skip to Main Content
19 de fevereiro de 2020 | 03:14 am

BARRA DO ROCHA SEM VIATURA DA PM

Tempo de leitura: < 1 minuto

A população de Barra do Rocha reclama, com razão, do comando regional da Polícia Militar. O pequeno município sul-baiano de pouco mais de 6,5 mil habitantes está há cerca de dez dias sem a única viatura da PM, o que impede as rondas e dificulta as ações de policiamento ostensivo.

De acordo com o Barra do Rocha News, a violência tem assustado a população nesse período, com registro de roubos e homicídios no – antes – pacato município. Políticos já se reuniram para cobrar explicações por parte da PM, já que a viatura foi deslocada para atender Ipiaú, deixando Barra do Rocha desguarnecida.

GOVERNO FARÁ MUDANÇA NA CONSTITUIÇÃO PARA TER MAIS ATRIBUIÇÕES NA SEGURANÇA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A presidente Dilma Rousseff afirmou que vai mudar a Constituição Federal para permitir que o governo federal assuma mais responsabilidade na melhora da segurança pública. Em discurso ao povo brasileiro no parlatório do Palácio do Planalto realizado na tarde desta quinta-feira (1º), Dilma repetiu a estrutura de seu discurso de posse no Congresso Nacional e também o tom conciliatório, procurando angariar apoio do povo brasileiro.

“Para conseguirmos avançar, preciso do apoio e da compreensão do povo do Brasil”, afirmou. A presidente disse que assume o segundo mandato com mais esperança do que quando assumiu o primeiro. “Assumo com uma certeza: estamos juntos, com dignidade, de pé e com a imensa força da fé que temos no povo brasileiro”, disse.

Dilma também afirmou que, “de pé e com fé” e junto com o povo brasileiro, fará a reforma política. “De pé e com fé, vamos fazer a reforma política. Vamos melhorar a saúde e garantir mais acesso a exames e consultas com especialistas”. Disse que o governo vai continuar com programas na área de educação, como o Fies, o ProUni, o Ciência sem Fronteiras. “O Brasil será a verdadeira pátria educadora. Os brasileiros terão acesso a educação de qualidade, da creche à pós-graduação”, disse.

A presidente afirmou ainda que seu governo vai continuar apostando em mais empregos e salários valorizados. Ao falar desse tema, garantiu que vai continuar com a política de valorização do salário mínimo.

Ela também garantiu que vai continuar com o programa Minha Casa, Minha Vida, como havia mencionado no discurso de posse no Congresso. “Somos capazes de fazer tudo isso porque garantimos empregos e salários enquanto outros arrochavam. Nesses últimos 12 anos, mudamos o Brasil”, afirmou. Informações do Correio.

RUI COSTA DEFINE PRIORIDADES, MAS PREVÊ APERTO EM 2015

Tempo de leitura: 2 minutos
Rui, com a filha caçula, fala em prioridades para o seu governo (Foto Carol Garcia/GovBA)

Rui, com a filha caçula, fala em prioridades para o seu governo (Foto Carol Garcia/GovBA)

Rui Costa tomou posse, hoje (1º), como novo governador da Bahia e anunciou aperto em 2015. “Não será um ano de folga para estados nem para municípios. Nós faremos um esforço extraordinário para refinar a gestão em todas as áreas para economizar recursos e seguir o ritmo de investimentos”.

Segundo ele, os investimentos devem ocorrer com mais força no segundo semestre deste ano novo que se inicia. “Temos muitos recursos já contratados sendo executados, suficientes para dar o andamento inicial de um governo. Os novos investimentos irão acontecer, eu acredito, a partir do segundo semestre”.

Ao tomar posse, Rui elegeu a educação, a saúde e a segurança pública como “pilares fundamentais’ do seu governo. Rui, que sucede o também petista Jaques Wagner, disse que está na primeira fila entre os governadores que defenderão mais recursos para a saúde. Ele ainda falou de uma polícia cidadã, “inteligente e rigorosa com o crime, mas que seja amável e respeitosa com o direito de qualquer cidadão”.

O novo governador também citou a necessidade de interiorização das ações de governo e destacou que 80% da população baiana vive no interior do estado. 60% dos empregos, enfatizou, foram gerados fora da Região Metropolitana de Salvador.

– Nós vamos procurar aprofundar a infraestrutura logística no interior para viabilizar a chegada de empresas, de mais empregos. E aí eu me refiro aos projetos de ferrovias, rodovias, aeroportos, como o de Ilhéus, que será construído por meio de uma PPP [parceria público-privada], que pretendo fazer ainda este ano.

Para ele, investimentos em infraestrutura, educação e universidades vão manter o ritmo forte de crescimento no interior do estado. “Várias cidades da Bahia estão entre as que mais crescem e se desenvolvem no Brasil, como Feira de Santana, Vitória da Conquista, Luís Eduardo Magalhães, Teixeira de Freitas, que têm demonstrado um ritmo de crescimento muito acima da média nacional”.

Rui se comprometeu a manter relação respeitosa com todos os prefeitos. “Tenho plena consciência e gratidão pelo povo de todas as cidades da Bahia, e eu retribuirei a este povo o carinho que ele merece, independente da filiação do gestor de cada município”, disse ele, reforçando que espera reciprocidade dos prefeitos.

FAUSTINO PODE ASSUMIR COMANDO DA PM-BA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Coronel Paulo Faustino pode assumir comando-geral da PM.

Coronel Paulo Faustino pode assumir comando-geral da PM.

Um itabunense pode assumir o comando-geral da Polícia Militar baiana. Com 54 anos de idade e 35 anos de corporação, coronel Paulo Faustino Silva é tido como o nome mais forte para substituir Alfredo Castro.
Rui Costa anunciará somente em 31 de dezembro os nomes do comandante da PM e do chefe da Polícia Civil.
Na última semana, o governador eleito adiantou que manteria o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, mas precisava dar uma mexida no comando das duas corporações.

CARROS E CASAS SÃO INCENDIADOS APÓS A PRISÃO DE BANDIDO EM CAMACAN

Tempo de leitura: 2 minutos
Imóveis foram incendiados por familiares de bandidos em Camacan.

Imóveis foram incendiados por familiares de bandidos em Camacan.

Ricardo, o Cal, é acusado de homicídios em Camacan.

“Cal” é acusado de homicídios em Camacan.

Casas e carros foram incendiados neste domingo (7) em Camacan, no sul da Bahia, em retaliação à prisão do homicida Ricardo Santos Rezende, o Cal. Policiais civis e militares prenderam o bandido durante operação na madrugada de hoje.
De acordo com o comandante da PM em Camacan, major Rodrigues de Castro, Cal tinha contra si mandado de prisão e é suspeito de matar um idoso e uma indígena. Cal e o irmão “Veni” são apontados como autores de vários crimes no município. Veni está foragido.
Os policiais montaram cerco à casa de Cal ontem à noite e negociaram para que o bandido se entregasse. Com a resistência, os policiais decidiram invadir o imóvel, prendendo-o em seguida.
Conforme o comando da Polícia Militar, familiares do bandidos, descontentes com a prisão de Cal, iniciaram ofensiva incendiando, pelo menos, cinco casas. Carros também foram incendiados ou apedrejados entre a madrugada e o final da tarde deste domingo.
O policiamento no Bairro da Gameleira foi reforçado por causa do aumento da tensão. O bandido foi levado para o Complexo Policial de Camacan. A polícia ainda decidirá para onde encaminhar o bandido, se Itabuna ou Feira de Santana.
Criança caminha em meio a escombros de casa e carro incendiado.

Criança caminha em meio a escombros e carro incendiado.

LADRÃO CONFESSA MAIS DE 150 ASSALTOS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Carlos Felipe foi preso após assaltar duas farmácias em Ilhéus.

Carlos Felipe foi preso após assaltar duas farmácias em Ilhéus.

Carlos Felipe Gonçalves da Silva tem apenas 22 anos e confessa já ter praticado, pelo menos, 160 assaltos em São Paulo e em Ilhéus. Acabou preso ontem (20), após roubar várias lojas na cidade sul-baiana.
A prisão ocorreu depois que Carlos Felipe assaltou as farmácias Velanes e Santana, no centro. Embolsou R$ 871,00.
O malandro assume ter roubado mais cinco estabelecimentos só em Ilhéus. Elencou a Zip Náutica, Cacau Show, O Boticário e as farmácias Pague Menos e Pontal.
De acordo com a polícia, o ladrão praticava assaltos e se escondia no Couto. Ontem, confessou à polícia que praticou também, aproximadamente, 150 assaltos em São Paulo, onde morava.

SOUTO DIVULGA MEDIDAS PARA SEGURANÇA PÚBLICA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Paulo_SoutoA Tarde
O democrata Paulo Souto disse nesta segunda-feira, 15, que pretende frear o crescimento da violência na Bahia com base em quatro passos: “reconquistar a relação de confiança com a polícia; aumentar contingente (mas também redistribuir melhor); ampliar a integração entre as Polícias Militar a Civil e criar Companhias Especiais no interior (mas sobretudo dar maior capacidade operacional as existentes)”.
De acordo com ele, “essas medidas tendem a reduzir ou controlar a violência” no Estado. Souto afirmou, em entrevista à TV Record, que o governador deve participar diretamente da gestão da segurança pública.
Além das ações diretas no setor, o ex-governador também defende a realização de projetos sociais nas áreas com maior índice de criminalidade para evitar que os jovens sejam atraídos pelo tráfico de drogas. Segundo o democrata, essas regiões devem ser prioritárias na instalação de escolas de tempo integral, por exemplo.

SE LIGA, GOVERNADOR

Tempo de leitura: < 1 minuto

violênciaA maioria das perguntas ao governador Jaques Wagner ontem, em Itabuna, era referente à segurança pública. Após a queda no número de homicídios no comparativo de 2012 e de 2013, a projeção é de que haja aumento considerável de assassinatos na principal economia do sul-baiano.
Enquanto, oficialmente, foram registrados 127 homicídios no ano passado, os organismos de segurança pública já registraram 101 assassinatos de janeiro até a semana passada. Mantida a média, a cidade pode assistir a uma nova matança, com 150 homicídios em 2014, colocando o município entre os mais violentos do país.
Ano passado, os serviços de inteligência da polícia funcionavam com maior eficiência e foram registradas grandes operações contra o tráfico de drogas. O ambiente ficou tão “propício” que uma terceira facção criminosa foi criada no município.

POLÍCIA PRENDE ACUSADO DE VÁRIOS ASSALTOS A ÔNIBUS EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Alberto foi preso ontem à noite, após assaltar ônibus próximo à Unime.

Alberto foi preso ontem à noite, após assaltar ônibus próximo à Unime.

A polícia militar prendeu, ontem à noite, Alberto Santos Ferreira, acusado de cometer vários assaltos a ônibus em Itabuna.
Alberto foi preso por volta das 21h30min, após assaltar um ônibus entre a Unime, na Avenida J.S Pinheiro, e o centro comercial. O assaltante levou R$ 72,15, além de um celular do cobrador.
A prisão foi efetuada por uma guarnição que estava na região do centro comercial, segundo o comando do 15ª Batalhão da PM. Alberto foi preso próximo ao Grapiúna Tênis Clube e acabou sendo reconhecido pela vítima. O assaltante disse que mora em Ubaitaba.
Os policiais da guarnição 1507 encaminharam o assaltante para o Complexo Policial. A Polícia Civil acessou os dados de Alberto.
O bandido, segundo a civil, tem as mesmas características de suspeito de cometer vários assaltos a ônibus na região do centro comercial, Nova Itabuna e Nova Ferradas.

MORTE DE CRIANÇA PROVOCA ATAQUES E CAOS EM AMARGOSA

Tempo de leitura: 2 minutos
Carros destruídos em ataques (Marcello Dial/Site Voz da Bahia).

Carros destruídos em ataques (Marcello Dial/Site Voz da Bahia).

Do G1
Trinta motos, 18 carros e um ônibus foram incendiados durante a ação de um grupo de moradores na cidade de Amargosa, a 250 quilômetros de Salvador, na noite de quarta-feira (16). O grupo também invadiu a delegacia do município, roubou todas as armas, liberou os presos, destruiu e queimou o local, segundo informações da Polícia Militar na manhã desta quinta-feira (17). Os ataques ocorreram por causa da morte de uma menina de 1 ano, pela polícia, durante uma troca de tiros.
De acordo com o delegado titular da 4ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/ Santo Antônio de Jesus), Paulo Roberto Guimarães, que gerencia a segurança na região, 16 presos foram libertados da carceragem, após a invasão dos moradores. Destes, dois já foram recapturados.
Segundo Guimarães, durante o conflito, a delegada, o juiz e o promotor de Amargosa se refugiaram em um hotel da cidade. O delegado afirmou que as autoridades se hospedaram no local por motivo de segurança, já que a sede da delegacia foi completamente destruída pelo grupo.
Segundo o coronel Aldemário Xavier, que atua no município, 18 pessoas foram ouvidas pela polícia e já liberadas. Xavier ainda informou que o caos estabelecido até a madrugada foi controlado na manhã desta quinta-feira (17).
O conflito começou quando dois policiais iniciaram uma perseguição a um assaltante de motos, que teria ligação com o tráfico de drogas. Durante a perseguição, o suposto criminoso invadiu a casa de uma família e, na tentativa de atingir o suspeito, um dos agentes acertou um tiro em uma criança, que acabou morrendo no local. Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a suspeita é que o tiro tenha partido da arma de um policial civil.

Back To Top