skip to Main Content
4 de março de 2021 | 07:09 pm

INDÚSTRIAS BRASILEIRAS OFERECEM 61,2 MIL VAGAS PARA JOVENS APRENDIZES

Jovens têm chance de começar a carreira profissional||Foto Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Tempo de leitura: < 1 minuto

Mais de 60 mil jovens de 18 a 24 anos têm a oportunidade de entrar no mercado de trabalho com qualificação profissional. Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), as indústrias oferecem 61.218 vagas de aprendizes em 20 estados e no no Distrito Federal nos primeiros meses de 2021.

O candidato precisa ter entre 14 e 24 anos, estar matriculado a partir do 9º ano do ensino fundamental/Educação de Jovens e Adultos (EJA) ou ter concluído o ensino médio. Os processos seletivos são realizados pelas empresas, podendo ser divulgados na página do Senai. Mais informações podem ser obtidas nas unidades regionais da instituição.

CARTEIRA ASSINADA

Os cursos são gratuitos e têm contrato de trabalho de até dois anos com carteira assinada em empresas parceiras do Senai. Com o conhecimento técnico, o candidato tem mais chances de ser efetivado após o fim do contrato.

Somadas as atividades teóricas e práticas, a jornada máxima de trabalho corresponde a seis horas, para quem não concluiu o ensino fundamental, e a oito horas, para quem concluiu o ensino fundamental. A remuneração do aprendiz é calculada com base no salário mínimo/hora e pode ser maior dependendo da área de atuação ou de acordos coletivos. Da Agência Brasil.

SENAI-BA ABRE 823 VAGAS GRATUITAS DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL BÁSICA; VEJA COMO SE INSCREVER

Senai oferta cursos de qualificação profissional
Tempo de leitura: 2 minutos

O Senai Bahia abriu inscrições para 823 vagas gratuitas de Cursos de Aprendizagem Industrial Básica em 15 municípios baianos. As oportunidades são voltadas para jovens na faixa etária de 14 a 21 anos. Os candidatos aprovados no processo seletivo poderão ser contratados na condição de jovem aprendiz, de acordo com a demanda das indústrias.

As vagas são para os cursos de Assistente Administrativo, Assistente de Produção, Auxiliar de Curtimento e Acabamento de Couro, Mecânico de Manutenção de Máquinas Industriais e Mecânico de Usinagem Convencional, nas unidades do Senai de Alagoinhas, Barreiras, Cachoeira, Camaçari, Eunápolis, Feira de Santana, Ilhéus, Juazeiro, Lauro de Freitas, Luís Eduardo Magalhães, Paulo Afonso, Santo Antônio de Jesus, Salvador (unidades Dendezeiros e CIMATEC), Serrinha e Vitória da Conquista.

O edital com todas as informações sobre o processo seletivo está disponível no site do Senai (www.aprendizagemsenaiba.com.br), onde os candidatos também devem fazer a inscrição, que será apenas pela internet, até o dia 26 de janeiro.

O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 01 de fevereiro de 2021. A confirmação da matrícula obedecerá à classificação geral, por ordem de inscrição, limitada ao número de vagas por unidade, curso e turno.

AULAS

As aulas serão ministradas pela internet, por meio da Plataforma Meu Senai, de forma síncrona (ao vivo).  Por isso, para que o aluno acompanhe as aulas, é preciso dispor de computador com acesso à internet.

Para as turmas do curso de Mecânico de Manutenção de Máquinas Industriais, além das aulas remotas na plataforma Meu Senai (380 horas), serão realizadas aulas práticas presenciais, fundamentais para o desenvolvimento das competências técnicas aplicadas (100 horas), nas unidades do Senai ofertantes deste curso.

O mesmo ocorrerá com o curso de Mecânico de Usinagem Convencional, que, além das aulas remotas na plataforma Meu Senai (390 horas), terá aulas práticas presenciais (130 horas) na unidade do Senai Cimatec. O edital prevê que as aulas dos cursos de Assistente de Produção, dos municípios de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, sejam realizadas de forma presencial.

SERVIÇO
Cursos de Aprendizagem Industrial Básica – SENAI Bahia
Quando: Até 26.01.2021
Inscrições: Pela internet – www.aprendizagemsenaiba.com.br

SENAI ABRE INSCRIÇÕES PARA 6.460 VAGAS EM CURSOS TÉCNICOS, COM 735 BOLSAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Senai abre inscrições para 6,4 mil vagas em cursos técnicos

O Senai Bahia abriu inscrições para 6.460 vagas em cursos técnicos com aulas presenciais e semipresenciais. Do total, 735 vagas são destinadas a bolsistas, das quais 580 para cursos presenciais e 155 semipresenciais.

De acordo com o Senai, as bolsas são destinadas a estudantes que tenham obtido pontuação média igual ou superior a 500 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos anos de 2015, 2016, 2017, 2018 ou 2019 e que declararem baixa renda. Estes candidatos têm até 9 de dezembro para fazer a inscrição.

Para os candidatos pagantes, as matrículas podem ser feitas até o dia 20 de dezembro. As matrículas são online pelo site www.tecnicosenai.com.br. Os candidatos que fizerem a matrícula até 20 de dezembro terão 60% de desconto na matrícula (1ª mensalidade), além de 30% de desconto em todas as mensalidades pagas até o dia 5 de cada mês, até o final do curso.

O candidato ao curso técnico pago também tem a possibilidade de solicitar o crédito estudantil, com ou sem fiador. Com essa oportunidade, o aluno pode optar por pagar 50% da mensalidade durante o curso e o restante depois de formado.

CURSOS

Para o novo período, o Senai Bahia está lançando três novos cursos: Informática para internet (presencial), Ciber sstemas e Internet das coisas – IoT (semipresenciais).

São oferecidas vagas nos cursos presenciais de Administração, Alimentos, Automação Industrial, Desenvolvimento de Sistemas, Edificações, Eletromecânica, Eletrotécnica, Informática para Internet (novo), Logística, Manutenção Automotiva, Mecânica, Mecatrônica, Petroquímica, Qualidade, Química, Redes de Computadores, Refrigeração e Climatização, Segurança do Trabalho e Telecomunicações.

Já os cursos semipresenciais oferecidos são Cibersistemas (novo), Eletromecânica, Logística, Internet das coisas – IoT (novo) e Segurança do Trabalho.

Há vagas em 14 municípios, incluindo Jacobina e Jequié que iniciam a oferta de cursos técnicos. Os cursos também são oferecidos nas cidades de Alagoinhas, Barreiras, Camaçari, Feira de Santana, Ilhéus, Juazeiro, Lauro de Freitas, Luís Eduardo Magalhães, Salvador (Unidades: Cimatec e Dendezeiros), Serrinha, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

O edital com a lista completa de cursos, vagas disponíveis, valores das mensalidades para cada município e descontos, dentre outras informações, estão disponíveis no site www.tecnicosenai.com.br.

Devido à pandemia da Covid-19, as aulas dos cursos presenciais e atividades práticas dos cursos semipresenciais estão sendo realizadas de forma remota, ao vivo pela internet, na plataforma educacional Meu Senai.

ITABUNA: SENAI OFERTA 100 VAGAS GRATUITAS NO CURSO DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

Unidade do IEL de Ilhéus atende na Rodovia Ilhéus-Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

Parceiro da Semana da Juventude em Itabuna nas últimas três edições, o Senai Ilhéus está ofertando 100 vagas gratuitas no curso de Assistente Administrativo.

As aulas serão ministradas totalmente pela internet, por meio da Plataforma MEU SENAI. Para que o aluno acompanhe as aulas ao vivo, é preciso dispor de computador com acesso à internet e pacote Office, informou a Secretaria de Assistência Social de Itabuna.

O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 19 de agosto e a matrícula dos selecionados deverá ser feita no período de 20 a 21 de agosto. A convocação para matrícula obedecerá à classificação geral, por ordem de inscrição, limitada ao número de vagas ofertadas por unidade, curso e turno.

As aulas terão início no dia 24 de agosto de 2020 nos turnos matutino e vespertino. As inscrições podem ser feitas pelo link https://www.even3.com.br/curso_gratuito_senai_itabuna/.

CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL TÊM ALTA DEMANDA NA PANDEMIA; CONFIRA OS +10

Tempo de leitura: 3 minutos

A procura por cursos de educação a distância tem aumentado durante a pandemia e superado as expectativas de quem atua na área. Com vagas abertas e gratuitas em cursos online de qualificação profissional, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) bateu a marca de 1 milhão de matrículas realizadas desde o início da pandemia, há quase cinco meses.

“Desde março, a gente se preocupou muito em oferecer cursos para ocupar a mente das pessoas e aproveitar essa oportunidade para requalificação. Ao todo, lançamos 23 cursos gratuitos. Nossa meta era de 100 mil matrículas, mas atingimos mais de 1 milhão”, afirma Felipe Morgado, gerente executivo de Educação Profissional do Senai Nacional.

Os cursos oferecidos têm duração média de 14 horas e são autoinstrucionais. Além de videoaulas, os estudantes contam com material didático em formato digital, realizam atividades, incluindo resolução de problemas, e precisam passar por uma avaliação para receber o certificado de conclusão. “São cursos estruturados e preparados para desenvolver competências nas pessoas”, acrescenta Morgado.

O Senai lançou um ranking das 10 capacitações gratuitas mais procuradas da entidade (veja lista abaixo). No topo da lista, o curso de segurança do trabalho foi procurado por mais de 120 mil pessoas. “O tema de saúde e segurança no trabalho, com a pandemia, ganhou muito mais atenção das pessoas, principalmente de profissionais que voltaram aos seus postos de trabalho”, diz o gerente executivo do Senai. O curso de finanças pessoais também fez sucesso, com pouco mais de 96 mil matrículas. De novo, segundo Felipe Morgado, o cenário de instabilidade econômica causada pela pandemia ajuda a explicar o interesse. “Muitas pessoas estão perdendo o emprego e precisam repensar a organização de suas finanças”.

Os cursos na área de tecnologia da informação e indústria 4.0 também estão entre os destaques do Senai. Na avaliação do gerente executivo de Educação Profissional da entidade, a transformação tecnológica tem obrigado os trabalhadores e se manterem em permanente atualização. “Com a digitalização das empresas, precisamos digitalizar os trabalhadores da indústria também”.

Para ter acesso aos cursos e às vagas, basta acessar a plataforma Mundo Senai, preencher um cadastro simples e começar a qualificação. O tempo de realização do curso pelo trabalhador é flexível, além de ser 100% online. A plataforma também oferece outros serviços, como orientação profissional e oferta de vagas de trabalho.

Veja a ista dos 10 cursos do Senai mais procurados durante a pandemia:

1º – Segurança do Trabalho: 120.487 matrículas

Sensibiliza os participantes para as questões básicas da prevenção de acidentes e segurança do trabalho, de forma a criar uma mentalidade prevencionista. Duração: 14 horas

2º – Finanças pessoais: 96.374 matrículas

Mostra aos participantes a importância do equilíbrio financeiro, a fim de obter mais qualidade de vida, tranquilidade e motivação. Duração: 14 horas

3º – Tecnologia da Informação e Comunicação: 84.843 matrículas

Apresenta os principais temas relacionados à infraestrutura de TI, serviços de redes, softwarehardware, normas e padrões técnicos. Duração: 14 horas

4º – Noções Básicas de Mecânica Automotiva: 73.513 matrículas

Mostra os principais componentes e como funcionam os automóveis, as forças físicas envolvidas e os mecanismos por trás do funcionamento. Duração: 14 horas

5º – Desvendando a Indústria 4.0: 68.167 matrículas

Apresenta a Indústria 4.0, propiciando ao aluno a introdução ao tema e a obtenção da base conceitual das tecnologias habilitadoras que suportam essa indústria. Duração: 20 horas

6º – Fundamentos de Logística: 62.757 matrículas

Mostra o que é necessário para administrar o patrimônio e os recursos de uma empresa, conhecendo a história, os principais conceitos e definições da área. Duração: 14 horas.

7º – Lógica de Programação: 59.405 matrículas

Ensina os conceitos básicos sobre lógica de programação, tipos de dados, estruturas de controle e repetição e exemplos do uso de variáveis homogêneas e heterogêneas. Duração: 14 horas

8º – Educação ambiental: 49.859 matrículas

Busca conscientizar os participantes sobre questões básicas da educação ambiental, de forma a criar uma mentalidade prevencionista com relação ao meio ambiente. Duração: 14 horas

9º – Metrologia: 46.954 matrículas

Proporciona o conhecimento básico necessário à aplicação e interpretação das medidas na área da mecânica. Objetivo é explorar os principais temas relacionados à metrologia, desde os instrumentos mais básicos, como as réguas, até os de maior grau de precisão. Duração: 14 horas.

10º – Empreendedorismo: 45.833 matrículas

Oferece conhecimentos sobre o ato de criação de novos empreendimentos nos mais diversos setores. Duração: 14 horas.

SENAI ABRE 2.262 VAGAS GRATUITAS DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL NA BAHIA

Senai oferece mais de 2 mil vagas gratuitas em curso online
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Senai Bahia abriu processo seletivo para 2.262 vagas gratuitas de Cursos de Aprendizagem Industrial Básica, voltados para jovens entre 14 a 21 anos que estão em busca de obter uma formação profissional visando o primeiro emprego.

O edital com a oferta das 2.262 vagas já está disponível no site do Senai. O candidato deverá efetuar a inscrição apenas pela internet, no endereço www.aprendizagemsenaiba.com.br, até o próximo dia 9 ou até que seja atingida a quantidade máxima de 10 inscrições/candidatos por vaga.

São oferecidos cursos de Assistente Administrativo, Assistente de Produção, Assistente de Recursos Humanos, Auxiliar de Operações Logísticas, Desenhista Técnico e Inspetor de Análise da Qualidade, nas unidades do Senai de Alagoinhas, Barreiras, Camaçari, Eunápolis, Feira de Santana, Ilhéus, Jacobina, Juazeiro, Lauro de Freitas, Luís Eduardo Magalhães, Salvador (Cimatec e Dendezeiros), Senhor do Bonfim, Serrinha, Simões Filho, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

As aulas serão ministradas totalmente pela internet, por meio da Plataforma MEU SENAI, de forma síncrona (ao vivo). Para que o aluno acompanhe as aulas (ao vivo) é preciso dispor de computador com acesso à internet e pacote Office.

O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 11 de agosto e a matrícula dos selecionados deverá ser feita no período de 12 a 19 de agosto. A convocação para matrícula obedecerá à classificação geral, por ordem de inscrição, limitada ao número de vagas por unidade, curso e turno.

As aulas terão início no dia 1º de setembro de 2020 nos turnos matutino e vespertino. Para mais informações, é importante consultar o edital, que detalha os cursos oferecidos por município, a documentação e os demais requisitos necessários.

SERVIÇO
O que: Cursos de Aprendizagem Industrial Básica Senai Bahia
Quando: Inscrições até próximo dia 9
Inscrições: só pela internet em www.aprendizagemsenaiba.com.br

SESI OFERECE EJA PROFISSIONALIZANTE COM 400 VAGAS GRATUITAS NA BAHIA

Há vagas para a unidade de Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

Jovens e adultos com mais de 18 anos têm a oportunidade de concluir o Ensino Médio do Sesi e, ao mesmo tempo, obter uma qualificação profissional do Senai com a oferta de 400 vagas gratuitas de novas turmas de Educação de Jovens e Adultos Profissionalizante.

A iniciativa, que uniu as duas maiores entidades do sistema indústria na Bahia – o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), está com inscrições abertas para todo o estado e será oferecido na modalidade a distância (online). As inscrições ficam abertas até dia 14 de setembro.

A proposta desta modalidade da Educação de Jovens e Adultos é que, além de concluir o ensino médio, o aluno obtenha uma formação profissional nos cursos de Almoxarife, Assistente de Contabilidade, Desenhista Técnico em Edificações e Controlador e Programador de Produção.

Para se candidatar, é necessário ter mais de 18 anos, não ter concluído o ensino médio e ter acesso a computador ou dispositivo móvel para acompanhar as aulas. Os cursos profissionalizantes têm carga horária de 160 horas cada um. As inscrições devem ser feitas pela internet, no site do SESI, no endereço sesibahia.com.br.

SENAI ILHÉUS ABRE PROCESSO SELETIVO PARA CURSOS TÉCNICOS E LANÇA CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO

Tempo de leitura: 4 minutos

A pandemia causada pela COVID-19 atingiu todo o mundo. Cada um foi afetado de uma forma, trazendo angústia, medo, incertezas e muitos receios sobre o futuro. Muitos setores foram impactados, inclusive a educação.

Apesar desse cenário instável, é importante não deixar de investir no aprendizado e se preparar para a retomada da economia pós-pandemia. A capacitação técnica e profissional é um diferencial para as empresas que estão em busca de selecionar os melhores e mais bem preparados.

Com o objetivo de continuar seu propósito em qualificar profissionais para o mercado de trabalho, o SENAI BAHIA abre inscrições para o Processo Seletivo dos cursos técnicos com ingresso em 2020.2. São 4.015 vagas em todo o estado nas modalidades presencial e semipresencial.

Em Ilhéus são 70 vagas nos cursos presenciais de administração e eletrotécnica e 40 vagas disponibilizadas no curso semipresencial de eletromecânica.

Uma novidade desse Processo Seletivo do SENAI BAHIA é o lançamento do curso técnico em Administração, o qual abre possibilidades para novos profissionais gerenciarem o próprio negócio ou se qualificarem em diversos segmentos da área administrativa, como Gestão de Recursos Humanos, Finanças, Mercado e Tecnologia da Informação.

Mas é bom ficar atento, pois são os últimos dias de matrícula. Os candidatos aos cursos técnicos só têm até o dia 20 de julho para se matricularem com o desconto de 60% na matrícula sobre o valor cheio da 1ª mensalidade. Para os alunos que pagarem as mensalidades do 1º semestre até o dia 5 de cada mês, têm 30% de desconto. As matrículas são online pelo site www.tecnicosenai.com.br.

“É muito importante que nesse momento de pandemia a gente não desista dos nossos planos, não desista de se qualificar. É viável sim a manutenção dos estudos. Uma das possibilidades é solicitar o Crédito Estudantil”, diz Patrícia Evangelista, gerente executiva de Educação Profissional do SENAI BAHIA.

Assim, o curso técnico é uma excelente opção para quem quer montar seu próprio negócio, ter uma renda extra ou entrar o quanto antes no mercado de trabalho, se qualificando em um curto período de tempo.

ESTUDE SEM SAIR DE CASA

De acordo com dados da Unesco (órgão da ONU para educação e cultura), publicados em 06 de março de 2020 pelo site El País Brasil, estima-se que quase 300 milhões de alunos já foram afetados em 22 países de três continentes pelo fechamento de escolas devido à expansão do coronavírus (COVID-19).

No novo normal impactado pela pandemia causada pela COVID-19, alunos e docentes tiveram que se adaptar a um formato de aula diferente, depois que todas as instituições de ensino interromperam suas atividades presenciais.

As unidades do SENAI BAHIA, atendendo aos decretos municipais e estadual, suspenderam as atividades desde 18 de março. No entanto, começaram um longo processo para viabilizar aos alunos e docentes possibilidades para que as aulas fossem realizadas remotamente.

As aulas remotas do SENAI Bahia acontecerão de forma síncrona, ou seja, ao vivo e apenas algumas atividades serão realizadas assincronamente, de acordo com o tempo, horário e local dos alunos, ou seja, com mais autonomia. Será utilizada a plataforma Meu SENAI, permitindo a transmissão das aulas e interação entre alunos e docentes, além de dar acesso às ferramentas do Google For Education.

Francisco Assis Neto, docente de Manutenção Automotiva e com quase 30 anos de SENAI, lembra:

“Os alunos ficaram surpresos e desconfiados no início, assim como nós, docentes. Mas, no geral, eles têm dito que aprenderam mais nesse processo, considerando as ferramentas que utilizamos, a visibilidade de alguns componentes. Além disso, a ferramenta me possibilita algo que considerei muito positivo, que é o atendimento individualizado, pois falamos diretamente com o aluno. Senti que por causa disso houve uma proximidade. Quando se está na sala de aula tradicional, você tem uma visão macro. Nessa aula virtual, tive que ter uma visão mais específica. Senti como positivo que me aproximei mais dos meus alunos”, conta.

Essa foi a mesma percepção de Erick Portela, docente dos cursos técnicos em Eletromecânica, Eletrotécnica e Mecatrônica em Ilhéus. Ele conta que, por se tratar de uma mudança significativa, gerou mesmo muita expectativa. “Logo nas primeiras semanas recebi muitos retornos positivos das aulas que indicaram que estava no caminho certo. A ferramenta também ajudou nesse processo porque, ao reunir tudo que é necessário para oferecer o melhor ambiente de aprendizagem, facilita muito o processo de ensino”, comenta.

Esse formato continuará sendo aplicado no segundo semestre de 2020, até que seja possível a reabertura das unidades do SENAI. “Vamos iniciar os cursos presenciais de forma híbrida, com transmissão de aulas ao vivo com nossos docentes e também algumas atividades a distância. Assim que tivermos autorização para retomar com todo o protocolo de segurança, faremos as nossas práticas presenciais nas nossas unidades”, explica Patrícia Evangelista.

Para Magali Paschoalino, aluna do curso técnico em Logística, as aulas superaram suas expectativas. “Estávamos muito ansiosos, mas me adaptei logo no primeiro dia. Houve muita interatividade e isso rapidamente proporcionou a criação de um vínculo entre todos”, diz ela. Para Magali, a plataforma MEU SENAI, por ser da Google, é completa e possibilita a interação com os docentes. “Posso acessar meu conteúdo didático na ferramenta a qualquer momento”, completa.

RICA APRENDIZAGEM TÉCNICA

Em países da União Europeia (UE) como França, Portugal e Espanha, o percentual de alunos do ensino secundário que fazem educação profissional chega a 50%. No Brasil, cabe ao SENAI a missão de qualificar o trabalhador brasileiro, o que é essencial para elevar a produtividade, assim como oferecer serviços tecnológicos e de inovação para abastecer as necessidades das empresas a competirem em um mercado globalizado.

Esse diferencial que o SENAI Bahia carrega é determinante para escolher estudar na instituição. A própria Magali Paschoalino, após 10 anos se dedicando à criação e educação do seu filho, tinha o desejo de trabalhar na indústria. “Tenho pressa, mas preciso estar preparada, pois o mercado é competitivo e tenho que estar segura. Quando comecei o curso técnico, estava meio insegura, com receio, mas logo nos primeiros dias senti que eu era capaz. O conteúdo voltado para uma aprendizagem técnica industrial é muito rico. Nunca pisei em uma indústria, mas posso garantir que em muitas aulas, com a qualidade e abordagem do ensino, eu estive dentro de muitas”, diz ela.

Esse é o mesmo sentimento da diplomada pelo SENAI Bahia Naiara Souza da Silva, que hoje trabalha em uma das empresas líderes do seu segmento, a Oxiteno. Ela fez dois cursos técnicos, de Petróleo e Gás e de Automação Industrial. “Eu estava em busca de uma formação que me desse uma remuneração em curto prazo, comecei a pesquisar sobre as possibilidades, então decidi fazer um técnico, e querendo um diferencial no mercado tive várias recomendações do SENAI Bahia”, fala.

“Hoje trabalhando na área percebo que alunos do curso técnico no SENAI são muito bem vistos na indústria, e me esforço para dar o meu melhor e honrar essa camisa”, complementa.

ÚLTIMOS DIAS DE INSCRIÇÕES E MATRÍCULAS

As inscrições e matrículas, a lista completa de cursos, vagas disponíveis, valores das mensalidades e descontos, dentre outras informações, estão disponíveis no site www.tecnicosenai.com.br.

SENAI ENTRA NA LISTA FORBES DOS 10 MAIORES DOADORES CONTRA A COVID-19

Senai recuperou mais de 200 respiradores na Bahia || Foto Seplan-BA
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Senai aparece em oitavo lugar na lista com as 100 maiores empresas em doações no esforço contra a Covid-19 no Brasil. Iniciativas vão do conserto de respiradores à fabricação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e ao financiamento da inovação

O Senai está entre os maiores doadores do Brasil no combate ao novo coronavírus. A instituição aparece em oitavo lugar na lista da revista Forbes com as 100 maiores empresas doadoras do país. Essa rede de solidariedade já disponibilizou mais de R$ 5,4 bi na luta contra a Covid-19.

No caso do Senai, a matéria cita a mobilização feita junto ao setor industrial, com R$ 63 milhões destinados ao combate ao vírus. A rede coordenada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo Senai mobilizou 380 indústrias de diversos portes, entidades representativas setoriais e as federações estaduais das indústrias.

Atualmente, o apoio do setor industrial contra o novo coronavírus já passa dos R$ 336 mi. São ações que vão do conserto de respiradores mecânicos à produção de testes rápidos e à doação de insumos essenciais ao sistema de saúde e seus profissionais.

Conheça as 10 maiores doadoras, segundo a lista da Forbes

1º – Itaú Unibanco: R$ 1 bilhão
2º – Vale: R$ 500 milhões
3º – JBS: R$ 400 milhões
4º – Ambev: R$ 110 milhões
5º – Rede D’Or: R$ 110 milhões
6º – Bradesco: R$ 99 milhoes
7º – Caoa Chery: R$ 74 milhões
8º – SENAI: R$ 63 milhões
9º – Nestlé: R$ 55 milhões
10º – BRF: R$ 50 milhões

DOS CURSOS TÉCNICOS DO SENAI-BA PARA UM MUNDO DE OPORTUNIDADES

Tempo de leitura: 4 minutos

Contratado como mecânico de uma concessionária, Alexandre atribui peso à qualidade do SENAI Bahia || Foto Valter Pontes

Qualificação profissional de alta qualidade aliada à orientação
dos estudantes para o trabalho acelera acesso ao mercado.

Aluno do curso técnico em Manutenção Automotiva na unidade Dendezeiros, Alexandre Oliveira, 20, é só empolgação. Contratado como mecânico de uma concessionária, ele comemora seu primeiro emprego formal, em meio à lenta retomada econômica do país, e atribui um peso grande desta conquista à qualidade reconhecida do SENAI Bahia.

“A gente percebe que as empresas preferem contratar estudantes e ex-alunos do SENAI, pela qualidade de quem vem desta casa”, conta Alexandre. Ele destaca que, além de um conhecimento técnico atualizado, obtido com aulas teóricas e práticas, em ambientes montados com equipamentos de ponta, outro diferencial da instituição é o desenvolvimento de habilidades exigidas pelo mercado de trabalho industrial.
“Há um cuidado permanente com as normas de segurança, com a nossa conduta no ambiente industrial e com a postura profissional que precisamos desenvolver para termos bom desempenho no trabalho”, explica Alexandre.

O depoimento de Alexandre se conecta com o de quem recruta com frequência estudantes do SENAI. “Recentemente, contratei três. Além de terem uma ótima base técnica, são comprometidos e motivados a aprender com as novidades”, afirma Francisco Pinto, gerente geral de pós-vendas de um grupo que administra nove concessionárias de automóveis na Bahia.

A instituição, que faz parte do maior complexo de Educação da América Latina, forma profissionais para diversas áreas da indústria brasileira, desde 1942. Para isto, aposta em formatos educacionais diferenciados e inovadores, com experiências reais do dia a dia de trabalho de uma indústria.

Alunos desenvolvem projetos com simulação e programas de ponta || Foto Marcelo Gandra/Coperphoto/Sistema FIEB

JORNADA DE INOVAÇÃO

A partir de 2020, o SENAI-BA aposta no fortalecimento das atividades voltadas ao desenvolvimento da inovação e empreendedorismo em seus cursos, com a utilização de novas tecnologias, entre as quais Realidade Virtual e Realidade Aumentada. A instituição também está implantando laboratórios maker e investe em diversas atividades que estimulam, entre os estudantes, a resolução de problemas reais, como o Grand Prix de Inovação e Desafio SENAI de projetos Integradores, além de competições voltadas ao reconhecimento dos projetos desenvolvidos pelos alunos, como o Prêmio Theoprax.

A metodologia Theoprax, adotada do Instituto Fraunhofer, da Alemanha, pelo SEBAI-BA, há mais de dez anos, representa mais um diferencial na execução de soluções de alunos aplicadas na indústria. Ao caminhar junto com o avanço das tecnologias na área educacional, o SENAI passará a adotar, em seus cursos profissionalizantes, uma plataforma on-line de ensino que permite acompanhamento individualizado. O primeiro curso a ser oferecido de forma piloto por meio da ferramenta é o Técnico em Mecânica, com conteúdo desenvolvido pela Unidade de Inovação e Tecnologias Educacionais – ITED, do SENAI Bahia.

A tecnologia desenvolvida aqui será aplicada em outros estados. “Com este passo, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial será a primeira instituição de educação profissional do país a utilizar uma plataforma de ensino adaptativo”, revela Rodrigo Vasconcelos, diretor do SENAI-BA.

Daniela Carneiro, do Senai, conquista medalha na Rússia || Foto José Paulo Lacerda

DE OLHO NA CHINA

Apaixonado por carros desde criança, Alexandre se encontrou com sua vocação profissional no Curso de Manutenção Automotiva, e já trabalha na sua área de interesse. A motivação o impulsionou a se “aplicar” nas disciplinas e, depois de uma bateria de avaliações, ele foi escolhido para representar a Bahia na seletiva nacional que definirá os competidores que vão representar o Brasil na WorldSkills 2021, torneio que acontecerá em Shangai, China. “É uma oportunidade imperdível! ”, comemora.

Na competição realizada este ano, em Kazan, na Rússia, os estudantes do SENAI-BA Daniela Carneiro, Ítalo Gonçalves e Edmilson Souza conquistaram a medalha de bronze nas ocupações em que competiram (Química e Mecatrônica, respectivamente). Foi a primeira participação da Bahia no torneio mundial de educação profissional e o aproveitamento foi total.

O Brasil fez bonito, mais uma vez, e ficou entre os países com a melhor educação profissional do mundo. A delegação brasileira de 63 jovens conquistou o terceiro lugar no ranking geral de pontos da WorldSkills, a olimpíada mundial de profissões técnicas.

Se não tivesse optado por um curso técnico no SENAI, Daniela, não teria alcançado esta vitória. Ela iniciou a graduação em Química numa instituição pública, mas sentiu necessidade de migrar para o Técnico em Química, para ter uma base prática mais sólida antes de começar a atuar no campo de trabalho. “E vejam onde cheguei. Treinamos muito para conquistar o pódio, e valeu a pena!”, celebra, orgulhosa.

FLEXIBILIDADE PARA SE FORMAR

Neste processo de inscrições para os cursos técnicos, são oferecidas 4.653 vagas, em 17 cursos diferentes, nas modalidades presencial e semipresencial. “Nesta segunda opção, o aluno pode acompanhar todo o curso num ambiente virtual de aprendizagem que dispõe de todos os recursos necessários, precisando comparecer à unidade escolhida uma vez por semana para fazer as aulas práticas”, explica a gerente de Educação Profissional do SENAI-BA, Patrícia Evangelista.

Outra novidade é o CREDItec – crédito educacional para os alunos dos cursos técnicos. Por meio da parceria com a Fundacred, o aluno paga 50% da mensalidade enquanto estuda. Já os outros 50% ele começa a pagar após a conclusão do curso, diretamente para a Fundacred. O estudante pode escolher quantos semestres ele quer contratar, de uma instituição com uma das mais baixas taxas de crédito educacional do país. ‘É mais uma forma de viabilizar a formação profissional e aumentar a competitividade dos alunos no mercado de trabalho”, afirma Rodrigo Vasconcelos.

Há vagas nos municípios de Alagoinhas, Barreiras, Camaçari, Feira de Santana, Ilhéus, Juazeiro, Lauro de Freitas, Luís Eduardo Magalhães, Salvador (Unidades: CIMATEC e Dendezeiros), Teixeira de Freitas, Serrinha e Vitória da Conquista. O edital com a lista completa de cursos, vagas disponíveis, valores das mensalidades para cada município e descontos, dentre outras informações, está disponível no site www.tecnicosenai.com.br.

Informe

MAPA SENAI: BAHIA PRECISA QUALIFICAR 389 MIL TRABALHADORES EM PROFISSÕES INDUSTRIAIS

Tempo de leitura: 2 minutos

A Bahia precisa qualificar mais trabalhadores

A Bahia terá de qualificar 389.750 trabalhadores em ocupações industriais nos níveis superior, técnico, qualificação e aperfeiçoamento até 2023. Os dados são do Mapa do Trabalho Industrial, elaborado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para subsidiar a oferta de cursos da instituição.

Essas ocupações têm em sua formação conhecimentos de base industrial e por isso são oferecidas pelo Senai, mas os profissionais podem atuar em qualquer setor da economia. A demanda prevista pelo estudo inclui, em sua maioria, o aperfeiçoamento (formação continuada) de trabalhadores que já estão empregados.

Em parcela menor (26%) estão aqueles que precisam de capacitação para ingressar no mercado de trabalho (formação inicial). Nesse grupo estão pessoas que vão ocupar tanto novas vagas quanto postos já existentes e que se tornam disponíveis devido a aposentadoria, entre outras razões.

Além de subsidiar a oferta de cursos do Senai, o Mapa do Trabalho pode apoiar jovens na escolha da profissão e trabalhadores que desejam se recolocar no mercado.“O profissional qualificado de acordo com a necessidade do mundo de trabalho tem mais chances de manter o emprego e também pode conseguir uma nova oportunidade mais facilmente quando as vagas forem oferecidas”, afirma o diretor-geral do Senai, Rafael Lucchesi.

Leia Mais

SENAI ABRE 4.800 VAGAS EM CURSOS TÉCNICOS PARA ILHÉUS E OUTROS NOVE MUNICÍPIOS

Tempo de leitura: 2 minutos

Senai oferece quase cinco mil vagas em cursos técnicos|| Foto Divulgação

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo 2018.2 dos cursos técnicos do Senai Bahia. São oferecidas 4.830 vagas na modalidade presencial, das quais 481 destinadas aos candidatos do Programa de Bolsas de Estudo. Neste processo para o segundo semestre, a novidade é o curso técnico em Qualidade, que está sendo oferecido em Feira de Santana.
Além das unidades de Ilhéus e Feira, são oferecidas vagas nos municípios de Alagoinhas, Barreiras, Camaçari,  Juazeiro, Lauro de Freitas, Luís Eduardo Magalhães, Salvador (nas unidades: Cimatec e Dendezeiros) e Vitória da Conquista.
BOLSAS
As bolsas serão destinadas a estudantes que tenham obtido pontuação média de 550 pontos ou mais no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que declararem baixa renda. Podem ser utilizadas as notas dos Exames de 2017, 2016, 2015, 2014 e 2013. Estes candidatos têm até 20 de junho para fazer a inscrição. O resultado será divulgado no dia 21.
Para os candidatos que não irão concorrer ao programa de bolsas, as inscrições e matrículas irão até o dia 6 de julho.As inscrições são gratuitas e devem ser feitas exclusivamente pela internet, por meio do site www.tecnicosenai.com.br.
CURSOS
Os cursos oferecidos são Alimentos, Automação Industrial, Desenvolvimento de Sistemas, Edificações, Eletromecânica, Eletrotécnica, Logística, Manutenção Automotiva, Mecânica, Mecatrônica, Petroquímica, Programação de Jogos Digitais, Qualidade (curso novo), Química, Redes de Computadores, Refrigeração e Climatização, Segurança do Trabalho, Telecomunicações e Vestuário.
O edital com a lista completa de cursos, vagas disponíveis e valores das mensalidades para cada município, estão disponíveis no site www.tecnicosenai.com.br.

SENAI ABRE INSCRIÇÕES PARA CURSOS TÉCNICOS COM 300 VAGAS EM ILHÉUS

Tempo de leitura: 2 minutos
Senai oferece cursos de educação profissional em Ilhéus.

Senai oferece vagas em cursos de educação profissional em Ilhéus.

O SENAI Bahia está com inscrições abertas para o processo seletivo para formação de novas turmas em cursos técnicos.  São oferecidas 5.700 vagas na modalidade presencial, das quais 570 destinadas aos candidatos do Programa de Bolsas de Estudo. A instituição traz como novidade  os cursos novos de Programação de Jogos Digitais e Desenvolvimento de Sistemas.

Para a unidade de Ilhéus, estão sendo oferecidas 300 vagas, sendo 30 com bolsa de estudo. Eletromecânica, Eletrotécnica, Mecatrônica, Segurança do Trabalho e Logística são os cursos oferecidos no município do sul da Bahia.

As bolsas serão destinadas a estudantes que tenham obtido pontuação média de 550 pontos ou mais no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e que declararem baixa renda. Podem ser utilizadas as notas dos Exames de 2016, 2015, 2014, 2013 e 2012. Os candidatos à bolsa de estudos têm até 30 de novembro para fazer a inscrição.

Para os candidatos que não irão concorrer ao programa de bolsas, as inscrições irão até o dia 20 de dezembro. Estudantes a partir do 2º ano do ensino médio também podem se inscrever. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas exclusivamente pela internet, por meio do site www.tecnicosenai.com.br.

Leia Mais

MUNDO SENAI APRESENTA OPORTUNIDADES DE CARREIRA PARA JOVENS E COMPETIÇÕES TÉCNICAS

Tempo de leitura: 2 minutos
Unidade do Senai no sul da Bahia funciona na Rodovia Ilhéus-Itabuna

Unidade do Senai no sul da Bahia funciona na Rodovia Ilhéus-Itabuna

Jovens interessados em identificar oportunidades de carreira na indústria podem participar, amanhã e sexta (dias 14 e 15), do Mundo Senai. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) abrirá as portas de suas unidades em todo o Brasil à comunidade. No sul da Bahia, a unidade funciona na Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), próximo à Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

A expectativa é que o evento receba, em todo o país, mais de 300 mil visitantes que participarão de palestras, minicursos, demonstrações práticas de atividades profissionais e competições de educação profissional. O objetivo é divulgar ocupações técnicas da indústria e cursos oferecidos pelo Senai a jovens que querem ingressar no mercado de trabalho.

De acordo com o diretor-geral do Senai, Rafael Lucchesi, o evento é uma oportunidade de mostrar à sociedade o papel do serviço de aprenziem na formação profissional de jovens. Desde 1942, quando foi criada, a instituição formou mais de 71 milhões de pessoas. “O Mundo Senai também mostrará que estamos inseridos e preparados para a quarta revolução industrial, com tecnologias mais complexas, que exigirão novas formas de trabalho e profissionais com novas habilidades e competências”, destaca Lucchesi.

Para os que gostam de tecnologia, o Mundo Senai oferecerá demonstrações de uso dos mais modernos equipamentos e máquinas do mercado em diversas ocupações. Além disso, poderão participar de minicursos capazes de comprovar a qualidade da educação oferecida pelo Senai e ter contato com tecnologias usadas em sala de aula.

EMPRESAS

Para empresários que buscam talentos, haverá competições técnicas em que poderão selecionar os melhores técnicos formados em cada unidade do Senai. O torneio também é um incentivo para os jovens ávidos para ter um lugar de destaque no mercado de trabalho. O Mundo Senai foi criado em 2009 e nesses oito anos recebeu aproximadamente 2,5 milhões de visitantes em todo o Brasil.

ALBAN, DA FIEB: “CRIAMOS AS CONDIÇÕES DE INTERIORIZAÇÃO DA INDÚSTRIA”

Tempo de leitura: 3 minutos
Ricardo Alban, presidente da Fieb (Foto Pimenta).

Alban, presidente da Fieb (Foto Pimenta).

Presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Ricardo Alban inaugurou na última sexta (2), na Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), a unidade integrada de ensino e capacitação profissional. O complexo reúne serviços IEL, Sesi e Senai, representando investimento superior a R$ 19 milhões.

Após a inauguração da unidade ilheense, Alban concedeu entrevista ao PIMENTA. Abordou o processo de interiorização da indústria na Bahia, investimentos em qualificação profissional e a necessidade das reformas previdenciária e trabalhista.

Para ele, não deve haver solução de continuidade na votação das reformas, apesar da crise política instalada em Brasília. Também aborda o embate ético que juntou grupos de empresários e políticos. Alban defende atitude proativa. Assim como o dirigente da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), Robson Braga de Andrade, Alban separa a minoria dos empresários corruptos daquilo que representa o empreendedor brasileiro. Confira:

PIMENTA – O sr. defende que, apesar da crise política, não haja solução de continuidade na votação das reformas trabalhista e previdenciária. Por que o sr. considera as reformas imprescindíveis?

ALBAN – As reformas são necessárias para criar as condições macroeconômicas e o país volte a crescer. Não podemos conviver com legislação trabalhista de 50, 60 anos atrás. O mundo mudou, as relações de trabalho mudaram. O trabalhador hoje não é o mesmo de 60 anos atrás. Temos que modernizar. Eu não enxergo perdas de direitos [com as reformas], mas de buscar o negociado sobre o legislado. Óbvio que temos que ter certos controles.

PIMENTA – E a reforma previdenciária?

ALBAN – O governo anterior já mostrava essa necessidade [da reforma previdenciária]. O mundo inteiro já fez. A França já fez duas vezes, os Estados Unidos… Nós estamos em um mundo cada vez mais longevo. O mundo está ficando velho. Precisamos adequar a realidade de longevidade com a capacidade financeira de manter os programas de previdência.

______________

DEBATE ÉTICO – Existem empresários e empresários, políticos e políticos. Isso tudo faz parte de uma sociedade. O que não podemos é fazer com que uma realidade minoritária prevaleça sobre uma realidade total. Precisamos dar muito mais valor aos bons exemplos e atitudes positivas.

______________

PIMENTA – O presidente da CNI abordou o debate ético ao citar relacionamento entre o empresariado e os políticos. O que os empresários podem fazer para mudar estas práticas?

ALBAN – Nós já colaboramos. Logicamente, existem empresários e empresários, políticos e políticos. Isso tudo faz parte de uma sociedade. O que não podemos é fazer com que uma realidade minoritária prevaleça sobre uma realidade total. Precisamos dar muito mais valor aos bons exemplos e atitudes positivas do que ficar sempre valorizando os maus exemplos. Óbvio que precisamos corrigir, tomar as providências necessárias. Precisamos pensar proativamente. Precisamos consertar o presente, mas sem perder de vista o depois, o amanhã.

PIMENTA – As unidades integradas da Fieb são parte dessa filosofia?

ALBAN – Isso é um dever nosso. É uma prova inequívoca que o Sistema S dá resultado. Esses recursos [para construir unidades de ensino e capacitação] são das empresas, não são recursos tirados do trabalhador. Nós também somos responsáveis por criar as condições quer seja de educação, quer seja de profissionalização, quer seja de inovação e de sustentabilidade na área da indústria.

PIMENTA – Qual o impacto da Unidade Integrada ilheense para a indústria sul-baiana?

ALBAN – Com certeza, nosso objetivo é que as unidades integradas representem um processo de industrialização em todo o estado da Bahia. Estamos fazendo esse equipamento aqui, em Ilhéus, também em Vitória da Conquista, Luís Eduardo Magalhães, em Barreiras, Feira de Santana e, até o próximo ano, em Juazeiro. Criamos as condições de interiorização da indústria e, com isso, nós teremos uma Bahia mais igual, mais equitativa no processo industrial.

Back To Top