skip to Main Content
14 de agosto de 2020 | 01:55 am

EX-DEPUTADO TUCANO DÁ SOCO EM ADVERSÁRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Guirra exibe "bicada" (Foto RF Notícias).

Sérgio Passos, ex-deputado estadual e hoje presidente do PSDB baiano, é acusado de agredir fisicamente um funcionário público do município de Caldeirão Grande.
O tucano deu fortes “bicadas” no rosto de Carlos Alberto Guirra do Carmo, logo depois que o servidor público deixou um salão de beleza e foi tomar uma loura gelada. O deputado estava no mesmo bar, na avenida Lomanto Júnior.

Sérgio "Popó" Passos

Segundo o RF Notícias, o nível baixou e Sérgio Passos desferiu um soco no rosto de Carlos Alberto, que é funcionário público concursado e ligado à oposição.
A cidade é governada pela esposa do ex-deputado. Carlos Guirra correu à delegacia de polícia mais próxima e deu queixa contra o “tucano nervoso”.
O ex-deputado e atual dirigente do PSDB da Bahia não foi encontrado para apresentar a sua versão do caso.

BICADAS ENTRE TUCANOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Não é apenas em Itabuna que os tucanos têm distribuído bicadas entre si. Presidente do diretório nacional do PSDB, o senador pernambucano Sérgio Guerra lançou abaixo-assinado “em favor do próprio si”, ou seja, defendendo a sua própria recondução à presidência.

A autopromoção do senador foi criticada por diversos correligionários e até o xará Sérgio Passos, deputado estadual na Bahia, desferiu a sua bicada.

“Trata-se de uma atitude precipitada e imatura, e que não se coaduna com o espírito democrático que norteia as decisões dentro do PSDB”, bicou o tucano da boa terra.

FALTAS ESCOLARES PODERÃO SER INFORMADAS À JUSTIÇA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A turma que finge ir para a escola e desvia o rumo para os mais diversos afazeres poderá enfrentar sérios problemas, caso seja aprovado um projeto de lei de autoria do deputado estadual baiano Sérgio Passos (PSDB). Sua proposta é de que as faltas escolares sejam comunicadas aos juizados da infância e adolescência e conselhos tutelares, a fim de que estes órgãos tomem as medidas cábíveis.

A intenção do deputado é de que esse controle tenha caráter preventivo. Ou seja, os relatórios de frequência deverão propiciar medidas que evitem uma repetência, por exemplo.

Passos observa que a evasão escolar vem aumentando consideravelmente, pelos mais variados motivos, entre os quais falta de recursos da família, desinteresse pelos estudos e uso de tóxicos e bebidas. O deputado acrescenta que, em grande parte dos casos, os pais afirmam desconhecer a conduta indevida dos filhos.

A “PULSEIRA DO SEXO” E A DEPUTADA QUE COPIAVA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Em abril deste ano, o deputado estadual Sérgio Passos (PSDB) apresentou projeto que proíbe o uso de “pulseiras do sexo” na Bahia. Tem até número: 18.151/2010. Ainda no mês passado, a Secretaria Estadual de Educação (SEC) baixou portaria que veda o uso destas pulseirinhas nas escolas da sua rede.

Exatamente hoje, a deputada estadual Ângela Sousa (PSC) divulgou ter apresentado à Assembleia Legislativa um projeto que coíbe o uso de pulseiras do sexo nas escolas estaduais. Pois é. Um mês depois das iniciativas da SEC e do deputado tucano, colega de legislatura de Ângela.

Uma cópia a mais ou a menos não faz mal, né?

Ângela é "a deputada que copiava"...

Back To Top