skip to Main Content
16 de maio de 2021 | 04:01 am

POR QUE AINDA NOS INCOMODAMOS TANTO COM ESSE ASSUNTO?

Tempo de leitura: 2 minutos

A Deus, o nosso destino. A nós, a tentativa de acolhimento de todos! Estamos juntos?

Manuela Berbert || manuelaberbert@yahoo.com.br

Após um período sabático, estou de volta aos artigos. Falaremos sobre a vida, cotidiano, empreendedorismo e política, sempre aos domingos. E eu pensei em começar esse texto de diversas formas ou com um título autoexplicativo, mas optei por deixar o questionamento no ar justamente para que ele não selecione, logo no comecinho, os “interessados” ou não pelo tema. Precisamos falar sobre isso, sem reservas. Todos nós!

Durante oito anos estive à frente da comunicação da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. Pedir desligamento, no segundo semestre de 2019, foi uma das decisões mais difíceis da minha vida, e isso não é segredo para ninguém. De um lado, a vontade absurda de, enfim, tocar a minha empresa de Comunicação e Eventos. Por outro, além do medo do novo, a paixão pela gestão de Dr. Eric Júnior enquanto provedor, já que eu coordenava sua equipe de comunicação (tendo ao lado uma das maiores profissionais de produção, gestão e marketing da região, Jaqueline Simões). A inteligência dele, acima da média, rapidez de raciocínio e garra, contagiam, e sou prova viva disso. Eram 298 desafios por dia, mas que me prepararam para a independência profissional como nenhuma outra experiência! Saí, e meses depois fui (fomos) surpreendidos pela pandemia. No primeiro momento, inúmeros questionamentos. Hoje, tenho a certeza de que não tinha condições emocionais de passar por este momento ali dentro.

Assisti, na última semana, a Dr. Eric Junior na TV (atualmente coordenando a UTI Covid-19) falando dos capacetes que evitam a intubação, e me emocionei vendo o quanto está visivelmente exausto! Todos os médicos estão exaustos! Os enfermeiros, técnicos, fisioterapeutas e demais profissionais. Os empresários também estão exaustos! Os pais de família estão exaustos! As mães estão exaustas! Aquelas que nunca exerceram a função de professoras dos próprios filhos estão exaustas! Os professores lidando com ensino à distância também estão! Os jovens que sonharam com a vida acadêmica estão exaustos! Os adolescentes privados do convívio com os amigos estão exaustos! As crianças estão exaustas! Estamos todos! E a cobrança de ser bom, bonito e bem sucedido neste momento deixa uma poeira densa e ainda mais pesada no ar. Por isso, precisamos falar de saúde mental! Abertamente! Para nos ajudarmos a passar por esta fase tão delicada que jamais imaginamos um dia, e que não tem um fim definido. Por que ainda nos incomodamos tanto com esse assunto?

Ao mesmo tempo, diante de todo o caos, é preciso lembrar que estamos aqui! Estamos vivos! E precisamos passar por esta vida sentindo o coração pulsar de verdade, para termos a sensação de não estarmos vivendo em vão. Precisamos sonhar, embora a pandemia esteja aí nos provando que não temos o controle de nada. Que dubiedade de sentimentos! Uma loucura coletiva a qual fomos todos expostos, e que o “salve-se quem puder” não reverbera, afinal a doença é pandêmica, embora o tratamento e sintomas sejam tão individuais. A Deus, o nosso destino. A nós, a tentativa de acolhimento de todos! Estamos juntos?

Manu Berbert é publicitária!

COVID-19: MÉDICA DE ITABUNA RECOMENDA CUIDADO COM CRIANÇAS PARA EVITAR CAOS EM UTIS PEDIÁTRICAS

Diretora médica do Hospital Manoel Novaes, Fabiane Chávez revelou preocupação com crescimento dos casos de Covid-19 entre crianças e adolescentes
Tempo de leitura: 2 minutos

A diretora técnica do Hospital Manoel Novaes, da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Fabiane Chávez, afirmou hoje (23) que está muito preocupada com o crescimento de casos confirmados de novo coronavírus em crianças e adolescentes. A médica fez um apelo aos pais para que aumentem os cuidados com as crianças para evitar a contaminação pelo vírus.

Fabiane Chávez relatou que o hospital recebia mais pacientes suspeitos que positivados para a Covid-19, mas a situação mudou nos últimos dias. “Hoje a gente já interna o paciente com resultado positivo. Isso realmente é assustador. Esse avanço indica que as pessoas estão levando as crianças para todo o canto, muitas vezes sem necessidade, e não cuidam como deveriam”.

A diretora técnica observa que, assim como ocorre com adultos, as crianças podem ter o quadro de saúde agravado, principalmente se a contaminação ocorrer com uma das novas variantes do novo coronavírus. “A variante britânica está começando a emitir sinais de alerta. Existe uma previsão de um fluxo de muitas crianças doentes graves. Então, por favor, mantenham seus filhos em casa”.

A médica observa que, se o número de casos graves da doença em crianças e adolescentes continuar aumentando, haverá obstáculos em todo o país para atendimento a esse público, pois não existem profissionais no mercado. “Há uma dificuldade muito grande para montar equipes específicas para atendimento Covid-19. Não temos pessoal habilitado. Não contamos com quantidade de médicos intensivistas no país suficiente para abertura de novos leitos”.

Fabiane Chávez pede aos pais que evitem levar as crianças para locais com aglomerações. Ela reforça que a situação tende a ficar complicada porque as crianças menores de dois anos não podem usar máscaras e poderão ser facilmente infectadas. “As maiores de dois anos podem fazer o uso de máscaras, mas sabemos que dificilmente elas as mantêm no lugar correto. Reforço que, se acontecer uma procura muito grande por leitos para pacientes graves, enfrentaremos sérios problemas”, finalizou.

O Hospital Manoel Novaes tem 13 leitos exclusivos Covid-19, sendo três de Unidade de Terapia Intensiva e 10 clínicos.

SANTA CASA ANUNCIA REABERTURA DO HOSPITAL SÃO LUCAS COM LEITOS 100% SUS

Instituição prevê reabertura do hospital ainda neste semestre
Tempo de leitura: < 1 minuto

Na noite de quinta-feira (28), durante a cerimônia de encerramento das celebrações dos 104 anos da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, o provedor Francisco Valdece apresentou o projeto do novo Hospital São Lucas, que já conta com recursos financeiros para a primeira etapa.

Com 100% dos leitos destinados a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), a unidade hospitalar deve entrar em funcionamento ainda neste semestre, prevê a direção da Santa Casa.

De acordo com o projeto, nesta primeira etapa, serão ofertados 62 leitos, sendo 50 clínicos (enfermaria) e 12 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No primeiro momento, os leitos serão destinados exclusivamente a pacientes com novo coronavírus.

Valdece explica que os investimentos serão feitos gradativamente para que o São Lucas seja estruturado e equipado. “Já foi acertado com o Estado e o Município de Itabuna que os serviços ofertados serão todos pelo Sistema Único de Saúde. Isso representa um grande ganho para população de Itabuna”, ressalta.

ESTADO E MUNICÍPIO GARANTEM APOIO

Francisco Valdece adianta que o projeto de reabertura do São Lucas já foi apresentado ao governador Rui Costa (PT), ao secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, ao prefeito de Itabuna Augusto Castro (PSD), e ao deputado federal Paulo Magalhães (PSD), que garantiu R$ 2 milhões em emenda parlamentar para hospital.

Na noite de quinta-feira, o projeto do novo São Lucas foi apresentado ao vice-governador da Bahia, João Leão, e demais autoridades que participaram do encerramento das comemorações dos 104 anos da Santa Casa de Itabuna. Realizada no Teatro Candinha Doria, a cerimônia foi marcada pela entrega da Comenda Monsenhor Moysés Gonçalves do Couto, o idealizador da instituição.

SANTA CASA DE ITABUNA INICIA VACINAÇÃO DE EQUIPES CONTRA COVID-19

Funcionários do Hospital Calixto Midlej receberam vacina nessa quarta (20).
Tempo de leitura: < 1 minuto

Ontem (20), os funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna começaram a receber a vacina contra o novo coronavírus. Os profissionais que atuam na linha de frente de combate à Covid-19 são os primeiros imunizados.

A vacinação começou pelos técnicos de enfermagem, médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, auxiliares de serviços gerais e atendentes que atuam nas unidades Covid do Hospital Calixto Midlej Filho (HCMF). A vacina foi aprovada no último domingo (17) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com a diretora técnica do HCMF, a médica Maria Carolina Reis, a meta é vacinar, o mais rápido possível, todos que atuam na linha de frente. “Mas, infelizmente, isso depende da produção e envio do imunizante. Por isso, as doses serão aplicadas à medida que forem liberadas para o nosso hospital”, explicou.

Nessa sexta-feira (22), a partir das 8h, serão vacinados os profissionais de grupos prioritários do Hospital Manoel Novaes.

CASOS ATIVOS: ITABUNA POSSUI 630 PACIENTES EM RECUPERAÇÃO DA COVID-19

Tempo de leitura: < 1 minuto

Números de casos ativos da Covid-19 é recorde em 2 meses || Foto José Nazal

Itabuna atingiu, nesta noite de quinta (10), total de 630 pacientes em recuperação da covid-19 internados ou em isolamento domiciliar, segundo boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O total de casos ativos registrado hoje só é menor que o registrado em 6 de outubro, com total de 706 ativos.

Ainda segundo a SMS, o município possui 14.800 pessoas que estão ou já foram infectadas pela covid-19. Do total, 13.818 já estão recuperados da doença e 352 não resistiram ao vírus. Há mais de quatro meses, a Vigilância Epidemiológica não divulga o total de pacientes aguardando resultado de exame nem o de pessoas que esperam a coleta.

Hoje, há 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponíveis e 13 com pacientes. Dos 18 leitos clínicos (enfermaria), 10 possuem pacientes. Conforme anunciou o PIMENTA em primeira mão nesta quinta, um total de 12 leitos serão abertos em Itabuna, seis deles de UTI.

A reabertura dos leitos, no Hospital Calixto Midlej Filho, resulta de acordo entre a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) e Santa Casa de Misericórdia. Já a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), aguarda autorização para reabertura de novos leitos no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães.

VÍTIMA DA COVID-19, MORRE O MÉDICO UBIRATAN RIELLA

Bira Riella faleceu vítima da Covid-19, em Ribeirão Preto
Tempo de leitura: < 1 minuto

O médico itabunense Ubiratan Riella faleceu nesta sexta-feira (18), em Ribeirão Preto (SP), vítima do novo coronavírus (Covid-19). Bira, como era carinhosamente chamado por amigos e colegas de trabalho, é irmão do também médico Urandi Riella.

Bira atuou por muitos anos na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, instituição que emitiu nota de pesar lamentando a perda. Ele era médico aposentado da USP e residia em Ribeirão Preto. Deixa a esposa, Rachel, e três filhos. Abaixo, no Leia Mais, confira a nota da Santa Casa na íntegra.

Leia Mais

MÉDICO ALERTA PARA SINTOMAS E DIAGNÓSTICO PRECOCE DE CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO

Médico Lincoln Warley fala sobre sintomas dos cânceres de cabeça e pescoço
Tempo de leitura: 2 minutos

De acordo com a Associação de Câncer de Boca e Garganta (ACBG), uma das dificuldades no tratamento de câncer de cabeça e pescoço é o diagnóstico tardio, que ocorre em 60% dos casos e pode comprometer a qualidade de vida do paciente. Especialista no assunto, o médico Lincoln Warley Ferreira, que integra a equipe da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, explica que quanto mais cedo a descoberta dos tumores, maiores são as chances de evitar sequelas funcionais e psicológicas.

O médico cirurgião de cabeça e pescoço é uma das referências na Bahia. Segundo ele, os estudos mostram que o consumo excessivo de álcool e o tabagismo são os maiores fatores de risco para o câncer de cabeça e pescoço. “O hábito de fumar e o uso excessivo de bebidas alcoólicas estão diretamente relacionados aos tumores de boca, faringe e laringe”, afirma.

Nos últimos anos, afirma Lincoln, houve aumento de casos também relacionados ao HPV (papilomavírus humano), doença transmitida na prática do sexo oral sem uso de preservativo. “O HPV é considerado um fator emergente em câncer de cabeça e pescoço, principalmente para tumores de faringe. Em países como os Estados Unidos, o HPV é o principal fator para surgimento do câncer de faringe. Mas aqui, no Brasil, os maiores causadores de cânceres ainda são o cigarro e o álcool”, explica.

SINAIS DE CÂNCER

Outro causador de câncer de cabeça e de pescoço é a exposição ao sol por muito tempo. Por isso, deve-se evitar a exposição, sobretudo no período das 10h às 16h. Independente do horário, a pessoa deve usar o filtro solar. Os sinais de câncer de cabeça e de pescoço são ferida na boca que demora a cicatrizar, rouquidão e nódulo no pescoço. “A pessoa com esses sintomas deve procurar um especialista para que os sinais sejam investigados o mais rápido possível”, orienta o médico.

Diagnóstico precoce é importante para sucesso no tratamento deste tipo de câncer

O médico esclarece que o primeiro exame para possível detecção da doença, sem dúvida, é o olhar de um profissional, principalmente se o paciente tiver uma ferida que persiste por mais de 15 dias. “Caso suspeite de que a lesão seja maligna, deve ser feita biópsia. Coleta-se um fragmento e envia para ser diagnosticado. Em laringe existe o indicativo da rouquidão por um período de 15 dias”, diz.

EVITE FUMAR

No caso do câncer de boca e área digestiva, assegura Lincoln, a melhor prevenção é não fumar nem consumir bebidas alcoólicas em excesso. Deve, ainda, ter uma alimentação saudável, rica em frutas e verduras, e praticar atividades físicas.

No sul da Bahia, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna é referência no tratamento de câncer, com oferta de serviços especializados em oncologia. A instituição disponibiliza serviços de radioterapia, quimioterapia, além de cirurgia oncológica.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Brasil registra cerca de 41 mil novos casos de câncer de cabeça e pescoço a cada ano. Na próxima segunda-feira (27) será celebrado o Dia Mundial de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço.

SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DA BAHIA E PROVEDOR DA SANTA CASA NO “PONTO DE VISTA”

O novo provedor da Santa Casa, Francisco Valdece, e o secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Programa Ponto de Vista, da Rádio Nacional, entrevistará o secretário de Educação da Bahia, Jerônimo Rodrigues, e o novo provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, o advogado Francisco Valdece. Apresentado pelo comunicador e economista Rosivaldo Pinheiro, o programa vai ao ar às 10h deste sábado (4).

O secretário Jerônimo Rodrigues falará dos projetos na área da educação no Estado e os desafios impostos pela pandemia. Desde março que as redes públicas e particular estão sem aulas na Bahia por causa da Covid-19. Valdece falará dos planos à frente da Santa Casa. O advogado tomou posse nesta semana, substituindo o médico Eric Ettinger Jr.

EM ITABUNA, ESTUDANTES MOBILIZAM AMIGOS NAS REDES SOCIAIS PARA DOAR SANGUE

Estudantes mobilizam amigos para doar sangue em Itabuna || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

A queda de cerca de 70% do número de doadores de sangue durante a pandemia do novo coronavírus leva preocupação aos hospitais, mas também despertou três estudantes de Itabuna. O trio está promovendo mobilização nas redes sociais para convocar os amigos e parentes para uma corrente de solidariedade.

“Às vezes, as pessoas realizam mobilizações específicas, geralmente, para ajudarem uma parente ou amigo internado, mas as necessidades aqui são bem maiores”, afirma a estudante Yasmine Rocha, de 16 anos, uma das idealizadoras da campanha “Amigos Bondosos”, tocada com os amigos Gabrielly Santos, 18, e Paulo Henrique, 20.

Por causa dos cuidados para evitar a disseminação do novo coronavírus, a doação de sangue está sendo com hora marcada. Os estudantes estão comemorando o sucesso da campanha. “Os nossos amigos e parentes ficaram bem sensibilizados e atenderam a convocação para participar desse ato de amor ao próximo”, conta Gabrielly Santos, que é prima de Yasmine Rocha.

Para esta sexta-feira (19), os estudantes conseguiram 40 doadores. Eles estão mobilizadas até as 17h de hoje e, neste sábado, das 7h ao meio-dia. “É muito bom ajudar o próximo. Desde cedo que conheço a realidade do Banco de Sangue de Itabuna. Sempre foi essa luta para captar doadores, mas a situação ficou ainda mais difícil depois dessa pandemia”, observa Yasmine Rocha, que é filha de uma funcionária da unidade.

VEJA COMO AGENDAR DOAÇÃO

A queda nas doações do Banco de Sangue chega a 70%, a depender do período. Ação como a promovida hoje pelos estudantes ajuda centenas de pessoas. O telefone para agendamento é o (73) 3214 9126. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, sempre das 7h às 17h. Aos sábados, das 7h às 12h.

NOVO SECRETÁRIO, JUVENAL PROMETE PROJETO PARA A SAÚDE “DENTRO DE POUCOS DIAS”

Juvenal pede demissão após prefeito confirmar reabertura do comércio
Tempo de leitura: 2 minutos

Juvenal Maynart assumiu a Secretaria de Saúde de Itabuna, hoje (12), com a promessa de apresentar, “dentro de poucos dias”, um projeto para a Pasta e de estabelecer relações articuladas com a comunidade acadêmica e todos os entes. Além de atenção à rede, o foco principal será as ações para conter o avanço da covid-19 e aos hospitalizados pela doença, tanto de Itabuna como de outros municípios.

Ex-diretor-geral da Ceplac e ex-presidente da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (Fasi), mantenedora do Hospital de Base, Juvenal disse que vai buscar a comunidade acadêmica para definir ações de combate à covid-19 no município e trabalhará de forma articulada por ações na média e alta complexidade com os vários entes – municípios pactuados, Estado e União, além da rede conveniada.

Hoje, na posse, Juvenal reforçou a necessidade do trabalho em parceria com a rede conveniada ao apontar o papel desempenhado pela Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. “O provedor está disposto a nos prestigiar nas discussões deste processo e na construção do projeto [para a saúde]. Espero, dentre de poucos dias, apresentar projeto e discutir todas essas dinâmicas”, afirmou.

O novo secretário ressaltou o “grande trabalho” da instituição filantrópica na atenção às vítimas da covid-19. Nos três primeiros meses, os pacientes de Itabuna contavam apenas com os hospitais Calixto Midlej Filho e Manoel Novaes para atendimento médico-hospitalar, com ofertas de leitos clínicos e de UTIs. Somente no final de maio, o Hospital de Base começou a instalar equipamentos para disponibilizar leitos de UTI exclusivos para pacientes covid-19.

TESTAGEM E PESQUISA

Ainda em abril, o novo secretário participou da elaboração de proposta ao município e estado que envolvia pesquisa e ampla testagem da população itabunense como uma das ações para o controle do novo coronavírus em Itabuna. A proposta foi apresentada ao prefeito Fernando Gomes e ao governador Rui Costa pelo presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Ricardo Xavier. A proposta envolve as universidades Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Federal do Sul da Bahia (UFSB).

 

ITABUNA: “OLHAR EM PERSPECTIVA” NARRA DESAFIOS DE UNIDADE COVID-19 NA SANTA CASA

Documentário narra os desafios de unidade Covid-19 em Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna lança, a partir das 16h, desta segunda (1º), em seu canal no Youtube e nas suas redes sociais, um documentário sobre procedimentos e rotina dos profissionais do Calixto Midlej Filho que atuam na linha de frente de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19).

Com duração de 7m30s, o Olhar em Perspectiva narra os desafios e mostra um pouco do dia a dia da batalha travada contra a doença. Inédita na Bahia, produção traz entrevistas com médicos, enfermeiros, fisioterapeuta e pacientes, que relatam as suas experiências na batalha diária pela vida. O documentário poderá ser conferido no Youtube.

Gravado em abril, logo no início da pandemia na região sul da Bahia, o documentário leva o telespectador para dentro da Unidade de Terapia Intensiva para pacientes Covid-19 do Hospital Calixto Midlej Filho, da Santa Casa de Itabuna.

DESAFIO

Com o documentário é possível compreender como é esse grande desafio na unidade Covid. Na rotina diária, para evitar a contaminação pelo novo coronavírus, os profissionais de saúde enfrentam uma jornada ainda mais tensa e cansativa.

O provedor da Santa Casa e coordenador médico da Unidade Covid Intensiva, Eric Ettinger Júnior, destaca que, como se trata de uma doença ainda desconhecida da literatura médica, o trabalho dos profissionais é mais desafiador e exige um nível ainda maior de concentração de toda a equipe. “Estamos aprendendo no dia a dia. A história está sendo escrita diante dos nossos olhos”, diz o médico.

Confira o documentário

ITABUNA: JUSTIÇA DETERMINA QUE PREFEITURA REPASSE R$ 2,9 MILHÕES À SANTA CASA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca local, Ulisses Maynard Salgado, determinou ao Município de Itabuna o pagamento imediato de R$ 2.956.230,31 à Santa Casa de Misericórdia relativos aos períodos de março e abril deste ano. A Secretaria Municipal de Saúde havia repassado valores inferiores ao contratualizado com a instituição, que ingressou com mandado de segurança com base na Lei 13.992, de 22 de abril deste ano, para reaver os mais de R$ 2,9 milhões.

A Lei citada na ação suspende as metas qualitativas e quantitativas do SUS no período da pandemia. Porém, ela assegura o pagamento do valor integral aos prestadores de saúde, como a Santa Casa, por, pelo menos, 120 dias, a contar de 1º de março, mesmo obrigados a suspender as cirurgias e tratamentos considerados eletivos.

O município terá três dias para pagamento do valor, conforme a liminar. Caso a medida não seja cumprida, a multa diária foi estabelecida em R$ 900,00, limitada a R$ 27 mil, “além das consequências pela inobservância da decisão judicial”. O mandado de segurança foi impetrado pela Santa Casa contra o município, o prefeito Fernando Gomes e o secretário da Saúde de Itabuna, Uildson Nascimento.

VITÓRIA DO SUS

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi), Raimundo Santana, disse que a decisão do juiz Ulisses Maynard Salgado é uma vitória do SUS. “Se a lei não for cumprida, a rede filantrópica e privada estará destruída ao final da pandemia. Isso inclui clínicas de imagem, laboratórios e todos que prestam serviços ao SUS. “Quem é que vai lá fazer exame, consulta, se não há garantia de pagamento pelo valor contratado?”, questiona o dirigente sindical.

SANTA CASA DE ITABUNA INTEGRA COALIZÃO NACIONAL DA COVID-19

Santa Casa montou gabinete de crise para enfrentar a covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna foi convidada e está participando de um grupo nacional de enfrentamento à Covid-19 Todos pela Saúde, iniciativa privada que reúne um grupo de especialistas de diversos setores da saúde para colaborar no combate ao novo coronavírus.

A aliança agrega hospitais com alta resolutividade e/ou localizados em áreas estratégicas para o atendimento a pacientes internados com a doença. Liderado pelos hospitais Sírio-Libanês e Albert Einstein, a coalizão é apoiada pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde da Bahia e contará com um fundo de financiamento do Banco Itaú que, também participa da aliança nacional.

De acordo com o projeto, os hospitais deverão seguir a Metodologia Lean, modelo de gestão baseado no enxugamento de processos, e as instituições convidadas precisam montar um Gabinete de Crise, seguir rounds diários de discussão e alimentar a planilha de dados disponibilizada pela coordenação do grupo. A Santa Casa de Itabuna já havia implantado desde 16 de março um Comitê Gestor de Enfrentamento à Covid-19, mantendo reuniões diárias, e com amplo foco na organização da informação para uma gestão de dados eficiente.

– Participar deste grupo e enxergar que já estávamos praticando parte da metodologia proposta nos deixou ainda mais motivados. Vamos seguir trocando experiências e crescendo com os outros hospitais de referência, já que o enfrentamento ao novo coronavírus é um tema crítico, que tende a fragilizar serviços e sistemas de saúde a médio e longo prazo, e para o qual nenhum hospital em todo o mundo estava completamente preparado – disse o superintendente de Saúde e comandante do Gabinete de Crise da Santa Casa de Itabuna, Adalberto Bezerra.

ESTADO AGUARDA CREDENCIAMENTO DE 122 LEITOS PARA COVID-19 EM ILHÉUS E ITABUNA, SEGUNDO SECRETÁRIO

Tempo de leitura: 2 minutos

A estrutura de leitos para vítimas do novo coronavírus (Covid-19) em Itabuna deverá contar com mais 122 leitos, segundo o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas. De acordo com ele, são aguardados credenciamento de 13 leitos no Hospital São José e 30 no hospital de campanha e outros 20 a serem montados no Centro de Convenções em Ilhéus. Já em Itabuna, é aguardado o credenciamento pelo Ministério da Saúde de 21 leitos de UTI e 38 clínicos no Hospital de Base de Itabuna.

Vilas-Boas observa que o número de casos de coronavírus tem crescido na região de Ilhéus e Itabuna. “Quem apresentar sintomas como febre, garganta inflamada, coriza, falta de ar, deve procurar imediatamente as unidades que são a porta de entrada para o Sistema de Saúde. Em Itabuna, é a UPA do Monte Cristo e em Ilhéus é o Centro de Convenções”, orienta o secretário.

O titular da Sesab ressalta os cuidados básicos para se evitar a Covid-19. “Fique em casa, só saia em caso de necessidade e usando máscaras, e mantenha a distância de um metro e meio das outras pessoas. Lave bem as mãos e passe álcool em gel”.

REDE DE ATENDIMENTO

A estrutura de atendimento nas duas cidades, já conta com leitos de UTI no Hospital Regional Costa do Cacau e no Hospital de Ilhéus, em Ilhéus, e no Calixto Midlej Filho e no Manoel Novaes em Itabuna. Após o início de registro de casos, o Costa do Cacau informou ter estabelecido nas últimas semanas planejamento para o acolhimento do paciente com suspeita da doença atendendo um fluxograma elaborado para recepção e cuidados, além da precaução da não transmissibilidade do vírus em ambiente hospitalar.

Agora, a pessoa que chega ao hospital, apresentando febre e com sintomas respiratórios, recebe uma máscara cirúrgica e é colocado em isolamento, com o objetivo de evitar ou minimizar os riscos de transmissão da Covid-19. A ação passou a contar também com treinamento de funcionários, segundo a direção do hospital, higienização e uso adequado de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para diminuir o risco de contágio pela Covid-19.

Leia Mais
Back To Top