skip to Main Content
28 de fevereiro de 2021 | 12:03 am

ITABUNA: VISTORIA DA FROTA DE TÁXI COMEÇA DIA 10

Frota de táxi será vistoriada a partir do dia 10
Tempo de leitura: < 1 minuto

A frota de táxi de Itabuna começa a ser vistoriada no próximo dia 10, conforme convocação feita pela Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito (Sesttran). A vistoria, que é anual, será na modalidade drive thru, no pátio da Sesttran, por número de alvará.

No dia 10, ocorrerá a vistoria dos veículos com alvarás de número T001 a T050. No dia 11, serão os veículos com os alvarás de número T051 a T100 e assim sucessivamente. Serão vistoriados 50 táxis por dia, no horário das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira, até o dia 25.

Como medida de prevenção à propagação da Covid-19, serão disponibilizados testes rápidos para detecção do novo coronavírus. Por meio de parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, também serão ofertas outros exames. Haverá distribuição de brindes em parceria com o Sest/Senat.

ITABUNA: SESTTRAN FAZ CAMPANHA CONTRA USO DE CEROL EM PIPAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Após constatar acidentes nos últimos meses em Itabuna, a Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito (Sesttran) começou uma campanha contra a utilização do cerol em pipas.  O trabalho educativo já começou e, segundo o titular da Sesttran, Alecsandro Leal, o objetivo é chamar a atenção dos empinadores de pipas para os riscos do uso do cerol ou outros produtos cortantes. O cerol é feito com a mistura de cola e vidro, geralmente.

A Campanha Pipa Legal, Cerol Zero envolve quem adora a prática e aponta os riscos do cerol em pipas para motociclistas, ciclistas e pedestres. Coordenadora da campanha, a professora Elessandra Bispo observa que houve aumento de acidentes provocados por pipas com cerol durante a pandemia de coronavírus, período em que estão suspensas as aulas escolares. Com o tempo livre, crianças e adolescentes abandonam o isolamento para soltar pipas.

A Sesttran não possui estatísticas do número de acidentes, mas há registros de pessoas que precisaram de atendimento médico após sofrer cortes ao serem atingidas por linhas de pipas com cerol. Num dos acidentes, a antena da moto impediu que a linha atingisse o pescoço do motociclista, que sofreu queda e um corte no nariz provocado pelo cerol.

“Relatos de acidentes com linhas cortantes na cidade chegaram ao conhecimento do órgão, motivando-nos a começar um trabalho de orientação junto aos praticantes da brincadeira, que deve ser acompanhada de segurança e responsabilidade”, comentou o secretário Alecsandro Leal.

A campanha busca prevenir e alertar não apenas para os riscos de acidente de trânsito, mas os cuidados necessários para quem gosta de empinar ou soltar pipa (papagaio). O risco também é grande ao brincar próximo de rede elétrica, o que pode provocar curto-circuitos e morte para quem tenta desprender as linhas. O trabalho educacional já está nas redes sociais e conta com a divulgação de carros de som nas localidades, parceria com a Campanha Lúdica Fora Coronavírus e seus personagens.

Back To Top