skip to Main Content
21 de junho de 2021 | 02:00 pm

AMBULÂNCIA DE ILHÉUS ESTÁ ABANDONADA HÁ 2 ANOS, DENUNCIA VEREADORA; SECRETÁRIO RESPONDE

Segundo Enilda Mendonça, veículo da Prefeitura de Ilhéus aparenta pouco tempo de uso
Tempo de leitura: < 1 minuto

A vereador Enilda Mendonça (PT) foi ao Assentamento Vitória, na zona rural de Ilhéus, e publicou vídeo que mostra uma ambulância do município no local. Segundo as informações que obteve na comunidade, o veículo de socorro está ali há pelo menos 2 anos, conforme escreveu, na última quinta-feira (10), nas redes sociais.

Enilda afirma que o veículo, de placa OZL 8513, aparenta pouco tempo de uso. O assentamento fica a cerca de 20 quilômetros da sede do município, nas imediações do distrito de Itariri.

“Faço o questionamento: quem irá socorrer estes cidadãos ilheenses em uma emergência de saúde?”, perguntou a parlamentar. Confira o vídeo.

O QUE DIZ A SECRETARIA DE SAÚDE DE ILHÉUS

Procurado pelo PIMENTA, o secretário de Saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, disse que a ambulância está parada há alguns meses, não há dois anos, como informou a vereadora.

De acordo com o secretário, o veículo já foi recolhido para manutenção, serviço retomado após um problema no processo licitatório dele.

Magela acrescentou que o deslocamento de veículos para a zona rural é sempre mais complicado. “Esperamos estar com todos os veículos em totais condições em breve”, concluiu.

EM 24 HORAS, ILHÉUS REGISTRA 1 MORTE POR COVID-19 E 75 CASOS NOVOS

Nos hospitais de Ilhéus, 71 dos 81 leitos de UTI para tratamento da Covid-19 estão ocupados
Tempo de leitura: < 1 minuto

O boletim epidemiológico sobre a Covid-19 de Ilhéus desta segunda-feira (12) registrou mais uma morte causada pela doença. O total de vidas perdidas para o coronavírus no município chegou a 401.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) confirmou 75 casos novos. Agora, são 15.764 no total, sendo que 15.041 pessoas se recuperaram da infecção.

Ilhéus tem 322 casos ativos e 226 pessoas aguardam resultado do exame para descartar ou confirmar o contágio.

O SUS mantém 81 leitos de terapia intensiva para tratamento da Covid-19 no município e 71 deles estão ocupados.

VACINAÇÃO

De acordo com o painel da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), 28.401 moradores de Ilhéus tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e 9.042 receberam também a segunda.

ILHÉUS ATINGE MARCA DE 400 VIDAS PERDIDAS PARA COVID-19

Município confirmou mais 4 mortes no boletim de sexta-feira (9)
Tempo de leitura: < 1 minuto

O município de Ilhéus atingiu a marca tenebrosa de 400 óbitos causados pela Covid-19, com mais quatro mortes confirmadas na última sexta-feira (9).

De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), divulgado no sábado (11), Ilhéus tem 290 casos ativos. Outras 320 pessoas aguardam o resultado do exame para descartar ou confirmar o contágio pelo novo coronavírus.

O SUS mantém 81 leitos de terapia intensiva para tratamento da Covid-19 em Ilhéus e 61 deles estão ocupados.

Até o momento, 15.642 moradores do município tiveram contato comprovado com o vírus e 14.952 se recuperaram da infecção.

ILHÉUS REGISTRA MAIS 2 MORTES POR COVID-19 E “ESCONDE” BOLETIM

Secretaria de Saúde de Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) registrou mais 2 mortes causadas pela Covid-19. De acordo com o boletim epidemiológico de quarta-feira (31), o total de vidas perdidas para o coronavírus no município subiu de 380 para 382.

Diferente do que vinha sendo feito há mais de um ano, a Prefeitura de Ilhéus não publicou o boletim de quarta-feira nas redes sociais. Deixou-o escondido numa página do site oficial do município.

O SUS mantém 81 leitos de terapia intensiva para tratamento da doença nos hospitais da cidade; apenas 7 estavam disponíveis na noite de quarta (31). Os leitos atendem também pacientes de outros municípios.

O município tem 439 casos ativos da doença. Até o momento, 14.885 moradores de Ilhéus testaram positivo para a Covid-19 e 14.064 se recuperaram.

ATRASOS FREQUENTES

Os boletins de quinta (1º) e sexta-feira (2) não foram divulgados até as 8h50 deste sábado (3), horário desta publicação.

O PIMENTA constatou outros atrasos na divulgação das informações ao longo das últimas semanas. Ao site, o secretário de Saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, informou que “há uma demora no repasse [dos dados] para a comunicação”. No dia 16 de março, Magela disse que cobrou celeridade na publicação dos balanços diários.

ILHÉUS JÁ REGISTROU 45 MORTES POR COVID-19 EM MARÇO

Os boletins epidemiológicos dos dias 1º e 22 de março da Secretaria de Saúde de Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

Faltam oito dias para o fim de março e Ilhéus já registrou 45 mortes por Covid-19 apenas neste mês. Desde o início da pandemia, o município perdeu 360 vidas para o vírus, informa o boletim desta segunda-feira (22) da Secretaria Municipal de Saúde.

Os hospitais da cidade têm 81 leitos de terapia intensiva do SUS para tratamento da Covid-19; 77 deles estavam ocupados ontem à noite.

Até o momento, 13.599 pessoas de Ilhéus tiveram contato comprovado por exame com o novo coronavírus e se recuperaram da infecção.

De acordo com o vacinômetro da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), Ilhéus aplicou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em 16.251 pessoas, sendo que 6.932 receberam também a segunda.

SOBE PARA 351 NÚMERO DE MORTES POR COVID-19 EM ILHÉUS

SUS abriu mais dez leitos de UTI Covid para atender pacientes de Ilhéus e região
Tempo de leitura: < 1 minuto

O número de mortes causadas pela Covid-19 em Ilhéus subiu de 348 para 351 entre segunda (15) e terça-feira (17), informa a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), que ainda não publicou o boletim epidemiológico de quarta-feira (18).

De acordo com a Sesau, 68 dos 70 leitos de UTI Covid dos hospitais de Ilhéus estavam ocupados na terça (17).

Ontem (18), o Governo da Bahia anunciou a abertura de 10 novos leitos de UTI Covid no Hospital Regional Costa do Cacau. Com isso, considerando os contratados pelo SUS nos hospitais privados, a região de saúde de Ilhéus passou a ter 80 leitos de terapia intensiva para o tratamento da doença.

ILHÉUS: SERVIDORES DA SAÚDE COBRAM PAGAMENTO DE HORAS EXTRAS E AVALIAM PARALISAÇÃO

Secretaria de Saúde de Ilhéus não pagou horas extras de servidores, informa Sinsepi
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Ilhéus (Sinsepi) convocou a categoria para uma assembleia extraordinária. Na reunião, marcada para as 17 horas desta sexta-feira (5), os trabalhadores vão avaliar a proposta de paralisação das suas atividades como forma de pressionar o governo Mário Alexandre a pagar as horas extras dos funcionários da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), informa o comunicado da entidade sindical.

Ao PIMENTA, o secretário de Saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, explicou que tenta obter informações da Secretaria de Gestão e Tecnologia sobre os pagamentos. “Quem trabalhou vai receber”, disse. Ele estima que o problema será resolvido na segunda-feira (8) ou, no máximo, até terça (9).

Atualizada às 15h57.

 

FUNCIONÁRIOS DE HOSPITAIS PODEM ENTRAR EM GREVE, APÓS SESAU DESCUMPRIR ACORDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

É cada vez mais iminente a deflagração de greve dos funcionários dos hospitais São José e Maternidade Santa Helena, ambos mantidos pela Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus. Fevereiro chegou e os mais de 300 funcionários ainda não receberam o salário de dezembro.

Havia previsão para quitação até a última sexta (29). O pagamento estava condicionado à Santa Casa receber pelos serviços prestados pela instituição ao SUS, leia-se Secretaria de Saúde de Ilhéus (Sesau). O município não pagou.

Ainda na sexta (29) houve uma reunião entre Sesau e provedoria da Santa Casa com a intermediação do Ministério Público Estadual (MP-BA). Lá, pintou a promessa da Prefeitura de Ilhéus de pagar à Santa Casa nesta segunda (1º), segundo a Provedoria relatou à direção do Sindicato dos Trabalhadores, o Sintesi.

Porém, o município não honrou acordo com a instituição.

Já em situação preocupante e prestes a completar dois meses de salários atrasados na próxima sexta (5), os funcionários da Santa Casa devem entrar em greve. A paralisação pode ser deflagrada a qualquer momento.

Há questionamento, ainda, sobre o que está havendo com o caixa da Secretaria de Saúde de Ilhéus, pois o pagamento dos serviços de novembro deveria ocorrer, no máximo, até o início de janeiro.

ILHÉUS: FUNCIONÁRIOS DA SANTA CASA COBRAM SALÁRIO DE DEZEMBRO; PROVEDOR DIZ QUE DEPENDE DA SESAU

Tempo de leitura: 2 minutos

Funcionários do São José e da Maternidade cobram salário de dezembro

Os mais de 300 funcionários do Hospital São José e da Maternidade Santa Helena, mantidos pela Santa Casa de Ilhéus, ameaçam fazer paralisação devido ao atraso de salário. Os profissionais em saúde e trabalhadores de apoio da instituição ainda não receberam dezembro, que deveria ter sido pago até o último dia 8.

“A Santa Casa é o maior prestador de serviços da área de saúde do setor privado em Ilhéus. Até agora, o salário de dezembro não foi pago”, diz o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi), Raimundo Santana.

O dirigente lembra que já houve intervenção do Ministério Público do Trabalho (MPT) e do Conselho Municipal de Saúde para dar solução aos atrasos de salário na instituição. “A situação não se resolveu. Os trabalhadores estão em situação de extrema dificuldade financeira”, reforça Raimundo.

O Sintesi, afirma Raimundo, tem adotado postura de responsabilidade para não paralisar o atendimento em saúde no período de pandemia, mas os atrasos têm sido constantes. “Pode ser que não tenhamos outra alternativa a não ser a paralisação, greve, caso não haja pagamento de salário”, emendou.

PROVEDOR: “PREVISÃO É A GENTE RECEBER ATÉ SEXTA”

Provedor da Santa Casa de Ilhéus, Eusínio Lavigne disse ao PIMENTA que honrar compromisso com os funcionários depende de a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) pagar pelos serviços prestados em novembro. “A previsão é a gente receber até sexta-feira. Recebendo [da Sesau], a gente paga [aos funcionários] imediatamente”, afirmou.

Eusínio reconhece as dificuldades dos funcionários da Santa Casa, mas ressalta que a instituição “não tem fábrica de dinheiro”. Segundo ele, os atrasos nos pagamentos à Santa Casa, por parte do município, tornaram-se recorrentes desde outubro do ano passado. Ele exemplifica que o pagamento pelos atendimentos e procedimentos prestados aos usuários do SUS  em novembro deveriam ter sido pagos pela Sesau, no máximo, até o final de dezembro. “Normalmente, seria dezembro”.

SESAU

O site tentou falar com o secretário de Saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, para que ele explicasse as razões do atraso no pagamento ao prestador de serviço do SUS. Por meio de mensagem, ele informou que não poderia atender naquele momento. O espaço está aberto para explicações.

COVID-19: ILHÉUS GANHA DISK DENÚNCIA CONTRA DESVIO DE VACINAS

Secretaria informa que vai punir servidores flagrados em eventuais desvios éticos
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria de Saúde de Ilhéus criou uma central de atendimento para o registro de denúncias sobre a vacinação contra a Covid-19. Em caso de suspeita de desvio das vacinas reservadas para os grupos prioritários, é possível alertar a pasta por meio dos telefones (73) 99199-5859/ (73) 98862-6206 ou (73) 99170-5592.

O atendimento acontece de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 12h e das 13h às 17h.

As primeiras doses da CoronaVac que chegaram ao município estão sendo aplicadas em profissionais de saúde que atuam no combate ao novo coronavírus, além de idosos que vivem em abrigos.

De acordo com a Prefeitura de Ilhéus, o objetivo é dar transparência ao uso dos imunizantes. Os servidores envolvidos em possíveis desvios éticos serão devidamente responsabilizados. Além das denúncias, o setor vai receber informações sobre pessoas acamadas.

No início da próxima semana, segunda (25) e terça-feira (26), a secretaria vai vacinar os idosos acima de 80 anos. Veja mais informações sobre essa etapa da vacinação aqui.

SECRETÁRIO DE SAÚDE DE ILHÉUS SE DEFENDE E DIZ QUE NÃO HÁ NADA ILEGAL

Secretário Geraldo Magela confirmou que paciente é médico da rede pública
Tempo de leitura: < 1 minuto

Depois de depor na Delegacia da Polícia Federal (DPF), em Ilhéus, nesta terça-feira (22), o secretário municipal de Saúde, Geraldo Magela, disse que os funcionários e ele são os maiores interessados em que as acusações de fraude apuradas pela Operação Anoxia sejam esclarecidas.

“Não há irregularidades, salários foram pagos e o serviço está sendo executado na Central Covid”, disse Magela. “Pelas nossas contas não houve superfaturamento. Se ficar comprovado, a empresa vai ter que devolver,” garantiu em entrevistas às emissoras de TV.

Magela afirmou ainda que não está enxergando nenhuma falha de execução do contrato com a empresa acusada. Para ele, as denúncias surgiram no período que antecedeu a campanha eleitoral.

O secretário afirmou ainda que a empresa HSC executou o serviço e que pode haver diferença contábil de R$ 110 mil. “A gente quer ver o que é isto. Para nós não passa de erro contábil”, acrescentou, informando que há despesas ainda não lançadas nos sistemas.

“A diferença pode ser em decorrência de salários pagos a médicos, enfermeiros, psicólogos, técnicos de enfermagem. O que colocaram é que não tinha execução do contrato pela empresa. Mas todos viram que havia a Central Covid, o hotel, etc,” pontuou.

O titular da Saúde afirmou estar para tudo responder. Ele lembou que na época da denúncia houve processo licitatório, dispensa, etc. porque Ilhéus, juntamente com Salvador, lideravam os casos de novo coronavírus no estado.

“A gente precisava de fazer a central. Agora pedimos a documentação da CGU para ver os termos da denúncia para encaminhar a defesa. Vamos detalhar as despesas até para garantir a chegada dos recursos contra a doença”, concluiu.

COVID-19: ILHÉUS CONFIRMA 79 NOVOS CASOS E 10 ÓBITOS EM APENAS 24 HORAS

Ilhéus tem mais de 3,2 mil casos de cura da covid-19, segundo a Sesau
Tempo de leitura: < 1 minuto

Num intervalo de apenas 24 horas, Ilhéus registrou 10 óbitos provocados pelo novo coronavírus (Covid-19). Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), o município registra 112 mortes por complicações causadas pela doença até as 19 horas desta terça (21). Ontem, eram 102 óbitos.

Também no intervalo de um dia, o município confirmou 79 novos casos de covid-19 e passa a ter o mais alto número de casos ativos da doença desde a reabertura do comércio. Hoje, Ilhéus tem 733 pacientes internados ou em isolamento domiciliar após testar positivo para a covid-19. Desde o início da pandemia, são 2.487 casos confirmados.

A Sesau informou, também, que há 305 pessoas aguardando resultado do exame para a covid-19 e 9.332 casos suspeitos foram descartados (testaram negativo). O total de pessoas consideradas curadas da doença chega a 1.583 nesta terça.

OCUPAÇÃO DE LEITOS DE UTI

Ainda conforme a Secretaria, o município possui 65 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para covid-19, dos quais 59 estão com pacientes internados.

SECRETARIA DE SAÚDE DE ILHÉUS CONFIRMA MAIS QUATRO MORTES PELA COVID-19

Menina é baleada em Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) confirmou, na tarde desta segunda-feira (4), mais quatro mortes causadas pelo novo coronavírus em Ilhéus. A Sesau informou que os pacientes tinham quadro de comorbidades. Dois dos óbitos já tinham sido informados mais cedo pelo PIMENTA.

A Secretaria de Saúde de Ilhéus não deu detalhes sobre os pacientes mortos. Essas informações devem ser fornecidas pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Ilhéus é o município com a maior quantidade de mortes causadas pela doença no interior da Bahia. Já são nove óbitos confirmados.

SOBE PARA 11 O NÚMERO DE PESSOAS CURADAS DA COVID-19 EM ILHÉUS

Bahia registra 362.563 mil casos de Covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

Subiu para 11 o número de pessoas que receberam alta da quarentena para o tratamento do novo coronavírus em Ilhéus, informou a Secretaria de Saúde do município. Nesta sexta-feira (10), mais cinco pacientes tiveram cura clínica.

Fernanda Pinto, médica responsável pelo acompanhamento dos casos de Covid-19 no município, explica que esses pacientes atenderam às recomendações definidas pelo Ministério da Saúde, após 14 dias em isolamento domiciliar.

– Nos casos leves, consideramos a recuperação após 14 dias do início dos sintomas. Cumprindo esse prazo, normalmente, os pacientes estão assintomáticos e não devem mais fazer o uso de medicamentos. Então, são ditos recuperados e recebem alta. Porém, eles precisam seguir as recomendações direcionadas à comunidade em geral, mantendo os cuidados de higiene pessoal – afirma a médica.

Ilhéus tem 27 diagnósticos positivos para o novo coronavírus. Foram confirmados cinco novos casos ontem. A Central Covid-19 monitora 204 casos suspeitos de síndrome gripal. Outros 144 casos foram descartados e oito estão sob investigação, aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

CUIDADOS E PREVENÇÃO

Para evitar a propagação do vírus, os órgãos de saúde recomendam medidas básicas de higiene, dentre elas:

– Lavar as mãos (dedos, unhas, punho, palma e dorso) com frequência, com água e sabão, ou higienizar com álcool em gel 70%,e, de preferência, utilizar toalhas de papel para secá-las;

– Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos;

– Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas e fique em casa até melhorar;

– Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Ao tocar, lave sempre as mãos com água e sabão;

– Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.

ILHÉUS: NOVOS CASOS DE COVID-19 SÃO CONFIRMADOS NA CONQUISTA E NO ILHÉUS II

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria de Saúde de Ilhéus deu mais informações sobre os dois novos pacientes infectados pela Covid-19 no município, que agora soma 14 casos como publicado mais cedo pelo PIMENTA (veja aqui).

Um dos pacientes tem 47 anos e reside no Ilhéus II. Uma mulher de 55 anos, residente na Conquista, foi dos dois casos confirmados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA) hoje. Segundo a Secretaria de Saúde, os dois pacientes já se encontram em isolamento social.

Até as 17h de hoje (6), a cidade registrou 14 casos confirmados, 119 descartados, 42 suspeitos – aguardando análise do Lacen – e 215 casos monitorados. A Vigilância Epidemiológica fez 181 coletas de material para exame, no período entre 29 de fevereiro a 6 de abril.

Back To Top