skip to Main Content
25 de outubro de 2020 | 02:05 am

BAHIA REGISTRA NOVO AUMENTO DE CASOS ATIVOS DE COVID-19

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Bahia registrou mais 1.861 casos de covid-19 e outros 1.613 já estão sem os sintomas da doença, informou a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Os números se referem às confirmações ocorridas nas últimas 24 horas.

Já quando considerados todos os registros desde o início da pandemia, o número de infectados chega a 342.526. Destes, 328.013 são considerados recuperados (sem sintomas da doença). Já o número de casos ativos subiu para 7.081. Há uma semana, o número de casos ativos (pessoas em isolamento ou internadas) chegava a 6.691.

Os casos confirmados ocorreram nos 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,54%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (8.032,92), Almadina (6.570,28), Itabuna (6.429,42), Madre de Deus (6.352,82)), Apuarema (6.016,37).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 695.376 casos descartados e 82.456 em investigação até as 17 horas desta sexta-feira (23). Na Bahia, 28.267 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

ÓBITOS

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 25 óbitos no período de 24 de julho até ontem (22). O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.432, representando uma letalidade de 2,17%. Dentre os óbitos, 55,97% ocorreram no sexo masculino e 44,03% no sexo feminino.

ITABUNA VOLTA A REGISTRAR AUMENTO NO NÚMERO DE CASOS DE COVID-19

Itabuna volta a registrar aumento de casos de Covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

Itabuna registrou, nesta quinta-feira (22), mais 85 casos de novo coronavírus. Esse foi o maior aumento na quantidade de casos diários da doença neste mês de outubro,  conforme boletins epidemiológicos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O município chegou a registrar média diária menor que 10 infectados.

Com os novos casos de Covid-19 confirmados hoje, o número de infectados subiu de 13.072, na quarta-feira, para 13.157  nesta quinta. Itabuna não registrava um aumento tão grande na quantidade diária de infectados desde o dia 27 de agosto, quando foram confirmados 94 casos em um intervalo de 24 horas.

Itabuna tem 52 pacientes internados. Hoje, há 23 pacientes em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 27 em leitos clínicos e dois em unidade semi-intensiva.

CASOS ATIVOS E ÓBITOS

O número de casos ativos (pessoas infectadas) subiu de 316, ontem, para 342 nesta quinta. O município do sul da Bahia tem 12.502 curados da doença. Desde o início da pandemia e até esta quinta, 313 moradores de Itabuna infectados pelo coronavírus não resistiram à doença. Atualizado às 23h36min.

BAHIA ATINGE 340 MIL CASOS DE COVID-19, COM 7,4 MIL ÓBITOS E 326,4 MIL RECUPERADOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou total de 1.450 casos de covid-19 em toda a Bahia nas últimas 24 horas, além de 1.266 recuperados (curados) da doença no período. Hoje, também, a Bahia atingiu 340.665 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 326.400 já são considerados sem sintomas (curados) e 6.858 encontram-se ativos (em recuperação em casa ou internados).

Os casos confirmados ocorreram nos 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,59%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (7.987,20), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.406,44), Madre de Deus (6.343,34)), Apuarema (6.002,73).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 691.022 casos descartados e 80.027 em investigação até as 17 horas desta quinta-feira (22). Na Bahia, 28.162 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

ÓBITOS

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 23 óbitos que ocorreram no período que vai do dia 15 até ontem (21). O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.407, representando uma letalidade de 2,17%. Dentre os óbitos, 55,99% ocorreram no sexo masculino e 44,01% no sexo feminino. Atualizado às 19h10min do dia 23.

HRCC RECEBE VISITA TÉCNICA DA COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA

Tempo de leitura: 2 minutos

Na última terça-feira (20), o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, recebeu a visita técnica de representantes da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM). Os médicos Adhemar Figueiredo, conselheiro da CNRM, e Arthur Henrique, da Comissão Estadual de Residência Médica de Minas Gerais (CEREM-MG), conheceram a unidade hospitalar para o possível credenciamento provisório dos Programas de Residência Médica de Clínica Médica e Cirurgia Geral.

Os conselheiros avaliaram a estrutura física do hospital, fizeram a análise da formação dos médicos que vão compor o corpo de professores preceptores e a estruturação educacional do HRCC. A residência médica é o treinamento em serviço, sob supervisão, para formação de médicos especialistas, em diversas áreas da medicina, regulada por legislação federal. Essa atividade tem sua aplicação, desenvolvimento e implantação reguladas pela CNRM, órgão vinculado ao Ministério da Educação.

A médica Rosângela Melo, coordenadora da clínica médica do HRCC e vice-coordenadora do curso de Medicina da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), falou sobre as articulações de implantação da residência médica no hospital. “O HRRC e a comissão de implantação dos programas de residência médica da própria unidade hospitalar apresentaram, em agosto, à CNRM, projetos para implantação da residência médica, inicialmente em clínica médica, com duração de dois anos e em cirurgia geral, com três anos de duração”, disse.

A coordenadora explicou que a visita técnica da CNRM resultará na emissão de um relatório que será apreciado na próxima plenária da comissão nacional. “Nossos visitantes expressaram alegria em conhecer um hospital com excelentes condições e ver que todos estão plenamente imbuídos na intenção de promover a residência médica de grande qualidade na nossa instituição”, destacou.

Rosângela Melo também comentou sobre a expectativa do hospital obter êxito na implantação do programa de residência médica. “Nós acreditamos, esperamos o parecer final, mas temos uma confiança muito grande que estaremos autorizados para iniciar o processo, acolhendo os médicos residentes que forem selecionados pela seleção unificada do SUS Bahia, promovido pela Comissão Estadual de Residência Médica”, informou.

O conselheiro da CNRM, Adhemar Figueiredo, falou das impressões relacionadas à estrutura do Costa do Cacau. “A avaliação inicial do hospital foi muito boa. A estrutura física é muito favorável e a equipe médica indicada para conduzir a residência é bem formada e apta para tal função. Após esta avaliação, será feito um relatório que passará para [pelo] crivo da plenária da CNRM”, disse o médico.

BAHIA REGISTRA 1.221 CASOS DE COVID-19 EM 24H E 1.352 RECUPERADOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Bahia confirmou mais 1.221 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, conforme a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). No mesmo período, o estado registrou 1.352 casos de pacientes recuperados e 21 óbitos (confira mais abaixo).

Dos 339.215 casos confirmados desde o início da pandemia, 325.134 já são considerados curados e 6.697 encontram-se ativos. Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram, até aqui, Ibirataia (7.967,61), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.397,06), Madre de Deus (6.338,60), Apuarema (5.920,87).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 688.298 casos descartados e 78.921 em investigação, segundo notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (21). Até agora, 28.066 profissionais da saúde tiveram a covid-19.

ÓBITOS

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 21 óbitos ocorridos no período de 9 de agosto a 20 de outubro, segundo a Sesab. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.384, representando uma letalidade de 2,17%. Dentre os óbitos, 56,03% ocorreram no sexo masculino e 43,97% no sexo feminino.

ENFERMEIROS DO HRCC RECEBEM TREINAMENTO DE SUPORTE AVANÇADO EM CARDIOLOGIA

Tempo de leitura: 2 minutos

Cinquenta enfermeiros do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, participaram de um treinamento teórico-prático de suporte avançado de vida em cardiologia, no último final de semana. A capacitação é considerada fundamental para profissionais de saúde que atuam na assistência direta ao paciente com quadro crítico.

O enfermeiro Miller Brandão, especialista em urgência e emergência, do Grupo de Atualizações em Saúde (GAS), que ministrou o curso, explica que a abordagem da capacitação é específica para o tratamento, a identificação precoce e a continuidade assistência de problemas cardiológicos. Assim, são tratados assuntos como o que é o acidente vascular cefálico; o infarto agudo do miocárdio; as arritmias cardíacas; e a parada cardiorrespiratória, no seu suporte avançado de vida.

Ainda conforme o especialista, a abordagem é direcionada às situações nas circunstâncias mais críticas desse paciente, aquele que entra na unidade de emergência ou que está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Ele (paciente) tende a ficar crítico e sofrer uma parada cardiorrespiratória por determinados problemas. Então, o treinamento é realizado para quando chegar o momento crítico, você não precisar parar e tudo para buscar na literatura. Isso vai estar solidificado, consolidado para sua prática crítica, a sua prática aguda, com o profissional cada vez mais qualificado”, disse.

Leia Mais

BAHIA REGISTRA 1,7 MIL NOVOS CASOS DE COVID-19 EM 24 HORAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Nas últimas 24 horas, a Bahia confirmou 1.762 novos casos de covid-19 e 1.605 pacientes curados da doença, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Dos 337.994 casos confirmados desde o início da pandemia, 323.782 já são considerados curados e 6.849 encontram-se ativos.

Os casos confirmados ocorreram em todos os 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,73%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (7.850,05), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.382,05), Madre de Deus (6.329,11), Apuarema (5.920,87).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 685.808 casos descartados e 78.004 em investigação até as 17 horas desta terça (20). Na Bahia, 27.997 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

ÓBITOS

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 21 óbitos, que ocorreram no período de 10 de julho a 19 de outubro. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.363, representando uma letalidade de 2,18%. Dentre os óbitos, 56,01% ocorreram no sexo masculino e 43,99% no sexo feminino.

GESTO SOLIDÁRIO EMOCIONA PACIENTES EM TRATAMENTO CONTRA O CÂNCER EM ITABUNA

Tempo de leitura: 3 minutos

A paciente Wilma corta o cabelo da amiga, a solidária Araci

O final de semana que passou foi diferente para pacientes que estavam no Centro de Radioterapia da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. Dona Araci Alves Ferreira, de 61 anos, escolheu a sexta (16) para protagonizar um ato de apoio às mulheres que estão em tratamento quimioterápico e, como consequência, sofrem com a perda do cabelo.

Evangélica, dona Araci Alves chegou logo cedo à unidade, com sua Bíblia e acompanhada por um cabeleireiro. Mas não foi o profissional quem cortou a primeira mecha de cabelo de dona Araci. Ela escolheu Wilma Amaral dos Anjos, a amiga da família, para iniciar a tarefa.

Em tratamento contra um segundo tumor, Wilma Amaral é cunhada da filha da autora do lindo gesto de solidariedade. Essa é a segunda batalha de dona Wilma Amaral, que passou por sessões de quimioterapia e radioterapia para tratar um câncer de mama em 2017. Naquela época, dona Araci Alves decidiu dirigir-se a um salão de beleza e raspar a cabeça em apoio a amiga, mas não fez nenhum registro fotográfico. “Mas agora resolvi fazer diferente e filmar tudo”.

A FORÇA NO GESTO

Muito emocionada, dona Araci Alves esperou pacientemente que a amiga Wilma Amaral e outras três pacientes cortassem as mechas de cabelo. Em seguida, o cabeleireiro Robson Santos de Santana entrou em ação para raspar a cabeça da autora da ação de solidariedade e amor ao próximo, que mereceu muitos aplausos de quem estava na unidade.

Dona Araci, moradora do bairro de Fátima, em Itabuna, disse não ter o dom da cura, mas pode incentivar e apoiar. “Posso trazer uma palavra de apoio. Façam o tratamento corretamente, confie no Senhor, pois a última palavra quem dá é Deus. Essa é a mensagem que quero passar para todas as mulheres no mundo. Que elas se sintam abraçadas e apoiadas com essa humilde ação”, afirmou.

Dona Wilma Amaral reconheceu e agradeceu o ato de solidariedade da amiga. “Essa aqui é minha parceira. Em 2017 iniciei o tratamento de um câncer de mama, fiquei curada em 2018. Naquela oportunidade, ela raspou a cabeça junto comigo. Agora estou em tratamento do tumor no fígado e, Deus vai me curar, pois eu tenho fé”, disse.

Dona Araci e Wilma com amigas e o cabelereiro Robson

ATITUDE ELOGIADA

A ação de dona Araci Alves foi elogiada pelas pacientes do Centro de Radioterapia. Para dona Elaine Cristina Soares, a iniciativa de apoiar o tratamento da amiga é louvável e digno de aplausos. “É uma alerta para as mulheres que estão passando por isso (tratamento) não se preocupem tanto com a estética, mas com a saúde”.

A ação contou com apoio também de dona Cleunice Barbosa de Jesus, que está em tratamento desde 2016. “Peço a todas que estão nesta luta que não desistam. É um caminho difícil, mas com confiança em Deus, tudo dará certo”. Quem também elogiou a atitude foi Maria Zelia Santos de Jesus. Muito bonito esse gesto dela”. A atitude ocorre exatamente neste mês do “Outubro Rosa”, campanha que visa a conscientização e alerta sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Segundo o médico radioncologista José Bandeira Neto, da Santa Casa,a queda de cabelo não ocorre nas sessões de radioterapia. A perda acontece durante a quimioterapia, tratamento a que boa parte dos pacientes com câncer é submetido.

NAS ÚLTIMAS 24 HORAS, BAHIA REGISTRA 881 NOVOS CASOS DE COVID-19 E 26 ÓBITOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Bahia confirmou 881 novos casos de covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 911 curados da doença (+0,3%) nas últimas 24 horas, conforme a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Dos 336.232 casos confirmados desde o início da pandemia, 322.177 já são considerados curados e 6.713 encontram-se ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,78%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.823,93), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.357,66), Madre de Deus (6.329,11), Apuarema (5.920,87).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 682.417 casos descartados e 77.216 em investigação até as 17 horas desta segunda (19). Na Bahia, 27.874 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

ÓBITOS

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 26 óbitos que ocorreram no período de 22 de junho a 18 de outubro. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.342, representando uma letalidade de 2,18%. Dentre os óbitos, 55,94% ocorreram no sexo masculino e 44,06% no sexo feminino.

BAHIA PASSA DE 320 MIL CURADOS DA COVID-19, MAS REGISTRA 7.288 ÓBITOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Bahia tem mais de 320 mil curados da covid-19

A Bahia confirmou mais 1.799 casos de covid-19 e 1.497 curados nas últimas 24 horas, conforme a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Ainda segundo a Pasta, o estado já registrou 334.697 casos da doença desde o início da pandemia, dos quais 320.437 já são considerados curados e 6.972 encontram-se ativos.

Os casos confirmados ocorreram nos 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,89%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (7.797,81), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.324,83), Madre de Deus (6.305,41), Apuarema (5.729,88).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 679.115 casos descartados e 78.545 em investigação até as 17 horas deste sábado (17). Na Bahia, 27.770 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

ÓBITOS

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 21 óbitos que ocorreram no período de 10 de julho a 16 de outubro. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.288, representando uma letalidade de 2,18%. Dentre os óbitos, 55,94% ocorreram no sexo masculino e 44,06% no sexo feminino.

Back To Top