skip to Main Content
21 de janeiro de 2021 | 06:51 pm

BRASIL DESPACHA VENEZUELA E ENFRENTARÁ PARAGUAI

Tempo de leitura: < 1 minuto


Sem Neymar, o Brasil venceu a Venezuela por 2 a 1 sem grandes dificuldades, fechou a primeira fase na liderança do Grupo C e agora vai pegar o Paraguai pela Copa América 2015. Os gols foram marcados por Thiago Silva, Firmino e Arango.

O resultado e a atuação afastaram, provisoriamente, o fantasma da ausência de Neymar, principal figura e capitão do time que não empolgou nas duas primeiras rodadas.

Robinho e Philippe Coutinho entraram no time, Miranda assumiu a faixa de capitão e o equipe só foi ameaçada no finzinho, quando Dunga fez testes e colocou David Luiz de volante e Marquinhos de lateral. Se passou longe de dar show neste domingo, o Brasil ao menos conseguiu vencer sem sustos e com amplo domínio do jogo.

Agora, terá a missão de exibir-se da mesma forma diante dos rivais mais fortes no mata-mata. O primeiro compromisso será no sábado que vem, contra o mesmo Paraguai que eliminou o Brasil na Copa América 2011 nos pênaltis. Se vencer, o time de Dunga vai às semifinais para enfrentar Argentina ou Colômbia. Com informações do Uol Esporte.

VÍDEO DE NEYMAR PARA ITABUNENSES ‘VIRALIZA’

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner Tenório e Neymar Jr. em Barcelona.

Wagner Tenório e Neymar Jr. em Barcelona.

Um vídeo do craque Neymar com uma mensagem para os itabunenses tornou-se um dos maiores virais do WhatsApp e do Facebook entre moradores do município sul-baiano. O astro da Seleção Brasileira e do Barcelona também faz menção à Califórnia, bairro itabunense.

O vídeo foi gravado pelo cabeleireiro itabunense Wagner Tenório, que resgatou o estilo moicano do craque brasileiro.

DATAFOLHA: TITE E ZICO SÃO MAIS CITADOS PARA COMANDAR SELEÇÃO BRASILEIRA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Zico, com 19%, e Tite, 24%, foram os mais citados em pesquisa (Fotomontagem).

Zico, com 19%, e Tite, 24%, foram os mais citados em pesquisa (Fotomontagem).

Tite, ex-técnico do Corinthians, e Zico são os mais citados pelo torcedor brasileiro para o comando da seleção nacional, segundo a mais recente pesquisa Datafolha. Tite foi citado por 24% dos entrevistados, enquanto 19% mencionaram Zico, ex-craque rubro-negro e técnico de futebol.
A pesquisa ouviu 5.377 pessoas em 233 municípios brasileiros entre ontem e hoje (15 e 16). A margem de erro é de dois pontos percentuais. Muricy Ramalho, do São Paulo, ficou em terceiro, com 14%. Vanderlei Luxemburgo e Carlos Alberto Parreira foram citados por 6% cada um.
A lista ainda tem Mano Menezes (5%), Marcelo Oliveira (2%) e Cuca (2%). 18% não souberam responder.
A pesquisa Datafolha também aferiu que 68% preferem um treinador brasileiro comandando a seleção. 28% apostam em um nome estrangeiro, enquanto 9% não souberam responder.

SOUTO ATACA DE COMENTARISTA DE FUTEBOL

Tempo de leitura: < 1 minuto
Para Souto, CBF precisa mudar (Foto Valter Pontes).

Para Souto, CBF precisa mudar (Foto Valter Pontes).

O ex-governador Paulo Souto (DEM) concedeu entrevista hoje à Rádio 100, de Salvador, quando voltou a atacar de comentarista de futebol, como fazia nos tempos de Rádio Sociedade.
O candidato ao governo baiano preferiu falar de Seleção Brasileira. Para ele, Felipão não é um técnico moderno e “talvez seja a hora de um técnico estrangeiro na seleção”.
O democrata acredita que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) “tem que mudar bastante” e o “resultado ruim” da seleção na Copa do Mundo “impõe mudanças”.
Souto apontou defasagem do futebol brasileiro em relação, por exemplo, ao europeu. “Ficamos para trás na preparação física e no aspecto tático. Os dirigentes brasileiros precisam abrir os olhos”.

PRESIDENTE DO BAHIA CRITICA CBF E DEFENDE "DEVOLVA MINHA SELEÇÃO"

Tempo de leitura: 2 minutos
ferererer

Fernando Schmidt, presidente do Bahia (Foto Evilásio Jr.)

Do Bahia Notícias
O presidente do Esporte Clube Bahia, Fernando Schmidt, eleito ao cargo após intervenção judicial, defendeu, em entrevista ao programa Acorda Pra Vida, da Rede Tudo FM 102,5, nesta sexta-feira (11), que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deve passar por um processo de fiscalização e aumento de transparência após a derrota do time canarinho por 7 a 1 para a Alemanha. “Para mim, a gestão na CBF é uma caixa-preta”, criticou.
Ele defende que, assim como aconteceu com o tricolor, na campanha “Devolva meu Bahia”, a Seleção precisa voltar para as mãos da população. “A Seleção precisa ser devolvida para o povo brasileiro, porque é público e não privado”, justificou. O dirigente esportivo recorda que o Esquadrão de Aço sofreu duas grandes derrotas em campo, o que aflorou nos torcedores a vontade de mudança: “Houve apoio popular e as pessoas deixaram de ser vítimas. O que a população quer é que a Seleção volte a ser dela e a ser bem dirigida”.
O resultado da última terça-feira (8) no Mineirão, segundo Schmidt, não é culpa do técnico Luiz Felipe Scolari ou dos jogadores, mas sim da situação atual do futebol brasileiro. “Tem que ter instrumentos de controle para que o clube possa seguir suas funções”, explicou. Ele lembra que, há cerca de um ano, foi apresentada na Câmara Federal a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, que estabelece uma espécie redemocratização do futebol no país. “Não se podia mais tratar as entidades como capitanias hereditárias. O exemplo maior é o CBF”, acusou.
Questionado se contrataria Felipão ou o jogador Fred para o clube se tivesse condições financeiras, ele foi taxativo: “Não”. Schmidt apostou ainda que, na próxima partida do Brasil contra Holanda, no sábado (12), a Seleção não passará por um novo susto. “Algo me diz que não haverá nova goleada”, arriscou.
Segundo o dirigente, o afastamento do PT e PSB nas eleições estaduais, do qual é filiado, não afetou a gestão do Bahia, a cinco meses do fim do mandato de transição. “Não há racha. Procuramos separar futebol e política. Não estamos apoiando ninguém”, afirmou.

DILMA APOIA NEYMAR E VIRA ALVO DE BRINCADEIRA NAS REDES SOCIAIS

Tempo de leitura: 2 minutos
Dilma homenageia Neymar nas redes sociais (Reprodução Facebook).

Dilma homenageia Neymar nas redes sociais (Reprodução Facebook).

O punho da mão direita colado no antebraço esquerdo formando um ‘T’. Dessa forma Neymar comemorou muitos de seus gols ao longo da carreira, representando a expressão ‘É Tois’. Também foi com esse gesto que a presidente Dilma Rousseff resolveu demonstrar o seu apoio ao jogador por ter que ficar de fora do restante da Copa do Mundo.
A presidente divulgou uma foto fazendo o ‘T’ com os braços durante bate papo na página do Palácio do Planalto no Facebook. O perfil fake de Dilma Rousseff, o Dilma Bolada, sugeriu na rede social que ela fizesse uma homenagem ao jogador da seleção brasileira dessa forma. Pouco depois foi postada uma imagem dela fazendo o gesto.
A imagem fez sucesso nas redes sociais. Na página Dilma Bolada, ela foi curtida por mais de 11 mil pessoas e compartilhada por mais de 600 usuários. A foto também foi postada no perfil oficial da presidente no Twitter com a legenda “É TOIS para @NeymarJr”. No microblog, o ela foi retuitada mais de 4 mil vezes.
A homenagem da presidente também rendeu montagens brincando com o gesto nas redes sociais. Confira algumas:
Gesto de Dilma, repetindo Neymar, vira meme (Reprodução/Correio).

Gesto de Dilma, repetindo Neymar, vira meme (Reprodução/Correio).

NEYMAR: "O SONHO NÃO ACABOU"

Tempo de leitura: < 1 minuto

O atacante Neymar Jr. foi desligado da Seleção Brasileira, após constatação de que não poderia mais jogar a Copa do Mundo. Na partida contra a Colômbia, o brasileiro recebeu uma falta duríssima que provocou fratura de uma das vértebras. Ficará em torno de quatro a seis semanas em recuperação.
O jogador gravou um vídeo para a torcida e avisa: “O sonho não acabou”. Neymar deixa a copa como vice-artilheiro, com 4 gols. A artilharia é de James Rodríguez, da Colômbia, eliminada pelo Brasil na última sexta (4), por 2 a 1.

SELEÇÃO BRASILEIRA PREFERE A BAND, QUE JÁ TEM SINAL DIGITAL EM ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos
Comissão técnica assiste a México e Camarões pela Band (Reprodução Uol).

Comissão técnica assiste a México e Camarões pela Band (Reprodução Uol).

Na guerra de audiência entre emissoras de televisão que transmitem os jogos da Copa 2014, imagens liberadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) revelam preferência ( momentânea?) da comissão técnica da seleção canarinho.
Eram bastidores de um almoço da comissão técnica. Ao fundo, a logomarca da Band não deixou dúvida quanto à escolha da equipe de Felipão.
Conforme captado pelo blog Uol Esporte Vê TV, a equipe assistia ao jogo México e Camarões.  A Band foi a escolhida, embora a Globo seja a emissora oficial da Copa (e da CBF) no país.
BAND COM SINAL DIGITAL EM ITABUNA
Band com sinal digital em Itabuna (Reprodução Pimenta).

Band com sinal digital em Itabuna (Reprodução).

E, por falar em Band, o canal já é transmitido com qualidade digital em Itabuna, no 11.1 (Band Bahia). Quem possui televisor com conversor digital, é só calibrar, reinstalando os canais, automaticamente, pelo menu do aparelho.
A dica é do professor e desportista Vladistone Menezes. Pelo menos até a semana passada, apenas a TV Santa Cruz (Globo) era sintonizada com qualidade digital no município sul-baiano.

EX-SELEÇÃO, PERI COMEÇA A TRABALHAR NO RJ

Tempo de leitura: < 1 minuto
Peri conquista emprego no Rio de Janeiro (Foto Pedro Ivo Almeida-UOL).

Peri conquista emprego no Rio de Janeiro (Foto Pedro Ivo Almeida-UOL).

Após se aproximar do fundo do poço e vagar pelas ruas de Portugal no final do último ano, Perivaldo Lúcio Dantas voltou a ter nome, sobrenome e dignidade neste início de 2014. Mais do que isso, o ex-mendigo e lateral da seleção brasileira, com passagens marcantes por Botafogo, Bahia, São Paulo e Palmeiras, agora tem até emprego e uma casa para morar na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro.
Em um recomeço ainda que tardio, aos 60 anos, o famoso “Peri da Pituba” agarra como pode a “chance da vida” no Sindicato dos Atletas de Futebol do Rio de Janeiro (Saferj). Lá, em um cenário que nem de longe lembra os últimos meses, exerce a função de auxiliar técnico de um projeto que mantém em treinamento jogadores sem clube e ainda colabora no setor administrativo.
Com o bom humor que cativa todos ao seu redor e espanta qualquer lembrança mais triste, Perivaldo celebra o renascimento e diz não ter mais problemas na vida. Ou quase nenhum. Seu grande desafio agora é na área da tecnologia, onde trava uma “guerra” com o computador sobre a mesa em seu mais novo local de trabalho.
Clique aqui e confira matéria do portal Uol na íntegra

FAMÍLIA BUSCARÁ PERI NA PRÓXIMA SEMANA. FILHO DIZ QUE CHOROU MUITO

Tempo de leitura: 2 minutos
Recepcionado por baianas, Peri em retorno à Bahia exibe camisa da Seleção Brasileira (Foto A Tarde).

Recepcionado por baianas, Peri em retorno à Bahia exibe camisa da Seleção Brasileira (Foto A Tarde).

A família do ex-jogador de futebol Perivaldo Lúcio Dantas (Peri) anunciou hoje que o jogador será trazido para o Brasil nos próximos dias. Marcelo Sampaio Dantas viaja a Lisboa, em Portugal, na próxima segunda (25), para buscar o pai. “O desejo dele é morar no Rio [de Janeiro]”, disse o filho em entrevista ao jornalista Diego Adans, d´A Tarde.

Marcelo contou esteve em Portugal há pouco tempo, segundo afirmou ao diário soteropolitano, e a situação do pai não era a mostrada no Fantástico, da Rede Globo. O filho diz ter chorado ao ver as condições de Perivaldo, hoje com 60 anos:

– É triste, é duro. Quando vi a matéria na TV, chorei muito. Eu o tinha encontrado fazia pouco tempo, quando passei por Portugal. Ele não estava daquele jeito – disse.

Peri passou por Itabuna, Bahia, Ferroviário, Botafogo, São Paulo, Palmeiras e Bangu e jogou na Seleção Brasileira de 1982, com Zico, Sócrates e Falcão, levado por Telê Santana.

A reportagem d´A Tarde também revela o curioso apelido do jogador (Peri da Pituba). O ex-jogador e técnico Sapatão, que jogou com Peri no Bahia, na década de 70, é quem conta: – Na época, quem morava na Pituba (Salvador) era a elite. O Peri sempre gostava de ostentar. Aí, dizia isso: sou da Pituba.

Confira aqui matéria com o drama de Peri em Lisboa

Back To Top