skip to Main Content
26 de outubro de 2020 | 06:48 pm

FISIOTERAPIA ANIMAL

Tempo de leitura: 2 minutos

hannah thameHannah Thame

 

A fisioterapia para cães é indicada quando o veterinário constata que o cão possui algum problema ortopédico – que pode ser causado por um acidente ou até mesmo obesidade e velhice – ou neurológico, que é o caso de algumas doenças genéticas ou adquiridas

Com um número cada vez maior de animais de estimação fazendo parte das famílias, as novidades do mundo animal estão sempre avançando. Você já pensou, por exemplo, em fisioterapia para o seu cachorrinho? Pois é, ela existe e traz inúmeros benefícios.

Ganhando cada vez mais espaço no mundo dos pets, a fisioterapia veterinária têm se estabelecido no segmento como uma das mais eficazes formas de ajudar cães e gatos com problemas neurológicos e ortopédicos, além de que, atua como uma ótima ferramenta no combate à obesidade animal e na melhora do condicionamento físico. Também exerce um grande poder de auxílio na fase pós-operatória, favorecendo o processo de recuperação dos animais que passaram por intervenções cirúrgicas.

Ao longo dos últimos anos, essa modalidade de tratamento vem caindo no gosto dos profissionais, sendo que, cada vez mais veterinários encontram nesse tipo de terapia a solução para os mais diversos problemas enfrentados pelos seus pacientes. A fisioterapia para cães é indicada quando o veterinário constata que o cão possui algum problema ortopédico – que pode ser causado por um acidente ou até mesmo obesidade e velhice – ou neurológico, que é o caso de algumas doenças genéticas ou adquiridas.

Pacientes com problemas ortopédicos, como artrites e artroses, rupturas de ligamento, displasia coxofemoral, luxação de patela e cirurgias ortopédicas podem ser beneficiados com a fisioterapia, que ajuda a diminuir o inchaço e dores nesses locais, diminuindo também quadros inflamatórios. Em casos neurológicos, a fisioterapia muitas vezes é essencial para que o animal possa voltar a andar, como nos casos de fraturas, traumas em coluna ou hérnias de disco que comprometem a locomoção, ajudando-o a se recuperar rapidamente e prevenindo sequelas.

A fisioterapia em animais é feita utilizado técnicas semelhantes às dos humanos, com equipamentos adaptados para o tamanho e as necessidades do pet. Algumas modalidades utilizadas são eletroterapia, cinesioterapia, laserterapia, magnetoterapia, ultrassom e hidroterapia. É importante ressaltar que apenas médicos veterinários podem realizar avaliação do animal e determinar quais técnicas devem ser utilizadas. Sendo assim, é muito importante procurar profissionais especializados, além de saber que fisioterapeutas humanos não têm autorização para atuar com animais.

Hannah Thame é médica veterinária e mestre em Ciência Animal com ênfase em Sanidade Animal pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

SAMU ANIMAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

IMG_20130831_191429O município de São Paulo vai investir R$ 3 milhões para implantar o Serviço de Atendimento Médico de Urgência Veterinário, o Samuv. O projeto do vereador Nelo Rodolfo ainda será votado pela Câmara, mas já conta com o apoio do prefeito Fernando Haddad. Deverá ser implantado em 2014, segundo Mônica Bergamo, da Folha.

A proposta de socorro de urgência para cães e gatos é reflexo das novas políticas de cuidados para animais e deve se multiplicar pelas grandes cidades.

Back To Top