skip to Main Content
3 de março de 2021 | 06:38 pm

DONOS DE POUSADA DE LUXO SÃO PRESOS POR SEQUESTRO COMETIDO HÁ 20 ANOS

Tempo de leitura: 3 minutos

Donos de pousadas de luxo, Leandro e Shirley foram pesos por extorsão mediante sequestro

Do Correio24h

Acostumado com os holofotes e a vida glamourosa que levava na cidade de Jaguaripe, na região do Recôncavo Baiano, o casal de empresários bem-sucedidos Leandro Silva Troesch e Shirley da Silva Figueredo vem sendo alvo de outros tipos de comentários na cidade. Donos de duas badaladas pousadas, ambas situadas na famosa Praia dos Garcez, onde já se apresentaram artistas e personalidades baianas, além de turistas famosos, eles foram presos nesta sexta-feira (19) dentro de uma das propriedades, após terem sido sentenciados pelos crimes de roubo e extorsão mediante sequestro contra a uma mulher em Salvador, em 10 de maio de 2001.

Agentes da delegacia de Valença prenderam Leandro e Shirley na Pousada Paraíso Perdido. O casal trabalhava quando foi surpreendido pelos policiais. No sábado (20), eles foram trazidos para Salvador e custodiados no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), para então serem encaminhados para o Complexo Penitenciário da Mata Escura. “Mas já recorremos à Justiça”, declarou o advogado de defesa, Abdon Abadde.

Leandro e Shirley viviam uma vida normal, apesar de terem sido condenados em segunda instância pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) em 2010 a 14 e 9 anos de prisão, respectivamente, em regime fechado. Os empresários são figuras públicas e as páginas do Instagram da Paraíso Perdido e da Pousada Aconchego das Águas somam quase 90 mil seguidores, com fotos deles sozinhos ou acompanhados de clientes, artistas e jornalistas. Apesar de tudo isso, o casal estava na condição de foragido.

Em nota, a Polícia Civil confirmou a prisão, destacando que a confirmação da sentença (transitada em julgado) deu-se em 2018. O casal já foi transferido para o Complexo Prisional da Mata Escura e está à disposição da Justiça. Sobre o fato de a decisão ter sido cumprida somente na sexta, a PC disse que só agora o casal foi localizado.

Apesar de a polícia ter informado ao Correio24h que a prisão se deu com base em determinação judicial em 2018, o Ministério Público do Estado (MP-BA) disse que no último dia 26 de janeiro a Justiça determinou a prisão dos empresários ao negar os recursos ingressados pelos advogados de defesa, solicitando a revogação de prisão preventiva decretada contra eles.

Pousada Paraíso Perdido, que pertence ao casal, chega a cobrar R$ 1,2 mil a diária || Reprodução

“O relator do processo, o juiz substituto de 2º Grau, Humberto Nogueira, pontuou que havia mandados de prisão em aberto, expedidos desde agosto de 2018, e, portanto, o fato de eles ainda estarem soltos configurava não aplicação da lei penal”, diz nota do MPE.

Desde o dia 7 de agosto de 2018 estavam em aberto mandados de prisão contra o casal de empresários. Ou seja, Leandro e Shirley estavam na condição de foragidos. “Em tese, sim (foragidos). Só que eles nunca se esquivaram. Desde quando os mandados foram cumpridos, nunca foram procurados pela Justiça. Uma coisa é você se apresentar. Mas eles optaram em trabalhar. ‘Olha doutor, se chegar (mandado), vamos acatar’, foi o que um dos meus clientes disse. E eles não tinham porque se esconder. Eles têm Instagram, fazem eventos no hotel e divulgam. São figuras públicas e estavam lá esse tempo todo”, declarou Abadde.

O CRIME

O Correio24h teve acesso às informações do processo que apura as acusações contra Leandro e Shirley. Outras três pessoas contam como réus. São elas Joel Costa Duarte, Carlos Alberto Gomes de Andrade e Júlio da Silva Santos. De acordo com a Justiça, Joel abordou a vítima no dia 10 de maio de 2001, quando ela estacionava o carro na porta de casa, no bairro de Itapuã, por volta das 18h30min. Eles tomaram o veículo da vítima e a mantiveram no carro enquanto eram efetuados saques de dinheiro em caixas eletrônicos.

Ao verificar o saldo bancário da vítima, Joel arquitetou a extorsão mediante sequestro, ficando a cargo de Júlio mantê-la em cárcere privado, primeiro no Motel Le Point, em Itapuã, depois numa casa situada na Praia de Ipitanga, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (RMS), alugada ao próprio Joel e a dois comparsas, neste caso, Leandro e Shirley. Enquanto mantida em cárcere privado, a vítima foi alvo de reiteradas ameaças de morte feitas por Júlio, somente sendo liberada após o pagamento do resgate de R$ 35 mil.

No processo consta que Leandro que conduziu o veículo da vítima e fez os saques. Já Shirlei, foi a responsável por buscar o pagamento do resgate. Já as armas utilizadas na prática dos crimes pertenciam aos dois Joel e Júlio, que conseguiram fugir na ocasião.  No entanto, Leandro, Shirley e Carlos Alberto foram presos em flagrante. Posteriormente o casal passou a responder pelos crimes em liberdade, até a justiça ter voltado atrás em 2018. Confira a íntegra no Correio24h.

POLÍCIA PRENDE ACUSADA DE SEQUESTRAR FUNCIONÁRIA DA ROTA E ASSALTAR LAVA A JATO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Larissa foi presa após assalto a lava a jato e é acusada de assalto à Rota

Policiais militares prenderam, nesta terça-feira (19), uma mulher suspeita de assaltar um lava a jato no Bairro Jardim Vitória, roubar dois carros e, há mais de um mês, sequestrar uma funcionária da Rota Transportes. A mulher foi identificada como Larissa Dandy Santos Ribeiro, de 21 anos.

De acordo com relatos colhidos pela polícia, Larissa chegou a agredir as vítimas durante o assalto ao lava a jato no Jardim Vitória. Ainda segundo informações da Polícia Civil, Larissa seria a mulher que se vestiu de policial militar para cometer assalto à Rota Transportes e sequestrar um casal no Monte Cristo, em Itabuna.

Larissa foi detida com uma mulher e dois outros assaltantes. A acusada dos crimes está custodiada no Complexo Policial de Itabuna, onde permanecerá à disposição da justiça, aguardando a audiência de custodiada. A mulher deverá ser encaminhada para o Presídio de Itabuna.

POLÍCIA PRENDE EM MINAS GERAIS AUTORES DE SEQUESTRO EM TEIXEIRA DE FREITAS (BA)

Tempo de leitura: 2 minutos

Jiarley, Alessandra e André Arruda foram presos pela PM Mineira, na madrugada de hoje

Jiarley Lucena da Silva, 27 anos, André Arruda Silva, 34, e Alessandra Virgílio da Silva, 19, foram presos na madrugada desta quarta-feira (13), pela Polícia Militar de Minas Gerais, em trabalho conjunto com o 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM/Porto Seguro) e a Cipe Mata Atlântica. Os criminosos sequestraram e roubaram vítimas, no município de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia, e fugiram armados para a cidade de Teófilo Otoni, em Minas Gerais.

Dentre os objetos roubados estavam uma caminhonete modelo Ranger, cor branca, que foi recuperado pela PM baiana, a quantia de R$ 4.733,50, além de R$ 80 mil transferidos de uma agência bancária, no município mineiro de Contagem, próximo de Belo Horizonte.

“Houve sequestro e as vítimas ficaram em cativeiro por 12 horas. Elas conseguiram acionar a polícia após os bandidos fugirem. Montamos um grupo de gerenciamento de crise e identificamos o trajeto que seria realizado. Em contato com a Central de Operações da PM da 15ª Região de MG, eles montaram um bloqueio na BR-418, alcançando o trio”, contou o comandante do 8º BPM, tenente-coronel Anacleto França.

Com a quadrilha foi apreendido também um veículo modelo Yaris, cor prata, placa QPJ426, clonado. Eles relataram aos policiais militares que, na rota de fuga, entregaram as armas a um comparsa de prenome ‘Escobar’, na cidade mineira de Nanuque.

Varreduras foram promovidas e com Escobar foram encontrados uma maleta para transportar arma de fogo, uma pistola calibre 380, munições, carregadores e um revólver calibre 32. Todos foram encaminhados para unidade da Polícia Civil em Minas Gerais.

IMAGEM PODE AJUDAR POLÍCIA A IDENTIFICAR SEQUESTRADORES DE CASAL EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Sequestradora (no detalhe à esquerda) é flagrada por câmeras da empresa durante crime

A imagem de uma integrante da quadrilha que sequestrou uma funcionária da Rota Transportes e o esposo da vítima pode ajudar a polícia na identificação do grupo criminoso. A extorsão mediante sequestro ocorreu na manhã desta segunda-feira (14), no momento em que o casal saía de casa em um veículo.

A quadrilha usou três carros para cometer o crime, além do veículo do casal. Uma mulher morena, vestida com fardamento semelhante ao da Polícia Militar e de empresa de segurança, acompanhou a vítima na garagem da empresa, no Centro Comercial. Os bandidos estavam fortemente armados.

Após a ação na empresa, os criminosos ainda tentaram retornar à Rota, mas a ação do casal fez com que a quadrilha desistisse ao perceberem que não havia como pegar mais dinheiro. A ação durou mais de duas horas. A quadrilha somente liberou a mulher no Semianel Rodoviário de Itabuna, na Região da Califórnia, levando o marido da vítima. O homem foi deixado pelos sequestradores momentos depois.

MULHER É ACUSADA DE PLANEJAR SEQUESTRO DO PRÓPRIO MARIDO NO SUL DA BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mariele foi presa acusada de planejar sequestro do marido || Fotos Atualiza/Facebook

Mariele de Jesus Santos, de 33 anos, foi presa pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (12), acusada de envolvimento no desaparecimento do companheiro Liel de Jesus Santos, o Buiu, de 40 anos, na cidade de Valença, no baixo-sul da Bahia. A informação foi passada pelo coordenador regional da 5ª Coorpin/Valença, delegado José Raimundo Néri, que solicitou à Justiça a prisão temporária da mulher, após o desaparecimento de Liel, na segunda-feira (9).

As investigações conduzidas pela 5ª Coorpin/Valença indicam que Mariele encomendou o sequestro do companheiro para ficar com o amante, um homem de prenome Ezequiel, que está foragido. “Mariele planejou o crime para ficar com Ezequiel, com quem mantinha um relacionamento há dois anos, já que Liel não queria separar-se dela”, explicou o delegado.

Liel foi levado da porta da casa de Mariele e ela despertou a atenção da polícia por não ter dado queixa do desaparecimento. Conduzida à delegacia, ela não demonstrou nenhuma emoção ao falar do caso. O casal tem uma filha adolescente e um patrimônio composto de, pelo menos, oito imóveis, naquela cidade.

A polícia busca identificar o paradeiro de Liel, bem como, identificar os executores do sequestro. Mariele está custodiada na carceragem da 5a Coorpin/Valença, à disposição da Justiça.

HOMEM OFERECE VAGA DE EMPREGO E SEQUESTRA ADOLESCENTE EM IBICUÍ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Clodoaldo: sequestro e cárcere privado

Com diversas passagens pela polícia por estelionato, Clodoaldo da Silva Aquino foi preso, na terça-feira (14), durante uma ação conjunta das unidades da Polícia Civil de Ibicuí e Jequié, depois de sequestrar e manter em cárcere privado um adolescente, a quem havia abordado horas antes, com uma promessa de emprego.
A polícia apurou que Clodoaldo parou o adolescente na rua, nas imediações de uma farmácia, na cidade de Ibicuí, distante 551 quilômetros de Salvador, e ofereceu-lhe um emprego na cidade vizinha de Dário Meira. Os dois seguiram para a casa do garoto para pedir autorização à mãe dele, que negou o pedido ao saber que o trabalho seria em outra cidade.
Mesmo sem autorização da mãe do adolescente, Clodoaldo o colocou em seu veículo e o levou até a cidade de Jequié, onde hospedaram-se numa pousada. A vítima aproveitou-se de um descuido do sequestrador e ligou para a mãe, que acionou a Polícia Civil.
Os investigadores de Ibicuí acionaram a equipe da DT/Jequié que foram até a pousada, próxima ao Terminal Rodoviário de Jequié, e efetuaram a prisão de Clodoaldo em flagrante. Ele vai responder pelos crimes de sequestro e cárcere privado.

EX-PREFEITO CONTINUA DESAPARECIDO 20 DIAS DEPOIS DE SEQUESTRADO EM VALENÇA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ramiro foi sequestrado no dia 18 de janeiro em Valença

A polícia segue sem saber o paradeiro do empresário e ex-prefeito de Valença Ramiro José Campelo de Queiroz, que foi sequestrado na manhã do dia 18 de janeiro, quando saía de casa. Segundo fontes oficiais informaram ao PIMENTA nesta quarta-feira (7), a família de Ramiro exigiu que as investigações policiais fossem interrompidas para negociar, diretamente, a libertação do político com os sequestradores.
Com o afastamento da polícia do caso, aumentaram os rumores sobre o desaparecimento do empresário. Chegou-se a divulgar que os sequestradores tinham pedido resgate, mas 20 dias depois o ex-prefeito de Valença segue desaparecido. Na tarde de hoje, o blog tentou falar com coordenador da 5ª Coordenadoria Regional do Interior, delegado José Raimundo Neri Pinto, mas não o localizou.
O fundador da Rede de Lojas Guaibim foi levado por três homens quando saía de casa, em Valença, por volta das 7 horas da manhã doa dia 18 do mês passado. Na época,  delegado José Raimundo Neri Pinto informou que os bandidos estavam em um veículo Hyundai HB20 branco, quando o empresário foi visto pela última vez.  O clima é de apreensão entre os amigos e familiares do político.
O coordenador da 5ª Coorpin confirmou que há 20 anos o filho do ex-prefeito, Márcio Queiroz, também foi sequestrado na cidade. Ramiro Campelo governou Valença, por duas vezes, pelo Partido da República (PR).

POLÍCIA MANTÉM OPERAÇÕES PARA PRENDER SEQUESTRADORES E RESGATAR CIGANO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Polícia ainda tenta localizar homem sequestrado em Ilhéus

Polícia ainda tenta localizar homem sequestrado em Ilhéus

O chefe da 7ª Coordenadoria da Polícia Civil em Ilhéus, delegado Evy Paternostro, confirmou há pouco ao PIMENTA que equipes formadas por policiais civis e militares seguem com as buscas, na Península de Maraú, na tentativa de prender os homens que sequestraram o cigano Iranildo Gama Queiroz, conhecido como Ira.

De acordo com testemunhas, a vítima foi sequestrada por volta das 15h30min de terça-feira (8), por pelo menos sete homens fortemente armados, quando deixava um restaurante na zona norte de Ilhéus. Os bandidos chegaram a ser perseguidos por equipes das polícias Militar e Civil de Ilhéus, Itacaré e Maraú.

Durante a perseguição policial, houve troca de tiros no município de Maraú, mas os sequestradores conseguiram fugir. Os bandidos deixaram para trás dois veículos usados no sequestro. O Ecosport, placa OUX-8835, e o Toro Freedom, placa QGG-2836, foram resgatados na manhã de quarta-feira (9), perto da BR-030, cujo trecho em Maraú não é asfaltado.

Há informações de que no mês passado o cigano conseguiu escapar de uma tentativa de sequestro em Buerarema. O delegado Evy Paternostro não confirmou a tentativa de sequestro e disse que a prioridade no momento é encontrar a vítima.

DUPLA ROUBA CARRO E FAZ MOTORISTA REFÉM NO ZILDOLÂNDIA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Carro roubado no Zildolândia e

Carro roubado no Zildolândia e o assaltante Paulo Sérgio, preso pela PM.

Dois assaltantes roubaram um carro e fizeram o motorista refém, nesta terça (31), no Bairro Zildolândia, em Itabuna. O crime ocorreu por volta das 9h30min, quando a vítima foi rendida pelos criminosos e levada no veículo, um Volkswagen Gol.

Os assaltantes liberaram o dono do Gol na região do Serrado, às margens da BR-101, e seguiram em direção a Buerarema. Um policial, que estava de folga, avisou colegas que estavam de plantão. O veículo foi localizado pelo cabo Luciano Silva e o soldado Ricardo Valadares, durante ronda da PM na região central de Buerarema.

Um dos assaltantes tem apenas 16 anos, morador do Pontalzinho, em Itabuna. O outro, Paulo Sérgio da Conceição Souza, reside em Ilhéus. Com eles, a polícia apreendeu um revólver. Os dois foram encaminhados para o Complexo Policial de Itabuna.

SEQUESTRO-RELÂMPAGO EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

violenciaHá dois dias, um médico de Itabuna sofreu sequestro-relâmpago.
Rommel Pires sofreu ameaças, teve a casa invadida e filha de oito anos e babá tomadas como reféns pelos bandidos.
Os criminosos, para executar o crime, renderam antes um taxista, usado como motorista na ação.
Os bandidos conseguiram levar televisores, notebooks, joias e relógios do médico, além de R$ 10 mil, sacados da conta da vítima em uma agência do Santander em Itabuna.
Passadas mais de 48 horas, os autores do crime ainda não foram presos. A Polícia Civil é a responsável pela investigação do caso.

FILHO DE GERENTE DO BB É SEQUESTRADO EM IBICARAÍ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Populares se aglomeraram em frente à agência (Foto Arena).

Populares se aglomeraram em frente à agência (Foto Arena).

Do Arena Blog

Um garoto de apenas 7 anos de idade foi sequestrado, ontem à noite, em Ibicaraí, quando a mãe saía de uma academia e foi rendida por três homens fortemente aramados. A mulher, que é gerente do banco do Brasil em Ibicaraí, foi levada pelos bandidos. Os sequestradores exigiram que a gerente fosse hoje cedo sacar todo dinheiro da agência sem falar nada com ninguém.

Algumas pessoas perceberam a movimentação e acionaram a polícia, que conseguiu frustrar o pagamento do resgate. Hoje cedo, a criança foi abandonada em Ibitupã, próximo a Iguaí, no centro-sul do estado, e está retornando para Ibicaraí. Os sequestradores fugiram tomando rumo ainda ignorado.

A Cipe Cacaueira, polícia militar  especializada em conjunto com as polícia rodoviária federal e estadual, além de policiais civis estão neste momento em diligência na tentativa de capturar os sequestradores.

Confira mais no Arena Blog, com Carlos Barbosa

POLÍCIA APRESENTA ACUSADOS DE SEQUESTRAR E MATAR PASTOR

Tempo de leitura: 2 minutos
Elimar e Joabe foram presos em Camaçari, no final de semana (Foto Divulgação).

Elimar e Joabe foram presos em Camaçari, no final de semana (Foto Divulgação).

A Polícia Civil baiana apresentou nesta tarde (18) os acusados de sequestrar e matar o pastor Edmilson Conceição dos Anjos, de 60 anos (relembre aqui). Joabe de Aliberto Santos, de 19 anos, e Elimar Santos Veloso, 23, foram flagrados por circuitos de câmeras usando o cartão de crédito do pastor em 16 de dezembro, em Salvador.
A vítima coordenava um centro comunitário em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador, e era pastor da Igreja Batista Salamina. Os jovens foram presos no sábado passado (15) no Loteamento Fonte das Águas, em Arembepe, Camaçari. Na sexta (14) foi preso um menor que também participou dos crimes, segundo a polícia.
De acordo com a polícia, o trio usou um revólver calibre 32 para sequestrar o pastor, quando a vítima passava em uma passarela de Arembepe, na BA-099, em um GM Corsa Classic. Segundo a polícia, o trio usou o cartão de crédito do pastor para comprar roupas e calçados em um shopping center próximo ao Aeroporto de Salvador.
Joabe e Elimar fizeram as compras no shopping, enquanto o menor, armado, vigiava o pastor. A acusação é sustentada com base em imagens captadas pelas câmeras do centro de compras.
Após a ida ao shopping, o trio obrigou o pastor a dirigir até o Loteamento Jardim das Mangabeiras. Em um local ermo, a vítima foi executada com um tiro. O corpo foi encontrado três dias depois.

POLÍCIA PRENDE SUSPEITOS DE SEQUESTRAR E MATAR PASTOR

Tempo de leitura: < 1 minuto
Pastor foi sequestrado e morto em dezembro do ano passado.

Pastor foi sequestrado e morto em dezembro do ano passado.

Do Correio
Dois homens foram presos e um adolescente de 17 anos apreendido sob suspeita do sequestro e morte do pastor Edmilson Conceição dos Anjos, 60 anos. O crime ocorreu em dezembro do ano passado. O pastor foi sequestrado no dia 16 e teve o corpo encontrado três dias depois, em um local ermo, no loteamento Jardim das Mangabeiras, em Salvador.
Os suspeitos, Joabe de Aliberto Santos, de 19 anos, e Elimar Santos Veloso, 23, foram presos no último sábado (15), por investigadores da 26ª Delegacia Territorial (DT/Vila de Abrantes), em Arembepe. Os dois serão apresentados pela Polícia Civil, na tarde desta terça-feira (18), no edifício-sede da instituição, na Praça da Piedade.
O CRIME
Edmilson foi atingido em várias partes do corpo com golpes de faca e já estava em estado de gigantismo ao ser localizado. O pastor saiu de casa, em Simões Filho I, e avisou à família que retornaria à noite. Ele era da Igreja Batista Salamina.

TUPINAMBÁ X POLÍCIA FEDERAL

Tempo de leitura: < 1 minuto
Cápsulas de balas supostamente utilizadas pela PF em operação na Serra do Padeiro (Foto Cimi).

Cápsulas de balas supostamente utilizadas pela PF em operação na Serra do Padeiro (Foto Cimi).

O Jornal Bahia Online traz as versões de tupinambás e do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) sobre o caso de uma criança de dois anos que, no domingo (2), foi resgatada por policiais federais na região de mata da Fazenda São José, na Serra do Padeiro, entre Una e Buerarema.
A Polícia Federal entregou a criança ao Conselho Tutelar de Ilhéus, enquanto o Cimi e lideranças tupinambás afirmam que o menino foi sequestrado. Conforme ofício, agentes da PF foram à fazenda para averiguar se a propriedade havia sido invadida por “criminosos foragidos da Justiça”. Confira matéria completa aqui.

POLÍCIA RESGATA FILHO DE GERENTE DO BB

Tempo de leitura: < 1 minuto

A polícia resgatou há pouco o jovem Vítor Benevides, de 19 anos, sequestrado ontem à noite em Ibicaraí, no sul da Bahia. Ele é filho de Josias Benevides, gerente do Banco do Brasil de Itapé.  O jovem foi abandonado pelos sequestrados às margens da BR-415.

Vítor foi sequestrado por quatro homens que planejavam assaltar o BB no município sul-baiano e utilizariam o filho do bancário para forçar Reinaldo a abrir o cofre da agência. O resgate foi feito por policiais militares. Quatro homens suspeitos foram detidos em um VW CrossFox e serão interrogados pela polícia civil.

Desde as primeiras horas da manhã desta sexta (5) o policiamento foi reforçado em Itapé, o que levou à desistência por parte dos assaltantes.

Atualização às 9h19min – Segundo informações obtidas pelo repórter Oziel Aragão, da Rádio Difusora, os sequestradores entraram em contato com o gerente e questionaram a movimentação na agência, logo após o jovem foi abandonado na BR-415.

Back To Top