skip to Main Content
7 de março de 2021 | 02:42 pm

TAXA DE OCUPAÇÃO DE LEITOS DE UTI COVID-19 EM JEQUIÉ CAI PARA 90%

Jequié registra taxa de 100% de ocupação de leitos de UTI || Foto Zenilton Meira
Tempo de leitura: < 1 minuto

Jequié, no sudoeste da Bahia, chegou, nesta terça-feira (12), com taxa de ocupação de 90% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados aos pacientes adultos positivados para a Covid-19 nos hospitais São Vicente e Geral Prado Valadares (HGPV). Dos 26 hospitalizados, 14 são moradores de Jequié e 12 de outros municípios, conforme boletim epidemiológico.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), entre os dias 9 e 11 todos os leitos de UTI ficaram ocupados. Hoje, a taxa de ocupação caiu para 90%. Mas são somente três leitos disponíveis neste momento. Jequié registra o total de 8.522 casos de novo coronavírus, sendo que 7.477 pessoas estão recuperadas. Há 856 casos ativos e 157 pessoas esperando o resultado de exames e 189 óbitos.

Na segunda-feira (11), a secretária de Saúde de Jequié, Polliana Leandro, reforçou a importância das medidas sanitárias que devem ser obedecidas pelos moradores do município. “Estamos passando por um aumento de casos da Covid-19. Pedimos o apoio da nossa população para que evite aglomeração, faça o uso da máscara, higiene suas mãos com álcool ou sabão sempre que for possível”, apelou.

Mas parece que uma parcela da população segue não acreditando no alto risco de infecção e insiste afirmar que os hospitais não estão lotados. Há quem acredita que o número de casos e mortes não passam de invenção da imprensa. Os debates nas redes sociais têm sido intensos nesse sentido.

JEQUIÉ: 72% DOS LEITOS DE UTI PARA COVID-19 ESTÃO OCUPADOS

Jequié inicia plano de vacinação contra a Covid-19 na quarta
Tempo de leitura: < 1 minuto

A taxa de ocupação dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com novo coronavírus chega 72,4% nos hospitais de Jequié, no sudoeste da Bahia. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 21 pessoas adultas diagnosticadas com a doença estão internadas.

Do total internados em leitos de UTI dos hospitais de Jequié, oito são moradores locais e 13 são residentes em outros municípios. Jequié tem um total de 6.801 casos confirmados da doença. São 289 casos ativos (pessoas doentes),263 pessoas aguardando resultado de exame e 596 em quarentena. Há 6.342 pacientes recuperados.

ÓBITOS

O número de óbitos causados pelo novo coronavírus subiu para 170 em Jequié. Mais dois moradores do município entraram para lista dos que não resistiram à doença. São dois idosos, uma mulher, de 84 anos,  e um homem, de 87 anos. Moradora do centro da cidade, a senhora tinha histórico de hipertensão arterial.

O idoso também era portador de comorbidades. O morador do bairro Jequiezinho sofria com diabetes e doença pulmonar obstrutiva crônica. Os dois idosos estavam internados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral Prado Valadares (HGPV).

JEQUIÉ REGISTRA 4.870 E 120 ÓBITOS PELO NOVO CORONAVÍRUS

Jequié registra 151 óbitos por Covid-19.
Tempo de leitura: < 1 minuto

Jequié registra 120 óbitos pelo novo coronavírus. Entre as vítimas da doença no município do sudoeste da Bahia está um homem, de 62 anos, que estava internado no Hospital São Rafael, em Salvador, e morreu nas últimas 24 horas. Ele era portador de diabetes.

Jequié tem 8.389 casos de novo coronavírus suspeitos notificados, sendo que 4.872 confirmados e 3.430 descartados, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).  Existem 3.399 moradores curados da doença e 5.285 pessoas que apresentaram os sintomas da doença em quarentena. São 1.353 pacientes se recuperando da Covid-19.

De acordo com  dados repassados pelos hospitais Geral Prado Valadares e São Vicente, a taxa de ocupação geral dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI/adulto) é de 69,2%. Destes, 16 leitos estão ocupados por moradores de Jequié e são 11 leitos ocupados por pessoas de outros municípios.

BAMIN CONFIRMA APOIO AO ABRIGO SÃO VICENTE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Presidente da Bamin disse que apoio ao abrigo é uma retribuição (foto Taironny Maia)

A empresa Bahia Mineração confirmou o apoio às reformas de setores do Abrigo São Vicente de Paulo, em Ilhéus,  instituição atende cerca de cem idosos. Um protocolo de intenções assinado nesta quarta-feira, 1º, pelo presidente da Bamin, José Francisco Viveiros, e a presidente da Sociedade São Vicente de Paulo, Marileide Oliveira, selou a parceria. A assinatura contou com a presença do bispo diocesano de Ilhéus, Dom Mauro Montagnoli, que solicitou o auxílio da mineradora.
Pelo compromisso firmado pela Bamin, será feita a reforma da lavanderia do abrigo, que receberá também novos equipamentos. Será ainda reformada a capela da instituição e construído um espaço para a realização de velórios. Além disso, a empresa se comprometeu com a doação de novos móveis e roupas de cama e banho.
Dom Mauro elogiou a Bamin, dizendo que a empresa atendeu à solicitação da diocese “com muita sensibilidade”. O presidente da mineradora, José Viveiros, declarou que o apoio é uma retribuição. “Os abrigados desta casa merecem nosso infinito respeito por tudo o que já fizeram”, disse ele pouco antes de assinar o protocolo de intenções.

Back To Top