skip to Main Content
1 de março de 2021 | 12:53 am

DESCASO DA PREFEITURA COLOCA VIDAS EM RISCO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ferrugem detonou estrutura da ponte.

Os produtores rurais da região do Serrado e Ribeirão Seco não sabem a quem recorrer para que seja consertada a ponte de acesso às duas localidades. A ferrugem detonou a estrutura da ponte e somente veículos de grande porte conseguem transitar sem riscos de acidente fatal.

João Edvaldo Lima, porta-voz do grupo de produtores e moradores do Serrado e de Ribeirão Seco, diz que já procurou a prefeitura e mostrou a situação delicada da ponte e os riscos de acidente. Tábuas são afixadas na tentativa de facilitar o tráfego, mas não resistem porque a estrutura da ponte, de tão carcomida, cede por não suportar o peso dos veículos.

O caso foi levado ao secretário de Desenvolvimento Urbano, Fernando Vita. Edvaldo lembra que várias solicitações foram feitas à secretaria. “É um verdadeiro descaso para com os produtores e moradores da região. Nada foi feito na estrada nem na ponte”, reclama Edvaldo.

Vita e Azevedo, os insensíveis, fecham olhos para a grita dos produtores e moradores.

COMUNIDADE ESTÁ HÁ 10 DIAS SEM LUZ E RECLAMA DA COELBA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A comunidade rural da região do Serrado, Ribeirão Seco, Vila do Sol e Alto Bonito, nos municípios de Ilhéus e Itabuna, está desde a quarta-feira da semana passada (dia 7) sem energia elétrica. Os prejuízos são grandes para pequenos e médios produtores, que reclamam do atendimento 0800 da Coelba.

O produtor João Edvaldo diz que há dez dias entra em contato com o atendimento da companhia de eletricidade e ouve sempre a promessa de que o serviço será restabelecido e uma equipe será enviada imediatamente. “Só se for montada numa preguiça”, ironiza o produtor. “São trabalhadores perdendo todo alimento perecível”, lembrou. Os trabalhadores haviam acabado de fazer a feira do mês.

São 450 famílias atingidas pela falta de energia elétrica. O Pimenta entrou em contato com a gestora regional da Coelba, Sheyla Silva. Ela garantiu que o departamento de comunicação institucional da empresa retornaria até o final da manhã. Ainda aguardamos a resposta da Coelba.

Back To Top