posto de líder. Yulo será o nome do partido na vice-presidência da Assembleia.
Rosemberg está no primeiro mandato e já presidiu a Comissão de Defesa do Consumidor, em 2011, e a subcomissão de Energia e Desenvolvimento Tecnológico até o ano passado. Ao ocupar a liderança do partido, o deputado petista integrará o Conselho Político do Governo Wagner.

REGIÃO SUDOESTE EM BUSCA DE ALTERNATIVAS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Fechamento de fábricas deixou 4 mil sem emprego

Fechamento de fábricas deixou 4 mil sem emprego

Prefeituras, Governo do Estado e parlamentares, como o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), discutem propostas para iniciar uma reestruturação da economia de municípios atingidos no final de 2012 com o fechamento de dez fábricas da Vulcabras|azaleia, o que levou a cerca de 4 mil demissões. As unidades absorviam grande parte da mão-de-obra das cidades de Caatiba, Firmino Alves, Itambé, Itororó e Macarani.
A situação foi discutida nesta quarta-feira, 23, na Secretaria de Planejamento do Estado. O secretário José Sérgio Gabrielli estimula a construção do plano de reestruturação, discutindo-se alternativas como a atração de novas indústrias calçadistas para aproveitar a mão-de-obra existente e já capacitada. Também se aponta como saída o fortalecimento de outras vocações produtivas do Território de Identidade do Médio Sudoeste.
Além de Rosemberg Pinto, de prefeitos e do titular da Secretaria do Planejamento, participaram da reunião desta quarta-feira representantes das secretarias da Agricultura e de Indústria, Comércio e Mineração. Durante o encontro, foi informado que técnicos do governo iniciaram uma série de contatos com dirigentes sindicais e empresariais da região. Um calendário de visitas aos prefeitos também será definido.

Back To Top