skip to Main Content
28 de setembro de 2020 | 03:23 am

PM LOCALIZA CARGA DE CACAU ROUBADA POR QUADRILHA EM ITABUNA

Polícia recupera parte de carga de cacau roubada
Tempo de leitura: < 1 minuto

Policiais militares de Itabuna localizaram, nesta quarta-feira (19),  parte de uma carga de cacau roubada ontem.As sacas estavam escondidas num matagal, ao lado do Condomínio Itabuna Parque, no bairro São Roque. Ninguém foi preso.

Os policiais apreenderam 25 das 30 sacas de cacau roubadas de um depósito no bairro Lomanto, na manhã de terça-feira (18). A polícia suspeita  que, pelo menos, 10 pessoas participaram da ação criminosa. Uma parte da quadrilha contratou o motorista de um caminhão para um serviço que parecia legal, enquanto os outros criminosos aguardavam perto do depósito de cacau.

De acordo com as investigações, um casal abordou o motorista do caminhão para fazer um frente no bairro Lomanto. O homem seguiu no carro de passeio e a mulher no caminhão com o motorista. Ao chegar perto do local informado pelo casal, os bandidos anunciaram o assalto.

Parte da carga estava escondida no matagal. A polícia ainda tenta localizar o caminhão roubado pelos bandidos para transportar a carga de cacau.

MORADORES DO NÚCLEO HABITACIONAL DA CEPLAC NA BRONCA COM SETOR DE ILUMINAÇÃO

Tempo de leitura: 2 minutos

Moradores do Núcleo Habitacional reclamam de iluminação precária

Moradores da Quadra 9, no Núcleo Habitacional da Ceplac, no bairro Jaçanã, próximo ao Espora de Ouro, se queixam que há mais de 20 dias esperam que a equipe do Departamento Iluminação Pública da Prefeitura de Itabuna faça a substituição da lâmpada queimada em poste. Eles afirmam que pagam mensalmente uma taxa pelo serviço, mas esperam uma eternidade para uma simples substituição de uma lâmpada.
Moradores reclamam que, por causa da escuridão, o trecho da Quadra 9 ficou muito perigoso, principalmente para quem estuda ou trabalha à noite e precisa retornar para casa depois das 21h. Eles dizem que aceitam até fazer a doação da lâmpada, mas precisam urgentemente que o problema seja resolvido. Já no bairro São Roque, a reclamação é que as lâmpadas ficam acesas 24 horas.
LICITAÇÃO
O diretor do Departamento de Iluminação Pública de Itabuna, Renato Rocha, confirmou que o problema não é só nos bairros Jaçanã e São Roque , mas outros pontos da cidade também. Ele admitiu que há cerca de um mês está sem material e informou que a licitação será feita na próxima quarta-feira (16) para começar a reposição de lâmpadas em todos os pontos com defeito. Isso deve começar ser feito, no máximo, a partir do dia 27, segundo o diretor.
De acordo com Renato Rocha, na licitação está incluído o material para substituição de peças defeituosas que deixam as lâmpadas acesa 24 horas. Ele disse ainda que as queixas dos cidadãos estão registradas e serão resolvidas a partir do final deste mês. O telefone para contato com o setor de iluminação de Itabuna é 3617-4774.

ITABUNA: POLÍCIA APREENDE CARRO E SUBMETRALHADORA EM PERSEGUIÇÃO A BANDIDOS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Polícia apreende carro e armamento em Itabuna | Fotomontagem Pimenta

Polícia apreende carro e armamento em Itabuna | Fotomontagem Pimenta

Policiais de pelotões especiais da PM apreenderam uma submetralhadora Uzi e uma pistola automática com silenciador, por volta das 22h40min, deste domingo (30), no São Roque, em Itabuna. O armamento pesado estava dentro de um VW Jetta.

O veículo era usado por três criminosos, que conseguiram escapar do cerco policial. A perseguição ao trio começou no Pontalzinho. Já na região do São Roque e Antique, os bandidos abandonaram o veículo e as armas ao perceberem o cerco policial.

De acordo com o comandante do 15º Batalhão da PM, coronel Daniel Riccio, os bandidos abandonaram o Jetta e as armas durante princípio de confronto com os policiais. O motorista do carro perdeu a direção na Rua do Jenipapo, no Antique, quando o trio iniciou o confronto, atirando contra as guarnições e fugindo por um matagal. Ainda segundo a polícia, o Jetta usado pelos bandidos foi roubado no último dia 18, na Rua Duque de Caxias, em Itabuna. Atualizado.

COMERCIANTES ACUMULAM PREJUÍZOS COM ESGOTO NA BIONOR REBOUÇAS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Falta de rede de drenagem e esgoto prejudica comerciantes e pedestres || Foto Pimenta

Falta de rede de drenagem e esgoto prejudica comerciantes e pedestres || Foto Pimenta

Comerciantes e moradores da Avenida Bionor Rebouças, no trecho entre os bairros São Roque, Fátima e Monte Cristo, se queixam que sofrem há mais de cinco anos com os constantes entupimentos da rede de esgoto da localidade. Eles contam que a situação se agrava em períodos de chuva, quando a terra desce da parte alta do Monte Cristo e entope a rede de esgoto.

Os comerciantes reclamam que o esgoto transborda em pelos menos três pontos em um trecho em que funcionam supermercados, padarias, verdurões, açougues,lanchonetes e bares, além de imóveis residenciais.

Segundo eles, a Emasa é acionada e os operários fazem a limpeza, mas logo o problema reaparece. Os comerciantes e moradores acreditam que o problema será resolvido definitivamente apenas com o calçamento de ruas e instalação da rede de drenagem.

Esgoto se mistura com água da chuva || Foto Pimenta

Esgoto se mistura com água da chuva e gera fedentina que espanta clientela  || Foto Pimenta

ESGOTO PROVOCA FEDENTINA NO SÃO ROQUE; MORADORES CONVIDAM GESTOR DA EMASA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Esgoto estourado provoca fedentina em ruas do São Roque.

Esgoto estourado provoca fedentina em ruas do São Roque.

Moradores das ruas Independência e dos Operários, no São Roque, estão passando maus bocados com a Empresa Municipal de Saneamento Ambiental (Emasa). A rede de esgoto estourou na União Operária e acumula bem em frente às casas da Rua Independência.

A fedentina é descrita pelos moradores como insuportável. “Ainda temos uma estação de esgoto bem ao lado, que a Emasa cisma em não fazer o devido trato, além de ter se tornado um matagal”, reclama a moradora da União Operária.

Revoltados com a falta de retorno por parte da Emasa, alguns moradores estão organizando um almoço para convidar o presidenta da Emasa, Ricardo Campos. A ideia é fazer com que o presidente se sensibilize com a situação, “para que ele possa sentir o que é fazer uma refeição sentindo o insuportável odor do descaso da Emasa”.

É mais fácil resolver o problema, não?

EMASA PRESERVA O VERDE…

Tempo de leitura: < 1 minuto
Matagal em estação da Emasa incomoda vizinhança (Foto do Leitor).

Matagal em estação da Emasa incomoda vizinhança no Bairro São Roque.

A Estação de Tratamento de Esgoto que a Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) mantém no bairro São Roque mais parece um pedaço da selva amazônica. O local está abandonado há anos, completamente tomado pelo mato e servindo de depósito de lixo. Moradores também se queixam do forte mau cheiro causado pela falta de manutenção da ETE.

Pelo visto, o desânimo na condução dos destinos da cidade não afetou apenas o prefeito Claudivane Leite, mas todo o seu governo – ou a Emasa, pelo menos…

A PRESSÃO FUNCIONOU

Tempo de leitura: < 1 minuto

No sábado, 27,  a Prefeitura de Itabuna foi impedida de reinaugurar uma unidade básica de saúde no bairro São Roque, pois os moradores da rua onde fica a mesma fizeram protesto contra o abandono do local.

Os manifestantes exigiram ação imediata do governo para melhorar as vias de acesso, o serviço de coleta de lixo, bem como o abastecimento de água e a manutenção da rede de esgoto. O secretário de Desenvolvimento Urbano, Marcos Monteiro, esteve no São Roque ainda na manhã de sábado e ouviu as reivindicações, comprometendo-se a atendê-las.

Na noite desta terça-feira, 30, máquinas da administração municipal patrolavam as ladeiras do São Roque, inclusive – naturalmente – aquela onde funciona a unidade de saúde Dilson Cordier. Somente após a ação, a Prefeitura ficou liberada para reinaugurar o posto.

A solenidade está marcada para esta quarta-feira, 10 horas.

EMASA ABORRECE MORADORES DO SÃO ROQUE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Esgoto corre pela Rua Independência, enquanto jorra incompetência em setores da Emasa.

Na Rua Independência, jorra esgoto; já na Emasa, incompetência…

Os moradores da rua Independência, no bairro São Roque, há dias vem convivendo com a lama fétida que jorra da rede de esgoto e toma conta de boa parte da via. As vítimas relatam que várias ligações foram feitas para a Emasa, mas até o momento nenhuma solução.
A rede onde o esgoto estourou está localizada em frente a uma estação de tratamento da empresa. Como a fedentina já perdura por longas duas semanas e a Emasa não aparece nem apresenta solução, há morador que pensa em dar um GPS ao setor de saneamento.
A Rua Independência, aliás, é a mesma onde a gestão do ex-prefeito Capitão Azevedo (DEM) torrou R$ 1,2 milhão que deveriam ser investidos em saneamento e pavimentação asfáltica. Ou seja, o sofrimento é dobrado na rua de nome bonito e situação precária.

OBRA DO SÃO ROQUE PAROU DE NOVO

Tempo de leitura: 2 minutos

Canteiro central da obra está fechado há 30 dias. Mato denuncia abandono.

Os moradores do São Roque estão revoltados com a nova paralisação das obras de urbanização das principais vias do bairro. Os operários sumiram do canteiro central da obra faz mais de 30 dias e o trecho já concluído apresenta diversas falhas e o asfalto começou a ceder.

Os recursos para a obra foram liberados pelo Governo Federal. São R$ 1.200.000,00 para a pavimentação asfáltica do bairro em um programa de educação no trânsito e redução de acidentes. O dinheiro saiu, via Ministério das Cidades. “Era para ser inaugurada no Centenário de Itabuna”, lembra um morador.

A comunidade do São Roque que ainda aguarda a conclusão da obra e percebeu a baixa qualidade do material empregado na Rua Independência e transversais prepara abaixo-assinado e representação a serem entregues ao Ministério Público Federal. “A qualidade da obra é sofrível. O prefeito faz propaganda às nossas custas com trabalho de quinta categoria, eleitoreiro”, comentou morador que, apesar de residir na região há 22 anos, não quis ser identificado.

Trecho concluído há menos de dois meses já está esburacado. Obra não será mais entregue em 2012.

AÇÃO CONTRA O DESCASO NO SÃO ROQUE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Obras começaram em meados de junho e pararam poucas semanas depois

Em meados do ano passado, a Prefeitura de Itabuna iniciou “escavações” no bairro São Roque, prometendo que aquilo seria o início de uma grande obra de pavimentação, melhorando a ligação entre aquele bairro e o Santo Antônio.
Já se passaram quase sete meses desde que os serviços foram interrompidos. Em junho de 2011, a Prefeitura retirou máquinas e operários da área, sob a alegação de que teria de mobilizá-los na aceleração das obras na Avenida Pedro Jorge, então atrasadas.
Agora, moradores do São Roque se queixam de que a interrupção  deixou ruas do bairro na maior desordem. Além disso, quando forem retomadas, as obras ficarão mais caras, em função da necessidade de recuperar a rede de drenagem, que deixaram exposta às enxurradas e à lama.
Tem morador indignado com a situação, e já disposto a entrar com representação no Ministério Público a fim de forçar o prefeito a fazer aquilo com o que ele se comprometeu em campanha: trabalhar. Só isso.

Back To Top